Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
  • Thumbnail

    Em jogo de nove gols, ACBF bate Joinville pela Liga Futsal

    Em um jogo emocionante, a ACBF conseguiu neste sábado (29) sua primeira vitória na Liga Nacional de Futsal. Depois de empatar na estreia, com o Jaraguá do Sul (SC) em 1 a 1, o time de Carlos Barbosa (RS) voltou a enfrentar uma equipe catarinense e em um confronto de nove gols superou o...

    0
  • Thumbnail

    Martine Grael e Kahena Kunze são campeãs da etapa de Hyère da Copa do Mundo de Vela

    As campeãs olímpicas da classe 49erFX, Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram neste sábado (29), o título da segunda etapa da Copa do Mundo de Vela, disputada em Hyères, na França. Líderes da fase classificatória, as brasileiras chegaram à regata de medalha na liderança e confirmaram o título com mais um primeiro lugar, o...

    0
  • Thumbnail

    Mogi bate Vitória com tranquilidade e volta a ficar em vantagem nos playoffs do NBB

    O Mogi das Cruzes/Helbor dominou o Universo/Vitória (BA) do início ao fim e venceu o terceiro jogo dos playoffs de quartas de final do Novo Basquete Brasil (NBB), disputado neste sábado (29), no Ginásio Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes, com tranquilidade, pelo placar de 88 a 69. Com o resultado, o time paulista...

    0
  • Thumbnail

    Elina Svitolina e Elise Mertens são as finalistas em Istambul

    Principal favorita ao título do WTA de Istambul, na Turquia, a ucraniana Elina Svitolina derrotou neste sábado (29), a eslovaca Jana Čepelová por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/3, em 1h12 de jogo, e garantiu presença na decisão do torneio que distribui US$ 250 mil em prêmios. Número 13 do ranking...

    0
  • Thumbnail

    Laura Siegemund elimina Simona Halep e vai encarar Kristina Mladenovic na decisão em Stuttgart

    A segunda finalista do WTA de Stuttgart, na Alemanha, deverá ter toda a torcida local a seu favor na disputa do título. Afinal, Laura Siegemund estará jogando em casa. Nascida em Filderstadt, ela mora na cidade que recebe o torneio da série Premier desde 2006. Neste sábado (29), a alemã venceu a romena Simona...

    0

Em jogo de nove gols, ACBF bate Joinville pela Liga Futsal

29 de abril de 2017 0

Em um jogo emocionante, a ACBF conseguiu neste sábado (29) sua primeira vitória na Liga Nacional de Futsal. Depois de empatar na estreia, com o Jaraguá do Sul (SC) em 1 a 1, o time de Carlos Barbosa (RS) voltou a enfrentar uma equipe catarinense e em um confronto de nove gols superou o Joinville/Krona Futsal por 5 a 4. Com o resultado, os gaúchos somam quatro pontos e dividem o terceiro lugar com Magnus Sorocaba Futsal-Athleta (SP), Joaçaba Jaclani (SC), Copagril/Sempre Vida/Sicredi (PR) e Corinthians/Unip (SP).

ACBF ganhou a primeira na Liga - Divulgação/Ulisses Castro/ACBF

ACBF ganhou a primeira na Liga – Divulgação/Ulisses Castro/ACBF

A partida foi muito movimentada e logo a 1min09seg, o Joinville abriu o marcador com um gol de falta de Fellipe Mello. Mas o empate da ACBF veio 52 segundos depois, quando Bruno Souza cobrou escanteio da direita, a bola desviou na perna esquerda de Fellipe Mello e enganou o goleiro Willian.

Com um ritmo alucinante, as duas equipes procuravam o ataque o tempo todo e aos 5min02seg, Dener cobrou pênalti cometido por Fernando em Kevin e virou para os gaúchos. Logo na sequência, aos 7min20seg, Henrique Di Maria aproveitou ótima jogada de Mithyuê e fez o terceiro do time comandado pelo técnico Marquinhos Xavier.

Kevin marcou um dos gols da ACBF - Divulgação/Ulisses Castro/ACBF

Kevin marcou um dos gols da ACBF – Divulgação/Ulisses Castro/ACBF

Em virtude da velocidade do jogo, tanto ACBF quanto Joinville estouraram o limite de cinco faltas, após Alemão cometer pênalti em Xuxa. Na cobrança, aos 7min33seg, Eka diminuiu para os catarinenses, que empataram em um tiro livre aos 15min01seg através Jackson.

Logo no começo do segundo tempo, Bruno Souza cometeu falta em Jackson e recebeu o cartão vermelho, mas o Joinville não conseguiu aproveitar a vantagem numérica por dois minutos. Aos 5min13seg foi a vez de Dian Luka, da equipe visitante, ser expulso após derrubar Marlon na área. Na cobrança da penalidade, Dener acertou o travessão.

De pênalti, Dener fez o segundo - Divulgação/Ulisses Castro/ACBF

De pênalti, Dener fez o segundo – Divulgação/Ulisses Castro/ACBF

Mas o erro do pênalti não abalou a ACBF, que voltou a desempatar a partida 30 segundos depois, quando Kevin recebeu passe de Diece, que tabelou com Marlon. Aos 7min26seg, Fernando foi expulso e o Joinville voltou a ter um a menos em quadra por mais dois minutos. Nos minutos finais, já com Jackson atuando como goleiro-linha pelo time catarinense, Marlon marcou aos 18min07seg e praticamente definiu a vitória gaúcha, Porém, aos 19min01seg, Eka ainda deu esperanças aos visitantes, que somam apenas um ponto na competição, após duas rodadas.

Martine Grael e Kahena Kunze são campeãs da etapa de Hyère da Copa do Mundo de Vela

29 de abril de 2017 0

As campeãs olímpicas da classe 49erFX, Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram neste sábado (29), o título da segunda etapa da Copa do Mundo de Vela, disputada em Hyères, na França.

Martine e Kahena no alto do pódio em Hyères - Divulgação/ISAF

Martine e Kahena no alto do pódio em Hyères – Divulgação/ISAF

Líderes da fase classificatória, as brasileiras chegaram à regata de medalha na liderança e confirmaram o título com mais um primeiro lugar, o terceiro em 13 regatas na semana. As alemãs Victoria Jurczok e Anika Lorenz ficaram com a medalha de prata com 59 pontos perdidos, 25 a mais que as campeãs.

O pódio ainda teve as britânicas Charlotte Dobson e Saskia Tidey, quartas na regata de medalha, que somaram 63 pontos perdidos, após o descarte do pior resultado.

Quem também disputou uma medal race neste sábado foi Patrícia Freitas, na classe RS:X feminina. Com um ótimo desempenho, ela obteve sua terceira vitória na semana. Porém, por ter alguns resultados ruins no decorrer das 11 regatas do campeonato, ela teve que se contentar com o quinto lugar, com um total de 89 pontos perdidos.

Patrícia Freitas ficou em 5º  - Divulgação/CBVela/Arquivo

Patrícia Freitas ficou em 5º – Divulgação/CBVela/Arquivo

A medalha de ouro ficou com  a polonesa Zofia Noceti-Klepacka, que somou 49 pontos, ao finalizar a prova final em terceiro lugar. O pódio ainda teve a chinesa Yunxiu Lu e a israelense Nogla Geller.

No domingo serão disputadas mais cinco finais, incluindo a classe Finn, onde o brasileiro Jorge Zarif é o sexto colocado com 70 pontos, nove atrás do britânico Edward Wright, terceiro. O líder é o turco Alican Kaynar, que soma 32 pontos perdidos.

Demais resultados:

49er masculino -

Ouro – Diego Botín/Iago López (ESP) 57

Prata – Dylan Fletcher/Scott Stuart (GBR) 82

Bronze – Carl Sylvan/Marcus Anjemärk (SUE) 88

Nacra 17 -

Ouro – Fernando Echavarri/ Tara Pacheco (ESP) 36

Prata – Moana Vaireaux/Manon Audinet (FRA) 51

Bronze – Lin Ea Cenholt/Christian Peter Lübeck (DIN) 56

RS:X masculino -

Ouro – Louis Giard (FRA) 63

Prata – Piotr Myszka (POL) 78

Bronze – Kiran Badloef (HOL) 80

Mogi bate Vitória com tranquilidade e volta a ficar em vantagem nos playoffs do NBB

29 de abril de 2017 0

O Mogi das Cruzes/Helbor dominou o Universo/Vitória (BA) do início ao fim e venceu o terceiro jogo dos playoffs de quartas de final do Novo Basquete Brasil (NBB), disputado neste sábado (29), no Ginásio Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes, com tranquilidade, pelo placar de 88 a 69. Com o resultado, o time paulista lidera a série por 2 a 1 e está a uma vitória de garantir uma vaga nas semifinais. O quarto confronto entre eles está marcado para a próxima terça-feira (02), às 21h30, em Salvador.

Jogadores de Mogi comemoram a vitória - Divulgação/João Neto/LNB

Jogadores de Mogi comemoram a vitória – Divulgação/João Neto/LNB

Mogi teve um grande desempenho defensivo. Dono da segunda melhor defesa da fase de classificação, o time comandado por Guerrinha não deu espaços ao ataque baiano e sofreu sua menor pontuação na série. Outra melhora expressiva do Mogi, principalmente em relação ao segundo jogo, foi o número de rebotes. Depois de ver o Vitória dominar o garrafão na última partida, os paulistas tiveram o mesmo número de rebotes dos rivais (31).

Pivô Douglas Kurtz encara defesa d Mogi - Divulgação/João Neto/LNB

Pivô Douglas Kurtz encara defesa de Mogi – Divulgação/João Neto/LNB

Os alas Shamell Stallworth e Jimmy se destacaram. O norte-americano foi o cestinha da partida, com 23 pontos, e ainda somou quatro rebotes e quatro assistências. Já o camisa 18 contribuiu em todos os fundamentos – 11 pontos, oito rebotes, três assistências, uma bola recuperada e um toco.

Shamell e Fabrício comemoram - Divulgação/João Neto/LNB

Shamell e Fabrício comemoram – Divulgação/João Neto/LNB

Além de Shamell e Jimmy, outros jogadores tiveram boas atuações pela equipe vencedora. Explorando muito bem as jogadas no garrafão, o pivô Caio Torres marcou 13 pontos, enquanto o armador norte-americano naturalizado brasileiro Larry Taylor anotou dez. Por sua vez, o ala/pivô norte-americano Tyrone Curnell deixou a quadra com nove pontos, cinco assistências e cinco rebotes.

Larry Taylor foi um dos destaques de Mogi - Divulgação/João Neto/LNB

Larry Taylor foi um dos destaques de Mogi – Divulgação/João Neto/LNB

Pelo Vitória, outro norte-americano foi destaque. O ala Kenny Dawkins, autor de 14 pontos e seis assistências. Seu compatriota, o ala Keyron Sheard registrou 13 tentos para os baianos.

Principal favorito, Lucas Pouille é finalista em Budapeste

29 de abril de 2017 0

O francês Lucas Pouille confirmou todo seu favoritismo e garantiu neste sábado (29) um lugar na decisão do ATP 250 de Budapeste, na Hungria. Número 14 do ranking mundial, ele derrotou o italiano Paolo Lorenzi, 38º, por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 7/5, em 1h14 de jogo e agora vai em busca do segundo título de sua carreira.

Pouille está na final em Budapeste - Divulgação/Hungarian Open

Pouille está na final em Budapeste – Divulgação/Hungarian Open

Na decisão, o cabeça de chave número um vai encarar o esloveno naturalizado britânico Aljaž Bedene, 68º do mundo, que derrotou o sérvio Laslo Đere, 184º, por 6/2 e 6/4, em duelo de jogadores saídos do qualificatório.

Elina Svitolina e Elise Mertens são as finalistas em Istambul

29 de abril de 2017 0

Principal favorita ao título do WTA de Istambul, na Turquia, a ucraniana Elina Svitolina derrotou neste sábado (29), a eslovaca Jana Čepelová por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/3, em 1h12 de jogo, e garantiu presença na decisão do torneio que distribui US$ 250 mil em prêmios.

Svitolina busca terceiro título no ano - Divulgação/Evrim Aydin/@istanbul_cup

Svitolina busca terceiro título no ano – Divulgação/Evrim Aydin/@istanbul_cup

Número 13 do ranking mundial, Svitolina enfrentará a belga Elise Mertens, 65ª do mundo, em busca do sétimo título de sua carreira, o terceiro na temporada.

Mertens tem um título na carreira - Divulgação/Evrim Aydin/@istanbul_cup

Mertens tem um título na carreira – Divulgação/Evrim Aydin/@istanbul_cup

Com apenas um troféu no currículo, o WTA de Hobart (Austrália), em janeiro deste ano, Mertens venceu a romena Irina-Camelia Begu, 33ª, na outra semifinal, com um duplo 6/1, em apenas 67 minutos.

Laura Siegemund elimina Simona Halep e vai encarar Kristina Mladenovic na decisão em Stuttgart

29 de abril de 2017 0

A segunda finalista do WTA de Stuttgart, na Alemanha, deverá ter toda a torcida local a seu favor na disputa do título. Afinal, Laura Siegemund estará jogando em casa. Nascida em Filderstadt, ela mora na cidade que recebe o torneio da série Premier desde 2006.

Laura Siegemund busca segundo título da carreira - Divulgação/@PorscheTennis

Laura Siegemund busca segundo título da carreira – Divulgação/@PorscheTennis

Neste sábado (29), a alemã venceu a romena Simona Halep por 2 a 0, parciais de 6/4 e 7/5, em 1h43 de jogo e agora vai enfrentar a francesa Kristina Mladenovic, que vem de vitórias sobre a atual bicampeã, a também alemã Angelique Kerber e a russa Maria Sharapova na outra semifinal.

Simona Halep parou na semifinal - Divulgação/@PorscheTennis

Simona Halep parou na semifinal – Divulgação/@PorscheTennis

Vice-campeã em 2016, Siegemund disputa o torneio com um convite da organização. Atual número 49 do ranking mundial, ela disputará a terceira final da carreira. Nas anteriores, além do vice em Stuttgart, ela tem um título conquistado em Båstad, na Suécia, em julho do ano passado.

Esta será a segunda vez que elas irão se enfrentar. Na anterior, na primeira rodada do WTA de São Petersburgo (Rússia), no ano passado, Laura Siegemund venceu em três sets.

Ágatha/Duda e Maria Elisa/Carol Horta disputarão título do Superpraia

29 de abril de 2017 0

As semifinais femininas do Superpraia 2017, evento que encerra a temporada brasileira de Vôlei de Praia e que está sendo disputado nas areias da praia de Icaraí, em Niterói (RJ), foram disputadas na manhã deste sábado (29) e Ágatha/Duda (PR/SE) e Maria Elisa/Carol Horta (PE/CE) são as finalistas.

Duda (à esquerda) e Ágatha comemoram a classificação à final - Divulgação/Daniel Zappe/MPIX/CBV

Duda (à esquerda) e Ágatha comemoram a classificação à final – Divulgação/Daniel Zappe/MPIX/CBV

Entre as quatro jogadoras que disputarão a decisão, apenas Ágatha já conquistou o título do Superpraia. A paranaense foi bicampeã jogando ao lado de Bárbara Seixas, em 2015/16. A partida deverá ser realizada a partir das 19h (de Brasília).

Maria Elisa (de frente) e Carol Horta vibram com vitória na semifinal - Divulgação/Daniel Zappe/MPIX/CBV

Maria Elisa (de frente) e Carol Horta vibram com vitória na semifinal – Divulgação/Daniel Zappe/MPIX/CBV

Nas semifinais, Ágatha e Duda venceram Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE) por 2 sets a 1 (16/21, 21/16 e 15/8), enquanto Maria Elisa e Carol Horta superaram a dupla campeã da temporada, Larissa e Talita (PA/AL), também no tie-break (21/19, 18/21 e 15/13).

Maria Sharapova leva virada e cai nas semifinais em Stuttgart

29 de abril de 2017 0

O retorno às quadras de Maria Sharapova, após suspensão de 15 meses em virtude envolvimento com doping, teve seu primeiro capítulo nesta semana. E a vencedora de 35 títulos do circuito mundial conseguiu chegar até as semifinais do WTA Premier de Stuttgart, na Alemanha, onde ostenta um tricampeonato entre 2012-14.

Sharapova parou nas semifinais em Stuttgart - Divulgação/@PorscheTennis

Sharapova parou nas semifinais em Stuttgart – Divulgação/@PorscheTennis

Depois de três vitórias sem perder um set sequer, diante da italiana Roberta Vinci, da compatriota Ekaterina Makarova e da estoniana Anett Kontaveit, a campeã de cinco Grand Slams foi derrotada neste sábado (29), pela francesa Kristina Mladenovic, 19ª do ranking mundial, por 2 a 1, de virada, com parciais de 3/6, 7/5 e 6/4, em 2h38 de partida.

Mladenovic é a 19ª do ranking - Divulgação/@PorscheTennis

Mladenovic é a 19ª do ranking – Divulgação/@PorscheTennis

Pela campanha no saibro alemão, Sharapova irá embolsar um prêmio de € 30.536, além de somar 185 pontos na classificação da WTA, onde já foi líder e atualmente não aparece por ter ficado 15 meses sem jogar.

A partida de hoje foi marcada pela tensão extra quadra, que foi aquecida pelas declarações de diversas tenistas, após a russa ter sido flagrada em controle de dopagem. Uma de suas mais ácidas críticas foi a própria Kristina Mladenovic, que em março de 2016 disparou: ” Todas aqui pensamos e dizemos que ela é uma trapaceira. É claro que todas colocamos em dúvida tudo que ela conquistou até hoje. É terrível, mas é bom que se saiba finalmente“.

Sharapova somou seus primeiros pontos no ranking - Divulgação/@PorscheTennis

Sharapova somou seus primeiros pontos no ranking – Divulgação/@PorscheTennis

O jogo começou com Maria Sharapova impondo seu estilo agressivo e conseguiu ma quebra de saque logo no quarto game. Mantendo o serviço, a russa fechou em 6/3 e deu impressão de que levaria a vaga, especialmente após conquistar mais um break no primeiro game da segunda parcial.

Porém, quando o jogo parecia perdido, Mladenovic devolveu a quebra no quarto game e o segundo set seguiu equilibrado até o 12º, quando depois de 12 minutos a francesa obteve seu segundo break e marcou 7/5, empatando o confronto.

Mladenovic tem apenas um título na carreira - Divulgação/@PorscheTennis

Mladenovic tem apenas um título na carreira – Divulgação/@PorscheTennis

Já no set final, Sharapova deu mostras de que sentiu a falta de ritmo e acabou tendo o serviço quebrado no sexto game. As duas jogadoras mantiveram o saque até o nono game, quando a russa de 30 anos devolveu o break e reduziu a desvantagem para 4/5. Mas apesar de sacar para prolongar a partida, ela não teve forças para superar a francesa de 23 anos, que disputará agora  a sexta final na carreira.

Na decisão, Mladenovic vai enfrentar a vencedora da partida entre a romena Simona Halep, quinta do mundo, e a alemã Laura Siegemund (ª), vice-campeã da temporada passada.

Rafael Nadal vence Horacio Zeballos e vai em busca do 10º título em Barcelona

29 de abril de 2017 0

Pela segunda semana consecutiva, Rafael Nadal poderá conquistar um decacampeonato. Depois de vencer o Masters 1.000 de Monte Carlo, pela décima vez, o atual número cinco do ranking mundial derrotou neste sábado (29), o argentino Horacio Zeballos, 84º, por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/4, em 1h34 de jogo e garantiu presença na decisão do ATP 500 de Barcelona, na Espanha.

Nadal busca seu 10º título em Barcelona - Divulgação/Aitor Alcalde Colomer / Quality Sport Images/Barcelona Open Banc Sabadell

Nadal busca seu 10º título em Barcelona – Divulgação/Aitor Alcalde Colomer / Quality Sport Images/Barcelona Open Banc Sabadell

Com a vitória na Pista Rafa Nadal, nome dado à quadra central do Real Club de Ténis de Barcelona, em sua homenagem, o tenista de 30 anos terá a possibilidade de aumentar sua coleção de títulos no torneio, onde saiu-se vencedor entre 2005-09, de 2011 a 13 e no ano passado. Na carreira, esta será a 106ª final do campeão de 70 torneio do Tour da ATP.

Na semifinal de hoje, Nadal enfrentou um adversário que soube impor um bom ritmo e que lhe colocou muitas dificuldades. No primeiro set, o espanhol conseguiu uma quebra de saque decisiva no segundo game e encaminhou a vitória na parcial. Já no segundo, o break veio apenas no 10º game, após o espanhol salvar duas chances de quebra favoráveis ao argentino.

Nadal está invicto há 10 jogos - Divulgação/Barcelona Open Banc Sabadell

Nadal está invicto há 10 jogos – Divulgação/Barcelona Open Banc Sabadell

O adversário de Rafael Nadal na decisão será o austríaco Dominic Thiem, que eliminou o número um do mundo, o britânico Andy Murray. Esta será a quarta partida entre eles e até o momento, o espanhol leva vantagem com duas vitórias contra uma.

Teliana Pereira vence e Laura Pigossi perde na estreia do qualificatório do WTA de Rabat

29 de abril de 2017 0

A brasileiras Teliana Pereira está classificada para a segunda rodada  do qualifying do WTA de Rabat, no Marrocos, torneio disputado em quadras e que distribui US$ 250 mil em prêmios.

Teliana já esteve no Top 50 da WTA - Divulgação/Eric Visintainer/Arquivo

Teliana já esteve no Top 50 da WTA – Divulgação/Eric Visintainer/Arquivo

Número 195 do ranking mundial, Teliana derrotou neste sábado (29), a holandesa Lesley Kerkhove, 175ª, por 2 a 0, com parciais de 6/0 e 6/4, em 1h10 de partida e agora vai encarar a argentina Nadia Podoroska, 169ª do mundo, que venceu a russa Alla Kudryavtseva, 170ª colocada, por 2 a 1, com parciais de 6/7 (5), 6/4 e 7/5, após 2h22 de confronto.

Já a paulista Laura Pigossi, atual 385ª do ranking da WTA, perdeu para a sérvia Nina Stojanović, 128ª, de virada, parciais de 3/6, 7/6 (5) e 7/5, em jogo que teve 3h13 de duração. Agora, ela se prepara para a disputa da chave de duplas, onde foi semifinalista no ano passado.

Pigossi ainda jogará a chave de duplas - Divulgação/Eric Visintainer/Arquivo

Pigossi ainda jogará a chave de duplas – Divulgação/Eric Visintainer/Arquivo

Para chegar à chave principal em Rabat é necessário vencer três rodadas do qualificatório e, caso Teliana Pereira passe pela segunda partida, ela poderá enfrentar Stojanović em busca de uma das quatro vagas em disputa, desde que a sérvia também vença a italiana Martina Trevisan.