Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Este mar é meu

31 de agosto de 2009 1

Embora a costa catarinense produza petróleo nos campos de Tubarão, Coral, Estrela do Mar, Caravela e Cavalo Marinho, apenas este último rende royalties. Apesar de ficarem em frente a Navegantes e Itajaí, o benefício fica com o Paraná. E quanto aos campos no pré-sal, com reservas estimadas em R$ 100 bilhões, suficientes para abastecer o Brasil por 150 anos? Mesmo estando a 300 km da costa, quase em águas internacionais, será que apenas Espírito Santo, Rio e São Paulo devem usufruir dos resultados? Para onde irá a riqueza do pré-sal?

Acreditando que o petróleo é de todos os brasileiros, Lula defende que os lucros do pré-sal revertam para um fundo destinado à saúde e educação de todos os Estados. Rio e São Paulo já botaram a boca no trombone. Minas Gerais é uma voz isolada em defesa da distribuição social do pré-sal.

Nosso governador, deputados e senadores devem, nesta hora, também defender a socialização dos resultados, se não vamos continuar recebendo apenas a poluição ambiental na extração e transporte do petróleo.

Postado por Cacau Menezes – Floripa

Comentários (1)

  • Roberto diz: 31 de agosto de 2009

    Cacau, meu velho comendador.
    Há tempos temos uma pendenga a ser julgada pelo STF sobre a localização de campos de petróleo, com o Estado do PR. Apesar de já haver manifestação favoravel do IBGE a SC nesse processo, creio faltar vontade política por parte do governo catarinense, em obter as quantias vultuosas a título de royalties. Acho que o marasmo se repete agora com relação ao pré sal, já que a referida camada se estende do ES até SC. Por que LHS não se fez representar em Bra????
    1 grd. ab

Envie seu Comentário