Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Victor Colonese"

Allan do Carmo e Betina Lorscheitter vencem etapa do Brasileiro de Maratonas Aquáticas e se garantem no Mundial

18 de abril de 2015 0

O baiano Allan do Carmo (ACEB) venceu neste sábado (18), a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas. A prova na distância de 5 km foi disputada no Billings Country Club, em São Bernardo do Campo (SP). Com o resultado, obtido em 56m51s, ele garantiu uma vaga no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, em Kazan, na Rússia.

Allan do Carmo já tem um bronze em Mundial - Divulgação/Satiro Sodre/SSPress

Allan do Carmo já tem um bronze em Mundial – Divulgação/Satiro Sodre/SSPress

Medalha de bronze na disputa por equipes, no Mundial de Barcelona-2013, Allan era o favorito para ficar com uma das duas vagas brasileiras para a Kazan. A segunda foi conquistada por Victor Colonese, da Unisanta (SP), que havia vencido a etapa de abertura do Brasileiro em Porto Belo (SC), e que encerro com dois segundos de desvantagem para o líder. Diogo Villarinho (Fiat/Minas Tênis Clube) terminou na terceira colocação.

Com o resultado de hoje, Victor Colonese lidera o ranking com 69 pontos, 19 a mais que o gaúcho Fernando Ponte (Grêmio Náutico União), que completou a prova em sexto lugar. Com a vitória, Allan do Carmo passou para terceiro, com 37 pontos.

Entre as mulheres as duas classificadas para o Mundial foram a gaúcha Betina Lorscheitter (Grêmio Naútico União), que completou o percurso em 1h02m37s e a capixaba Carolina Bilich (Fiat/Minas Tênis Clube), que chegou um segundo depois.  A terceira colocada foi outra gaúcha Gabriela Ferreira, também do União, que nadou em 1h02m39s.

Betina Lorscheistter garantiu vaga no Mundial - Divulgação/CBDA/Satiro Sodré

Betina Lorscheistter garantiu vaga no Mundial – Divulgação/CBDA/Satiro Sodré

Na classificação geral feminina, Mariana Serrano Souza (Sesi-SP), sexta colocada na prova, é a líder com um total de 50 pontos contra 49 de Gabriela Ferreira e 37 de Betina Lorscheitter.

Brasileiros dominam etapa final da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas

07 de outubro de 2013 0

Os nadadores brasileiros brilharam na etapa final da Copa do Mundo de Maratona Aquáticas, disputada em Hong Kong. O gaúcho Samuel de Bona (Grêmio Náutico União) e a paulista Poliana Okimoto (Minas Tênis Clube) foram os vencedores.

Samuel de Bona atingiu um feito histórico. Sua vitória, foi a primeira de um nadador masculino do Brasil na história da competição. Ele completou o percurso na Baía Repulse em 1h53min34s seguido pelo francês Roman Beraud (1h53min35s5) e pelo australiano Rhys Mainstone-Hudson (1h53min35s6).

Samuel atingiu conquista histórica - Divulgação/GNU/Kiko Klaeser

Samuel (3º da esq. para a direita) atingiu conquista histórica – Divulgação/GNU/Kiko Klaeser

Entre os demais brasileiros, Allan do Carmo terminou em quinto (1h53min37s), Victor Colonese (1h55min22s7), em 16º, e Luis Rogério Arapiraca (2h01min01s3), em 23º lugar. Campeão da temporada, o alemão Thomas Lurz finalizou em sétimo lugar, com (1h53min38s7).

Campeã mundial, Poliana chegou bem à frente das adversárias, com 2h02min48s5. A italiana Martina Grimaldi (2h02min57s8) ficou com o segundolugar, seguida pela chinesa Lei Shan (2h02min58s1). Ana Marcela Cunha finalizou em quarto (2h02min58s6). A gaúcha Betina Lorscheitter foi a 11ª colocada (2h03min02s5). A campeã da temporada, a norte-americana Emily Brunemann foi a 10ª colocada (2h03min02s2).

 

Brasileiros conquistam três medalhas na Copa do Mundo de Maratona Aquáticas

29 de setembro de 2013 0

Os nadadoores brasileiros conquistaram três medalhas na penúltima etapa da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas, disputada em Shantou, na China, com percurso de 10 quilômetros.

Na prova feminina, Poliana Okimoto faturou a medalha de ouro (1h52min51s), seguida pela norte-americana Emily Brunemann (1h52min52s), número um do ranking mundial e pela compatriota Ana Marcela Cunha (1h52min54s). A gaúcha Betina Lorscheitter foi a 12ª colocada (1h58min21s).

Poliana fez grande temporada - Divulgação/CBDA/Satiro Sodré

Poliana fez grande temporada – Divulgação/CBDA/Satiro Sodré

Entre os homens, Allan do Carmo foi o segundo colocado, atrás do alemão Thomas Lurz, líder do circuito. A prova foi decidida na batida de mão, com vantagem para o nadador da Alemanha, que terminou um segundo à frente (1h46min56s). A medalha de bronze foi ganha pelo francês Romain Beraud (1h46min58s03). O gaúcho Samuel de Bona ficou com a quarta colocação (1h46min58s56). Outros brasileiros participaram da prova: Victor Colonese (10°), Diogo Villarinho (12°) e Luis Rogério Arapiraca (18°).

Allan do Carmo perdeu no detalhe - Divulgação/CBDA/Satiro Sodré

Allan do Carmo perdeu no detalhe – Divulgação/CBDA/Satiro Sodré

Com os resultados de hoje, a norte-americana Emily Brunemann, com 104 pontos, já assegurou o título da temporada. A baiana Ana Marcela Cunha está em segundo lugar com 82, seguida pela italiana Martina Grimaldi,  com 80.

Já no masculino, Thomas Lurz, com 92 pontos, também já  garantiu o título de forma antecipada. Allan do Carmo, com 70, assumiu a vice-liderança do ranking.

Ana Marcela Cunha e Victor Colonese vencem etapa de Belém do Brasileiro de Maratonas Aquáticas

07 de setembro de 2013 0

Ana Marcela Cunha e Victor Colonese venceram a sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas, que foi realizada neste sábado, em Belém do Pará.

Na disputa feminina, Ana Marcela, do Sesi (SP), vice campeã mundial dos 10km e bronze nos 5km no Mundial dos Esportes Aquáticos de Barcelona, em julho deste ano, venceu com larga vantagem. Sua companheira de equipe, Mariana Serrano Souza, e Catarina Ganzeli, da Unisanta (SP) completaram o pódio.

Ana Marcela venceu em Belém - Divulgação/CBDA/Satiro Sodré

Ana Marcela venceu em Belém – Divulgação/CBDA/Satiro Sodré

Victor Colonese (Unisanta,) completou a prova em 1h00m45 seguido por Matheus Evangelista, do Grêmio Náutico União (RS) e Lucas Oliveira, do Sesi (SP).

Depois da prova, Ana Marcela, que terminou em quarto lugar na classificação geral, afirmou que o segredo da conquista esteve na estratégia adotada.

- Fiquei bem feliz em ganhar e principalmente por ter sido a quarta colocada geral. Como eu já nadei aqui outras vezes sabia a melhor estratégia para não sofrer tanto com a maré, que vira na metade da prova, que é o pior momento.

A última etapa do Brasileiro de Maratonas Aquáticas será disputada nos dias 28 e 30 de novembro, em Inema, na Bahia.

Ana Marcela Cunha e Samuel de Bona vencem Travessia de Brasília

18 de agosto de 2013 0

A baiana Ana Marcela Cunha (Sesi-SP) e o gaúcho Samuel de Bona (Grêmio Naútico União) confirmaram o favoritismo e venceram a sexta etapa do Circuito Brasileiro de Maratonas Aquáticas, disputada em Brasília (DF).

Samuel de Bona, que obteve um sexto lugar nos 5km do Mundial de Esportes Aquáticos, foi o vencedor no masculino, com Victor Colonese, da Unisanta/SP, e Fernando Pontes, também do União, nas outras duas posições de pódio.

Para o gaúcho, a temporada tem sido desgastante, mas os resultados estão compensando.

- Quando o trabalho está sendo bem feito, sai tudo certo na hora, mesmo cansado depois de um Mundial e do Finkel. Meu principal objetivo este ano é o Brasileiro, com a ajuda que o clube está me dando, vamos em busca do bicampeonato.

De Bona venceu em Brasília - Divulgação/Arquivo/CBDA/Ricardo Brandão

De Bona venceu em Brasília – Divulgação/Arquivo/CBDA/Ricardo Brandão

O percurso da Travessia de Brasília foi alterado. Inicialmente estavam programados 10km, mas apenas 2,5km foram disputados, por decisão dos organizadores. Sem tomar conhecimento, Ana Marcela venceu com duas nadadoras do Grêmio Naútico União (RS), em segundo e terceiro lugares, respectivamente: Betina Lorscheitter e Gabriela Cordeiro Ferreira.

Depois da vitória, a vice-campeã mundial dos 10km avaliou o seu desempenho.

- Última vitória de qualquer prova, mesmo estando numa prova mais tranquila, dei um tiro para garantir. Agora vai ter Belém, 15 dias para viajar pra etapas da Copa do Mundo, e depois terminar o circuito brasileiro com as provas finais, em Inema, na Bahia.

 

Victor Colonese é 5° e Betina Lorscheitter termina em 13º na Maratona Aquática em Kazan

17 de julho de 2013 0

No encerramento das competições da Universíade de Kazan, na Rússia, os brasileiros Victor Colonese e Betina Lorscheitter participaram da prova da Maratona Aquática  10km.

Victor foi o quinto colocado, com 1h56m38s, e ficou a 2s segundos de garantir um lugar no pódio. A medalha de ouro foi conquistada pelo italiano Matteo Furlan (1h56m12s), com o francês Romain Beraud (1h56m14s) e 0 alemão Andreas Waschburger (1h56m16s) completando o quadro de medalhistas.

Victor Colonese é atleta da Unisanta - Divulgação

Entre as mulheres, a gaúcha Betina Lorscheitter (Grêmio Náutico União) foi a 13ª colocada, com 2h13m29s. A norte-americana Ashley Twichell faturou a medalha de ouro (2h05m00s), com a italiana Aurora Ponsele (2h05m31s) conquistando a prata e a croata Karla Sitic (2h05m32s) levando o bronze.

Atleta do União, Betina finalizou em 13° - Divulgação/GNU

Nadadores brasileiros ficam de fora das finais da Universíade mais uma vez

11 de julho de 2013 0

A exemplo do que aconteceu no primeiro dia de competições da Natação na Universíade de Kazan, na Rússia, os nadadores brasileiros voltaram a ter um fraco desempenho nesta quinta-feira. Ana Clara Carvalho, Victor Colonese e Vinicius Waked não ultrapassaram as eliminatórias.

Victor Colonese foi o primeiro a cair na água para a disputa dos 1.500m nado livre. Na segunda série eliminatória, ele terminou em quarto lugar com 15m39s32 e foi apenas o 15º na classificação geral. A melhor marca ficou com o japonês Kohei Yamamoto, que marcou 15m08s45.

Ana Clara não passou das eliminatórias- Divulgação/CBDA/Arquivo

Depois, foi a vez de Ana Clara Carvalho nos 100m nado peito. Com o tempo de 1m13s11, ela terminou na oitava e última colocação da quinta bateria e foi a 29ª colocada no ranking geral. A primeira colocação ficou com a russa Iulia Efimova, que marcou 1m07s60 e venceu a mesma eliminatória disputada pela brasileira.

Nos 200m nado livre, Vinícius Waked nadou na série mais forte, a sétima. Porém, com a marca de 1m51s45, ele terminou em sétimo na série e em 21º no geral. O russo Danila Izotov fez 1m47s65 e foi o melhor colocado.

Os 50m nado borboleta masculino chamaram a atenção nesta quinta. Na prova final, o bielorrusso Yauhen Tsurkin e o ucraniano Andrii Govorov nadaram em 23s28 e dividiram a primeira colocação. O italiano Piero Codia (23s38) faturou o bronze.

Ja a compatriota de Tsurkin, Aliaksandra Herasimenia venceu os 50m nado borbooleta com direito a recorde da competição. Ela nadou em25s84 e estabeleceu a nova marca da prova. A canadense Katerine Savard (26s05) e a italiana Elena Gemo (26s28) completaram o pódio.

Herasimenia bateu recorde universitário - Divulgação

Demais resultados:

200m costas feminino –

Ouro: Madison Wilson (AUS) 2m09s22

Prata: Daryna Zevina (RUS) 2m09s41

Bronze: Hayle White (AUS) 2m09s84

100m peito masculino -

Ouro: Yasuhiro Koseki (JAP) 1m00s00

Prata: Mihail Alexandrov (EUA) 1m00s30

Bronze: Edoardo Giorgetti (IA) 1m00s36

100m costas masculino -

Ouro: Yuki Shirai (JAP) 53s70

Prata: Benjami Treffers (AUS) 53s76

Bronze: Jacob Pebley (EUA) 54s11

Brasileiros não passam das eliminatórias no primeiro dia da Natação em Kazan

10 de julho de 2013 0

Os dois nadadores brasileiros que caíram na piscina do Aquatic Palace Rowing Center, em Kazan, na Rússia, no primeiro dia de provas da natação da Universíade não passaram das eliminatórias.

Fábio Santi chegou na sétima colocação na sua bateria dos 100 metros nado costas, com 56s03, e ficou fora das semifinais da prova, com o 18º lugar entre todas as séries. Já Victor Colonese chegou a vencer a primeira série eliminatória dos 400 metros nado livre, com 4m04s51. Porém, apenas os oito melhores se classificaram diretamente para a final e o tempo do brasileiro foi apenas o 27º no geral.

Brasileiros não começaram bem na Natação - Divulgação/CBDU

Dois recordes da Universíade foram quebrados nesta quarta-feira. Nos revezamentos 4×100 metros nado livre masculino e feminino, as equipes da Rússia derrubaram as marcas vigentes. Entre os homens, o novo recorde e de 3m10s88 e, no feminino, a marca estabelecida pelas russas foi de 3m38s15.

Resultados das finais:

Revezamento 4x100m livre masculino -

Ouro: Rússi 3m10s88

Prata: Austrália 3m16s33

Bronze: Itália 3m16s64

Revezamento 4x100m livre feminino -

Ouro: Rússia 3m38s15

Prata: EUA 3m38s60

Bronze: Canadá  3m40s71

400m medley feminino -

Ouro: Yana Martynova (RUS) 4m39s02

Prata: Meghan Hawthorne (EUA) 4m40s40

Bronze: Sakiko Shimizu (JAP) 4m4209

400m livre masculino -

Ouro: Ryan Napoleon (EUA) 3m48s96

Prata: Rohei Yamamoto (JAP) 3m49s03

Bronze: Fumiya Hidaka (JAP) 3m50s63

Allan do Carmo e Betina Lorscheitter vencem a Travessia de Vitória

04 de junho de 2013 0

A quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas foi disputada, no último final de semana. Allan do Carmo (Aceb/BA) e Betina Lorscheitter (Grêmio Náutico União/RS) foram os vencedores dos 5km da Travessia de Vitória (ES).

Na prova masculina, Allan venceu com o tempo de 1h03min44s. Samuel de Bona, do Grêmio Náutico União, com 1h05min26s, e Victor Colonese, da Unisanta (SP), 1h05min29s, terminaram na segunda e terceira colocações, respectivamente. Foi a primeira vez, na temporada, que o baiano subiu ao pódio.

Allan do Carmo venceu em Vitória - Divulgação/CBDA/Satiro Sodré

Betina marcou 1h10min32s e ficou à frente de Suelly Aline Gomes Siqueira, da Aceb, que fez 1h11min36s e de Catarina Ganzeli, da Unisanta, que completou 1h14min15s. Nas quatro estapas do campeonato, a nadadora gaúcha sempre esteve no pódio, com um segundo lugar, em Tapes (RS) e dois terceiros lugares nas provas de Porto Belo (SC) e Foz do Iguaçu (PR).

Betina Lorscheitter esteve no pódio em todas as etapas - Foto:ClicRBS

Ana Marcela Cunha termina em segundo etapa Argentina da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas

04 de fevereiro de 2013 0

A norte-americana Emily Brunemann repetiu a vitória da etapa de abertura da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas, disputadae em Santos, e ganhou a prova realizada em Viedma, na Argentina. Ela completou os 10 km em 1h59m51s e terminou à frente da brasileira Ana Marcela Cunha (1h59m55s). Em terceiro lugar ficoua  alemã Nadine Reichert (1h59m58s). Poliana Okimoto, com um quadro de diarréia e vômito nem nadou. Já Gabriela Cordeiro, do Grêmio Náutico União, ficou em 12º lugar, com 2h04m54s.

Ana Marcela é atual campeã da Copa do Mundo - Divulgação/CBDA/Satiro Sodré

No masculino, o francês Romain Beraud,com o tempo de 1h50m21s, repetiu em Viedma, a vitória de Santos. Damien Cattin Vidal, também da França, e o alemão Thomas Lurz, terminaram em segundo e terceiro lugar, na Argentina.

O brasileiro Allan do Carmo, após a quarta colocação em Santos, terminou na sexta posição na Argentina (1h50m46s). O gaúcho Samuel de Bona foi o 16º (1h52m37s). Já Victor Colonese e Matheus Evangelista abandonaram a prova, também sentindo-se mal e vomitando.