Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Menos, menos

28 de março de 2008 12

Jornais ingleses já comparam Pato a Pelé. Por enquanto, a única semelhança são as quatro letras do nome. O garoto tem talento, sim, mas também tem só 18 anos e uma longa estrada para provar qual o degrau da fama que pretende alcançar num país repleto de craques. O que Pelé conquistou no futebol, dificilmente algum outro jogador conseguirá igualar. Pena que viveu numa época em que ainda não existia TV. As imagens são raras, mas inesquecíveis, como a de campeão do mundo aos 17 anos, com direito a gols de placa, como aquele memorável chapéu no zagueiro do País de Gales – o primeiro dele em Copas do Mundo.

Postado por Cacau Menezes – Floripa

Comentários (12)

  • ary da silva martini diz: 29 de março de 2008

    Espero que, na condição de homem, Pato supere Pelé.

  • Wagner * diz: 30 de março de 2008

    Rose, o Garrincha foi um excelente jogador, da mesma época do Pelé. Ponteiro direito TOP, de ponta (perdoe o chiste)estilo Jairzinho. Ele talvez não seja reconhecido como “rei” por causa de alguns problemas em sua (dele) vida particular. Dizem (o que dizem não afirmo)que foi um pouco complicada… Daí, não servir de exemplo para ninguém. Ora pois pois…

  • Maneca da Ilha diz: 28 de março de 2008

    É muita alienação querer comparar jogadores de futebol que viveram em épocas diferentes. Pelé é Pelé … inigualável. Pato é Pato, Ronaldo é Ronaldo, Robinho é Robinho e assim vai. Quem não tem o que escrever opta pela alucinação. Talvez aí esteja uma fonte de polêmica e audiência.

  • Airton diz: 28 de março de 2008

    Até agora só os argentinos se atreveram a arranjar um comparativo com Pelé (aquele que fez um gol de mão na Inglaterra numa Copa). Pato? Parem com isso. Gênio só teve um.

  • anderson diz: 29 de março de 2008

    lembrando que aos 17 anos o pato foi campeão mundial , mas com certeza é canela fina e não vai ter vez no futebol , ja o pele pegou a baba da baba e mesmo assim foi lesionado de proposito na copa de 66 .

  • Rodrigo diz: 28 de março de 2008

    Concordo com o Walter
    O futebol hoje em dia é diferente, e por isso é impossível comparar jogadores atuais com craques do passado.
    Pele é o Rei.
    E o pato, além de ser ótimo jogador, tem muita sorte em fazer um gol daqueles.
    Coloca outra bola no pé dele, igual aquela, vê se ele marca denovo.

  • Walter diz: 28 de março de 2008

    será que a humanidade ficará refém de um gênio. Não poderá surgir outro ?. Qdo Pelé jogava futebol comparando com hoje nem a bola era igual, somente o número de jogadores. Será que Pelé seria o mesmo jogando cotra 3 zaqueiros e dois líberos como se joga hoje ?.

  • Wagner * diz: 28 de março de 2008

    O mito, o gênio, é construído ao longo de dias, meses, anos e décadas. Será que daqui a uns 50 anos o mundo inteiro vai estar comentando a genialidade do pato?

  • paulo diz: 28 de março de 2008

    Cacau, a estratégia da imprensa estrangeira, em relação ao Brasil, é exatamente essa: comparar jogadores consagrados com projeto de craque. O projeto pensa que é verdade e mais cedo do que se imagina, evapora. Eleger brasileiro como melhor, o maioral, tem somente um objetivo: desestabilizar. O Dunga, por exemplo, não foi eleito, recentemente, o melhor técnico de seleção do mundo? Pois é, e ele está acreditando no que viu e ouviu. Abraços – Paulo

  • Nikita Prado diz: 28 de março de 2008

    Me nego a comentar!!!!!!!!!!!

  • ricardo decanini diz: 31 de março de 2008

    Pato é meio dureza, fosse um Ganso,caso não desse nada, dava um patêzinho, né não ????. Vale lembrar que hoje se faz um foie gras de pato ( também, porém…. ,ai meu fígado.Saudações

  • Rose diz: 29 de março de 2008

    O que me entristece é que ninguém fala de Garrincha. Será por que é uma estrela solitária ?

Envie seu Comentário