Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Lei seca

31 de julho de 2008 8

Se me permite uma opinião: sou a favor da Lei Seca, apenas sou contra a maneira como ela está sendo aplicada. Como dizes, muito acertadamente, o álcool não é o maior responsável por esta absurda avalanche de acidentes e, sim, a impunidade e, como sabemos, o Brasil é ninho aconchegante para ela, a coisa continuará como continua a pouca vergonha reinante entre os senhores políticos. Eu sei que repassar e-mails entre nós, a plebe, não resolve nada, é chover no molhado, mas, por outro lado, é bom para não cair no esquecimento e, sonho dos sonhos, quem sabe alguém que conheça deputados honestos (meio difícil) encaminhe um para estes doutos senhores.

Obrigada pela atenção e um abraço.

Eloá Maria

A sua nota intitulada “Sem histerismos”, publicada hoje em sua coluna, resume toda essa discussão em relação à nova “lei seca”. Enquanto tentam igualar os consumidores conscientes de bebidas alcoólicas como bandidos, estampando seus rostos em reportagens e fotos em jornais, outros crimes vem acontecendo em nossa cidade, sob olhares dos nossos defensores públicos, e nada é feito. Dou o exemplo que tenho em casa, moro nas proximidades do shopping Beiramar, tenho um irmão de 13 anos que tem medo de sair de casa para ir até ao colégio, Colégio Catarinense, seis quadras da minha casa. Já foi assaltado duas vezes pelo mesmo elemento e nada foi feito. Essa semana ele me comentou que 2 amigos foram assaltados nas proximidades do colégio, em plena luz do dia, e nada foi feito. Na minha época de estudante, nos anos 90, tentaram me abordar umas três vezes. Próximo a minha casa um adolescente foi covardemente atacado por um grupo de jovens, e nada foi feito até agora. Se você liga para a polícia, comunicando um assalto na cidade, nada é feito, nada é feito, nada é feito…

Abraço ao amigo

Engenheiro Fernando Tabalipa

Concordo com o seu texto, bebo e dirijo com responsabilidade há anos e nunca me envolvir em acidentes. Entretanto, por causa dos irresponsáveis, entendo que o Estado tem que usar um parâmetro para lhes impor freios, lamentável a lei tem quer ser geral e para todos.

Fernando Pirajá. 

Na tua coluna de hoje, escrevestes: “ … Detenham os bêbados, os drogados, os irresponsáveis, os imprudentes, e deixem os outros motoristas, aqueles que nunca colocaram a vida de ninguém em risco — mesmo depois de beberem socialmente — circular em paz.” Ok? Eu também concordo mas, me diz então, como poderá o policial distinguir olhando dentro de um carro, quem se enquadra na definição de “bonzinho e bebedor responsável”? Só com videntes qualificados e, estes a polícia não tem! Logo… Um abraço.

Fernando da Cunha Wagner

Cacau responde: É fácil, dirigiu fora da normalidade, levantou suspeita, pára ele e se tiver sinais de embriaguez ou loucura, prende, mesmo sem bafômetro. Direção perigosa é violência das brabas.

Postado por Cacau Menezes – Floripa

Comentários (8)

  • Santos Silva diz: 31 de julho de 2008

    Gente…acordem toda esta celeuma nos remete à um dilema; qual seja preservar a vida ou dar liberdade de extirpar a vida. Nimquem ta proibido de beber…o que se observa e “se beber não dirija” será que é pedir muito?…beber é a coisa mas importante da vida?…existe pessoas que vivem só para beber?…nestes casos e preocupante…e se não pararmos para pensar veremos, mas tarde perceberemos que o acessório tomou conta do principal…olha a vida não se resume a isso…e a liberdade também não

  • Antonio diz: 1 de agosto de 2008

    Pensem bem. O que vale mais? Uma noitada divertida com a família e amigos regada a uma boa cervejinha ou a um grande vinho ou uma simples vida humana, igual a tantas que existem por ai?

  • BINHO diz: 1 de agosto de 2008

    O engraçado, pelo menos no meu caso, é que arrumei uma discurssão com amigos por conta dessa tal lei seca durante uma festa. Eu contra a lei, e todos os outros a favor. O deta-lhe e que no fim da festa eu que sou contra a lei, não estiquei a noitada por conta da famigerada. Já os todos os outrs que são a favor, pegaram seus carros e foram beber mais um pouco em outro lugar.Ai entendi be o porque de tanta gente ser a favor dessa lei. Continuam bebendo normalmente. Talves qdo.forem multados…

  • Maria Elisa Vieira Pinto diz: 31 de julho de 2008

    Cacau a Lei Seca ,nao esta dizendo para o cidadão parar de beber, e sim para nao dirigir bebado.E só um entendimento de texto correto.

  • giowany diz: 1 de agosto de 2008

    É engraçado, neguinho solicita habeas corpus, para evitar o bafometro.
    Acontece dois dilemas:
    1-A lei não proibe o ato de beber. Neguinho pode beber até cair. Proibe sim o ato de diriger sobre o efeito do alcool.
    2-Qual a intensão do cidadão que requere
    um habeas corpus desta natureza… Seria como um ladrão solicitar um habeas corpus, porque pode ter a possibilidade de vir a roubar, e para evitar acariações,ou reconhecimento, apresenta tal documento, e vai embora.

  • Alexandre Pereira dos Santos diz: 31 de julho de 2008

    Tá bom que eu vou ler isso tudo Cacau…

  • Elisa diz: 31 de julho de 2008

    Quando sentirem na pele a dor da perda, perda essa que foi causada por um motorista que não era bandido,mas que não conseguia tomar só uma dose, ai talvez não parem com essa lamentação de todo dia, pois esse negócio de bebedor responsável a maior balela.

  • DAVI DE JESUS diz: 1 de agosto de 2008

    ESSA LEI É MUITO LEGAL,CONSIDERO OS PAISES QUE REPRIMEM O CASAMENTO DE ALCOL E DIREÇÃO AVANÇADOS.POIS NÃO ESQUEÇAM SENHORE,ALCOL É DROGA,CAUSA DEPENDENCIA E ACIDENTES.
    ABRAÇOS

Envie seu Comentário