Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Rafael Nadal"

Rafael Nadal é semifinalista, mas Novak Djokovic cai em Monte Carlo

21 de abril de 2017 0

A esperada semifinal entre o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic, que marcaria o 50º encontro entre os dois, foi frustrada nesta sexta-feira (21), quando foram disputadas as quartas de final do Masters 1.000 de Monte Carlo.

Nadal comemora vaga nas semifinais - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nadal comemora vaga nas semifinais – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

E a decepção do público veio logo de cara, já que Djokovic foi eliminado pelo belga David Goffin em três sets (6/2, 3/6 e 7/5), em 2h38 de partida. Com dois vices na temporada, no ATP 250 de Sofia e no ATP 500 de Roterdã, o número 13 do ranking mundial conquistou a maior vitória de sua carreira e agora disputará sua terceira semifinal de Masters.

Djokovic caiu em Monte Carlo - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Djokovic caiu em Monte Carlo – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nove vezes campeão do torneio, Nadal superou o argentino Diego Schwartzman por 2 a 0, com um duplo 6/4, em 1h39 de jogo, e agora totaliza 61 vitórias em 65 partidas disputadas no Principado. Na carreira, o espanhol 368 triunfos registrados em 402 partidas no saibro, com impressionantes 91,54% de aproveitamento.

Ramos Viñolas bate Čilić e chega à primeira semifinal de Masters na carreira

Outro espanhol que está com ótimo desempenho em Monte Carlo é Albert Ramos Viñolas, 24º do mundo, que depois de eliminar o número um do ranking, o britânico Andy Murray, hoje passou pelo croata Marin Čilić, oitavo, por 2 a 1, com parciais de 6/2, 6/7 (5) e 6/2, em jogo que teve 2h32 de duração.

Ramos Viñolas disputará primeira semifinal de Masters - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Ramos Viñolas disputará primeira semifinal de Masters – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Esta será a primeira vez que Ramos Viñolas disputará uma semifinal de Masters 1.000 e ele terá como rival, o francês Lucas Pouille, 17º da ATP, que passou pelo uruguaio Pablo Cuevas por 2 a 1 (6/0, 3/6 e 7/5) e que tem uma semifinal em torneios deste porte, em Roma 2016.

Novak Djokovic e Rafael Nadal avançam às quartas e podem se enfrentar nas semifinais em Monte Carlo

20 de abril de 2017 0

No mesmo dia em que o número um do ranking mundial, o britânico Andy Murray foi eliminado nas oitavas de final do Masters 1.000 de Monte Carlo, dois outros favoritos, o sérvio Novak Djokovic e o espanhol Rafael Nadal avançaram às quartas de final e poderão se encontrar nas semifinais, caso vençam na próxima rodada.

Djokovic comemora vitória - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Djokovic comemora vitória – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Campeão do torneio em 2013/15 e finalista em 2009/12, Djokovic voltou a enfrentar dificuldades, mas venceu o espanhol Pablo Carreño Busta, 19º da ATP, por 2 a 1, parciais de 6/2, 4/6 e 6/4, em jogo que teve 2h26 de duração.

O próximo rival do vice-líder do ranking será o belga David Goffin, 13º na classificação mundial, que bateu o austríaco Dominic Thiem, nono, por 2 a 1, com parciias de 7/6 (4), 4/6 e 6/3, em 2h15 de confronto. Esta será sexta vez que eles irão se enfrentar e até o momento Djokovic está invicto.

Goffin vai encarar Djokovic - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Goffin vai encarar Djokovic – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nadal atropela Zverev e segue na busca do 10º troféu

Maior campeão da história do torneio, com nove títulos, Nadal não tomou conhecimento da grande revelação do circuito nos últimos anos, o alemão Alexander Zverev e venceu por 2 a 0, com um implacáveis 6/1 e 6/1, em 69 minutos de jogo.

Nadal atropelou Zverev - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nadal atropelou Zverev – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Número sete do mundo, o canhoto espanhol agora vai encarar o argentino Diego Schwartzman, 41º do mundo, que passou pelo qualifier alemão Jan-Lennard Struff (58º) em sets diretos (6/3 e 6/0), em 1h10 de partida. Este será o terceiro confronto entre eles e nos dois anteriores, Nadal venceu sem ceder um set sequer, em Acapulco 2013 e no Aberto dos Estados Unidos de 2015.

Caso Rafael Nadal e Novak Djokovic vençam seus jogos, eles irão se enfrentar em uma das semifinais. Caso isso ocorra será a 50ª vez na história, que registra até o momento, 26 vitórias do sérvio contra 23 do espanhol.

Wawrinka perde para Cuevas e dá adeus ao bi

O uruguaio Pablo Cuevas, 27º do ranking mundial, também conseguiu um resultado surpreendente ao derrotar o suíço Stanislas Wawrinka, campeão de 2014, com um duplo 6/4. Depois de eliminar o terceiro do mundo, ele agora vai encarar o francês Lucas Pouille, que precisou jogar apenas três games diante do compatriota Adrian Mannarino, que sentiu lesão e teve que abandonar a quadra.

Cuevas superou Wawrinka - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Cuevas superou Wawrinka – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Estes são os confrontos de quartas de final:

Albert Ramos Viñolas (ESP-15) x Marin Čilić (CRO-5)

Pablo Cuevas (URU-16) x Lucas Pouille (FRA-11)

Diego Schwartzman (ARG) x Rafael Nadal (ESP-4)

David Goffin (BEL-10) x Novak Djokovic (SER-2)

Em busca do 10º título em Monte Carlo, Rafael Nadal vence jogo 400 no saibro e passa às oitavas de final

19 de abril de 2017 0

O espanhol Rafael Nadal derrotou o britânico Kyle Edmund, 45º colocado no ranking mundial, por 6/0, 5/7 e 6/3, em 2h17 de jogo, e está classificado para as oitavas de final do Masters 1.000 de Monte Carlo, onde acumula nove títulos em 13 participações. Agora, ele totaliza 59 vitórias em 63 partidas disputadas no saibro do Principado.

Nadal venceu na estreia - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nadal venceu na estreia – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Com números impressionantes neste tipo de piso, o atual número sete do mundo busca se tornar o primeiro jogador a vencer um torneio em dez oportunidades. Ele já o recordista com as nove conquistas em Mônaco, Roland Garros e Barcelona. A vitória desta quarta-feira (19) foi a de número 366 de Nadal, em 400 jogos no saibro – aproveitamento de 91,5%.

Mas apesar de todo o retrospecto, Nadal precisou lutar muito para ficar com a vaga. No set inicial, o canhoto mostrou seu melhor tênis e simplesmente não deu chances ao rival, ao conseguir três quebras de saque, ganhando todos os pontos jogados com o primeiro serviço e cometendo apenas três erros não forçados. Com este desempenho, um “pneu” (6/0), em apenas 29 minutos parecia ser a senha para mais uma vitória incontestável.

Edmund venceu o segundo set - Divulgação/Srdjan Stevanovic/ITF

Edmund venceu o segundo set – Divulgação/Srdjan Stevanovic/ITF

Porém, Edmund confirmou seu saque logo no primeiro game e recebeu aplausos do público na quadra Ranier III do Monte Carlo Country Club. Mesmo assim, o britânico não pode evitar um novo break e ficou abaixo em 2/1. Mas para surpresa de todos, ele devolveu a quebra, empatou em 2/2 e saltou à frente em 4/2, com um segundo break point.

Apesar da vantagem, o britânico não pode evitar a pressão do dono de 69 troféus do circuito  e cedeu o serviço em 3/4, permitindo a igualdade logo a seguir. Quando a disputa se encaminhava para um desempate no tie-break, o britânico voltou a surpreender e conseguiu mais uma quebra de saque e fechou 7/5, após 61 minutos.

Nadal soma 366 vitórias em 400 jogos no saibro - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Nadal soma 366 vitórias em 400 jogos no saibro – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

O set decisivo foi bastante disputado. Nadal quebrou Edmund em 3/2, mas o britânico devolveu o break para igualar em 3/3. Porém, o espanhol mostrou sua força e com mais uma quebra de serviço fez 4/3 e abriu vantagem logo a seguir. Na sequência, após confirmar o saque, ele voltou a quebrar o adversário e assegurou a classificação.

Na próxima rodada, Rafael Nadal vai enfrentar o alemão Alexander Zverev, 19 anos e 20º do mundo, que passou pelo espanhol Feliciano López (39º) por 2 a 0 (6/0 e 6/4), em exatos 60 minutos.

Esta será a terceira vez que eles irão se enfrentar e até hoje Nadal venceu os dois confrontos anteriores, no Masters de Indian Wells 2016 e na terceira rodada do Aberto da Austrália deste ano.

Vice em Houston coloca Thomaz Bellucci perto de retorno ao Top 50 da ATP

17 de abril de 2017 0

A conquista do vice-campeonato do ATP 250 de Houston rendeu bons frutos ao brasileiro Thomaz Bellucci, que pulou para a 53ª colocação no ranking mundial da ATP. Na atualização desta segunda-feira (17), ele avançou 12 postos em relação à semana anterior e ficou muito perto de retornar ao Top 50. A última aparição do paulista neste grupo foi em 18 de julho do ano passado, quando figurou em 49º lugar.

Bellucci ficou perto do Top 50 - Divulgação/@mensclaycourt

Bellucci ficou perto do Top 50 – Divulgação/@mensclaycourt

Entre os cinco primeiros apenas uma mudança, a volta do japonês Kei Nishikori, que saiu de sétimo para quinto. A primeira colocação é do britânico Andy Murray que tem 3.695 pontos de vantagem para o sérvio Novak Djokovic. Logo depois aparecem os suíços Stanislas Wawrinka e Roger Federer, que é o líder da Corrida dos Campeões, onde apenas os pontos da temporada são computados.

Murray mantém liderança - Divulgação/Joel Marklund/AELTC

Murray mantém liderança – Divulgação/Joel Marklund/AELTC

Quem trocou de lugar com Nishikori foi o espanhol Rafael Nadal, que está atrás ainda do canadense Milos Raonic. O Top 10 é fechado pelo croata Marin Čilić, o austríaco Dominic Thiem e o francês Jo-Wilfreid Tsonga.

Veja os 10 primeiros do ranking mundial:

1 – Andy Murray (GBR) 11.600

2 – Novak Djokovic (SER) 7.905

3 – Stanislas Wawrinka (SUI) 5.605

4 – Roger Federer (SUI) 5.125

Federer lidera ranking da temporada - Divulgação/@BNPPARIBASOPEN

Federer lidera ranking da temporada – Divulgação/@BNPPARIBASOPEN

5 – Kei Nishikori (JAP) 4.310

6 – Milos Raonic (CAN) 4.165

7 – Rafael Nadal (ESP) 3.735

8 – Marin Čilić (CRO) 3.385

9 – Dominic Thiem (AUT) 3.385

10 – Jo-Wilfried Tsonga (FRA) 2.905

Confira os 10 primeiros brasileiros:

53 – Thomaz Bellucci (SP) 876

70 – Rogério Dutra SIlva (SP) 715

80 – Thiago Monteiro (CE) 668

136 – João Souza (SP) 427

242 – André Ghem (RS) 207

277 – Guilhemre Clezar (RS) 182

324 – Caio Zampieri (SP) 150

347 – João Pedro Sorgi (SP) 136

429 – Bruno Sant’Anna (SP) 96

451 – Daniel Dutra Silva (SP) 88

Federer vence Nadal pela quarta vez seguida e é tri em Miami

02 de abril de 2017 0

E Roger Federer derrotou Rafael Nadal, pela quarta vez seguida, a terceira na temporada, naquele que foi o 37º encontro eles. Neste domingo (02), o suíço marcou 6/3 e 6/4, em 1h35 de partida e sagrou-se tricampeão do Masters 1.000 de Miami, Estados Unidos. Já o espanhol disputou sua quinta final no torneio e segue sem vencer.

Federer e o 91º troféu da carreira - Divulgação/@MiamiOpen

Federer e o 91º troféu da carreira – Divulgação/@MiamiOpen

Agora, Federer 14 vitórias contra 23 de Nadal nos confrontos diretos e com o 91º título da carreira, o terceiro do ano pulou da sexta para a quarta colocação, enquanto o adversário avançou do sétimo para o quinto lugar.

Em Miami, Roger Federer e Rafael Nadal disputam título e comemoram volta ao Top 5

01 de abril de 2017 0

Uma das maiores rivalidades da história moderna do tênis, o confronto entre Roger Federer e Rafael Nadal, definirá o campeão do Masters 1.000 de Miami, Estados Unidos, no domingo (02), às 14h (de Brasília). Este será o terceiro confronto entre eles nesta temporada e o suíço tem ampla vantagem, com vitórias na decisão do Aberto da Austrália e nas oitavas de final do Masters de Indian Wells, onde também sagrou-se campeão.

Federer venceu três últimos jogos contra Nadal - Divulgação/@MiamiOpen

Federer venceu três últimos jogos contra Nadal – Divulgação/@MiamiOpen

Na sexta-feira, Nadal bateu o italiano Fabio Fognini em uma da semifinais e Federer venceu uma batalha de 3h11 contra o australiano Nick Kyrgios em três tie-breaks, parciais de 7/6 (9), 6/7 (5) e 7/6 (5).

Esta será a 37ª vez que irão se enfrentar. Na história da Era Aberta, que começou em 1968, estes confrontos estão em terceiro lugar na lista dos que mais aconteceram. Mesmo tendo perdido as três últimas partidas entre eles, Nadal tem vantagem no retrospecto geral, com 23 vitórias contra 13 de Federer.

Nadal tem vantagem no histórico contra Federer - Divulgação/@MiamiOpen

Nadal tem vantagem no histórico contra Federer – Divulgação/@MiamiOpen

Com as campanhas em Miami, independente do resultado da decisão, Federer e Nadal já asseguraram seus retornos ao Top 5 na classificação da ATP, ultrapassando o japonês Kei Nishikori e o canadense Milos Raonic.

Rafael Nadal bate Fabio Fognini e é o primeiro finalista do Masters de Miami

31 de março de 2017 0

O espanhol Rafael Nadal é o primeiro finalista do Masters 1.000 de Miami, Estados Unidos. Nesta sexta-feira (31), ele derrotou o italiano Fabio Fognini por 2 a 0 (6/2 e 7/5), em 1h29 de partida e garantiu presença na decisão do torneio, pela quinta vez na carreira.

Pela quinta vez, Nadal é finalista em Miami - Divulgação/@MiamiOpen

Pela quinta vez, Nadal é finalista em Miami – Divulgação/@MiamiOpen

Vice-campeão em 2005/08/11/14, Nadal foi muito superior no primeiro set e encontrou maiores dificuldades na segunda parcial, mas com 80% de aproveitamento dos pontos jogados com o segundo serviço contra apenas 32% de Fognini, ele confirmou o favoritismo. O espanhol ainda teve um número bem inferior de erros não forçados: 13 contra 35 do italiano.

Na decisão, Nadal vai enfrentar o vencedor do confronto entre o suíço Roger Federer e o australiano Nick Kyrgios, que jogam ainda hoje, às 20h (de Brasília).

Rafael Nadal atropela Jack Sock e vai às semifinais em Miami

30 de março de 2017 0

Mesmo sem ter vencido um torneio na temporada, Rafael Nadal também vem mostrando evolução e se aproxima cada vez mais, de um melhor ritmo. Na quarta-feira (29), à noite, ele derrotou o norte-americano Jack Sock por 2 a 0 (6/2 e 6/3), em 1h13 de partida e passou às semifinais do Masters 1.000 de Miami, Estados Unidos, pela sétima vez.

Nadal ainda não venceu um torneio no ano - Divulgação/@MiamiOpen

Nadal ainda não venceu um torneio no ano – Divulgação/@MiamiOpen

Quatro vezes vice-campeão, Nadal agora vai enfrentar o italiano Fabio Fognini, que surpreendeu o japonês Kei Nishikori, segundo cabeça de chave, por 6/4 e 6/2, em 68 minutos.. Esta será apena a segunda semifinal da carreira do 40º do mundo em um torneio deste porte.

Até hoje, em 10 c0nfrontos entre eles, Nadal tem vantagem. O espanhol venceu sete jogos contra três. Em Miami, eles jogaram nas oitavas de final em 2014 e o Touro Miúra venceu em sets diretos.

Federer, Nadal e Nishikori estão nas quartas de final e Wawrinka é eliminado por Zverev em Miami

28 de março de 2017 0

A rodada de oitavas de final do Masters 1.000 de Miami, Estados Unidos, foi de três confirmações e uma surpresa. Dono de dois títulos no torneio e vencedor das duas principais competições da temporada, o Aberto da Austrália e o Masters de Indian Wells, o suíço Roger Federer encontrou dificuldades, mas superou o espanhol Roberto Bautista Agut, 18º do ranking, com um duplo 7/6, com placares de 7/5 e 7/4 nos dois tie-breaks.

Federer busca o tri em Miami - Divulgação/@MiamiOpen

Federer busca o tri em Miami – Divulgação/@MiamiOpen

Sexto do mundo, Federer agora vai encarar um velho conhecido, o tcheco Tomáš Berdych, 14º, que derrotou em sets diretos (6/3 e 7/5) o francês Adrian Mannarino. Esta será a 24ª partida entre eles e o suíço buscará manter a ampla vantagem que possui até o momento, com 17 vitórias contra seis.

Finalista na Austrália em janeiro, o espanhol Rafael Nadal venceu o francês Nicolas Mahut por 2 a 0, parciais de 6/4 e 7/6 (4), em jogo que teve 1h35 de duração. Vice em Miami, em quatro oportunidades, o sétimo colocado do ranking mundial agora enfrentará o norte-americano Jack Sock, 17º da ATP, que bateu o compatriota Jared Donaldson por fáceis 6/2 e 6/1, em 63 minutos de partida.

Nadal tem quatro vices em Miami - Divulgação/@MiamiOpen

Nadal tem quatro vices em Miami – Divulgação/@MiamiOpen

Segundo na lista de favoritos, Kei Nishikori precisou de três sets (6/3, 4/6 e 6/3) para eliminar o argentino Federico Delbonis, após 2h14 de jogo. O próximo rival do japonês será o italiano Fabio Fognini, que atropelou o norte-americano Donald Young por 6/0 e 6/4, em apenas 65 minutos de confronto.

Nishikori é um dos candidatos ao título - Divulgação/@MiamiOpen

Nishikori é um dos candidatos ao título – Divulgação/@MiamiOpen

E a grande surpresa ficou por conta da eliminação do suíço Stanislas Wawrinka. Principal favorito ao título, ele parou no jovem alemão Alexander Zverev, 19 anos, que venceu por 2 a 1, parciais de 4/6, 6/2 e 6/1, em 1h44 de jogo.

Zverev é a principal revelação do circuito - Divulgação/@MiamiOpen

Zverev é a principal revelação do circuito – Divulgação/@MiamiOpen

Número 20 do ranking mundial, Zverev agora vai enfrentar o vencedor do duelo entre o australiano Nick Kyrgios e o belga David Goffin.

No jogo 1.000 da carreira, Rafael Nadal conquista 822ª vitória e vai às oitavas no Masters de Miami

26 de março de 2017 0

Em sua milésima partida em um torneio do circuito da ATP, Rafael Nadal superou neste domingo (26) o alemão Philipp Kohlschreiber por 2 sets a 1, com parciais de 0/6, 6/2 e 6/3, em 1h38 de partida, conseguiu sua 822ª vitória e garantiu vaga nas oitavas de final do Masters 1.000 de Miami, nos Estados Unidos.

Nadal tem quatro vices em Miami - Divulgação/@MiamiOpen

Nadal tem quatro vices em Miami – Divulgação/@MiamiOpen

Agora, o número sete do ranking mundial e que tem quatro vices no torneio (2005/08/11/14) enfrentará o francês Nicolas Mahut, 55º do mundo, que venceu o argentino Guido Pella (158º) por 2 a 0 (6/4 e 6/3), em 1h16 de jogo. Esta será a terceira vez que eles irão jogar e cada jogador tem uma vitória.

Mahut tentará surpreender Nadal - Divulgação/@MiamiOpen

Mahut tentará surpreender Nadal – Divulgação/@MiamiOpen

Segundo cabeça de chave, o japonês Kei Nishikori derrotou o espanhol Fernando Verdasco por 2 a 1, parciais de 7/6 (2), 6/7 (5) e 6/1, em jogo que teve 2h44 de duração. Vice-campeão em 2016 e atual número quatro do mundo, ele agora terá como adversário o argentino Federico Delbonis (57º) que passou pelo alemão Jan-Lennard Struff (63º) por 2 a 0, parciais de 7/6 (5) e 6/1, depois de 1h19 de partida.

Em 2016, Nishikori chegou à decisão - Divulgação/@MiamiOpen

Em 2016, Nishikori chegou à decisão – Divulgação/@MiamiOpen

Terceiro favorito e quinto na classificação mundial, o canadense Milos Raonic foi forçado a abandonar o torneio em função de uma lesão no músculo isquiotibial (posterior da coxa) e o norte-americano Jared Donaldson acabou sendo o grande beneficiado, já que ficou com a vaga nas oitavas de final.

Raonic explica sua lesão - Divulgação/@MiamiOpen

Raonic explica sua lesão – Divulgação/@MiamiOpen

Demais resultados:

Fabio Fognini (ITA) 3/6, 6/4 e 6/4 Jérémy Chardy (FRA)

Donald Young (EUA) 7/6 (2) e 6/4 Benoît Paire (FRA)