Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "pinheiros"

Viviane Jungblut supera Poliana Okimoto e Ana Marcela Cunha no Troféu Maria Lenk de Natação

03 de maio de 2017 0

O segundo dia de competições do 57ª edição do Troféu Maria Lenk de Natação, que está sendo disputado no Rio de Janeiro (RJ), teve apenas um recorde de campeonato registrado e foi marcado pela acirrada disputa entre Pinheiros (SP), Fiat/Minas Tênis Clube (MG) e Unisanta (SP), pela liderança da classificação geral.

Pinheiros, Unisanta e Minas disputam o título do Maria Lenk - Divulgação/CBDA

Pinheiros, Unisanta e Minas disputam o título do Maria Lenk – Divulgação/CBDA

A gaúcha Viviane Jungblut venceu os 1.500 metros nado livre, prova que não faz parte do programa olímpico, com o tempo de 16min27seg57, superando a medalhista de bronze nos Jogos Rio 2016 na Maratona Aquática 10 km, Poliana Okimoto (Unisanta), que marcou 16min43seg35 e a bicampeã mundial dos 25 km na Maratona, Ana Marcela Cunha (Unisanta) que chegou 21seg31 depois da nadadora do Grêmio Náutico União.

Viviane Jungblut entre Poliana e Ana Marcela - Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Viviane Jungblut entre Poliana e Ana Marcela – Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Na última disputa do dia foi estabelecido um novo recorde de campeonato para o revezamento 4 x 200 metros nado livre. A equipe do Pinheiros (Leonardo de Deus, Thiago Simon, Felipe de Souza e Guilherme Costa) marcou 7min15seg54 e superou os rivais Pinheiros (Luiz Altamir Melo, Breno Correia, André Pereira e Gabriel Ogawa), que fez 7min17seg27 e Fiat/Minas Tênis Clube (Marco Antônio Ferreira Júnior, Giuliano Rocco, Rodrigo Correia e Evandro Silva), que nadou em 7min23seg17.

Demais resultados:

100 m costas feminino -

Ouro: Andrea Berrino (Argentina) (Unisanta) 1min01seg56

Prata: Fernanda Goeij (Curitibano-PR) 1min02seg04

Bronze: Natália de Luccas (Pinheiros) 1min02seg46

100 m nado costas masculino -

Ouro: Guilherme Guido (Pinheiros) 53seg84

Prata: Guilherme Massê (Pinheiros) 54seg78

Bronze: Nathan Bighetti (Fiat/Minas Tênis Clube) 54seg93

200 m medley feminino -

Ouro: Joanna Maranhão (Unisanta) 2min13seg32

Prata: Gabrielle Roncatto (Unisanta) 2min16seg22

Bronze: Virginia Bardach (Argentina) (Fiat/Minas Tênis Clube) 2min16seg96

200 m medley masculino -

Ouro: Thiago Simon (Unisanta) 1min59seg49

Prata: Brandonn Almeida (Corinthians) 2min00seg95

Bronze: Vinícius Lanza (Fiat/Minas Tênis Clube) 2min00seg97

800 m nado livre masculino -

Ouro: Lucas Kanieski (Fiat/Minas Tênis Clube) 7min58seg85

Prata: Miguel Valente (Fiat/Minas Tênis Clube) 7min59seg92

Bronze: Diogo Vilarinho (Fiat/Minas Tênis Clube) 8min00seg42

Revezamento 4 x 200 m nado livre feminino -

Ouro: Unisanta (Joanna Maranhão, Andrea Berrino, Isabel Fagundes e Gabrielle Roncatto) 8min08seg63

Prata: Pinheiros (Aline Rodrigues, Bruna Primati, Maria Eduarda Sumida e Manuella Lyrio) 8min09seg68

Bronze: Fiat/Minas Tênis Clube (Maria Paula Heitmann, Camila Mello, Andressa Lima e Virgina Bardach) 8min10seg93

Classificação por equipes:

1º Pinheiros (SP) 821

2º Fiat/Minas Tênis Clube (MG) 762

3º Unisanta (SP) 733

4º Corinthians (SP) 339

5º Grêmio Náutico União (RS) 307

6º Sesi-SP (SP) 203

7º Curitibano (PR) 170

8º Fluminense (RJ) 113

Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (SP) 56

10º Flamengo (RJ) 41

Troféu Maria Lenk de Natação começa com recorde de Joanna Maranhão e volta de César Cielo

02 de maio de 2017 0

A 57ª edição do Troféu Maria Lenk de Natação começou nesta terça-feira (02), no Rio de Janeiro (RJ), com domínio de Pinheiros (SP) e Fiat/Minas Tênis Clube (MG). Nas oito finais disputadas, um recorde brasileiro e outro de campeonato foram quebrados.

Na primeira prova do dia, a medalha de ouro ficou com Daiene Dias (Unisanta-SP), que venceu os 100 metros borboleta feminino com o tempo de 58seg98. Daynara de Paula (Sesi-SP), com 59seg07 levou a prata, e Giovanna Diamante (Pinheiros) fez 1min00seg48 e garantiu o bronze.

Daiene Dias (centro) venceu nos 100 m borboleta feminino - Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Daiene Dias (centro) venceu nos 100 m borboleta feminino – Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Com quatro participações em Jogos Olímpicos, Joanna Maranhão foi o destaque do dia ao quebrar o recorde brasileiro dos 400 metros livre feminino. Com o tempo de 4min09seg41, a nadadora da Unisanta superou a antiga marca de 4m09s48, que pertencia a Manuella Lyrio desde o ano passado. A gaúcha Viviane Jungblut (Grêmio Náutico União-RS), melhor tempo das eliminatórias, fez 4min12seg38 e ficou com a prata, enquanto a medalhista olímpica na Maratona Aquática dos Jogos Rio 2016 e companheira de clube de Joanna, Poliana Okimoto, fechou o pódio com 4min14seg12.

Joanna quebrou recorde brasileiro - Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Joanna quebrou recorde brasileiro – Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Guilherme Costa, da Unisanta, levou a melhor na final dos 400m livre masculino, com 3min49seg49 e ficou a a três centésimos do recorde brasileiro, de Brandonn Almeida, de 2016. Porém, a marca é um novo recorde de campeonato, superando os 3min49seg62 de Leonardo de Deus, desde 2015. O pódio ainda teve Luiz Altamir Melo (Pinheiros) e Giuliano Rocco (Fiat/Minas Tênis Clube), que chegaram empatados na segunda colocação, com um segundo de desvantagem para o vencedor.

Guilherme Costa ficou a três centésimos do recorde brasileiro - Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Guilherme Costa ficou a três centésimos do recorde brasileiro – Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

No encerramento do dia ainda se pode observar a volta do campeão olímpico dos 50 metros livre em Pequim 2008, César Cielo Filho, que  fechou o revezamento 4 x 50m livre do Pinheiros (SP), vencedor da prova. A prata ficou com o Fiat/Minas Tênis Clube e o bronze foi ganho pela Unisanta.

Cielo marcou 21s32 em seu parcial - Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Cielo marcou 21s32 em seu parcial – Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Demais resultados:

100 m borboleta masculino -

Ouro: Henrique Martins (Fiat/Minas Tênis Clube) 51seg82

Nas eliminatórias, Henrique fez 51seg57 - Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Nas eliminatórias, Henrique fez 51seg57 – Divulgação/Satiro Sodré / SSPress / CBDA

Prata: Vinícius Lanza (Fiat/Minas Tênis Clube) 52seg02

Bronze: Kaio Márcio Almeida (Fiat/Minas Tênis Clube) 52seg86

100 m nado peito feminino -

Ouro: Macarena Ceballos (Argentina) (Fiat/Minas Tênis Clube) 1min08seg00

Prata: Julia Sebastian (Argentina) (Unisanta) 1min08seg05

Bronze: Jhennifer Conceição (Pinheiros) 1min08seg43

* Para efeito de campeonato brasileiro, o pódio ainda teve Renata Paula Sander (Fiat/Minas Tênis Clube) e Pamela Souza (Pinheiros)

100 m nado peito masculino -

Ouro: João Luiz Gomes Júnior (Pinheiros) 59seg41

Prata: Felipe Lima (Fiat/Minas Tênis Clube) 1min00seg05

Bronze: Pedro Carmona (Pinheiros) 1min00seg12

Revezamento 4×50 m livre feminino -

Ouro: Unisanta (Daiene Marçal, Andrea Berrino, Gabrielle Roncatto e Alessandra Marchioro) 1min41seg27

Prata: Fiat/Minas Tênis Clube (Lorrane Ferreira, Yasmin Preusse, Bruna Rocha e Camila Mello)  1min42seg55

Bronze: Pinheiros (Natalia de Luccas, Ana Giulia Zortea, Manuella Lyrio e Luanna de Oliveira)  1min42seg70

Revezamento 4×50 m livre masculino -

Ouro: Pinheiros (Gabriel Santos, Marcelo Chierighini, Pedro Spajari e Cesar Cielo Filho) 1min27seg15

Prata: Fiat/Minas Tênis Clube (Guilherme Ocampo, Ítalo Manzine Duarte, Leonardo Alcover e Henrique Martins)  1min27seg61

Bronze: Unisanta (Nicholas Santos, Felipe Ribeiro de Souza, Gabriel Cardenes e Matheus Santana) 1min29seg20

Classificação por equipes:

1º Pinheiros (SP) 347,50

2º Fiat/Minas Tênis Clube (MG) 329,50

3º Unisanta (SP) 260

4º Sesi-SP (SP) 76

5º Grêmio Náutico União (RS) 70

Viviane Jungblut foi prata nos 400 m livre - Divulgação/GNU

Viviane Jungblut foi prata nos 400 m livre – Divulgação/GNU

6º Corinthians (SP) 63

7º Fluminense (RJ) 25

8º Curitibano (PR) 24

9º Flamengo (RJ) 20

10º CEI (RN) 16

Pinheiros vence o Flamengo e força o jogo 5 nas quartas de final do NBB

01 de maio de 2017 0

O Pinheiros voltou a derrotar o Flamengo (RJ) no playoff de quartas de final do Novo Basquete Brasil (NBB) e igualou a série melhor de cinco em 2 a 2. Depois de perder os dois primeiros confrontos, o time paulista se recuperou e conseguiu uma vitória na casa do rival, e outra nesta segunda-feira (01º), em São Paulo (SP), por 102 a 98, garantindo a realização de um quinto confronto na próxima sexta-feira (05),  no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro.

Holloway comandou o Pinheiros - Divulgação/Daniel Vorley/ECP

Holloway comandou o Pinheiros – Divulgação/Daniel Vorley/ECP

Para garantir o prolongamento da série, a equipe dirigida pelo técnico César Guidetti contou com excelentes atuações de dois norte-americanos, o ala Desmond Holloway, cestinha da partida, com 32 pontos, e responsável por nove rebotes, seis assistências e quatro bolas recuperadas, e o ala/armador Corderro Bennett, que registrou 22 pontos, seis rebotes, cinco assistências e duas bolas recuperadas.

Marquinhos é o cestinha do Flamengo - Divulgação/Daniel Vorley/ECP

Marquinhos é o cestinha do Flamengo – Divulgação/Daniel Vorley/ECP

Em meio ao grande equilíbrio de Pinheiros e Flamengo, os rebotes foram decisivos para a vitória paulista. O time vencedor teve 45 rebotes conta 28 dos rivais. Em seu ataque, o clube paulista teve 16 rebotes e garantiu 18 pontos em segundas chances.

No Flamengo, o ala Marquinhos foi o cestinha com 24 pontos marcados, seguido pelo ala/pivô Olivinha, que marcou 19, e pelo armador Ricardo Fischer, responsável por dez pontos e oito assistências.

Pinheiros bate o Flamengo e diminui desvantagem no playoff de quartas de final do NBB

26 de abril de 2017 0

O Pinheiros (SP) derrotou o Flamengo, nesta quarta-feira (26), por 90 a 79, em pleno Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, e diminuiu a desvantagem no playoff melhor de cinco das quartas de final do Novo Basquete Brasil (NBB). Com o resultado, os cariocas vencem por 2 a 1, mas o próximo jogo será disputado em São Paulo (SP), no dia 01º de maio, às 19 horas (de Brasília).

Pinheiros, de Teichmann, diminuiu desvantagem - Divulgação/João Neto/LNB

Pinheiros, de Teichmann, diminuiu desvantagem – Divulgação/João Neto/LNB

Desde o início da partida, o time comandado por César Guidetti comandou as ações e conseguiu vantagem de oito  pontos aberta já no primeiro quarto (27 a 19). O rubro-negro carioca reagiu no segundo período e reduziu a diferença para apenas dois (47 a 45) no intervalo. Mas o Pinheiros voltou a ditar o ritmo, após o recomeço do jogo e passou a liderar por dez (72 a 62), quando do início do último quarto.

Nem mesmo Marquinhos conseguiu garantir vitória do Flamengo - Divulgação/João Neto/LNB

Nem mesmo Marquinhos conseguiu garantir vitória do Flamengo – Divulgação/João Neto/LNB

Nos 10 minutos finais, os paulistas chegaram a ter 13 pontos de frente (75 a 62), mas com com corrida de 9 a 0, o Flamengo reagiu e encostou em 75 a 71. Porém, o Pinheiros segurou a pressão e assegurou a vitória.

Holloway foi um dos destaques do Pinheiros - Divulgação/João Neto/LNB

Holloway foi um dos destaques do Pinheiros – Divulgação/João Neto/LNB

A vitória paulista foi marcada por excelente desempenho coletivo. Os destaques na estatística ficaram por conta dos norte-americanos Desmond Holloway, cestinha da equipe com 20 pontos, e Corderro Bennett, que mesmo com dores durante toda a partida devido a uma contratura no quadril, encontrou forças para registrar 16 pontos, oito rebotes e seis assistências.

Pelo Flamengo, os experientes Marquinhos e Marcelinho Machado, com 19 e 16 pontos, respectivamente, foram os principais jogadores em quadra.

Flamengo vence a segunda contra o Pinheiros e se aproxima das semifinais do NBB

24 de abril de 2017 0

O Flamengo está muito perto de garantir vaga para sua nona semifinal seguida na história do Novo Basquete Brasil (NBB). Nesta segunda-feira (24), no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, o rubro-negro derrotou o Pinheiros (SP), por 83 a 73, e abriu 2 a 0 na série melhor de cinco das quartas de final.

Marquinhos foi o cestinha do jogo - Divulgação/Staff Images/Flamengo

Marquinhos foi o cestinha do jogo – Divulgação/Staff Images/Flamengo

Agora, o time dirigido pelo técnico José Neto precisa de apenas mais uma vitória para garantir um lugar entre os quatro melhores da temporada 2016/17. A próxima partida entres eles está marcada para a quarta-feira (26), às 19h30 (de Brasília), novamente com mando dos cariocas.

Ronald Ramon teve boa atuação - Divulgação/Staff Images/Flamengo

Ronald Ramon teve boa atuação – Divulgação/Staff Images/Flamengo

Com menos de 29 minutos de atuação, o ala Marquinhos anotou 22 pontos em 30 tentados (73,3% de aproveitamento), pegou sete rebotes, distribuiu cinco assistências e ainda recuperou três bolas. Os armadores Ronald Ramon e Ricardo Fischer também foram decisivos. O dominicano ficou em quadra por quase 35 minutos e contribuiu com 19 pontos, enquanto o brasileiro veio do banco de reservas, converteu lances livres decisivos no último quarto, deixando a quadra com dez pontos, cinco rebotes e quatro assistências.

Ricardo Fischer marcou 10 pontos - Divulgação/Staff Images/Flamengo

Ricardo Fischer marcou 10 pontos – Divulgação/Staff Images/Flamengo

No Pinheiros, que busca sua terceira semifinal, o ala norte-americano Desmond Holloway marcou 21 pontos, fez quatro assistências e pegou cinco rebotes. Já seu compatriota, o armador Corderro Bennett registrou 18 pontos.

Flamengo bate o Pinheiros e tem vantagem nos playoffs do NBB

21 de abril de 2017 0

Atual tetracampeão do Novo Basquete Brasil (NBB), o Flamengo (RJ) derrotou o Pinheiros (SP), nesta sexta-feira (21), em São Paulo por 96 a 85 e abriu 1 a 0 na série melhor de cinco dos playoffs de quartas de final. Dono da melhor campanha da temporada regular, o time carioca agora poderá definir sua classificação para as semifinais, nos próximos dois jogos que serão disputados no Rio de Janeiro, nos dias 24 e 26 de abril.

Olivinha e Marcelinho Machado comemoram vitória - Divulgação/RicardoBufolin/ECP

Olivinha e Marcelinho Machado comemoram vitória – Divulgação/RicardoBufolin/ECP

Depois de chegar ao intervalo vencendo por quatro pontos (51 a 47), o Flamengo entrou no último quarto perdendo por três (70 a 67) e com uma corrida de 13 a 2 em três minutos, virou o jogo (87 e 78) e ainda ampliou a diferença para 11 pontos (94 a 81) no final.

Ronald Ramon foi destaque do Flamengo - Divulgação/RicardoBufolin/ECP

Ronald Ramon foi destaque do Flamengo – Divulgação/RicardoBufolin/ECP

Com 22 pontos, 12 deles em bolas da linha dos três, o ala Marcelinho Machado foi o cestinha da vitória rubro-negra. Outros destaques do time comandado pelo técnico José Neto foram o ala/pivô Rafael Mineiro, com 15, o pivô JP Batista, com 14, e o armador dominicano Ronald Ramón e o ala/pivô Olivinha, ambos com 13 pontos marcados.

Marcelinho Machado foi o cestinha do jogo - Divulgação/RicardoBufolin/ECP

Marcelinho Machado foi o cestinha do jogo – Divulgação/RicardoBufolin/ECP

Pelo Pinheiros, os dois principais jogadores foram norte-americanos. O armador Corderro Bennett e o ala Desmond Holloway, que terminaram a partida com 16 pontos, cada um.

Desmond Holloway brilha, Pinheiros vence jogo 5 e elimina o Vasco da Gama no NBB

17 de abril de 2017 0

O Pinheiros está nas quartas de final do Novo Basquete Brasil (NBB). Na noite desta segunda-feira (17), o time paulista fez valer o mando de quadra e venceu o quinto jogo diante do Vasco da Gama (RJ), pelo placar de 93 a 82, para fechar a série válida pelas oitavas de final em 3 a 2. Este foi o primeiro dos cinco confrontos em que o vencedor conseguiu uma diferença superior a 10 pontos.

Holloway foi o grande nome do jogo - Divulgação/@NBB

Holloway foi o grande nome do jogo – Divulgação/@NBB

Agora, na próxima fase dos playoffs, o Pinheiros irá enfrentar o atual tetracampeão Flamengo (RJ), dono da melhor campanha da fase regular. A primeira partida da série acontecerá na próxima sexta-feira (21), às 21h30, em São Paulo (SP).

Com 36 pontos, sendo 15 deles em arremessos da linha dos três, o norte-americano Desmond Holloway desmontou a boa equipe carioca, que fez sua primeira temporada no NBB. O ala, que quebrou o recorde de pontos em jogo 5 na história do campeonato, ainda fez quatro assistências e pegou três rebotes. Outros destaques foram o armador Corderro Bennett, responsável por 18 pontos e quatro assistências e o ala/armador Neto, que deixou a quadra com 13 pontos e seis passes para cesta.

Gemerson encara marcação de Wagner - Divulgação/@NBB

Gemerson encara marcação de Wagner – Divulgação/@NBB

No Vasco, o experiente armador Nezinho, 35 anos, terminou com 27 pontos e três assistências, enquanto o ala norte-americano David Jackson fez 22 pontos e pegou sete rebotes.

Vasco da Gama bate o Pinheiros e empata playoff do NBB

15 de abril de 2017 0

O clima de tudo ou nada tomou conta do Vasco da Gama e o resultado veio neste sábado (15), quando o time carioca fez valer a força do Ginásio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), e derrotou o Pinheiros (SP), por 79 a 73, empatando em 2 a 2 a série melhor de cinco dos playoffs de oitavas de final do Novo Basquete Brasil (NBB).

Márcio Dornelles foi um dos cestinhas do Vasco - Divulgação/LNB

Márcio Dornelles foi um dos cestinhas do Vasco – Divulgação/LNB

Com a necessidade de vencer para seguir com chances de classificação para as quartas de final, o Vasco conseguiu abrir quatro pontos de frente (35 a 31) nos dois primeiros períodos. Na volta do intervalo, o veterano ala Márcio Dornelles, 42 anos, converteu três de quatro bolas arremessadas da linha dos três pontos e os cariocas conseguiram dominar o terceiro período e chegaram aos 10 minutos finais com 10 de frente (59 a 49).

David Jackson também fez 14 pontos - Divulgação/LNB

David Jackson também fez 14 pontos – Divulgação/LNB

No último quarto, apesar da reação, o Pinheiros não conseguiu buscar a diferença e a torcida vascaína comemorou o resultado que garantiu a realização de um quinto confronto, na próxima segunda-feira (17), às 19h30 (de Brasília), em São Paulo.

As bolas da linha de três foram fundamentais para a vitória do Vasco da Gama. Foram 10 acertos em 25 tentativas, um aproveitamento de 40% contra 33,3% dos paulistas. Quatro jogadores vascaínos terminaram a partida com 14 pontos: o ala Márcio Dornelles, que ainda pegou seis rebotes; o pivô Murilo Becker, que ficou com mais oito sobras; o armador Nezinho, que também fez quatro assistências e o ala norte-americano David Jackson, que complementou sua atuação com mais seis passes para cesta.

Nezinho encara marcação de Neto - Divulgação/LNB

Nezinho encara marcação de Neto – Divulgação/LNB

Pelo Pinheiros, o ala/armador Corderro Bennett marcou 17 pontos e foi o cestinha da partida. Os outros dois destaques do time foram o ala norte-americano Desmond Holloway e o ala/pivô Guilherme Teichmann, ambos com 10 pontos assinalados.

Pinheiros vence o Vasco da Gama e volta a liderar playoff do NBB

09 de abril de 2017 0

O Pinheiros voltou a liderar os playoffs de oitavas de final do Novo Basquete Brasil (NBB), diante do Vasco da Gama (RJ). Neste domingo, no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, em São Paulo (SP), o time da casa venceu por 81 a 78, e agora tem vantagem de 2 a 1 na série melhor de cinco.

Holloway foi o cestinha do jogo - Divulgação/Daniel Vorley/ECP

Holloway foi o cestinha do jogo – Divulgação/Daniel Vorley/ECP

A equipe paulista liderou quase todo o jogo, mas levou a virada no último quarto e ficou quatro pontos atrás (72 a 68), restando pouco mais de dois minutos para o final da partida. Porém, o norte-americano Desmond Holloway fez cinco pontos seguidos e recuperou a vantagem para o Pinheiros (73 a 72) faltando 31 segundos. A partir daí os donos da casa forçaram erros da equipe vascaína e confirmaram a vitória.

David Jackson foi o cestinha do Vasco - Divulgação/Daniel Vorley/ECP

David Jackson foi o cestinha do Vasco – Divulgação/Daniel Vorley/ECP

Com 31 pontos, Holloway foi o cestinha do jogo. O ala ainda pegou seis rebotes e fez duas assistências durante os 39 minutos em que esteve em quadra. Outro norte-americano, o armador Corderro Bennett terminou com 11 pontos e duas assistências.

Bennett encara marcação de Hélio - Divulgação/Daniel Vorley/ECP

Bennett encara marcação de Hélio – Divulgação/Daniel Vorley/ECP

Mesmo derrotado, o Vasco teve quatro jogadores com 10 ou mais pontos. O ala norte-americano David Jackson fez 22 pontos e pegou cinco rebotes, o armador Nezinho marcou 20 e ainda deu duas assistências, o experiente ala Márcio Dornelles, 41 anos, contribuiu com 15 pontos e quatro rebotes e o pivô Murilo Becker fez 11 e ainda apanhou cinco rebotes.

Pinheiros vence Vasco da Gama na abertura dos playoffs do NBB

04 de abril de 2017 0

O Pinheiros (SP) abriu os playoffs de oitavas de final do Novo Basquete Brasil (NBB) com um excelente resultado. Em pleno Ginásio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), o time do técnico César Guidetti fez um terceiro quarto arrasador, segurou a pressão do Vasco da Gama no final e assegurou a vitória fora de casa, por 83 a 74. Com vantagem na série melhor de cinco, a equipe paulista mandará os dois próximos jogos do confronto  e poderá definir a classificação para enfrentar o Flamengo (RJ), nas quartas de final, se conquistar mais duas vitórias.

Armador Neto fez 11 pontos e sete assistências - Divulgação/Paulo Fernandes/@vascodagama

Armador Neto fez 11 pontos e sete assistências – Divulgação/Paulo Fernandes/@vascodagama

Com 22 pontos e oito assistências, o ala/armador norte-americana Corderro Bennett foi o cestinha do jogo. Seu compatriota, o ala Desmond Holloway fez um duplo-duplo de 13 pontos e 13 rebotes e ainda deu quatro assistências. O Pinheiros ainda contou com excelentes atuações de dois atletas vindos do banco de reservas, o pivô Teichmann e o ala/armador Neto.

Nezinho fez 10 pontos e cinco assistências - Divulgação/Paulo Fernandes/@vascodagama

Nezinho fez 10 pontos e cinco assistências – Divulgação/Paulo Fernandes/@vascodagama

Em noite inspirada, o ala Gaúcho foi o grande destaque do Vasco na partida. Com 28 pontos, ele registrou seu recorde de pontos na atual temporada.