Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "kei nishikori"

Vice em Houston coloca Thomaz Bellucci perto de retorno ao Top 50 da ATP

17 de abril de 2017 0

A conquista do vice-campeonato do ATP 250 de Houston rendeu bons frutos ao brasileiro Thomaz Bellucci, que pulou para a 53ª colocação no ranking mundial da ATP. Na atualização desta segunda-feira (17), ele avançou 12 postos em relação à semana anterior e ficou muito perto de retornar ao Top 50. A última aparição do paulista neste grupo foi em 18 de julho do ano passado, quando figurou em 49º lugar.

Bellucci ficou perto do Top 50 - Divulgação/@mensclaycourt

Bellucci ficou perto do Top 50 – Divulgação/@mensclaycourt

Entre os cinco primeiros apenas uma mudança, a volta do japonês Kei Nishikori, que saiu de sétimo para quinto. A primeira colocação é do britânico Andy Murray que tem 3.695 pontos de vantagem para o sérvio Novak Djokovic. Logo depois aparecem os suíços Stanislas Wawrinka e Roger Federer, que é o líder da Corrida dos Campeões, onde apenas os pontos da temporada são computados.

Murray mantém liderança - Divulgação/Joel Marklund/AELTC

Murray mantém liderança – Divulgação/Joel Marklund/AELTC

Quem trocou de lugar com Nishikori foi o espanhol Rafael Nadal, que está atrás ainda do canadense Milos Raonic. O Top 10 é fechado pelo croata Marin Čilić, o austríaco Dominic Thiem e o francês Jo-Wilfreid Tsonga.

Veja os 10 primeiros do ranking mundial:

1 – Andy Murray (GBR) 11.600

2 – Novak Djokovic (SER) 7.905

3 – Stanislas Wawrinka (SUI) 5.605

4 – Roger Federer (SUI) 5.125

Federer lidera ranking da temporada - Divulgação/@BNPPARIBASOPEN

Federer lidera ranking da temporada – Divulgação/@BNPPARIBASOPEN

5 – Kei Nishikori (JAP) 4.310

6 – Milos Raonic (CAN) 4.165

7 – Rafael Nadal (ESP) 3.735

8 – Marin Čilić (CRO) 3.385

9 – Dominic Thiem (AUT) 3.385

10 – Jo-Wilfried Tsonga (FRA) 2.905

Confira os 10 primeiros brasileiros:

53 – Thomaz Bellucci (SP) 876

70 – Rogério Dutra SIlva (SP) 715

80 – Thiago Monteiro (CE) 668

136 – João Souza (SP) 427

242 – André Ghem (RS) 207

277 – Guilhemre Clezar (RS) 182

324 – Caio Zampieri (SP) 150

347 – João Pedro Sorgi (SP) 136

429 – Bruno Sant’Anna (SP) 96

451 – Daniel Dutra Silva (SP) 88

Rafael Nadal atropela Jack Sock e vai às semifinais em Miami

30 de março de 2017 0

Mesmo sem ter vencido um torneio na temporada, Rafael Nadal também vem mostrando evolução e se aproxima cada vez mais, de um melhor ritmo. Na quarta-feira (29), à noite, ele derrotou o norte-americano Jack Sock por 2 a 0 (6/2 e 6/3), em 1h13 de partida e passou às semifinais do Masters 1.000 de Miami, Estados Unidos, pela sétima vez.

Nadal ainda não venceu um torneio no ano - Divulgação/@MiamiOpen

Nadal ainda não venceu um torneio no ano – Divulgação/@MiamiOpen

Quatro vezes vice-campeão, Nadal agora vai enfrentar o italiano Fabio Fognini, que surpreendeu o japonês Kei Nishikori, segundo cabeça de chave, por 6/4 e 6/2, em 68 minutos.. Esta será apena a segunda semifinal da carreira do 40º do mundo em um torneio deste porte.

Até hoje, em 10 c0nfrontos entre eles, Nadal tem vantagem. O espanhol venceu sete jogos contra três. Em Miami, eles jogaram nas oitavas de final em 2014 e o Touro Miúra venceu em sets diretos.

Federer, Nadal e Nishikori estão nas quartas de final e Wawrinka é eliminado por Zverev em Miami

28 de março de 2017 0

A rodada de oitavas de final do Masters 1.000 de Miami, Estados Unidos, foi de três confirmações e uma surpresa. Dono de dois títulos no torneio e vencedor das duas principais competições da temporada, o Aberto da Austrália e o Masters de Indian Wells, o suíço Roger Federer encontrou dificuldades, mas superou o espanhol Roberto Bautista Agut, 18º do ranking, com um duplo 7/6, com placares de 7/5 e 7/4 nos dois tie-breaks.

Federer busca o tri em Miami - Divulgação/@MiamiOpen

Federer busca o tri em Miami – Divulgação/@MiamiOpen

Sexto do mundo, Federer agora vai encarar um velho conhecido, o tcheco Tomáš Berdych, 14º, que derrotou em sets diretos (6/3 e 7/5) o francês Adrian Mannarino. Esta será a 24ª partida entre eles e o suíço buscará manter a ampla vantagem que possui até o momento, com 17 vitórias contra seis.

Finalista na Austrália em janeiro, o espanhol Rafael Nadal venceu o francês Nicolas Mahut por 2 a 0, parciais de 6/4 e 7/6 (4), em jogo que teve 1h35 de duração. Vice em Miami, em quatro oportunidades, o sétimo colocado do ranking mundial agora enfrentará o norte-americano Jack Sock, 17º da ATP, que bateu o compatriota Jared Donaldson por fáceis 6/2 e 6/1, em 63 minutos de partida.

Nadal tem quatro vices em Miami - Divulgação/@MiamiOpen

Nadal tem quatro vices em Miami – Divulgação/@MiamiOpen

Segundo na lista de favoritos, Kei Nishikori precisou de três sets (6/3, 4/6 e 6/3) para eliminar o argentino Federico Delbonis, após 2h14 de jogo. O próximo rival do japonês será o italiano Fabio Fognini, que atropelou o norte-americano Donald Young por 6/0 e 6/4, em apenas 65 minutos de confronto.

Nishikori é um dos candidatos ao título - Divulgação/@MiamiOpen

Nishikori é um dos candidatos ao título – Divulgação/@MiamiOpen

E a grande surpresa ficou por conta da eliminação do suíço Stanislas Wawrinka. Principal favorito ao título, ele parou no jovem alemão Alexander Zverev, 19 anos, que venceu por 2 a 1, parciais de 4/6, 6/2 e 6/1, em 1h44 de jogo.

Zverev é a principal revelação do circuito - Divulgação/@MiamiOpen

Zverev é a principal revelação do circuito – Divulgação/@MiamiOpen

Número 20 do ranking mundial, Zverev agora vai enfrentar o vencedor do duelo entre o australiano Nick Kyrgios e o belga David Goffin.

No jogo 1.000 da carreira, Rafael Nadal conquista 822ª vitória e vai às oitavas no Masters de Miami

26 de março de 2017 0

Em sua milésima partida em um torneio do circuito da ATP, Rafael Nadal superou neste domingo (26) o alemão Philipp Kohlschreiber por 2 sets a 1, com parciais de 0/6, 6/2 e 6/3, em 1h38 de partida, conseguiu sua 822ª vitória e garantiu vaga nas oitavas de final do Masters 1.000 de Miami, nos Estados Unidos.

Nadal tem quatro vices em Miami - Divulgação/@MiamiOpen

Nadal tem quatro vices em Miami – Divulgação/@MiamiOpen

Agora, o número sete do ranking mundial e que tem quatro vices no torneio (2005/08/11/14) enfrentará o francês Nicolas Mahut, 55º do mundo, que venceu o argentino Guido Pella (158º) por 2 a 0 (6/4 e 6/3), em 1h16 de jogo. Esta será a terceira vez que eles irão jogar e cada jogador tem uma vitória.

Mahut tentará surpreender Nadal - Divulgação/@MiamiOpen

Mahut tentará surpreender Nadal – Divulgação/@MiamiOpen

Segundo cabeça de chave, o japonês Kei Nishikori derrotou o espanhol Fernando Verdasco por 2 a 1, parciais de 7/6 (2), 6/7 (5) e 6/1, em jogo que teve 2h44 de duração. Vice-campeão em 2016 e atual número quatro do mundo, ele agora terá como adversário o argentino Federico Delbonis (57º) que passou pelo alemão Jan-Lennard Struff (63º) por 2 a 0, parciais de 7/6 (5) e 6/1, depois de 1h19 de partida.

Em 2016, Nishikori chegou à decisão - Divulgação/@MiamiOpen

Em 2016, Nishikori chegou à decisão – Divulgação/@MiamiOpen

Terceiro favorito e quinto na classificação mundial, o canadense Milos Raonic foi forçado a abandonar o torneio em função de uma lesão no músculo isquiotibial (posterior da coxa) e o norte-americano Jared Donaldson acabou sendo o grande beneficiado, já que ficou com a vaga nas oitavas de final.

Raonic explica sua lesão - Divulgação/@MiamiOpen

Raonic explica sua lesão – Divulgação/@MiamiOpen

Demais resultados:

Fabio Fognini (ITA) 3/6, 6/4 e 6/4 Jérémy Chardy (FRA)

Donald Young (EUA) 7/6 (2) e 6/4 Benoît Paire (FRA)

Rafael Nadal e Kei Nishikori passam às oitavas em Indian Wells

14 de março de 2017 0

O espanhol Rafael Nadal segue na busca por seu quarto título no Masters 1.000 de Indian Wells, nos Estados Unidos. Nesta terça-feira (14), ele derrotou o compatriota Fernando Verdasco, 29º do mundo, em sets diretos (6/3 e 7/5), em 1h29 de partida e pela 11ª vez em 13 participações no torneio garantiu uma vaga nas oitavas de final.

Nadal conquistou sua 50ª vitória em Indian Wells - Divulgação/Matt Hazlett/BNP Paribas Open

Nadal conquistou sua 50ª vitória em Indian Wells – Divulgação/Matt Hazlett/BNP Paribas Open

Na próxima rodada, o número seis na classificação da ATP vai enfrentar o ganhador do confronto entre o norte-americano Steve Johnson, 24º cabeça de chave, e o suíço Roger Federer, nono favorito.

Quem também venceu nesta terça e já está nas oitavas é o japonês Kei Nishikori, quinto do mundo, que passou pelo luxemburguês Gilles Müller por 2 a 0, com um duplo 6/2, em 1h12 de jogo.

Nishikori ainda não venceu um Masters - Divulgação/Matt Hazlett/BNP Paribas Open

Nishikori ainda não venceu um Masters – Divulgação/Matt Hazlett/BNP Paribas Open

Com três finais e nenhum título de Masters, Nishikori terá como próximo rival o norte-americano Donald Young (60º), que bateu o francês Lucas Pouille, 15º do ranking, por 2 a 1, com parciais de 6/4, 1/6 e 7/3, em 1h47 de partida e que pela primeira vez na carreira disputará as oitavas de final de um torneio da série.

Rafael Nadal e Kei Nishikori passam pela estreia em Indian Wells

12 de março de 2017 0

Depois da surpreendente eliminação do número um do mundo, o britânico Andy Murray para o canadense Vasek Pospisil, logo na estreia, o  espanhol Rafael Nadal e o japonês Kei Nishikori foram à quadra do Indian Wells Tennis Garden dispostos a espantar a zebra.

Tricampeão do torneio (2007/09/13), Nadal atropelou o argentino Guido Pella, 145º do mundo, em sets diretos (6/3 e 6/2), em 1h21 de partida e passou à terceira rodada. Cabeça de chave número cinco e sexto na classificação mundial, o espanhol agora irá enfrentar o ganhador do confronto entre o francês Pierre-Hugues Herbert e seu compatriota Fernando Verdasco, 26º na lista de favoritos.

Nadal tem três títulos em Indian Wells - Divulgação/Billie Weiss/BNP Paribas Open

Nadal tem três títulos em Indian Wells – Divulgação/Billie Weiss/BNP Paribas Open

Com três finais de Masters 1.000 e nenhum título da série na carreira, Nishikori venceu o britânico Daniel Evans, 41º da ATP, por 6/3 e 6/4, em jogo que teve 1h25 de duração. O próximo rival do quarto cabeça de série será o luxemburguês Gilles Müller, 25º, que passou pelo tcheco Jiří Veselý por 2 a 0, parciais de 7/6 (1) e 6/1.

No ano passado, Nishikori chegou às quartas de final - Divulgação/Michael Cummo/BNP Paribas Open

No ano passado, Nishikori chegou às quartas de final – Divulgação/Michael Cummo/BNP Paribas Open

Demais resultados da 2ª rodada:

Malek Jaziri (TUN) 7/5 e 6/3 Marcel Granollers (ESP-32)

Grigor Dimitrov (BUL-12) 6/4 e 6/0 Mikhail Youzhny (RUS)

Lucas Pouille (FRA-14) 6/3 e 6/2 Jan-Lennard Struff (ALE)

Donald Young (EUA) 6/3, 3/6 e 6/3 Sam Querrey (EUA-23)

Alexander Zverev (ALE-18) 7/6 (100 e 6/3 Facundo Bagnis (ARG)

Thomaz Bellucci bate Kei Nishikori em estreia no Rio Open

21 de fevereiro de 2017 0

O brasileiro Thomaz Bellucci teve uma grande atuação em sua estreia no ATP 500 Rio Open, nesta terça-feira (21), e surpreendeu o principal favorito do torneio, o japonês Kei Nishikori, número cinco do ranking mundial, e venceu por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/3, em 1h19 de partida.

Bellucci comemora vitória - Divulgação/Rio Open/João Pires/@Fotojump

Bellucci comemora vitória – Divulgação/Rio Open/João Pires/@Fotojump

Com uma quebra no nono game do set inicial, o paulista desestabilizou o vice-campeão do US Open de 2014, que arremessou a raquete no chão, demonstrando um cansaço mental, já que no último domingo disputou a decisão do ATP 250 de Buenos Aires.

Já no segundo set, Bellucci começou no mesmo ritmo e logo no primeiro game quebrou Nishikori e na sequência abriu 2/0. Porém, o japonês devolveu o break e conseguiu a igualdade em 2/2. Sem perder a confiança, o brasileiro conquistou mais uma quebra no sétimo game e fez 4/3, para logo a seguir confirmar o saque e com mais um break fechar em 6/3 e conquistar a segunda maior vitória da carreira.

Nishikori é o número 5 do mundo - Divulgação/Rio Open/@Fotojump

Nishikori é o número 5 do mundo – Divulgação/Rio Open/@Fotojump

Antes da vitória sobre Nishikori, Bellucci tinha uma conquista diante de Andy Murray, então número quatro do mundo, nas oitavas de final do Masters 1000 de Madri, na Espanha, em 2011.

Na segunda rodada, o paulista vai enfrentar o cearense Thiago Monteiro, que superou o português Gastão Elias, de virada, com parciais de 2/6, 7/6 (4) e 6/4, em 2h25 de jogo.

Thiago Monteiro venceu de virada - Divulgação/Rio Open/@Fotojump

Thiago Monteiro venceu de virada – Divulgação/Rio Open/@Fotojump

Demais resultados:

Pablo Carrenõ Busta (ESP-4) 6/3 e 6/2 João Souza (BRA-W)

Víctor Estrella Burgos (DOM-L) 6/2 e 7/5 Guido Pella (ARG)

Horacio Zeballos (ARG) 6/2 e 6/3 Carlos Berlocq (ARG)

Alexandr Dolgopolv (UCR) 6/4 e 6/4 David Ferrer (ESP-6)

Albert Ramos-Viñolas (ESP) 6/2 e 6/0 Stéphane Robert (FRA)

Fabio Fognini (ITA) 6/2 e 6/4 Tommy Robredo (ESP)

Federico Delbonis (ARG) 4/6, 6/1 e 6/4 Horacio Zeballos (ARG)

Dominic Thiem (AUT-2) 6/4 e 7/5 Janko Tipsarević

Kei Nihikori e Alexandr Dolgpolov decidirão título em Buenos Aires

18 de fevereiro de 2017 0

O japonês Kei Nishikori, quinto colocado no ranking mundial, e o ucraniano Alexandr Dolgpolov, 66º, são os finalistas do ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina. A decisão está marcada para o domingo (19), às 14h (de Brasília).

Nishikori tem 11 títulos na carreira - Divulgação/@ArgentinaOpen

Nishikori tem 11 títulos na carreira – Divulgação/@ArgentinaOpen

Neste sábado (18), nas semifinais, o cabeça de chave número um do torneio perdeu seu primeiro set, diante do argentino Carlos Berlocq, 77º, mas conseguiu vencer por 2 a 1 (4/6, 6/4 e 6/3), em 2h43 de partida. Por sua vez, Dolgopolov venceu o espanhol Pablo Carreño Busta, quarto favorito e 25º do mundo, em sets diretos, parciais de 7/5 e 6/2, em 69 minutos.

Dolgopolov tem dois títulos - Divulgação/@ArgentinaOpen

Dolgopolov tem dois títulos – Divulgação/@ArgentinaOpen

A partida do domingo será a sexta entre os dois jogadores e Nishikori até o momento tem 100% de aproveitamento, com cinco vitórias e nenhum set perdido.

De virada, Thiago Monteiro perde nas quartas de final em Buenos Aires

18 de fevereiro de 2017 0

A experiência pesou e o brasileiro Thiago Monteiro acabou perdendo, de virada, para o argentino Carlos Berlocq, nas quartas de final do ATP 250 de Buenos Aires, com parciais de 6/3, 2/6 e 6/3, após 1h59 de partida.

Berlocq bateu Monteiro - Divulgação/Argentina Open

Berlocq bateu Monteiro – Divulgação/Argentina Open

Ex-número 37 do mundo em março de 2012, o argentino de 34 anos soube sair de imensa desvantagem e dar a volta, contando com o apoio do público. Depois de perder o set inicial por 6/3, Berlocq esteve em desvantagem de 1/2 e 15/40 no segundo, mas não só ganhou o game, evitando a quebra, como venceu outros quatro seguidos e forçou o desempate.

Monteiro agora disputará o ATP 500 do Rio - Divulgação/Argentina Open

Monteiro agora disputará o ATP 500 do Rio – Divulgação/Argentina Open

Na terceira parcial, já em clima de Copa Davis, o cearense de 22 anos e atual 84º na classificação mundial sentiu a pressão e acabou sendo dominado pelo jogador da casa.

O próximo rival de Carlos Berlocq será o japonês Kei Nishikori, primeiro favorito e quinto do mundo, que passou pelo português João Sousa em sets diretos (6/1 e 6/4), em 1h13 de jogo.

Nishikori é o principal favorito - Divulgação/Argentina Open

Nishikori é o principal favorito – Divulgação/Argentina Open

Demais resultados:

Pablo Carreño Busta (ESP-4) 6/3, 4/6 e 6/4 Albert Ramos-Viñolas (ESP-5)

Alexandr Dolgopolov (UCR) 7/5 e 6/4 Gerald Melzer (AUT)

De virada, Kei Nishikori vence em Buenos Aires

16 de fevereiro de 2017 0

O japonês Kei Nishikori passou pela estreia no ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina. Em jogo encerrado no começo da madrugada desta quinta-feira (16), o número cinco do ranking mundial derrotou o local Diego Schwartzman, 50º, por 2 a 1, de virada, com parciais de 5/7, 6/2 e 6/2, depois de 2h05 de disputa e passou às oitavas de final.

Nishikori precisou de três sets - Divulgação/Argentina Open

Nishikori precisou de três sets – Divulgação/Argentina Open

Agora, Nishikori vai encarar o português João Sousa (41º), que superou outro tenista da casa, Federico Delbonis (45º), em sets diretos (7/5 e 6/3), em 1h23 de jogo. Esta será a segunda vez que eles irão se enfrentar. No único confronto, em Tóquio-2016, o japonês abandonou a quadra após sete games em virtude de uma lesão.

João Sousa agora vai pegar Nishikori - Divulgação/Argentina Open

João Sousa agora vai pegar Nishikori – Divulgação/Argentina Open

Demais resultados:

Albert Ramos-Viñolas (ESP-5) 6/7 (4), 7/6 (3), 1/0 e abandono Leonardo Mayer (ARG-W)

Pablo Carreño Busta (ESP-4) 6/1, 4/6 e 6/4 Alessandro Giannessi (ITA-q)

Geral Melzer (AUT) 6/3 e 6/3 Paolo Lorenzi (ITA-8)