Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Autorizado

19 de julho de 2010 8

Evandro Saad, assessor de imprensa da Floram, esclarece:

O flamboyant cortado em área particular localizado na esquina das Avenidas Rio Branco e Osmar Cunha, no Centro de Florianópolis, tem autorização da Floram. Foi dada autorização de corte em razão do mesmo estar com os ramos e o tronco principal secos. A autorização é assinada pelo engenheiro agrônomo Jarbas Prudêncio.

Comentários (8)

  • carlos silva diz: 19 de julho de 2010

    Meu caro cacau diga para a Suyane Quevedo sair na pley boy ou nos informe ao menos a praia que ela frequenta.

  • marcelo diz: 19 de julho de 2010

    Então ele não viu a árvore, porque o tronco não tem nada de seco! Manda o Jarbas inspecionar a árvore, cujo corte autorizou. Eu não vou mais aquele bar em protesto! Essa árvore tem mais de 50 anos.

  • almanaque do roberto diz: 19 de julho de 2010

    As cigarras não se alimentam de moscas, vermes ou grãos.

    As cigarras possuem um “bico” comprido para se alimentar da seiva de árvores e plantas onde normalmente vivem :
    As suas ninfas vivem alimentando-se da seiva das raízes das plantas, causando sensíveis prejuízos pela quantidade de líquidos vitais que retiram e pelos ferimentos causados às raízes, facilitando a penetração de fungos e bactérias.
    Na fase adulta elas também se alimentam da seiva, mas, desta vez, sugada pelo caule e folhas das plantas.

    http://www.globoradio.com

  • João Martins diz: 20 de julho de 2010

    Parabéns pra Floram.Provocada a dar explicações, o fêz na hora.Continuem assim e a nossa cidade será melhor e sem muito tititi.

  • LUIS MARTINS diz: 20 de julho de 2010

    O BAR PERDEU A GRAÇA!

  • Rodrigo diz: 20 de julho de 2010

    Mais um caso de “um por fora” e eu dou a desculpa que precisar. Se estava seco, como que está dando broto? É só passar lá e ver. Tem cara de propina pura.

  • Lúcio Dias Da Silva Filho diz: 20 de julho de 2010

    Evandro Saad?…Por que voces da Floram ao invés de assassinar a árvore, não utilizaram de técnicas que existem para recupera-la, cura-la, por que não estudaram o caso fazendo pesquisa das possíveis técnicas que existem hoje para evitar seu corte.

    Eu respondo a pergunta que fiz. Por que passando a faca e/ou moto serra é mais fácil e assim ganha-se tempo para ganhar mais dinheiro, não é isto meu caro?!

    O que voces vão fazer agora, é aproveitar o miolo do tronco que ficou, elaborar um projeto de cavar e preparar sua cavidade central e enxerta-la com um novo flamboyant do mesmo tipo. Entendenram? MÃOS A OBRA E RAPIDINHO.
    Lúcio.

  • Kiko Ortiga diz: 20 de julho de 2010

    Eu tbm não vou mais lá. Alias, ha algum tempo atras, num sábado à noite, testemunhei um tiroteio tipo coisa de filme de faroeste. Vão ser estupidos assim no inferno. Em tempos que o planeta pede socorro, que o meio ambiente é pauta em todas as conversa, que todos sabem que são urgentes medidas contra impactos ambientais e tal nos darmos conta de gente com tamanha insensibilidade parece brincaidera. Credo, gente estúpida!

Envie seu Comentário