Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Jogo de empurra-empurra

30 de setembro de 2009 5

Fotos: Carlos de Sá Silvério/Divulgação

Prefeitura de São José, Autopista Litoral Sul e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) disputam interessante triangular para ver quem se responsabiliza pelas constantes enchentes que assolam via marginal da BR-101, em Forquilhinhas, único acesso aos prédios que abrigam o almoxarifado e a gráfica do Tribunal de Justiça.

Ontem, já não teve expediente por lá. Se as previsões meteorológicas se confirmarem, com primavera chuvosa além da conta, até comarcas do interior vão paralisar serviços pois não terão como receber suprimentos do almoxarifado.

Postado por Cacau Menezes – Floripa

Comentários (5)

  • Ricardo diz: 1 de outubro de 2009

    Ridículo! Colocaram uma motobomba pra tentar retirar a água de lá…mas nem com banda de música!
    O trânsito da região está um caos!
    E gente com culhão pra chegar lá e abrir um rombo pra solucionar o problema não existe!

  • helena Hoeller diz: 1 de outubro de 2009

    isso aí foi “obra” de quem???? daqueles que governaram por quase 24 anos Santa Catarina???? acho que não!! por que antigamente não se via tanta enchente como agora e nem se vê agora governador ou prefeito andando de barco como se via um determinado governador há alguns e remotos anos atrás!? hoje existe helicopteros! e existe vídeos conferencias, e existem vários truques para enganar a população. heheh

  • tonto diz: 7 de outubro de 2009

    +Gozado antes da cionstrução do prédio da Justiça, lá não enchia d`agua…

  • Fernando diz: 1 de outubro de 2009

    Para multar eu sei que a competência é da Policia Rodoviaria Federal.

  • Piscinão de Ramos diz: 1 de outubro de 2009

    Essa enchente vem acontecendo de uns 3 a 4 anos, antes nunca enchia. É certo que há uma obstrução na galeria de escoamento das águas. E a Autopista vem com a idéia de fazer uma piscina de captação das águas no terreno ao lado do tribunal. Haja piscina pra essa água toda, “piscinão de ramos”.

Envie seu Comentário