Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "grêmio naútico união"

Grêmio Náutico União irá realizar peneira para equipes de Ginástica Artística

03 de maio de 2017 0

O Departamento de Ginástica Artística do Grêmio Náutico União selecionará novos atletas para suas equipes, na próximo sábado (06), a partir das 9 horas (de Brasília), na sede do clube, na Rua Quintino Bocaiúva, 500, no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre.

Daiane dos Santos disputou três Olimpíadas - Divulgação/Arquivo/CBG

Daiane dos Santos disputou três Olimpíadas – Divulgação/Arquivo/CBG

Segundo o União, meninos e meninas dos seis aos oito anos, independente do grau de experiência, poderão participar da seletiva, sejam eles associados ou não associados ao clube. A inscrição é gratuita e será feita na hora e os selecionados terão mais 30 dias de teste gratuitos.

Na história do União já foram revelados nomes como Daiane dos Santos, primeira ginasta brasileira a conquistar uma medalha de ouro em uma edição de Campeonato Mundial e que participou de três Jogos Olímpicos (2004/08/12) e Mosiah Rodrigues, ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro em 2007.

Medalhista paralímpica Susana Schnarndorf assinará com o Grêmio Náutico União

31 de março de 2017 0

A medalhista paralímpica nos Jogos Rio 2016 Susana Schnarndorf é o novo reforço do Grêmio Náutico União. Gaúcha, natural de Porto Alegre, a atleta de 49 anos decidiu retornar ao clube aonde começou sua carreira já com o foco na preparação para o ciclo 2017 – 2020 visando os Jogos Paralimpicos de Tóquio.  Na próxima quarta-feira (0504), ela estará na cidade para assinar o contrato com o clube.

 Susana Schnarndorf - Divulgação/©Daniel Zappe/MPIX/CPB

Susana Schnarndorf – Divulgação/©Daniel Zappe/MPIX/CPB

Susana conquistou a medalha de prata nos Jogos Rio 2016 no revezamento 4x50m misto. A gaúcha começou a nadar ainda criança no próprio União. Após, tornou-se atleta de Triatlon, competindo ainda em diversos Ironman (triatlon de longas distâncias). Em 2005, Susana foi diagnosticada com uma doença degenerativa rara, a Atrofia Múltipla de Sistemas, cuja expectativa de vida costuma ser de 5 a 8 anos. Foi com a natação, que a gaúcha já contrariou expectativas dos médicos quanto a tempo de vida e mobilidade. Desde 2011, compete e conquista medalhas a nível nacional e internacional.

Supercopa Porto Alegre de Judô será disputada por 65 atletas

22 de março de 2017 0

Porto Alegre recebe a terceira etapa do circuito estadual da Federação Gaúcha de Judô, no próximo sábado (25). A Super Copa Porto Alegre ocorre no Grêmio Náutico União com a presença de mais de 650 atletas de mais de 20 equipes. O campeão levará para casa o troféu Manoel Rodrigues Cação, homenageando um dos principais nomes da modalidade no Estado.

Super Copa Porto Alegre de Judô acontece no sábado - Divulgação/Telma Cunha / FGJ

Super Copa Porto Alegre de Judô acontece no sábado – Divulgação/Telma Cunha / FGJ

E não apenas pontos estarão em disputa. O campeonato servirá de seletiva para o Campeonato Brasileiro sub-21. O torneio nacional será no fim de maio, no Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas, na Bahia. A categoria, por sinal, será a primeira a ir para o tatame no sábado, a partir das 9h15. A entrada no clube é franca.

A temporada ainda está no início, mas já tivemos dois eventos em um bom nível, que é o que esperamos para a competição deste sábado”, projetou o presidente da FGJ, César Cação – filho do homenageado do dia. “A categoria sub-21 está muito forte e alguns até estão com a Seleção Brasileira. Isso nos faz crer que teremos uma equipe bastante competitiva no Campeonato Brasileiro, em maio. É um caminho rumo ao Mundial da categoria que passa por aqui”, afirmou.

Uma seletiva complementar, com a participação dos judocas que estarão ausentes porque estão com a Seleção Brasileira sub-21 no momento será marcada para, aí sim, fechar os nomes da equipe gaúcha para o Brasileirão da categoria.

Como de praxe, a Super Copa Porto Alegre será disputada tanto na Divisão Principal quanto na de Acesso – essa restrita aos iniciantes no esporte. Nessa categoria, participarão 254 atletas, graduados até a faixa laranja.

Grêmio Náutico União termina Brasileiro de Remo de Barcos Curtos como líder no ranking de medalhas

20 de março de 2017 0

A equipe do Grêmio Náutico União (RS) foi a que obteve o maior número de vitórias no Campeonato Brasileiro de Remo de Barcos Curtos, realizado no final de semana na raia de remo da Universidade de São Paulo (USP) em São Paulo. No geral, os gaúchos ficaram com o vice-campeonato, atrás do Botafogo (RJ) que levantou o pentacampeonato.

Xavier e Willian disputaram Jogos Rio 2016 - Foto: Grêmio Náutico União / Divulgação

Xavier e Willian disputaram Jogos Rio 2016 – Foto: Grêmio Náutico União / Divulgação

Os unionistas lideraram duas das três provas do ranking absoluto e foram campeões em sete provas por categorias. Milena Viana ( Single Skiff Feminino) e a dupla olímpica Rio 2016 William Giaretton e Xavier Maggi ( Dois Sem Masculino) são hoje os melhores do país. Além disso, em sete provas, o lugar mais alto do pódio foi de um remador do União, que também conquistou duas pratas e um bronze.

Botafogo levou o título no geral - Divulgação/Botafogo FR

Botafogo levou o título no geral – Divulgação/Botafogo FR

Confira todos os medalhistas do GN União:

Ranking absoluto 2017

Milena Viana – Campeã do Single Skiff Feminino
Willian Giaretton e Xavier Maggi – Campeões do Dois Sem Masculino

Categorias 2017

Campeão do Single Skiff Feminino Junior B – Larissa Villas Boas
Campeã do Single Skiff Feminino Junior – Chloé Delazeri
Campeã do Single Skiff Feminino Sub23 – Milena Vianna
Campeã do Single Skiff Sênior – Milena Vianna
Campeões do Dois Sem Sub23 Masculino – Victor Ruzicki e Vinícios Delazeri
Campeões do Dois Sem Peso-leve – Willian Giaretton e Xavier Maggi
Campeões do Dois Sem Sênior – Willian Giaretton e Xavier Maggi
Vice-campeã Skiff Feminino Sub23 – Chloé Delazeri
Vice-campeão Skiff Sub23 – Anderson Dalla Vecchia
Medalha de bronze Skiff Sub23 – Alef Fontoura

Veja o ranking final de medalhas:

Clube – Ouro – Prata – Bronze

1) Grêmio Náutico União (RS) – 7 – 2 – 1 
2) Botafogo (RJ) – 4 – 6 – 3
3) Flamengo (RJ) – 3 – 2 – 2
4) CR Aldo Luz (SC)- 1 – 1 – 0
5) Vasco da Gama (RJ) – 1 – 0 – 6
6) Álvares Cabral (ES) – 1 – 0 – 0
7) Pinheiros (SP) – 0 – 2 – 1
8) Guaíba Porto Alegre (RS) – 0 – 2 – 0
8) Flamengo/Botafogo – 0 – 2 – 0
10) Atletas Avulsos – 0 – 0 – 2
11) Paulistano (SP) – 0 – 0 – 1
11) Centro Português (RS) – 0 – 0 – 1

Clique aqui e leia todos os resultados do campeonato.

Brasileiros ficam no longe do pódio na etapa de Bonn da Copa do Mundo de Esgrima

11 de fevereiro de 2017 0

Os brasileiros não tiveram um bom desempenho na etapa de Bonn, na Alemanha, da Copa do Mundo de Esgrima. Neste sábado (11), Heitor Shimbo e Guilherme Toldo foram eliminados na quinta fase e somaram apenas dois pontos, cada um, no ranking mundial da Federação Internacional de Esgrima (FEI) na arma florete.

Shimbo foi o melhor brasileiro em Bonn - Foto: Reprodução/Twitter

Shimbo foi o melhor brasileiro em Bonn – Foto: Reprodução/Twitter

Shimbo foi quem teve o melhor desempenho, após superar a fase de poules com seis vitórias e 100% de aproveitamento, o que lhe garantiu diretamente na quinta fase, quando perdeu para o sul-coreano Jun Heo por 15 a 5, ficando na 43ª posição no geral.

Toldo perdeu duas de suas seis lutas na etapa de poules e precisou disputar duas eliminatórias, a partir da segunda rodada, quando venceu Kevin Jerrold, de Cingapura, por 15 a 7. Na terceira, passou pelo alemão Alexander Kahl por 15 a 12, mas logo depois parou no egípcio Alaaeldin Abouelkassem, que venceu por 15 a 6. No geral, o esgrimista do Grêmio Náutico União (RS) ficou em 62º lugar.

Guilherme Toldo é atleta do Grêmio Náutico União. FOTO: divulgação

Toldo ficou em 62º- Divulgação/GNU

Outro brasileiro na disputa foi Julien Baneux, que deixou a fase de poules com 50% de aproveitamento e na segunda fase foi eliminado pelo italiano Valerio Aspromonte, por 15 a 12.

A medalha de ouro em Bonn ficou com o alemão Peter Joppich, tetracampeão mundial (2003/04/07/10), que derrotou o francês Enzo Lefort, prata por equipes nos Jogos Rio 2016, por 15 a 11. O título valeu 32 pontos no ranking mundial. O pódio ainda teve o norte-americano Race Imboden e o russo Timur Safin, campeão olímpico por equipes e vice individual.

Pinheiros também é tri no Torneio Open de Natação

27 de novembro de 2016 0

A exemplo do que ocorreu no Campeonato Brasileiro Sênior – Troféu Daltely Guimarães, o Pinheiros (SP) conquistou o tricampeonato o Torneio Open de Natação, encerrado no sábado, em Palhoça, Santa Catarina. Com 415,50 pontos, o clube paulista ficou com a primeira colocação. Corinthians, com 242,50 pontos,e Unisanta, com 137, também repetiram o resultado e ficaram com a segunda e terceira colocações, respectivamente. O Sesi-SP (SP) foi o quarto com exatos 100 pontos, seguido pelo gaúcho Grêmio Náutico União, que somou 97,50 e foi o quinto colocado.

Pinheiros faturou o tri - Divulgação/Satiro Sodré / CBDA / SSPress

Pinheiros faturou o tri – Divulgação/Satiro Sodré / CBDA / SSPress

Thiago Simon, do Corinthians, e Etiene Medeiros, do Sesi-SP, foram os atletas de melhor índice técnico, enquanto Brandonn Almeida (Corinthians) e Manuella Lyrio (Pinheiros) foram os mais eficientes, aqueles que marcaram mais pontos para seus clubes.

O Torneio Open foi também a primeira seletiva para o Campeonato Mundial de Natação, que será disputado em Budapeste, na Hungria, e para o Campeonato Mundial Júnior, em Indianápolis, Estados Unidos, também em 2017.

Brandonn Almeida, Etiene Medeiros, Manuella Lyrio e Thiago Simon e seus prêmios individuais - Divulgação/Satiro Sodré / CBDA / SSPress

Brandonn Almeida, Etiene Medeiros, Manuella Lyrio e Thiago Simon e seus prêmios individuais – Divulgação/Satiro Sodré / CBDA / SSPress

Na última prova do campeonato, Brandonn Almeida quebrou o recorde sul-americano dos  400m livre, com o tempo de 3m49s46. A marca anterior pertencia a Leonardo de Deus (3m49s62). O pódio ainda teve Luiz Altamir Melo, do Flamengo (RJ), com 3m50s64, e Guilherme Costa (Unisanta), com 3m55s53.

Demais resultados:

50m livre feminino -

Ouro: Etiene Medeiros (Sesi-SP) 24s98

Prata: Lorrane Fereira (Fiat/Minas Tênis Clube) 25s28

Bronze: Alessandra Marchioro (Unisanta) 25s42

50m livre masculino -

Ouro: Marcelo Chierighini (Pinheiros) 22s41

Prata: Leonardo Schilling ( Marista Criciúma-SC) 22s62

Bronze: Guilherme Ocampo (Corinthians) 22s63

100m peito feminino -

Ouro: Jhennifer Conceição (Pinheiros) 1m08s96

Prata: Ranata Paula Sander (Fiat/Minas Tênis Clube) 1m10s11

Bronze: Ana Carla Carvalho (Pinheiros)  1m11s23

100m peito masculino -

Ouro: Pedro Cardona (Pinheiros) 1m00s46

Prata: Felipe França (Corinthians) 1m00s65

Bronze: João Gomes Júnior (Pinheiros) 1m01s22

200m borboleta feminino -

Ouro: Maria Luiza Pessanha (Marina Barra Clube-RJ) 2m14s85

Prata: Manuella Lyrio (Pinheiros) 2m15s22

Bronze: Giovanna Diamante (Pinheiros) 2m15s41

200m borboleta masculino -

Ouro: Leonardo de Deus (Corinthians) 1m58s21

Prata: Pedro Vieria (Corinthians)  1m58s74

Bronze: Matheus Gonche ( Fluminense-RJ) 1m59s97

400m livre feminino - 

Ouro: Larissa Oliveira (Pinheiros) 4m15s01

Prata: Viviane Jungblut (Grêmio Náutico União) 4m15s88

Bronze: Bruna Primati (Sesi-SP) 4m20s88

Pinheiros é tri e Grêmio Náutico União fica em quarto no Brasileiro Sênior de Natação

26 de novembro de 2016 0

O Pinheiros (SP) conquistou neste sábado (26), o tricampeonato do Campeonato Brasileiro Sênior de Natação – Troféu Daltely Guimarães, na piscina da Unisul, em Palhoça (SC). As equipe paulistas dominaram a competição. O campeão terminou com 487 pontos, seguido pelo Corinthians, com 300.50, e a Unisanta, com 191.50. A quarta colocação ficou com o gaúcho Grêmio Náutico União, que somou 185 pontos.

Pinheiros levou o tri do Brasileiro Sênior - Divulgação/ Satiro Sodré/SSPress

Pinheiros levou o tri do Brasileiro Sênior – Divulgação/ Satiro Sodré/SSPress

Joanna Maranhão, do Pinheiros, e Leonardo de Deus, do Corinthians, levaram os prêmios de atletas mais eficientes, aqueles que mais marcaram pontos para seus clubes. Os melhores índices técnicos ficaram com Etiene Medeiros, do Sesi-SP (SP), e Felipe França, do Corinthians.

Eficiência de Joanna Maranhão ajudou o Pinheiros - Divulgação/ Satiro Sodré/SSPress

Eficiência de Joanna Maranhão ajudou o Pinheiros – Divulgação/ Satiro Sodré/SSPress

Confira os resultados das provas de hoje:

50m livre feminino -

Ouro: Etiene Medeiros (Sesi-SP) 25seg03

Prata: Alessandra Marchioro (Unisanta) 25seg35

Bronze: Lorrane Ferreira (Fiat/Minas Tênis Clube) 25seg40

50m livre masculino -

Ouro: Marcelo Chierighini (Pinheiros) 22seg52

Prata: Gabriel Silva (Pinheiros) 22seg61

Bronze: Henrique Martins (Fiat/Minas Tênis Clube) 22seg78

100m peito feminino -

Ouro: Renata Paula Sander (Fiat/Minas Tênis Clube) 1min10seg82

Prata: Ana Carla Carvalho (Pinheiros) 1min11seg58

Bronze: Pamela Alencar (Corinthians) 1min12seg90

100m peito masculino -

Ouro: Pedro Cardona (Pinheiros) 1min00seg96

Prata: João Luiz Gomes Júnior (Pinheiros) 1min01seg11

Bronze: Felipe França (Corinthians) 1min01seg19

200m borboleta feminino -

Ouro: Manuella Lyrio (Pinheiros) 2min18seg19

Prata: Gabriele Albuquerque (Corinthians) 2min19seg82

Bronze: Patrícia Neumann (Unisanta) 2min17seg69

200m borboleta masculino -

Ouro: Leonardo de Deus (Corinthians) 2min00seg34

Prata: Marcos Ferrari (Pinheiros) 2min01seg11

Bronze:   Pedro França Vieira (Corinthians) 2min01seg17

400m livre feminino -

Ouro: Joanna Maranhão (Pinheiros) 4min12seg22

Prata: Viviane Jungblut (Grêmio Náutico União) 4min17seg47

Bronze: Larissa Oliveira (Pinheiros) 4min19seg59

400m livre masculino -

Ouro: Giuliano Rocco (Fiat/Minas Tênis Clube) 3min51seg58

Prata: Leonardo de Deus (Corinthians) 3min54seg84

Bronze: Luiz Altamir Melo (Flamengo) 3min55seg74

Equipe do 4x100m medley feminino do União - Divulgação/GNU

Equipe do 4x100m medley feminino do União – Divulgação/GNU

Revezamento 4x100m medley feminino -

Ouro: Corinthians “A” (SP) 4min18seg73

Prata: Grêmio Náutico União “A” (RS) 4min19seg76

Bronze: Pinheiros “A” (SP) 4min20seg19

Revezamento 4x100m medley masculino -

Ouro: Pinheiros “A” (SP) 3min40seg30

Prata: Unisanta “A” (SP) 3min36seg15

Bronze: Corinthians “A (SP) 3min48seg10

Clique aqui e veja a classificação final dos clubes.

Pinheiros dispara na liderança do Torneio Open de Natação

25 de novembro de 2016 0

A penúltima etapa do Torneio Open de Natação, nesta sexta-feira (25) deu a Pamela Alencar, do Corinthians, o recorde de campeonato dos 200m peito, com 2m32s81. A marca anterior, 2m32s87, Tatiane Sakemi, do Pinheiros, bateu em 2009. A competição termina no sábado (26) na piscina da Unisul, em Palhoça (SC) e lideram a competição Pinheiros (351), Corinthians (216),  Unisanta (139) e Grêmio Náutico União (79).

Pamela Alencar quebrou recorde histórico - Divulgação/Satiro Sodré/CBDA/SSPress

Pamela Alencar quebrou recorde histórico – Divulgação/Satiro Sodré/CBDA/SSPress

O pódio da prova de Pamela teve Carolyne Mazzo, do Pinheiros, e Thamy Ventorin, do Flamengo, com a prata e o bronze, respectivamente, pelas marcas de 2m33s88 e 2m34s85. Entre os homens, Thiago Simon, do Corinthians, voltou a vencer, com 2m10s78. Henrique Babosa, da Unisanta, e Caio Pumputis, do Pinheiros, completaram o pódio, com 2m13s25 e 2m13s95, respectivamente.

Thiago Simon venceu os 200m costas - Divulgação/Satiro Sodré/CBDA/SSPress

Thiago Simon venceu os 200m costas – Divulgação/Satiro Sodré/CBDA/SSPress

Gabriel Silva, do Pinheiros, que pela manhã venceu os 100m livre no Brasileiro Sênior, baixou o tempo para 48s60 e ficou na frente de Pedro Spajari, do Pinheiros (49s34) e Felipe Ribeiro, da Unisanta (49s44). No feminino Larissa Oliveira (55s31) e Manuella Lyrio (55s28), fizeram a dobradinha para o Pinheiros. O bronze ficou com Daiane Becker, do Fiat/Minas Tênis Clube (55s66).

Gabriel Silva venceu os 100m livre - Divulgação/Satiro Sodré/CBDA/SSPress

Gabriel Silva venceu os 100m livre – Divulgação/Satiro Sodré/CBDA/SSPress

Etiene Medeiros continuou na liderança dos 50m costas. A atleta do Sesi-SP (SP) marcou 27s79, seguida de Ana Zortea (29s16), do Flamengo e Isabela Silva (30s52), do Corinthians. Daniel Ozerchowski, do Pinheiros, também retornou ao lugar mais alto do pódio (25s21), com os colegas de clube Guilherme Guido (25s27) e Guilherme Basseto (25s46).

Etiene venceu os 50m costas - Divulgação/Satiro Sodré/CBDA/SSPress

Etiene venceu os 50m costas – Divulgação/Satiro Sodré/CBDA/SSPress

Demais resultados:

200m medley feminino -

Ouro: Gabriele Roncatto (Unisanta) 2m15s65

Prata: Nathalia Almeida (Flamengo)2m15s56

Bronze: Florência Perotti (Pinheiros) 2m18s55

200m medley masculino -

Ouro: Brandonn Almeida (Corinthians) 2m00s79

Prata: Leonardo Santos (Pinheiros) 2m01s86

Bronze: Gabriel Ogawa (Pinheiros) 2m02s47

Revezamento 4x50m medley Misto -

Ouro: Pinheiros (SP) – 1m44s82

Prata: Corinthians (SP) 1m45s32

Bronze: Grêmio Náutico União (RS) 1m47s91

Em dia de recordes, Pinheiros lidera o Open de Natação

24 de novembro de 2016 0

O Pinheiros (SP) assumiu a liderança isolada na classificação geral do Torneio Open de Natação, em Palhoça (SC), após dois dias de disputa. Nesta quinta-feira (24), o time paulista chegou aos 199 pontos e abriu 119 de vantagem para Corinthians (SP) e Unisanta (SP), que dividem a segunda colocação. Logo depois, aparecem Grêmio Náutico União (RS) e Sesi-SP (SP), com 56.5 e 56 pontos, respectivamente.

Manuella Lyrio e Larissa Oliveira, do Pinheiros, no pódio dos 200m livre - Divulgação/CBDA

Manuella Lyrio e Larissa Oliveira, do Pinheiros, no pódio dos 200m livre – Divulgação/CBDA

Três recordes de campeonato foram quebrados nas provas femininas. O primeiro veio nos 50 metros peito, com Jhennifer Conceição (Pinheiros), que marcou 31seg08 e ficou exatos 0seg80 à frente da ex-recordista Alessandra Marchioro (Unisanta). O pódio ainda teve Renata Sander, do Fiat/Minas Tênis Clube (MG), que nadou em 31seg90.

Nos 200 metros livre, Manuella Lyrio (Pinheiros) cravou 1min58seg25 para garantir a nova marca e levar o ouro. Sua companheira de clube, Larissa Oliveira, fez 1min59seg62 e levou a prata. Com 2min00seg68, Gabrielle Roncatto (Unisanta) garantiu o bronze.

O time feminino de 4x100m livre do Pinheiros (Manuella Lyrio, Larissa Oliveira, Aline Rodrigues e Joanna Maranhão) marcou o novo recorde em 3min43seg47. Sesi-SP (3min45seg38) e Grêmio Náutico União (3min49seg01) completaram o pódio.

O pódio do revezamento 4x100m feminino - Divulgação/CBDA

O pódio do revezamento 4x100m feminino – Divulgação/CBDA

Demais resultados:

50 metros peito masculino -

Ouro: Felipe França (Corinthians) – 27seg33

Prata: João Gomes Júnior  (Pinheiros) – 27seg42

Bronze: Pedro Cardona (Pinheiros) – 27seg94

200 metros livre masculino -

Ouro: Luiz Altamir Melo ( Flamengo) – 1min49seg11

Prata: André Pereira (Grêmio Náutico União) – 1min49seg67

Bronze: Giuliano Rocco (Fiat/Minas Tênis Clube) – 1min49seg70

Bronze: Fernando Scheffer (Grêmio Náutico União) - 1min49seg70

O pódio dos 200m livre - Divulgação/GNU

O pódio dos 200m livre – Divulgação/GNU

100 metros costas feminino -

Ouro: Natalia de Luccas (Corinthians) – 1min02seg26

Prata: Maria Pessanha (Marina Barra Clube-RJ) – 1min02seg73

Bronze: Ana Giulia Zortea (Flamengo) – 1mun04seg14

100 metros costas masculino -

Ouro: Guilherme Guido (Pinheiros) – 54seg58

Prata: Guilherme Basseto (Pinheiros) – 55seg33

Bronze: Fábio Santi (Pinheiros) – 55seg82

100 metros borboleta feminino -

Ouro: Daynara de Paula (Sesi-SP) – 1min00seg20

Prata: Joanna Maranhão (Pinheiros) – 1min00seg49

Bronze: Clarissa Rodrigues (Sesi-SP) – 1min00seg84

100 metros borboleta masculino -

Ouro: Henrique Martins (Fiat/Minas Tênis Clube) – 52seg78

Prata: Pedro França Vieira (Corinthians) – 52seg88

Bronze: Guilerme Rosolen (Pinheiros) – 53seg42

400 metros medley masculino -

Ouro: Gabrielle Roncatto (Unisanta) – 4min47seg92

Prata: Nathália Almeida (Flamengo) – 4min49seg78

Bronze: Bruna Primati (Sesi-SP) 4min52seg00

400 metros medley feminino -

Ouro: Brandonn Almeida (Corinthians) – 4min12seg49

Prata: Leonardo Santos (Pinheiros) – 4min23seg25

Bronze: Caio Rodrigues Pumputis (Pinheiros) – 4min25seg69

Revezamento 4×100 metros livre masculino -

Ouro: Pinheiros “A” – 3min19seg44

Prata: Corinthians “A” – 3min21seg88

Bronze: Unisanta “A”  3min22seg04

Unisanta, Pinheiros e Sesi-SP lideram o Torneio Open de Natação

24 de novembro de 2016 0

O primeiro dia do Torneio Open de Natação, em Palhoça (SC), foi finalizado com os paulistas Unisanta, Pinheiros e Sesi-SP nas primeiras colocações. A competição abre a disputa por vagas no Campeonato Mundial dos Esportes Aquáticos, que acontecerá em Budapeste, na Hungria, em 2017. A seleção dos atletas desta vez será pro índice técnico e a última seletiva acontecerá no Troféu Maria Lenk do ano que vem.

O pódio dos 1.500m livre - Divulgação /CBDA

O pódio dos 1.500m livre – Divulgação /CBDA

Nos 1.500m livre masculino, o título ficou com Guilherme Costa, de 18 anos, que nadou em 15min17seg46 e foi o melhor em um pódio formado por apenas atletas da Unisanta. A prata ficou com Luiz Arapiraca (15min35seg28) e o bronze foi para Victor Colonese (15min41srg05). Com os resultados desta prova, foram definidos os medalhistas do Campeonato Sênior, que foram Arapiraca, Colonese e Luiz Gustavo Barros (15min44seg25), do Grêmio Náutico União (RS).

Luiz Gustavo Barros levou o bronze - Divulgação/Arquivo

Luiz Gustavo Barros levou o bronze – Divulgação/Arquivo

A prova dos 50m borboleta feminino foi vencida por Etiene Medeiros, do Sesi-SP, com 26seg51, seguida por sua colega de clube, Daynara de Paula (26srg51) e Luanna Oliveira (27seg45), do Pinheiros.

Entre os homens, Henrique Martins, do Minas Tênis Clube (MG) marcou 23seg28 e levou o ouro. Guilherme Rosolen (23seg75), do Pinheiros, e de Leonardo Schilling (23s9eg5), do Marista Criciúma (SC) ficaram com a prata e o bronze, respectivamente.

Henrique Martins levou os 50m borboleta - Divulgação/Satiro Sosré/CBDA/SSPress

Henrique Martins levou os 50m borboleta – Divulgação/Satiro Sosré/CBDA/SSPress

Brandonn Pierry, do Corinthians (SP) cravou 1min5eg9s71 e garantiu a medalha de ouro nos 200m costas masculino. Fábio Santi (Pinheiros), com 2min01seg30, e Leonardo Finn (2min03seg86), da Unisanta completaram o pódio.

Na disputa feminina, nova vitória do Corinthians. Gabriela Mello (2min15seg08) ganhou a medalha de ouro, seguida por sua companheira de equipe Nátalia de Lucas (2min16seg03) e a argentina Florência Perotti (2min17seg93), do Pinheiros.

A experiente Joanna Maranhão, do Pinheiros, venceu os 800m livre com o tempo de 8min38seg73. A prata ficou com Viviane Jungblut (8m42s89), do Grêmio Náutico União, e Bruna Primati (8m54s20) levou o bronze. Já no Brasileiro Sênior, Joanna e Viviane ficaram com as duas primeiras posições, seguidas por Betina Lorscheitter, do Grêmio Náutico União, com 8min55seg93.