Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "tomas berdych"

Andy Murray leva virada e é eliminado no Masters 1.000 de Monte Carlo

20 de abril de 2017 0

E o tabu de jamais ter chegado à decisão do Masters 1.000 de Monte Carlo continuará por mais uma temporada para o britânico Andy Murray, após a surpreendente derrota desta quinta-feira (20), para o espanhol Albert Ramos-Viñolas, 24º do mundo, por 2 a 1, de virada, com parciais de 2/6, 6/2 e 7/5, em 2h33 de partida.

Ramos-Viñolas conquistou maior vitória da carreira - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Ramos-Viñolas conquistou maior vitória da carreira – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Dos nove torneios da série Masters, o saibro de Mônaco é o único onde o atual líder do ranking mundial jamais foi finalista. Seus melhores resultados foram três semifinais. Na partida de hoje, Murray chegou a estar vencendo o terceiro set por 4/0 e saque, mas permitiu uma incrível reação de Ramos-Viñolas, que empatou em 4/4 e conseguiu uma quebra decisiva no 11º game, para fechar o confronto com o serviço.

Murray sofreu quarta derrota do ano - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Murray sofreu quarta derrota do ano – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Com a vitória, o espanhol passou às quartas de final onde irá encarar o croata Marin Čilić, oitavo do mundo, que passou pelo vice-campeão de 2015, o tcheco Tomáš Berdych por 6/2 e 7/6 (0), em 2h01 de jogo.

Stanislas Wawrinka passa pela estreia em Monte Carlo

19 de abril de 2017 0

O suíço Stanislas Wawrinka encontrou dificuldades, mas passou pela estreia no Masters 1.000 de Monte Carlo. Nesta quarta-feira (19), o número três do ranking mundial da ATP derrotou o tcheco Jiří Veselý, 54º, por 2 a 1, parciais de 6/2, 4/6 e 6/2, em 1h24 de partida.

Campeão da edição de 2014, Stan agora vai encarar nas oitavas de final, o uruguaio Pablo Cuevas, 16º na lista de favoritos. Este será o primeiro confronto entre eles.

Wawrinka busca segundo título em Monte Carlo - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Wawrinka busca segundo título em Monte Carlo – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Quem também já está nas oitavas é o tcheco Tomáš Berdych, vice-campeão em 2015, que eliminou o alemão Tommy Haas, 39 anos, por 2 a 1 (3/6, 6/1 e 6/4), em jogo que teve 1h55 de duração.

Na próxima rodada, o número 12 do mundo vai enfrentar o croata Marin Čilić, oitavo, que não encontrou dificuldades para bater o Jérémy Chardy (71º) por 6/3 e 6/0, em 66 minutos.  Esta será a 12ª partida entre eles e até o momento o tcheco tem pequena vantagem, com seis vitórias contra cinco.

Demais resultados da 2ª rodada:

Albert Ramos-Viñolas (ESP-15) 6/2 e 6/2 Carlos Berlocq (ARG-q)

Alexander Zverev (ALE-14) 6/0 e 6/4 Feliciano López (ESP)

Dominic Thiem (AUT-6) 6/3 e 6/2 Robin Haase (HOL)

Pablo Carreño Busta (ESP-13) 6/4 e 6/4  Karen Khachanov (RUS)

Tomáš Berdych e Alexander Zverev passam pela estreia em Monte Carlo

17 de abril de 2017 0

Vice-campeão da edição de 2015 do Masters 1.000 de Monte Carlo, o tcheco Tomáš Berdych estreou com vitória na competição desta temporada. Em um jogo extremamente disputado, com exatas duas horas de duração, o número 12 do ranking mundial derrotou o russo Andrey Kuznetsov, 78º, em três sets (4/6, 6/3 e 6/4) e garantiu vaga na segunda rodada.

Berdych foi vice em 2015 - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Berdych foi vice em 2015 – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Cabeça de chave número nove, Berdych agora vai enfrentar o vencedor do confronto entre o francês Benoît Paire e o alemão Tommy Haas.

Uma das maiores revelações do circuito, o alemão Alexander Zverev também começou vencendo. Com parciais de 6/1 e 6/2, em 68 minutos de partida, ele atropelou o italiano Andreas Seppi, 75º do mundo.

Zverev é o número 20 no ranking da ATP - Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Zverev é o número 20 no ranking da ATP – Divulgação/Monte-Carlo Rolex Masters 2017

Número 14 na lista de favoritos, Zverev enfrentará na segunda rodada quem passar do confronto entre o espanhol Feliciano López e o russo Daniil Medvedev.

Demais resultados:

Albert Ramos-Viñolas (ESP-15) 6/2 e 6/3 Renzo Olivo (ARG-q)

Pablo Cuevas (URU-16) 6/3 e 6/0 Viktor Troicki (SER)

Adrian Mannarino (FRA-q) 1/6, 6/3 e 6/4 Guillermo García-López (ESP-q)

Diego Schwartzman (ARG) 6/1 e 7/6 (3) Bernard Tomic (AUS)

Roberto Bautista Agut (ESP-12) 1/6, 6/3 e 7/5 Nikoloz Basilashvili (GEO)

Kyle Edmund (GBR) 7/5 e 6/1 Daniel Evans (GBR)

Nicolás Almagro (ESP) 4/6, 6/3 e 6/1 Martin Kližan (SVK-q)

Pablo Carreño Busta (ESP-13) 7/6 (0), 6/7 (4) e 6/3 Fabio Fognini (ITA)

Roger Federer bate freguês e é semifinalista em Miami

30 de março de 2017 0

Confirmando a excelente temporada, onde venceu 17 dos 18 jogos que disputou, Roger Federer garantiu nesta quinta-feira (30) um lugar nas semifinais do Masters 1.000 de Miami, Estados Unidos. Diante de um velho conhecido, o tcheco Tomáš Berdych, ele se impôs em três sets, parciais de 6/2, 3/6 e 7/6 (6), após 1h57 de confronto. Esta foi a 18ª vitória do suíço em 24 partidas disputadas entre eles.

Federer tem dois títulos em Miami - Divulgação/@MiamiOpen

Federer tem dois títulos em Miami – Divulgação/@MiamiOpen

Dono de 90 títulos na carreira, Federer agora vai encarar o australiano Nick Kyrgios, que superou o alemão Alexander Zverev Jr. por 2 a 1, parciais de 6/4, 6/7 (9) e 6/3, em jogo que teve 2h34 de duração.

Kyrgios também foi semifinalista em 2016 - Divulgação/@MiamiOpen

Kyrgios também foi semifinalista em 2016 – Divulgação/@MiamiOpen

Esta será a segunda vez que eles irão se enfrentar e o ex-número um do mundo buscará sua primeira vitória.

Federer, Nadal e Nishikori estão nas quartas de final e Wawrinka é eliminado por Zverev em Miami

28 de março de 2017 0

A rodada de oitavas de final do Masters 1.000 de Miami, Estados Unidos, foi de três confirmações e uma surpresa. Dono de dois títulos no torneio e vencedor das duas principais competições da temporada, o Aberto da Austrália e o Masters de Indian Wells, o suíço Roger Federer encontrou dificuldades, mas superou o espanhol Roberto Bautista Agut, 18º do ranking, com um duplo 7/6, com placares de 7/5 e 7/4 nos dois tie-breaks.

Federer busca o tri em Miami - Divulgação/@MiamiOpen

Federer busca o tri em Miami – Divulgação/@MiamiOpen

Sexto do mundo, Federer agora vai encarar um velho conhecido, o tcheco Tomáš Berdych, 14º, que derrotou em sets diretos (6/3 e 7/5) o francês Adrian Mannarino. Esta será a 24ª partida entre eles e o suíço buscará manter a ampla vantagem que possui até o momento, com 17 vitórias contra seis.

Finalista na Austrália em janeiro, o espanhol Rafael Nadal venceu o francês Nicolas Mahut por 2 a 0, parciais de 6/4 e 7/6 (4), em jogo que teve 1h35 de duração. Vice em Miami, em quatro oportunidades, o sétimo colocado do ranking mundial agora enfrentará o norte-americano Jack Sock, 17º da ATP, que bateu o compatriota Jared Donaldson por fáceis 6/2 e 6/1, em 63 minutos de partida.

Nadal tem quatro vices em Miami - Divulgação/@MiamiOpen

Nadal tem quatro vices em Miami – Divulgação/@MiamiOpen

Segundo na lista de favoritos, Kei Nishikori precisou de três sets (6/3, 4/6 e 6/3) para eliminar o argentino Federico Delbonis, após 2h14 de jogo. O próximo rival do japonês será o italiano Fabio Fognini, que atropelou o norte-americano Donald Young por 6/0 e 6/4, em apenas 65 minutos de confronto.

Nishikori é um dos candidatos ao título - Divulgação/@MiamiOpen

Nishikori é um dos candidatos ao título – Divulgação/@MiamiOpen

E a grande surpresa ficou por conta da eliminação do suíço Stanislas Wawrinka. Principal favorito ao título, ele parou no jovem alemão Alexander Zverev, 19 anos, que venceu por 2 a 1, parciais de 4/6, 6/2 e 6/1, em 1h44 de jogo.

Zverev é a principal revelação do circuito - Divulgação/@MiamiOpen

Zverev é a principal revelação do circuito – Divulgação/@MiamiOpen

Número 20 do ranking mundial, Zverev agora vai enfrentar o vencedor do duelo entre o australiano Nick Kyrgios e o belga David Goffin.

Stanislas Wawrinka vence e vai às oitavas no Masters de Indian Wells

14 de março de 2017 0

O suíço Stanislas Wawrinka derrotou o alemão Philipp Kohlschreiber, 31º do mundo, por 2 a 0 (7/5 e 6/3), em 1h18 de partida e está classificado para as oitavas de final do Masters 1.000 de Indian Wells, Estados Unidos.

Wawrinka busca segundo título de Masters 1.000 - Divulgação/Matt Hazlett/BNP Paribas Open

Wawrinka busca segundo título de Masters 1.000 – Divulgação/Matt Hazlett/BNP Paribas Open

Dono de três títulos de Grand Slam (Abertos da Austrália-14, França-15 e Estados Unidos-16) e de um torneio da série Masters (Monte Carlo-14), o terceiro colocado no ranking da ATP agora vai enfrentar o japonês Yoshihito Nishioka, 70º, que foi responsável pela zebra da rodada ao vencer o tcheco Tomáš Berdych 14º, de virada, parciais de 1/6, 7/6 (5) e 6/4, em 2h22 de jogo.

Nishioka é a surpresa do torneio - Divulgação/@BNPPARIBASOPEN

Nishioka é a surpresa do torneio – Divulgação/@BNPPARIBASOPEN

Nishioka havia perdido na rodada final do qualifying, para o sueco Elias Ymer, mas ganhou uma vaga na chave principal em virtude da lesão do ucraniano Alexandr Dolgpolov e curiosamente na estreia venceu o próprio Ymer e a partir da segunda rodada tornou-se a surpresa da competição ao derrotar em sequência o croata Ivo Karlović, 19º cabeça de chave, e o tcheco Berdych.

Responsável pela eliminação do número um do mundo, o britânico Andy Murray, o canadense Vasek Pospisil (129º) acabou sendo derrotado pelo sérvio Dušan Lajović (106º), por 2 a 1, parciais de 6/7 (4), 6/3 e 7/5, em 2h28 de duelo entre dois jogadores saídos do qualificatório.

Lajović comemora vitória - Divulgação/@BNPPARIBASOPEN

Lajović comemora vitória – Divulgação/@BNPPARIBASOPEN

Demais resultados:

Pablo Carreño Busta (ESP-21) w.o Roberto Bautista Agut (ESP-16)

* Agut abnadonou o torneio por sentir uma lesão abdominal.

David Goffin (BEL-11) 7/6 (3) e 6/4 Albert Ramos-Viñolas (ESP-22)

Pablo Cuevas (URU-27) 6/1 e 6/4 Fabio Fognini (ITA)

Gaël Monfils (FRA-10) 6/2 e 6/4 John Isner (EUA-20)

Dominic Thiem (AUT-8) 6/1 e 6/4 Mischa Zverev (ALE-29)

Andy Murray estreia com vitória em Dubai

28 de fevereiro de 2017 0

Líder do ranking mundial, o britânico Andy Murray estreou com vitória no ATP 500 de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Nesta terça-feira (28), ele derrotou o tunisiano Malek Jaziri por 2 a 0 (6/4 e 6/1), em 1h20 de partida e garantiu vaga nas oitavas de final contra o espanhol Guillermo García López.

Murray busca primeiro título do ano - Foto: Reprodução/Twitter

Murray busca primeiro título do ano – Foto: Reprodução/Twitter

Atual campeão do torneio, o suíço Stanislas Wawrinka caiu logo na estreia. O número três do mundo perdeu para o bósnio Damir Džumhur por 2 a 0, com parciais de 7/6 (4) e 6/3, em 1h12 de jogo. O espanhol Marcel Granollers será o próximo rival do 77º colocado na classificação mundial.

Džumhur desbancou Wawrinka - Divulgação/@DDFTennis

Džumhur desbancou Wawrinka – Divulgação/@DDFTennis

Vice-campeão em 2013/14, o tcheco Tomáš Berdych bateu o compatriota Lukáš Rosol por 6/3, 2/1 e desistência e também garantiu presença nas oitavas, onde vai encarar o holandês Robin Haase, que passou pelo uzbeque Denis Istomin em dois sets (6/2 e 6/4).

Demais resultados:

Daniil Medvedev (RUS) 6/2 e 7/5 Omar Alawadhi (UAE-wc)

Evgeny Donskoy (RUS-q) 6/4 e 6/4 Mikhail Youzhny (RUS)

Marius Copil (ROM-q) 6/4 e 6/2 Jan-Lennard Struff (ALE)

Lucas Pouille (FRA-7) 6/2 e 6/2 Adam Pavlásek (CZE)

Fernando Verdasco (ESP) 6/2 e 7/5 Andreas Seppi (ITA-LL)

Daniel Evans (GBR) 6/2 e 6/3 Dustin Brown (ALE)

Roger Federer arrasa Tomáš Berdych e vence seu 310º jogo de Grand Slam

20 de janeiro de 2017 0

O retorno do suíço Roger Federer às quadras tem sido “acima da expectativa“, segundo o próprio jogador de 35 anos. Nesta sexta-feira (20), na terceira rodada do Aberto de Tênis da Austrália, ele foi posto à prova diante do tcheco Tomáš Berdych, 10º do mundo, e fez os fãs lembrarem dos melhores momentos de sua carreira recheada com 17 troféus de Grand Slam.

Federer tem quatro títulos na Austrália - Divulgação/Ben Solomon/Tennis Australia

Federer tem quatro títulos na Austrália – Divulgação/Ben Solomon/Tennis Australia

Em uma verdadeira aula de tênis, Federer atropelou o adversário e o derrotou pela 17ª vez em 23 confrontos, com parciais de 6/2, 6/4 e 6/4, em 1h30 de partida. Eficiente, o ex-número um do mundo aproveitou quatro das cinco chances de quebra de saque que teve à disposição, apesar dos 13 aces impostos pelo tcheco.

Berdych não teve chances diante de Federer - Divulgação/Ben Solomon/Tennis Australia

Berdych não teve chances diante de Federer – Divulgação/Ben Solomon/Tennis Australia

Com uma imensa variação de golpes, o tetracampeão do Australian Open (2004/06/07/10) acertou 40 winners e cometeu apenas 17 erros não forçados, o que fez Berdych balançar a cabeça em diversos momentos, como se quisesse dizer “você não me dá chances”. E foi desta forma, sem permitir reação ao rival, que Roger Federer obteve sua 16º classificação para a disputa das oitavas de final do torneio, a 310ª vitória na história dos Grand Slams e a de número 1.083 na carreira em 1.328 atuações, algumas delas de luxo, como a de hoje.

Entre os homens, Federer é o maior vencedor de jogos de Grand Slam - Divulgação/@AustralianOpen

Entre os homens, Federer é o maior vencedor de jogos de Grand Slam – Divulgação/@AustralianOpen

Na próxima rodada, Federer vai encarar o japonês Kei Nishikori, quinto cabeça de chave, que com um triplo 6/4, em 2h11 de jogo, despachou o eslovaco Lukáš Lacko, 121º do ranking e pelo sexto ano seguido disputará a quarta rodada em Melbourne.

Nishikori tem desvantagem contra Federer - Divulgação/@AustralianOpen

Nishikori tem desvantagem contra Federer – Divulgação/@AustralianOpen

Diante de Federer, o retrospecto não é favorável ao japonês, que perdeu quatro dos seis confrontos realizados, incluindo os três últimos. A última vitória do asiático aconteceu nas quartas de final do Masters 1.000 de Miami em 2014.

Roger Federer e Tomáš Berdych irão se enfrentar na 3º rodada em Melbourne

18 de janeiro de 2017 0

O suíço Roger Federer manteve nesta quarta-feira (18) uma tradição no Aberto de Tênis da Austrália. Desde sua primeira participação, em 2000, o tetracampeão do torneio jamais foi eliminado antes da terceira rodada. Hoje, em três sets, parciais de 7/5, 6/3 e 7/6 (3), em 2h03 de partida, ele derrotou o norte-americano Noah Rubin, campeão juvenil de Wimbledon em 2014, e obteve sua segunda vitória na competição, a 309ª na história dos Grand Slams.

Federer foi campeão em 2004/06/07/10 - Divulgação/@AustralianOpen

Federer foi campeão em 2004/06/07/10 – Divulgação/@AustralianOpen

Como ficou muito tempo sem jogar e perdeu posições no ranking mundial da ATP, Federer é apenas o 17º cabeça de chave e, desta forma, já na terceira rodada terá pela frente um velho conhecido, o tcheco Tomáš Berdych, 10º favorito, que passou com tranquilidade por outro norte-americano, Ryan Harrison, parciais de 6/3, 7/6 (6) e 6/2, em 2h05 de jogo. Esta será a 23ª vez que eles irão se enfrentar. Até o momento, o suíço acumula 16 triunfos contra seis do rival e está invicto desde a semifinal do ATP de Dubai, em março de 2013.

Berdych foi semifinalista em 2014/15 - Divulgação/@AustralianOpen

Berdych foi semifinalista em 2014/15 – Divulgação/@AustralianOpen

Nishikori bate Chardy e também está na 3ª rodada

Um dos principais favoritos, o japonês Kei Nishikori, não precisou de muito esforço para eliminar o francês Jérémy Chardy em sets diretos (6/3, 6/4 e 6/3) e carimbar seu passaporte na terceira rodada, pela sétima temporada consecutiva.

Nishikori jamais passou das quartas de final na Austrália - Divulgação/ Luke Hemer/Tennis Australia

Nishikori jamais passou das quartas de final na Austrália – Divulgação/ Luke Hemer/Tennis Australia

Cabeça de chave número cinco, ele agora vai enfrentar o eslovaco Lukáš Lacko, que saiu do qualificatório e já igualou sua campanha de 2012 ao bater o israelense Dudi Sela por 3 a 1 (2/6, 6/3. 6/2 e 6/4). O vencedor deste confronto pegará nas oitavas de final, quem ganhar o duelo entre Federer e Berdych.

Italiano sente lesão e Tomáš Berdych avança na Austrália

16 de janeiro de 2017 0

O tcheco Tomáš Berdych já está na segunda rodada do Aberto de Tênis da Austrália. Na madrugada desta segunda-feira (16), pelo horário de Brasília, ele derrotou o qualifier italiano Luca Vanni por 6/1 e desistência, em virtude de um problema no quadril, e pelo 12º ano consecutivo estreou com vitória no torneio, onde foi semifinalista em 2014/15.

Berdych ainda não venceu um Grand Slam - Divulgação/Arquivo

Berdych ainda não venceu um Grand Slam – Divulgação/Arquivo

Agora, o 10º cabeça de chave vai enfrentar o norte-americano Ryan Harrison, que superou o francês Nicolas Mahut por 3 a 0 (6/3, 6/4 e 6/2) e pela segunda vez em sete participações ultrapassou a rodada de estreia na competição.