Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O frio chega amanhã.

26 de julho de 2016 0

Observe a imagem de satélite deste início de dia, forte nebulosidade (colorido) no estado do Rio Grande do Sul, devido ao deslocamento de uma frente fria. Esta frente traz maior nebulosidade no dia de hoje, como condições de pancadas de chuva ao final da tarde ou noite.

Imagem do satélite GOES 13/NOAA/EUA – Canal do Infravermelho + realce – dia 26/07/2016 – Hora local: 05:40 – Sul do Brasil.  Fonte: RAMSDIS Online – Central and South America and the Caribbean, Cooperative Institute for Research in the Atmospere, Colorado State University, EUA, modificado por LabClima/UNIVALI.

Imagem do satélite GOES 13/NOAA/EUA – Canal do Infravermelho + realce – dia 26/07/2016 – Hora local: 05:40 – Sul do Brasil.
Fonte: RAMSDIS Online – Central and South America and the Caribbean, Cooperative Institute for Research in the Atmospere, Colorado State University, EUA, modificado por LabClima/UNIVALI.

A partir da madrugada de quarta-feira, uma massa de ar mais seca e fria chega ao estado pelo interior e sul, e derrubará a temperatura à noite em nossa região com mínima de 11°C. Condições de vento forte entre esta noite e quarta-feira com rajadas de até 55 km/h.

Na quinta e sexta-feira teremos o predomínio do sol com algumas nuvens. Faz frio com temperaturas mínimas entre 8/10°C e máximas entre 18/20°C.

No fim de semana o sol aparece, mas com a presença da nebulosidade. Condições de chuva ocasional devido a circulação marítima. As temperaturas ficarão entre 9/20°C.

Ventos de sudoeste e sudeste desta quarta até sexta-feira. O sábado começa com vento sudoeste, mas depois vira para as direções entre noroeste e nordeste, permanecendo assim no domingo.

Em nossas praias ondas de nordeste para hoje. Amanhã entra ondulação de sudeste com tendência de subida para 1 metro e algumas séries maiores. No domingo volta a entrar ondas entre leste e nordeste com 1 metro e séries maiores.

Fora da costa mar agitado desta quarta-feira até domingo. Ondas de 4,5 metros até sexta-feira e depois diminui gradativamente. Esta condição requer cautela na navegação e restrição para embarcações de pequeno porte.

Envie seu Comentário