Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Deu no Twitter do Eike

18 de julho de 2010 25

Sobre o estaleiro de Biguaçu, Eike Batista resolveu falar. Está no seu Twitter:

Respeitamos a natureza e as comunidades, e em Biguaçu não seria diferente. Quando não se é bem-vindo, melhor refletir.

Comentários (25)

  • Carlos Adriano diz: 18 de julho de 2010

    Eu já respondi rapidamente no Twitter do Eike. “Estamos com certeza te esperando de braços aberto, pois nossa juventude precisa de emprego e sei que seu estaleiro em Biguaçu vai render muitos empregos diretos e fora os indiretos. Temos sim que dar valor ao ser humano. Venha Eike Batista venha trazer o que é de mais importante para o ser humano trabalho digno e honesto”. Espero que Cacau Menezes entre nessa luta para vinda do Estaleiro a Biguaçu. O estaleiro é sim de Sanata Catarina. Carlos Adriano – Florianópolis – SC

  • Eduardo diz: 18 de julho de 2010

    Fico feliz com esse comentario do Sr. Eike Batista, não precisamos de uma catastrofe ambiental para gerar empregos em nossa região, ignorantes são aqueles que pensam assim. É facil prometer empregos diretos e indiretos, dar presentes (jardim botanico) para poder destruir uma ilha linda como a que vivemos. Espero que o Sr. Carlos Adriano leia um pouco mais sobre os impactos ambientais que o estaleiro causara em nossa cidade e nos seus arredores para refletir sobre o projeto do estaleiro. Afinal, vale a pena abrir mao da beleza natural em que vivemos para receber um pequeno crescimento economico? Vamos cobrar mais de nossos politicos locais, só porque eles nao fazem o trabalho deles direito não quer dizer que temos que depender de investimentos da iniciativa privada para o desenvolvimento da nossa região. Torço muito para esse estaleiro não dar certo, e que sirva de exemplo para futuros empreendimentos destruidores da nossa linda Floripa.

  • Ivan diz: 18 de julho de 2010

    Tadinho do Eike!
    “Respeitamos a natureza e as comunidades”
    Pior do que um homem que enrriqueçeu do extrativismo e informação privilegiada com tamanha cara de pau em escrever uma inverdade como essa no seu twitter é existir pessoas que se manifestam a favor, com opiniões pobres e limitadas e se achando no direito de falar por todos.
    Caro Adriano, o mais importante para o ser humano é SAÚDE E EDUCAÇÃO e não um emprego de soldador em estaleiro.
    Pergunta para o teu ídolo se ele não quer investir em escolas e hospitais aqui em SC? Se o foco fosse gerar empregos, seriam muitos mais os oferecidos e com certeza bem mais dignos que os de um estaleiro.
    Para cumprir o objetivo/sonho de se tornar o “homem mais rico do mundo”, a base das operações das empresa “X” tem sido: comprar muito barato e com informação privilegiada, explorar, extrair, especular e vender bem caro. Acordem!
    Resumidamente “Projeto Estaleiro X” = terreno de baixissímo valor/m2 + imagem do homem de ouro + promessa de empregos + acordos politicos = investimento satisfatório + lucros, lucros, lucros…
    Caso alguém ainda não saiba, no parecer do ICM Bio, assim é relevante a inviabilidade do empreendimento no local já comprado pelo grupo, são apontadas outras três areas em SC, com capacidade e viabilidade para receber o empreendimento e sem pré-restrições quanto aos impactos ambientais.
    A solução está aí, não precisa jogar sujo, ir para o Rio e nem mesmo falar de sentimentos de negação do povo catarinense no TW. O que fica é a nitída impressão que o homem aparentemente frio para os negócios, pensa da seguinte maneira: “se não for do jeito do meu jeito eu não quero!”.
    Será que esse Midas foi muito mimado?

  • alexandre diz: 18 de julho de 2010

    Tomara que ele suma daqui de vez, todos sabem aonde isso iria acabar, na degradação de toda aquela região, depois nao adianta chorar, basta vez os inumeros lugares que o homem já, literalmente MATOU !!! Essa hipocresia de gerar emprego e papo daqueles que nao estao comprometidos com o futuro do nosso planeta, só olham para seu proprio umbigo…um mundo só será melhor quando os pais deixarem bons filhos para o planeta !!!!!

  • Highsecret diz: 18 de julho de 2010

    Isso se chama bom senso!
    Procure outro lugar e deixe esse restinho de natureza em paz!

  • Thiago Skárnio diz: 18 de julho de 2010

    E não é que o tal estaleiro virou uma solução para todos os problemas da região? #TchauEike!

  • Rodrigo diz: 18 de julho de 2010

    Realmente, o mais importante para os eco-chatos e os falastrões que não moram na cidade é evitar o stress em 200 golfinhos. Kiss my ass, eco gay.

  • angela silveira diz: 18 de julho de 2010

    Acho que ele não será irresponsável de fazer alguma coisa que prejudique alguém ou ao ambiente, caso contrário vai ter que arcar com responsabilidades. Qto à dificuldade de deixar sair, estão querendo comer muito dinheiro dele como fizeram com o Amastha dos Shoppings (Moeda Verde) . Caso ainda não resolvido porém esquecido. Depois de comer bastante( imaginem o qto, se Eike é o 8º mais rico do mundo) a Licença sai. Não paga não Eike. Dá tchau pra eles. O Estado é quem vai perder.

  • Josué Alves de Albuquerque diz: 18 de julho de 2010

    Cacau, na linguagem de um mega-empresário e especulador como esse, “ser bem vindo”, quer dizer quem lhe der melhores e maiores concessões e lucros, por isso ele está fazendo é um leilão entre SC e RJ para saber quem vai lhe render mais.
    O resto é enchimento de linguiça e papo de político para tirar “uma casquinha” nessa estória.
    Ele só vai vir se SC lhe der melhores e maiores concessões do que o RJ e ponto final, sem mérito de ninguém que agora está formando comissões para ir para Brasília.
    Quem chegou aonde chegou como esse cara, não está nem aí para natureza, empregos dos outros ou em ser bonzinho e simpático, mas tão somente para os lucros DELE.
    Vamos torcer pelo melhor para SC!!!

  • André diz: 18 de julho de 2010

    Olha eu seria sim a favor da instalação dessa industria. Mas na boa… ali não tem como. Navios de grande porte (que inevitavelmente vertem óleo) na rota de 3 reservas ambientais. Mesmo que fosse aprovado (o que eu acharia estranho) seria também ruim para a empresa que cedo ou tarde enfrentaria os mais diversos problemas relacionados ao assunto. E outra…Florianópolis e região precisa escolher. É industria? (invista pra isso) É turismo? (invista pra isso) ou uma coisa ou outra… as duas não andam de mãos dadas…sorry.

  • Gert Roland Fischer diz: 18 de julho de 2010

    Para vir a uma região tão turistica como o litoral catarinense, visitado por suas belezas naturais e um mar encantado com 3 unidades de Conservação, a implantação de um MEGA ESTALEIRO não será tarefa das mais faceis.
    Os empreendedores de Turismo deverão ser consultados, o Conselho da Cidade obriga consultas publicas. Os planos diretores dos municipios envolvidos na orla e na Ilha deverão ter aberturas especiais para tal mega empreendimento considerao um trombolho, um sujão, um aglutinador de muito lixo metalico, entupidor de ruas e estralhaçador de sonhos de proprietarios que verão suas propriedades desvalorizadas.

    Quem desejar saber o que é impacto ambiental de estaleiros gigantes visite o Rio de Janeiro, Niteroi, Baia de Itacorussá area turistica que esta recebendo um gigantesco estaleiro com muitos “empregos” sendo ofertados e muitos empregos sendo perdidos no setor de turismo, turismo de boa qualidade, de gente bonita, falando mais de uma lingua, treinados para receber turistas de todo o mundo.
    Vai acabar tudo.
    Muitos politicos e alguns jornalistas que apoia incondicionalmente tais projetos, visam beneficios particulares.

  • Odinei diz: 18 de julho de 2010

    Vamos parar de falar porcarias sem conhecimentos. Nós de Biguaçu queremos e apoiamos o estaleiro na nossa cidade. Falar mal é facil, principalmete para quem já nasceu em berço de ouro. O ESTALEIRO É NOSSO. E vamos lutar por ele. Contra tudo e contra todos. Quem não é a favor, olhe para onde vc manda seus restos e descubra que sua casa sozinha, ja deve ter matato uns 10 golfinhos. Pimenta nos olhos alheios é refresco.

  • sergio diz: 19 de julho de 2010

    é a ignorancia de uns e a ganância de outros que se unem para permitir que aconteçam atos de estupidez. O ser humano investe milhões para tentar recuperar a natureza. E quando tem a natureza preservada, a jogam fora para ter os milhões…é uma grande loucura! Há empreendimentos que são inviabilizados por algumas árvores…ou por uma única espécie ameaçada. No caso do estaleiro OSX, se afetará de forma contundente tres áreas de preservação federal e se afetará a vida de centenas de milhares de pessoas, em troca unicamente de EMPREGOS, porque a empresa por certo será isentada de impostos por 15 ou 20 anos, como sempre acontece. Junto com os empregos, em geral os de baixa renda, virá a imigração, a alteração social, o aumento da criminalidade, o caos do transito, a sujeira.
    Não é difícil avaliar a relação custo/benefício….pelo menos para pessoas inteligentes. Ah, sim, haverá vantagens também para muitos políticos….isso é inevitável….daí porque o apoio é total por parte deles.

  • Jair diz: 19 de julho de 2010

    engraçado é que metem o pau no tal do Eike mas não se mobilizam contra o monte de bacanas que constroem mansões nas áreas de preservação.
    Aí pode tudo, né?

  • Débora diz: 19 de julho de 2010

    Cada um tem direito de ser contra ou à favor ao empreendimento; mas não tem direito de fazer escolhas tão sérias para a vida de todos, sem buscar um pouquinho de conhecimento, sem um pouco de sabedoria. Basta olhar o rastro que o “senhor X ” deixa por onde passa para descobrir que o único bolso que fica cheio de dinheiro, é o dele e dos amiguinos que permitem os absurdos e a exploração dos povos e da natureza (Como será que alguém se torna o homem mais rico do Brasil???? Desconfio que não é respeitando a natureza e ajudando o povo desempregado??!!!). Povo de Biguacú, acorda!!!!!!!!!!!! É inacreditável que alguns queiram esta porcaria, perto de vocês! Sugiro que pesquisem a vida do Eike, suas parcerias e o que sobra dos municípios que recebem a “ajuda dele”…só isto já vai fazer a diferença! Se o dinheiro público (que está sendo DADO para este empreendimento, for usado no verdadeiro desenvolvimento do município, não vai faltar trabalho!!! Além do mais, pesquisem direitinho esta oferta de empregos que ele está prometendo…vão descobrir que vai ter mais gente desempregada e menos autônoma…se somarem , APENAS, o número de maricultores, pescadores que deixarão suas atividades (por causa da poluição), já teremos mais desemprego do que emprego!! Bom senso!
    Sugestão para ajudar na reflexão do Eike: Que tal investir seu rico dinheirinho, ao invés de pegar dinheiro público, para proporcionar verdadeiramente o desenvolvimento de Biguaçú (comunidades e natureza)??

  • Azulino Voador diz: 19 de julho de 2010

    Acredito que foi por causar tanta confusão ambiental que o estaleiro Arataca foi desativado. Não me lembro de qualquer queixa de poluição causada por ele, enquanto existiu. Morreu de velho, apenas porque antieconômico. Ainda bem que não conviveu com os ecochatos, vindos de fora, e que querem manter essa terra no imobilismo para seu desfrute da felicidade ociosa bancada com dinheiro gerado longe daqui.

  • Airton Ferreira da Silva diz: 19 de julho de 2010

    Depois dessas manifestações o Cacau Menezes já deve ter formado a sua opinião.
    Qual?

  • Aurelio Mayorca diz: 20 de julho de 2010

    É duro dizer isso, mas não vai gerar empregos e rendas, vai gerar mais desempregos e falta de renda . Pois, vai atrair gente de todos os lados, e mundos. Querendo “emprego” . Imagine quantos aterros de magues ocorrerão, para criar lotes, casas (“habitação digna” para as “pessoas; coitadas, em palafitas” aguardando empregos e tendo mais filhso e precisand de mais empregos, e a violência de desempregados, sub-empregados delinqüentes de toda ordem. graças ao aumento da população ocorida pela esperança de “mais empregos”.
    Somos como o cachorro correndo atrás do próprio rabo. A solução é “PROTOCOLO DE JOINVILLE CONTRA A EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA MUNDIAL”, isso sim é esperança para todos.
    Peço ! Contactem-me, os que me compreenderem :
    Att . Aurelio Mayorca (ciencia@ig.com.br)

  • Leandro Barros diz: 20 de julho de 2010

    BIGUAÇU E GOV. CELSO RAMOS = APOIO 100 % AO ESTALEIRO
    VÃO CUIDAR DOS PROBLEMAS AMBIENTAIS DAS SUAS RESPECTIVAS CIDADES, QUE NÃO SÃO POUCOS.

  • Norberto diz: 20 de julho de 2010

    como tem gente ignorante, mal intencionada ou que não sabe ler:

    ESTALEIRO NÃO É PORTO NEM TERMINAL PETROLÍFERO.

    ESTALEIRO É ONDE SE CONSTRÓI NAVIOS, PORTO É ONDE OS NAVIOS ATRACAM E TERMINAL PETROLÍFERO É ONDE SE CARREGA/DESCARREGA PETRÓLEO E DERIVADOS.

    O PROJETO DA OSX PARA BIGUAÇU É UM ESTALEIRO, PORTANTO NÃO VAI HAVER ALI OPERAÇÃO DE NAVIOS COM PETRÓLEO.

  • Débora diz: 20 de julho de 2010

    Quanta ingenuidade! Vamos ler um pouco mais sobre economia e sobre as ???? da proposta do “estaleiro”…vamos decobrir que estaleiro é só o começo!! Será mesmo que não teremos porto e terminal petrolífero??? Vcs acham que o senhor “X” não sabe mesmo onde tem petróleo??!!!! SC (Florianópolis) já tem indicativo de pré-sal! Aliás, tem pré-sal de SC até o nordeste…

  • Highsecret diz: 20 de julho de 2010

    Concordo com o Aurelio Mayorca. Poucas pessoas sabem que esse tipo de empresa emprega apenas mão de obra barata e quando se falar em 5000 empregos a cidade receberá 50000 mendigos para, no final, ficar com um problema 10 vezes maior!

    O estado e município fica de olho apenas na esmola em impostos e a empresa louca para faturar alguma coisa em troca! Esqueça isso gente, pense na qualidade de vida. Esqueça essa esmola!

    É uma pena que o Instituto Chico Mendes de SC esteja sendo contestado injustamente por uma ala de Brasília que não está nem aí para SC e que defende apenas os interesses da OSX.

    Esse investimento não vai trazer nada de bom para a região porque no final as perdas serão maiores !

  • Odinei Camacho diz: 22 de julho de 2010

    É uma pena ver pessoas que não são de Biguaçu dando “pitacos” na casa alheia. Pessoas que não sabem o que é desemprego, o que é ser tratado como cidade dormitório, que ficam no conforto de suas casas e não estão nem aí para as pessoas e sim para os interesses pessoais. Pessoas que não tem a coragem de dar as caras como Highsecret que faz um comentário no Blog do Cacau Menezes e pede para se pensar na qualidade de vida. Qualidade de vida, cara-pálida? Qualidade de vida é ter trabalho para poder dar o que comer aos filhos. Qualidade de vida é ter investimentos no social; é desenvolvimento do município e da região. Vão dar palpites na casa da mãe joana.

  • @rottoweb diz: 22 de julho de 2010

    “Nossa juventude precisa de emprego”? Nossa juventude precisa imediatamente de educação e justiça, e da natureza no futuro.

  • Sandra Toledo diz: 28 de julho de 2010

    Pois é meus caros! Pelo menos vocês aparentemente se livraram desse homem, o que não aconteceu conosco aqui no estado do Rio de Janeiro. Os que vivem aos arredores do porto do Açu estão sofrendo na pele a maldição desse homem. Agricultores que vivem a mais de 50 anos em suas terras estão sendo obrigados a entregá-las a preço de banana para a construção da “Cidade X”. Graças a acordos desse homem com os políticos locais e com o governador essas pessoas que só sabem tirar o sustento de suas terras, estão sendo desapropriadas pelo Estado em benefício do empreendimento privado desse homem. Os agricultores locais estão sozinhos nessa briga, sem apoio dos políticos e nem do Estado que tem o mesmo discurso da ofeta de emprego na região. Só queria saber que emprego ele vai oferecer para essas pessoas que mal sabem escrever o próprio nome? Muitos dizem que só saem de suas terras mortos. É o início de uma guerra nessa região.

Envie seu Comentário