Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A primavera já começou.

23 de setembro de 2015 0

Nessa quarta-feira às 5h20min começou a primavera astronômica, ou seja, o equinócio de primavera onde o dia e a noite têm duração de 12 horas. A primavera climatológica já começou no mês de setembro. A primavera é uma estação de transição, e assim sendo, a primeira metade tem a cara do inverno e a segunda metade a cara do verão.

Essa estação estará sob a influência do El Niño que se fortalecerá nos meses de outubro e novembro (figura). As características gerais do El Niño para a região sul são de chuvas e temperaturas acima da média histórica.

Anomalia da temperatura da superfície do mar – Climate Prediction Center – National Weather Service – EUA

Anomalia da temperatura da superfície do mar – Climate Prediction Center – National Weather Service – EUA

Tanto os modelos internacionais como os nacionais indicam para essa tendência de chuva acima da média histórica com uma possibilidade de 75% na média e acima da média para o trimestre de outubro, novembro e dezembro. Modelos nacionais colocam anomalias positivas de 75, 50 e 25 mm acima da média que é de 154, 151 e 155 mm respectivamente.

A média das temperaturas mínimas para esse trimestre é de 17, 18 e 20°C e para as máximas de 24, 26 e 28°C respectivamente. Esse ano as temperaturas estão mais altas que as médias principalmente anomalias positivas nas temperaturas mínimas com até 3°C acima da média histórica e 1,5°C na temperatura média. Essa tendência continuará nessa primavera.

O vento predominante nesses meses é de nordeste com intensidade de 7 km/h. A média de dias com chuva é de 15 dias/mês, mas esse ano a média está em torno de 20 dias/mês.

Vale ressaltar que mesmo tendo tendência de chuvas acima da média, se for bem distribuída não trará maiores problemas. Nesse ano somente os meses de janeiro, abril e agosto tiveram chuva abaixo da média histórica e os demais acima e tivemos apenas problemas pontuais. Contudo é importante observar os avisos da Defesa Civil Municipal sobre eventos extremos.

Envie seu Comentário