Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "novak djokovic"

ATP divulga novo ranking e Top 10 segue inalterado

01 de maio de 2017 0

A Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) divulgou nesta segunda-feira (01º) a atualização de seu ranking e nenhuma alteração foi registrada entre os dez primeiros colocados.

Murray mantém liderança  - Divulgação/Theo Karanikos/Tennis Australia

Murray mantém liderança – Divulgação/Theo Karanikos/Tennis Australia

Eliminado nas semifinais em Barcelona, o britânico Andy Murray mantém a primeira posição com confortáveis 3.785 pontos de vantagem para o sérvio Novak Djokovic. Mesmo sem jogar na semana, os suíços Stanislas Wawrinka e Roger Federer aparecem logo depois. Em quinto está o espanhol Rafael Nadal, que em duas semanas seguidas venceu o Masters de Monte Carlo e o ATP 500 de Barcelona.

Com dois títulos no ano, Nadal voltou ao Top 5 - Divulgação/Ben Solomon/Tennis Australia

Com dois títulos no ano, Nadal voltou ao Top 5 – Divulgação/Ben Solomon/Tennis Australia

O melhor brasileiro segue sendo o paulista Thomaz Bellucci, que perdeu três colocações e agora está em 57º lugar. Já Rogério Dutra Silva se manteve em 69º, 12 lugares acima do cearense Thiago Monteiro, que perdeu uma posição. Quem teve o melhor aproveitamento foi o gaúcho Guilherme Clezar, que teve computados os pontos do vice-campeonato do Future de Santa Margherita (Itália) há duas semanas e subiu 13 postos, chegando a 261ª posição.

Bellucci é o melhor brasileiro - Divulgação/Arquivo

Bellucci é o melhor brasileiro – Divulgação/Arquivo

Confira os 10 primeiros colocados no ranking da ATP:

1 – Andy Murray (GBR) 11.870

2 – Novak Djokovic (SER) 8.085

3 – Stanislas Wawrinka (SUI) 5.695

4 – Roger Federer (SUI) 5.125

5 – Rafael Nadal (ESP) 4.735

6 – Milos Raonic (CAN) 4.165

7 – Kei Nishikori (JAP) 4.010

8 – Marin Čilić (CRO) 3.565

9 – Dominic Thiem (AUT) 3.535

10 – David Goffin (BEL) 2.975

Veja os 10 primeiros brasileiros na ATP:

57 – Thomaz Bellucci (SP) 866

69 – Rogério Dutra Silva (SP) 715

81 – Thiago Monteiro (CE) 645

138 – João Souza (SP) 419

249 – André Ghem (RS) 207

261 – Guilherme Clezar (RS) 197

331 – Caio Zampieri (SP) 142

342 – João Pedro Sorgi (SP) 136

401 – Daniel Dutra Silva (SP) 106

425 – Bruno Sant’Anna (SP) 96

Rafael Nadal vai à 11ª final em Monte Carlo e busca quebrar jejum de uma temporada sem títulos

22 de abril de 2017 0

Maior vencedor da história do Masters 1.000 de Monte Carlo, com nove conquistas em 13 participações, o espanhol Rafael Nadal está classificado para a disputa de sua 11ª final na história do torneio. Neste sábado (22), em uma das semifinais, ele derrotou o belga David Goffin, 13º do mundo, por 2 a 0 (6/3  e 6/1), em 1h29 de partida e agora vai em busca do 70º troféu de sua carreira e da quebra de um jejum de mais de um ano sem comemorar um título. A última conquista do canhoto de 30 anos aconteceu em 24 de abril do ano passado em Barcelona.

Nadal busca 10º título em Monte Carlo - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nadal busca 10º título em Monte Carlo – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

A classificação do atual sétimo colocado no ranking mundial da ATP veio em jogo que pode ser dividido em duas partes bem distintas. Na primeira, o belga que vinha de eliminar o sérvio Novak Djokovic mostrou boa capacidade para enfrentar o maior jogador de saibro em todos os tempos e chegou a liderar em 3/1, após uma quebra de saque no terceiro game.

Goffin fazi bom jogo até discutir com o árbitro - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Goffin fazi bom jogo até discutir com o árbitro – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Porém, quando sacava com 40/0 para seguir em vantagem de 4/2, Goffin permitiu a reação de Nadal que chegou aos 40 iguais. Logo depois, uma bola cantada fora pelo juiz de linha, após um revés do espanhol, foi corrigida pelo juiz de cadeira, o francês Cédric Meurier. Irritado, o belga discutiu com o árbitro e perdeu o controle emocional. Deste momento em diante, o espanhol venceu todos os games e fechou em 6/3, com apenas oito erros não forçados contra 18 do adversário.

Nadal tem 69 títulos na carreira - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nadal tem 69 títulos na carreira – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

O começo do segundo set deu impressão de que David Goffin estava recuperado. Porém, logo no terceiro game, Rafael Nadal conseguiu a quebra do saque e tomou conta do jogo. O espanhol venceu os quatro games seguintes, com mais dois breaks e aplicou incontestáveis 6/1, com apenas seis erros contra 12 do belga e um aproveitamento de 86% dos pontos jogados com o segundo saque.

Em busca do décimo título em Monte Carlo, Nadal terá pela frente o compatriota Albert Ramos Viñolas, que nas oitavas de final derrotou o britânico Andy Murray, número um do mundo. Hoje, ele despachou o francês Lucas Pouille em três sets (6/3, 5/7 e 6/1), em jogo que teve 2h16 de duração.

Ramos Viñolas disputará primeira final de Masters - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Ramos Viñolas disputará primeira final de Masters – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Na história, os dois já se enfrentaram em duas oportunidades, ambas no ATP 500 de Barcelona, com vitórias de Rafael Nadal, sempre em sets diretos. Já em Monte Carlos esta será a terceira decisão entre espanhóis.

Rafael Nadal é semifinalista, mas Novak Djokovic cai em Monte Carlo

21 de abril de 2017 0

A esperada semifinal entre o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic, que marcaria o 50º encontro entre os dois, foi frustrada nesta sexta-feira (21), quando foram disputadas as quartas de final do Masters 1.000 de Monte Carlo.

Nadal comemora vaga nas semifinais - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nadal comemora vaga nas semifinais – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

E a decepção do público veio logo de cara, já que Djokovic foi eliminado pelo belga David Goffin em três sets (6/2, 3/6 e 7/5), em 2h38 de partida. Com dois vices na temporada, no ATP 250 de Sofia e no ATP 500 de Roterdã, o número 13 do ranking mundial conquistou a maior vitória de sua carreira e agora disputará sua terceira semifinal de Masters.

Djokovic caiu em Monte Carlo - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Djokovic caiu em Monte Carlo – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nove vezes campeão do torneio, Nadal superou o argentino Diego Schwartzman por 2 a 0, com um duplo 6/4, em 1h39 de jogo, e agora totaliza 61 vitórias em 65 partidas disputadas no Principado. Na carreira, o espanhol 368 triunfos registrados em 402 partidas no saibro, com impressionantes 91,54% de aproveitamento.

Ramos Viñolas bate Čilić e chega à primeira semifinal de Masters na carreira

Outro espanhol que está com ótimo desempenho em Monte Carlo é Albert Ramos Viñolas, 24º do mundo, que depois de eliminar o número um do ranking, o britânico Andy Murray, hoje passou pelo croata Marin Čilić, oitavo, por 2 a 1, com parciais de 6/2, 6/7 (5) e 6/2, em jogo que teve 2h32 de duração.

Ramos Viñolas disputará primeira semifinal de Masters - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Ramos Viñolas disputará primeira semifinal de Masters – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Esta será a primeira vez que Ramos Viñolas disputará uma semifinal de Masters 1.000 e ele terá como rival, o francês Lucas Pouille, 17º da ATP, que passou pelo uruguaio Pablo Cuevas por 2 a 1 (6/0, 3/6 e 7/5) e que tem uma semifinal em torneios deste porte, em Roma 2016.

Novak Djokovic e Rafael Nadal avançam às quartas e podem se enfrentar nas semifinais em Monte Carlo

20 de abril de 2017 0

No mesmo dia em que o número um do ranking mundial, o britânico Andy Murray foi eliminado nas oitavas de final do Masters 1.000 de Monte Carlo, dois outros favoritos, o sérvio Novak Djokovic e o espanhol Rafael Nadal avançaram às quartas de final e poderão se encontrar nas semifinais, caso vençam na próxima rodada.

Djokovic comemora vitória - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Djokovic comemora vitória – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Campeão do torneio em 2013/15 e finalista em 2009/12, Djokovic voltou a enfrentar dificuldades, mas venceu o espanhol Pablo Carreño Busta, 19º da ATP, por 2 a 1, parciais de 6/2, 4/6 e 6/4, em jogo que teve 2h26 de duração.

O próximo rival do vice-líder do ranking será o belga David Goffin, 13º na classificação mundial, que bateu o austríaco Dominic Thiem, nono, por 2 a 1, com parciias de 7/6 (4), 4/6 e 6/3, em 2h15 de confronto. Esta será sexta vez que eles irão se enfrentar e até o momento Djokovic está invicto.

Goffin vai encarar Djokovic - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Goffin vai encarar Djokovic – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nadal atropela Zverev e segue na busca do 10º troféu

Maior campeão da história do torneio, com nove títulos, Nadal não tomou conhecimento da grande revelação do circuito nos últimos anos, o alemão Alexander Zverev e venceu por 2 a 0, com um implacáveis 6/1 e 6/1, em 69 minutos de jogo.

Nadal atropelou Zverev - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nadal atropelou Zverev – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Número sete do mundo, o canhoto espanhol agora vai encarar o argentino Diego Schwartzman, 41º do mundo, que passou pelo qualifier alemão Jan-Lennard Struff (58º) em sets diretos (6/3 e 6/0), em 1h10 de partida. Este será o terceiro confronto entre eles e nos dois anteriores, Nadal venceu sem ceder um set sequer, em Acapulco 2013 e no Aberto dos Estados Unidos de 2015.

Caso Rafael Nadal e Novak Djokovic vençam seus jogos, eles irão se enfrentar em uma das semifinais. Caso isso ocorra será a 50ª vez na história, que registra até o momento, 26 vitórias do sérvio contra 23 do espanhol.

Wawrinka perde para Cuevas e dá adeus ao bi

O uruguaio Pablo Cuevas, 27º do ranking mundial, também conseguiu um resultado surpreendente ao derrotar o suíço Stanislas Wawrinka, campeão de 2014, com um duplo 6/4. Depois de eliminar o terceiro do mundo, ele agora vai encarar o francês Lucas Pouille, que precisou jogar apenas três games diante do compatriota Adrian Mannarino, que sentiu lesão e teve que abandonar a quadra.

Cuevas superou Wawrinka - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Cuevas superou Wawrinka – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Estes são os confrontos de quartas de final:

Albert Ramos Viñolas (ESP-15) x Marin Čilić (CRO-5)

Pablo Cuevas (URU-16) x Lucas Pouille (FRA-11)

Diego Schwartzman (ARG) x Rafael Nadal (ESP-4)

David Goffin (BEL-10) x Novak Djokovic (SER-2)

Com dificuldades, Novak Djokovic passa pela estreia em Monte Carlo

18 de abril de 2017 0

O sérvio Novak Djokovic precisou de muito esforço para passar por sua estreia no Masters 1.000 de Monte Carlo. Nesta terça-feira (18), ele derrotou o francês Gilles Simon em três sets, parciais de 6/3, 3/6 e 7/5, em 2h32 de partida.

Djokovic suou para vencer - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Djokovic suou para vencer – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

No set inicial, Simon já deu um susto no número dois do mundo e conseguiu uma quebra, mas quando sacou para fazer 2/0 não teve sucesso e Djokovic empatou e conseguiu saltar à frente em 5/3, após conquistar o segundo break point. Depois, com o serviço, ele encerrou a parcial em 36 minutos, apesar dos 43% de aproveitamento com os pontos jogados no primeiro saque.

Simon deu muito trabalho a Djokovic - Divulgação/Arquivo

Simon deu muito trabalho a Djokovic – Divulgação/Arquivo

Já no segundo set, o sérvio conseguiu o break em 2/1 e logo depois confirmou o saque. Porém, em uma incrível recuperação, o francês ganhou cinco games seguidos, com direito a quebras no sexto e oitavo games e empatou a disputa com um 6/3, depois de 53 minutos.

Djokovic tem dois títulos e dois vices em Monte Carlo - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Djokovic tem dois títulos e dois vices em Monte Carlo – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

A terceira parcial começou equilibrada até Gilles Simon conquistar mais uma quebra no quinto game. Porém, na sequência, ele não conseguiu confirmar o serviço e deixou Novak Djokovic empatar em 3/3 e com uma novo break point vencer a partida no 12º game.

Com a 19ª vitória em 37 jogos em Mônaco, o campeão das temporadas 2013/15 passou às oitavas de final e agora enfrentará o ganhador da partida entre o espanhol Pablo Carreño Busta, 13º cabeça de chave, e o russo Karen Khachanov, que hoje estreou eliminando o também francês Nicolas Mahut em sets diretos (6/2 e 6/4).

Outros resultados:

2ª rodada:

Pablo Cuevas (URU-16) 6/3 e 6/3 João Sousa (POR)

Adrian Mannarino (FRA-q) 6/7 (3), 6/2 e 6/3 Jo-Wilfried Tsonga (FRA-7)

David Goffin (BEL-10) 7/5 e 6/1 Nicolás Almagro (ESP)

1ª rodada -

Gilles Müller (LUX) 6/2 e 6/2 Tommy Robredo (ESP)

Carlos Berlocq (ARG-q) 3/6, 6/2 e 6/1 Pierre-Hugues Herbert (FRA-L)

Tommy Haas (ALE) 6/2 e 6/3 Benoît Paire (FRA)

Jérému Chardy (FRA-W) 7/6 (3), 3/6 e 6/3 Borna Ćorić (CRO-W)

Jiří Veselý (CZE) 7/6 (3) e 6/3 Mischa Zverev (ALE)

Lucas Pouille (FRA-11) 6/2 e 6/4 Ryan Harrison (EUA)

Paolo Lorenzi (ITA) 6/2 e 6/4 Marcel Granollers (ESP)

Jan-Lennard Struff (ALE-q) 6/4 e 6/4 Casper Ruud (ALE-w)

Feliciano López (ESP) 7/6 (5) e 7/5 Daniil Medvedev (RUS)

Robin Haase (HOL) 6/3 e 6/2 Damir Džumhur (BOS-LL)

Novak Djokovic vence na estreia das duplas em Monte Carlo

17 de abril de 2017 0

Antes de sua estreia na chave de simples do Masters 1.000 de Monte Carlo, o sérvio Novak Djokovic entrou em quadra nesta segunda-feira (17) para a disputa da primeira rodada do torneio de duplas. Ele e o compatriota Viktor Troicki venceram Gilles Müller, de Luxemburgo, e o francês Gilles Simon por 2 a 0 (7/5e 6/3), em 1h16 de partida.

Trociki e Djokovic venceram na estreia - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Trociki e Djokovic venceram na estreia – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Com a vitória, eles garantiram vaga nas oitavas de final e agora vão encarar os principais favoritos ao título, o finlandês Henri Kontinnen e o australiano John Peers, atuais campeões do Aberto da Austrália e do ATP Finals.

Uma das parcerias mais experientes, o alemão Tommy Haas e o filipino Treat Huey derrotaram os franceses Julien Benneteau e Lucas Pouille por 2 a 1, parciais de 4/6, 6/4 e 10-8, em jogo que teve 1h15 de duração. Na próxima rodada, eles vão enfrentar o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray, cabeças de chave número três.

Demais resultados:

Florin Mergea/Aisam-ul-Haq Qureshi (ROM/PAK) 6/4 e 6/4 Marin Čilić/Philipp Petzschner (CRO/ALE)

Benoît Paire/Edouard Roger-Vasselin (FRA) 6/4, 1/6 e 10-3 Grigor Dimitrov/Nenad Zimonjić (BUL/SER-W)

Vice em Houston coloca Thomaz Bellucci perto de retorno ao Top 50 da ATP

17 de abril de 2017 0

A conquista do vice-campeonato do ATP 250 de Houston rendeu bons frutos ao brasileiro Thomaz Bellucci, que pulou para a 53ª colocação no ranking mundial da ATP. Na atualização desta segunda-feira (17), ele avançou 12 postos em relação à semana anterior e ficou muito perto de retornar ao Top 50. A última aparição do paulista neste grupo foi em 18 de julho do ano passado, quando figurou em 49º lugar.

Bellucci ficou perto do Top 50 - Divulgação/@mensclaycourt

Bellucci ficou perto do Top 50 – Divulgação/@mensclaycourt

Entre os cinco primeiros apenas uma mudança, a volta do japonês Kei Nishikori, que saiu de sétimo para quinto. A primeira colocação é do britânico Andy Murray que tem 3.695 pontos de vantagem para o sérvio Novak Djokovic. Logo depois aparecem os suíços Stanislas Wawrinka e Roger Federer, que é o líder da Corrida dos Campeões, onde apenas os pontos da temporada são computados.

Murray mantém liderança - Divulgação/Joel Marklund/AELTC

Murray mantém liderança – Divulgação/Joel Marklund/AELTC

Quem trocou de lugar com Nishikori foi o espanhol Rafael Nadal, que está atrás ainda do canadense Milos Raonic. O Top 10 é fechado pelo croata Marin Čilić, o austríaco Dominic Thiem e o francês Jo-Wilfreid Tsonga.

Veja os 10 primeiros do ranking mundial:

1 – Andy Murray (GBR) 11.600

2 – Novak Djokovic (SER) 7.905

3 – Stanislas Wawrinka (SUI) 5.605

4 – Roger Federer (SUI) 5.125

Federer lidera ranking da temporada - Divulgação/@BNPPARIBASOPEN

Federer lidera ranking da temporada – Divulgação/@BNPPARIBASOPEN

5 – Kei Nishikori (JAP) 4.310

6 – Milos Raonic (CAN) 4.165

7 – Rafael Nadal (ESP) 3.735

8 – Marin Čilić (CRO) 3.385

9 – Dominic Thiem (AUT) 3.385

10 – Jo-Wilfried Tsonga (FRA) 2.905

Confira os 10 primeiros brasileiros:

53 – Thomaz Bellucci (SP) 876

70 – Rogério Dutra SIlva (SP) 715

80 – Thiago Monteiro (CE) 668

136 – João Souza (SP) 427

242 – André Ghem (RS) 207

277 – Guilhemre Clezar (RS) 182

324 – Caio Zampieri (SP) 150

347 – João Pedro Sorgi (SP) 136

429 – Bruno Sant’Anna (SP) 96

451 – Daniel Dutra Silva (SP) 88

Sérvia e França, os primeiros semifinalistas da Copa Davis

08 de abril de 2017 0

A primeira semifinal da Copa Davis foi definida e será disputada, entre 15 e 17 de setembro, por Sérvia e França. Neste sábado (08), sérvios e franceses confirmaram suas classificações com vitórias sobre Espanha e Grã-Bretanha, respectivamente.

Em Belgrado, a dupla Viktor Troicki e Nenad Zimonjić derrotou os espanhóis Pablo Carreño Busta e Marc López em cinco sets, parciais de 4/6, 7/6 (4), 6/0, 4/6 e 6/2, em 3h14 de jogo, fechando a série em 3 a 0 para os donos da casa.

Troicki e Zimonjić confirmaram vaga da Sérvia - Divulgação/Srdjan Stevanovic/ITF

Troicki e Zimonjić confirmaram vaga da Sérvia – Divulgação/Srdjan Stevanovic/ITF

Mesmo contando com o ex-número um do mundo Novak Djokovic, os sérvios tiveram como destaque o veterano Zimonjić, 40 anos, que também é o capitão da equipe e que participa do torneio desde 1995. Hoje, ele conquistou sua 30ª vitória em 48 jogos de duplas e a 43ª em 72 atuações.

Sérvios comemoram vitória - Divulgação/Srdjan Stevanovic/ITF

Sérvios comemoram vitória – Divulgação/Srdjan Stevanovic/ITF

Na semifinal, a Sérvia visitará a França, que fez a festa da torcida em Rouen e eliminou a Espanha com um contundente 3 a 0. Neste sábado, a parceria Julien Benneteau e Nicolas Mahut venceu Dominic Inglot e Jamie Murray por 7/6 (7), 5/7, 7/5 e 7/5, depois de 3h20 de partida muito equilibrada e selou o resultado do confronto.

Benneteau e Mahut comemoram vitória - Divulgação/ Corinne Dubreuil/FFT

Benneteau e Mahut comemoram vitória – Divulgação/ Corinne Dubreuil/FFT

Os outros dois confrontos de quartas de final ainda estão abertos. Em Brisbane, a Austrália vence os Estados Unidos por 2 a 1, enquanto em Charleroi, a Bélgica abriu 2 a 0 sobre a Itália, mas permitiu a reação dos visitantes no confronto de duplas, com o triunfo de Simone Bolelli e Andreas Seppi sobre Ruben Bemelmans e Joris De Loore por 3 sets a 2, parciais de 4/6, 6/3, 6/4, 3/6 e 7/6 (6), em jogo que teve 3h50 de duração.

Novak Djokovic lidera Sérvia diante da Espanha na Copa Davis

07 de abril de 2017 0

Vice-líder do ranking mundial, Novak Djokovic voltou à quadra nesta sexta-feira (07) para defender a Sérvia diante da Espanha, em Belgrado, pelas quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis e marcou o primeiro ponto dos donos da casa ao marcar 6/3, 6/4 e 6/2 sobre Albert Ramos Viñolas, 24º do mundo, em 1h55 de partida.

Djokovic comemora vitória - Divulgação/ITF

Djokovic comemora vitória – Divulgação/ITF

Na sequência, os sérvios aumentaram a vantagem com a vitória de Viktor Troicki (39º) sobre Pablo Carreño Busta (19º), também em sets diretos (6/3, 6/4 e 6/3), em jogo que teve 1h47 de duração.

Agora, com mais uma vitória, a Sérvia estará classificada para as semifinais. No sábado, acontecerá o jogo de duplas entre os locais Viktor Troicki e Nenad Zimonjić e Marc López e Jaume Munar, que precisam vencer para manter os espanhóis com chances no confronto.

Troicki fez segundo ponto sérvio - Divulgação/ITF

Troicki fez segundo ponto sérvio – Divulgação/ITF

Demais resultados:

Bélgica 2 x 0 Itália -

Steve Darcis 6/7 (3), 6/1, 6/1 e 7/6 (4) Paolo Lorenzi

David Goffin 6/4, 6/3 e 6/3 Andreas Seppi

França 2 x 0 Grã-Bretanha

Lucas Pouille 7/5, 7/6 (6) e 6/3 Kyle Edmund

Jérémy Chardy 6/2, 6/3 e 6/3 Daniel Evans

Roger Federer e Stanislas Wawrinka avançam à 3ª rodada em Miami

25 de março de 2017 0

Finalistas em Indian Wells, na semana passada, os suíços Roger Federer e Stanislas Wawrinka garantiram neste sábado (25) classificação para a terceira rodada do Masters 1.000 de Miami, Estados Unidos.

Federer tem dois títulos em Miami - Divulgação/@MiamiOpen

Federer tem dois títulos em Miami – Divulgação/@MiamiOpen

Campeão do Aberto da Austrália e do primeiro Masters da temporada, Federer bateu o qualifier norte-americano Francis Tiafoe, 101º do mundo, em sets diretos, parciais de 7/6 (2) e 6/3, em 1h13 de partida. Atual número seis do ranking mundial da ATP e bicampeão do torneio em 2005/06, ele agora vai encarar o ganhador do confronto entre o argentino Juan Martín del Potro, 29º cabeça de chave, e o holandês Robin Haase.

Wawrinka é o nímero 3 da ATP - Divulgação/@MiamiOpen

Wawrinka é o nímero 3 da ATP – Divulgação/@MiamiOpen

Principal favorito ao título, após as ausências do britânico Andy Murray e do sérvio Novak Djokovic, Wawrinka superou o argentino Horacio Zeballos por 2 a 0 (6/3 e 6/4), em 65 minutos de jogo. Seu próximo rival será o tunisiano Malek Jaziri, 53º do mundo, que venceu o espanhol Feliciano López, 31º na lista de favoritos, por 2 a 1 (6/3, 4/6 e 6/3), em quase duas horas de partida.