Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O sentido da vida

30 de dezembro de 2009 1

Vem aí um novo ano, cheio de surpresas, algumas agradáveis, outras terríveis (infelizmente, todo ano tem). Por isso, é sempre bom lembrar o poeta português Fernando Pessoa, que já nos alertara que “navegar é preciso, viver não é preciso”, ou seja, a vida não é algo exato, é cheia de imprevistos, mas é por isso mesmo que é tão preciosa, tão misteriosa, tão sedutora:

E é sempre melhor o impreciso que embala do que o certo que basta, Porque o que basta acaba onde basta, e onde acaba não basta, E nada que se pareça com isto devia ser o sentido da vida… 

Postado por Cacau Menezes – Floripa

Comentários (1)

  • Lucia Grisel Barreto diz: 30 de dezembro de 2009

    Viver é preciso sim e os improvisos são nosso desafios.
    Leio tua coluna diariamente e agora começo a acessar o blog.
    Que Deus te ilumine tb em 2010

Envie seu Comentário