Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "troféu VivaVôlei"

Taubaté elimina o Sesi-SP e vai desafiar o tricampeão Sada Cruzeiro na decisão da Superliga Masculina

27 de abril de 2017 0

O Funvic/Vôlei Taubaté (SP) é o segundo finalista da Superliga Masculina de Vôlei. Nesta quinta-feira (27), o time comandado pelo técnico Cézar Douglas derrotou o Sesi-SP por 3 a 1 (25/17, 25/19, 22/25 e 25/22), em 1h56 de partida disputada no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP) e fechou o playoff semifinal em 3 a 1.

Taubaté disputará sua primeira final - Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Taubaté disputará sua primeira final – Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Esta será a primeira decisão de Taubaté, que disputa sua quarta temporada no torneio. Em 2015 e em 2016, a equipe parou nas semifinais diante do próprio Sesi-SP e do Vôlei Brasil Kirin/Campinas (SP), respectivamente. Já em 2014 ficou apenas na 10ª posição e sequer passou pela fase classificatória.

Lucarelli foi eleito o melhor do jogo - Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Lucarelli foi eleito o melhor do jogo – Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Na decisão, o time de segunda melhor campanha da Superliga vai encarar o atual tricampeão Sada Cruzeiro (MG), que disputará sua sétima final consecutiva e busca o quinto título. Nesta edição, eles se enfrentaram em duas oportunidades, com uma vitória para cada lado, ambas por 3 a 0. Aliás, Taubaté impôs aos mineiros, a única derrota em 28 jogos na competição. A final da Superliga Masculina será disputada em jogo único, no dia 7 de maio, no ginásio Mineirinho, em Belo Horizonte (MG).

Wallace foi o maior pontuador - Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Wallace foi o maior pontuador – Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Com 17 acertos, o oposto Wallace de Souza foi o maior pontuador do jogo desta quinta. Já o ponteiro Lucarelli, que marcou 11 vezes, foi eleito o melhor em quadra e levou o Troféu VivaVôlei, repetindo a conquista do jogo 2 da série. Outro destaque de Taubaté foi o central Otávio, que também marcou 11 pontos. Com 16, o oposto Théo foi quem mais marcou para o Sesi-SP.

Théo faz 27 pontos, Sesi-SP vence Taubaté e evita eliminação nas semifinais da Superliga Masculina de Vôlei

21 de abril de 2017 0

O Funvic/Vôlei Taubaté perdeu a grande oportunidade de carimbar seu passaporte para uma inédita decisão de Superliga Masculina de Vôlei. Nesta sexta-feira (21), a equipe do Vale do Paraíba recebeu o Sesi-SP (SP) e com mais uma vitória poderia fechar o playoff semifinal em 3 a 0, após vencer os dois primeiros confrontos por 3 a 0 e 3 a 2, respectivamente.

Théo marcou 27 pontos - Divulgação/Bruno Miani/Inovafoto/CBV

Théo marcou 27 pontos – Divulgação/Bruno Miani/Inovafoto/CBV

Porém, em um grande jogo, os visitantes conseguiram vencer por 3 a 2, com parciais de 37/35, 21/25, 19/25, 25/21 e 15/10, depois de 2h36 de partida. O oposto Théo marcou 27 pontos e acabou ficando com o Troféu VivaVôlei, como o melhor jogador em quadra.

Lucarelli encara bloqueio do Sesi - Divulgação/Bruno Miani/Inovafoto/CBV

Lucarelli encara bloqueio do Sesi – Divulgação/Bruno Miani/Inovafoto/CBV

Com o resultado, as duas equipes voltarão a se enfrentar no próximo dia 27 de abril, às 19h30 (de Brasília), no Ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul, onde o Sesi-SP está mandando seus jogos, já que o Ginásio da Vila Leopoldina não tem a capacidade mínima exigida de 4 mil lugares para esta fase da competição.

Taubaté bate Sesi-SP e abre vantagem nas semifinais da Superliga Masculina de Vôlei

16 de abril de 2017 0

O Funvic/Vôlei Taubaté (SP) voltou a derrotar o Sesi-SP, no sábado (15), pelas semifinais da Superliga masculina de Vôlei e abriu 2 a 0 na série melhor de cinco, que apontará um dos finalistas do torneio.

Taubaté tem 2 a 0 no playoff - Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Taubaté tem 2 a 0 no playoff – Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Depois de vencer em casa, por 3 a 0, o Taubaté precisou de cinco sets (25/23, 21/25, 18/25, 25/19 e 15/13), em 2h24 de jogo disputado no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP). A partida foi realizada no ABC Paulista, já que o ginásio do Sesi da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), onde o Sesi-SP joga, não tem a capacidade mínima exigida nesta fase da competição. Mesmo assim, a torcida compareceu em grande número e o ginásio esteve lotado, com cerca de 4.386 torcedores.

Lucarelli foi eleito o melhor do jogo - Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Lucarelli foi eleito o melhor do jogo – Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Com 17 acertos, o ponta Lucarelli foi o principal pontuador do Taubaté e acabou sendo eleito o melhor jogador em quadra, ganhando o Troféu VivaVôlei. A equipe do Vale do Paraíba ainda contou com 15 do oposto Wallace de Souza.

Mesmo com a vitória, Lucarelli pede mais atenção e exige melhoras da equipe.

- Foi uma bela batalha. Acho que o torcedor estava esperando por isso, aconteceu um 3 a 2 equilibrado, e agora temos uma próxima chance na sexta-feira para tentar fechar em casa. Hoje, quando o nosso saque entrou um pouco melhor, conseguimos jogar. Quando forçamos no lugar certo deu resultado. Mas, temos que melhorar muito. Vacilamos em alguns momentos. Ganhamos, mas temos que melhorar sempre.

Wallace de Souza fez 15 pontos - Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Wallace de Souza fez 15 pontos – Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Pelo Sesi-SP, o oposto Théo marcou 23 vezes e terminou como maior pontuador do jogo. Porém os 42 erros cometidos pela equipe dirigida por Marcos Pacheco foram fatais.

Mesmo com a derrota, Théo foi o maior pontuador - Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Mesmo com a derrota, Théo foi o maior pontuador – Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto/CBV

As duas equipes voltarão a se enfrentar na próxima sexta-feira (21), às 21h30 (de Brasília), no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP), e se o time da casa vencer estará classificado para a decisão.

Rexona-Sesc bate Minas e vai enfrentar Osasco na decisão da Superliga Feminina de Vôlei

14 de abril de 2017 0

O Rexona-Sesc confirmou nesta sexta-feira (15), a condição de melhor campanha da Superliga feminina de Vôlei e derrotou o Camponesa/Minas Tênis Clube (MG), por 3 sets a 1 (25/15, 26/24, 21/15 e 25/20, em 1h49 de partida disputa na Arena Olímpica do Rio de Janeiro.

Rexona-Sesc disputará 13ª final seguida - Divulgação/CBV

Rexona-Sesc disputará 13ª final seguida – Divulgação/CBV

Com o resultado, a equipe comandada por Bernardinho fechou o playoff semifinal em 3 a 2 e agora vai disputar sua 13ª final consecutiva. Atual tetracampeão, o time carioca enfrentará o Vôlei Nestlé/Osasco (SP) na decisão. Esta será a 11ª vez que os dois maiores vencedores do vôlei brasileiro disputarão o título da competição. Nos confrontos anteriores, o Rexona-Sesc levou a melhor em sete oportunidades.

Roberta (12) e Juciely bloqueiam Jaqueline - Divulgação/CBV

Roberta (12) e Juciely bloqueiam Jaqueline – Divulgação/CBV

Depois de ser surpreendido pelo Minas, que venceu o segundo e o terceiro jogo, disputados no Rio de Janeiro, o Rexona-Sesc mostrou sua força e empatou a disputa em Belo Horizonte (MG) e chegou à virada nesta sexta-feira (14), com 18 pontos marcados através de bloqueio, sendo sete deles da central Juciely, que terminou a partida com 20 e foi eleita a melhor jogadora em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei. Outro destaque foi a ponta Drussyla, que marcou 18 vezes.

Drussyla fez 18 pontos - Divulgação/CBV

Drussyla fez 18 pontos – Divulgação/CBV

O Minas cometeu 30 erros na partida, seis a mais que o adversário, mas apesar da derrota teve a maior pontuadora da noite, a oposta norte-americana Destinee Hooker, com 24 acertos.

Sada Cruzeiro vence a segunda diante de Campinas e fica perto de mais uma final na Superliga masculina de Vôlei

14 de abril de 2017 0

O Sada Cruzeiro (MG) voltou a derrotar o Vôlei Brasil Kirin, no segundo jogo da série melhor de cinco das semifinais da Superliga masculina de Vôlei. Em jogo encerrado no começo da madrugada desta sexta-feira (14), o time comandado pelo argentino Marcelo Méndez venceu por 3 a 1 (25/21, 25/19, 21/25 e 25/22), em exatas duas horas de partida realizada no ginásio do Taquaral, em Campinas (SP), e agora está a um triunfo de garantir presença na decisão do torneio pela sétima vez seguida.

Sada Cruzeiro vence por 2 a 0 - Divulgação/William Lucas/Inovafoto/CBV

Sada Cruzeiro vence por 2 a 0 – Divulgação/William Lucas/Inovafoto/CBV

A terceira partida entre eles está marcada para o próximo dia 22, às 21h30 (de Brasília), no ginásio do Riacho, em Contagem (MG). Neste segundo confronto, o ponta cubano Yoandy Leal terminou com 18 acertos e além de se tornar o maior pontuador do jogo, ainda ficou com o Troféu VivaVôlei, após ser eleito o melhor jogador em quadra.

Leal foi o maior pontuador - Divulgação/William Lucas/Inovafoto/CBV

Leal foi o maior pontuador – Divulgação/William Lucas/Inovafoto/CBV

Mais três jogadores cruzeirenses se destacaram. O oposto Evandro Guerra, que marcou 13 pontos, e os centrais Robertlandy Simón e Isac. O cubano fez 12 pontos e o brasileiro outros 11. No Campinas, o ponta Bruno Temponi fez os mesmos 18 pontos de Leal, enquanto Diogo fez 14 e o oposto Rivaldo marcou outros 12 pontos.

Rexona-Sesc vence o Minas e iguala semifinais da Superliga Feminina de Vôlei

12 de abril de 2017 0

A série semifinal da Superliga feminina de Vôlei, entre Rexona-Sesc (RJ) e Camponesa/Minas Tênis Clube (MG), segue imprevisível. Até o momento, foram quatro confrontos, com duas vitórias para cada lado, sendo que quem jogou fora de casa sempre levou a melhor.

Gabi Guimarães liderou vitória do Rexona-Sesc - Divulgação/Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Gabi Guimarães liderou vitória do Rexona-Sesc – Divulgação/Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Na terça-feira (11), o Minas entrou em quadra liderando a disputa por 2 a 1, após duas grandes vitórias no Rio de Janeiro. Porém, o tabu foi mantido e as visitantes saíram-se vencedoras. Com parciais de 25/12, 25/18, 27/29 e 25/23, em 1h53 de partida e forçou a disputa de um quinto jogo na próxima sexta-feira (14), às 19h30 (de Brasília), na Arena da Barra, sede das competições de Ginástica dos Jogos Rio-2016.

Monique Pavão encara bloqueio do Minas - Divulgação/Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Monique Pavão encara bloqueio do Minas – Divulgação/Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Com 25 acertos, a ponteira Gabi Guimarães foi a maior pontuadora do confronto. Já sua companheira de posição, Drussyla, que foi a surpresa na escalação do técnico Bernardinho, marcou outros 20, acabou sendo eleita a melhor jogadora em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei. As centrais Carol e Juciely, com 13 e 10 pontos, respectivamente, e a oposta Monique Pavão, que fez 12, também foram destaques na vitória do atual tetracampeão da Superliga.

Jaqueline marcou 10 pontos - Divulgação/Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Jaqueline marcou 10 pontos – Divulgação/Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Pelo Minas, a oposta norte-americana Destinee Hooker marcou 22 vezes e foi a principal atacante. As ponta Rosamaria Jaqueline terminaram com 11 e 10 pontos assinalados, pela ordem.

Minas vence mais uma no Rio de Janeiro e se aproxima da final da Superliga Feminina de Vôlei

08 de abril de 2017 0

Com mais uma grande atuação da oposta norte-americana Destinee Hooker, o Camponesa/Minas Tênis Clube (MG) voltou a derrotar o Rexona-Sesc, na sexta-feira (07), por 3 a 2 (25/21, 13/25, 21/25, 25/23 e 15/08), depois de 2h30 de jogo e assumiu a liderança da série semifinal da Superliga feminina de Vôlei, por 2 a 1.

Jogadoras do Minas comemoram vitória - Divulgação/Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Jogadoras do Minas comemoram vitória – Divulgação/Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Depois de perder o primeiro confronto em casa, o time mineiro reagiu e venceu os dois confrontos realizados no Rio de Janeiro. Agora, a equipe treinada por Paulo Coco está a um triunfo de eliminar o atual tetracampeão da competição. A quarta partida acontecerá no dia 11 de abril, às 21h30 (de Brasília), em Belo Horizonte (MG).

Jaqueline encara bloqueio carioca - Divulgação/Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Jaqueline encara bloqueio carioca – Divulgação/Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Maior pontuadora da Superliga, Hooker foi decisiva e terminou o jogo de sexta com 20 acertos, o que ainda lhe garantiu o Troféu VivaVôlei, já que foi eleita a  melhor jogadora em quadra.

Taubaté bate Sesi-SP e abre vantagem nas semifinais da Superliga Masculina de Vôlei

07 de abril de 2017 0

O Funvic/Vôlei Taubaté fez valer o mando de quadra e derrotou o Sesi-SP (SP), na abertura das semifinais da Superliga masculina de Vôlei. Na noite de quinta-feira (06), o time comandado pelo técnico Cézar Douglas fez 3 sets a 0 (25/20, 25/22 e 25/21), em 1h40 de partida disputada no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP).

Wallace de Souza foi maior pontuador do jogo - Divulgação/Bruno Miani/Inovafoto/CBV

Wallace de Souza foi maior pontuador do jogo – Divulgação/Bruno Miani/Inovafoto/CBV

Com sete pontos marcados, o ponteiro Lucas Lóh foi eleito o melhor jogador em quadra e recebeu o Troféu VivaVôlei. Para ele, a vitória foi fundamental para a sequência da série.

- Foi uma vitória muito importante. Há uma rivalidade grande, esses dois times já se enfrentaram diversas vezes nesta temporada, inclusive em finais e há um clima diferente neste confronto. Quem viu o jogo, percebeu que os dois times queriam ganhar a todo custo e nós soubemos assegurar a vitória e dar esse primeiro passo na série.

Lucas Lóh foi eleito o melhor do jogo - Divulgação/Bruno Miani/Inovafoto/CBV

Lucas Lóh foi eleito o melhor do jogo – Divulgação/Bruno Miani/Inovafoto/CBV

O equilíbrio entre as duas equipes foi tamanho, que apenas o oposto Wallace de Souza, do Taubaté, conseguiu ultrapassar a marca de 10 pontos. Com 13, ele foi o maior pontuador do confronto.

Agora, Sesi-SP e Funvic/Vôlei Taubaté voltam a se enfrentar no próximo sábado (15), às 21h30 (de Brasília), no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP).

Minas quebra invencibilidade do Rexona-Sesc e empata semifinais da Superliga Feminina de Vôlei

05 de abril de 2017 0

Com excelente atuação, o Camponesa/Minas Tênis Clube (MG) derrotou o Rexona-Sesc (RJ) por 3 sets a 1 (25/22, 25/21, 21/25 e 25/19), em 1h55 de jogo disputado no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) e igualou o playoff semifinal da Superliga Feminina de Vôlei.

Hooker comandou ataque do Minas - Divulgação/Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Hooker comandou ataque do Minas – Divulgação/Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

A levantadora Naiane foi eleita a melhor da partida e ficou com o Troféu VivaVôlei. Segundo ela, a questão tática foi decisiva para a vitória, que quebrou uma série de 16 jogos de invencibilidade das cariocas.

- O nosso time conseguiu se impor em quadra. O nosso jogo fluiu e deu muito certo. A gente se encaixou e conseguiu fazer uma tática de jogo muito melhor que na primeira partida. Tivemos alguns erros, mas eles não nos abalaram e conseguimos sair de situações difíceis. Com certeza, essa vitória nos dá um gás a mais, e a série não termina no próximo jogo. Vamos treinar e nos preparar para a próxima batalha.

Naiane foi eleita a melhor em quadra - Divulgação/Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Naiane foi eleita a melhor em quadra – Divulgação/Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Grande destaque da equipe mineira, a oposta norte-americana Destinee Hooker foi a maior pontuadora do confronto, com 21 acertos. Mais três jogadoras do Minas marcaram 10 ou mais pontos: a ponteira Rosamaria fez 15 e as centrais Mara e Carol Gattaz, 14 e 11, respectivamente. No Rexona, a central Juciely marcou 17 vezes e a ponta Gabi Guimarães foi responsável por 13 pontos.

Vôlei Nestlé bate Praia Clube e fica a uma vitória da final da Superliga Feminina

04 de abril de 2017 0

Depois de vencer em casa, a primeira partida da série melhor de cinco jogos pelas semifinais da Superliga feminina de Vôlei, o Vôlei Nestlé (SP) foi a Uberlândia (MG) nesta terça-feira (04) e ampliou sua vantagem sobre o Dentil/Praia Clube ao vencer por 3 a 0 (25/19, 25/22 e 25/22), em 1h30 de confronto.

Mais uma vez, Tandara foi a maior pontuadora - Divulgação/Célio Messias/Inovafoto/CBV

Mais uma vez, Tandara foi a maior pontuadora – Divulgação/Célio Messias/Inovafoto/CBV

Agora, com mais uma vitória, o time paulista estará classificado para sua 14ª final na história da competição. O terceiro jogo está programado para a próxima sexta-feira (07), às 19h (de Brasília), no Ginásio José Liberatti, em Osasco (SP).

Dani Lins foi a melhor do jogo - Divulgação/Célio Messias/Inovafoto/CBV

Dani Lins foi a melhor do jogo – Divulgação/Célio Messias/Inovafoto/CBV

O Troféu VivaVôlei, para a melhor jogadora em quadra, ficou com a levantadora Dani Lins, que não atuou na primeira partida. Segundo ela, agora é buscar definir a vaga atuando em casa.

- Estamos jogando como um time mesmo, uma ajudando a outra, tendo tendo paciência quando erramos e isso é muito importante. Fui muito bem acolhida, recebida de volta e sabemos que juntas somos mais fortes. Estamos bem felizes. Temos mais um jogo em casa e não vai ser fácil. Elas não desistem nunca, têm um elenco muito bom e temos que estar preparadas para isso. Vamos lotar o caldeirão em casa.

Com 21 acertos, a ponteira Tandara foi a maior pontuador do confronto, assim como já ocorrera no jogo anterior, quando ela terminou com 26 pontos marcados.