Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Nem tudo são flores

30 de julho de 2010 6

Do editorial do portal Carta Maior:

Cristiano Machado impôs a sua candidatura ao PSD nas eleições presidenciais de 1950 e foi abandonado pelo próprio partido, que acabou apoiando Getúlio Vargas. Seu nome inspirou o termo “cristianização” para designar o candidato ‘escondido’ pelos companheiros de sigla, que temem o contágio tóxico de sua impopularidade nas próprias votações. Até a semana passada a maior parte do material de campanha de Aécio Neves, candidato ao Senado por Minas Gerais, e o de Anastasia, seu candidato ao governo do Estado, ainda omitia a imagem de Serra em santinhos e adesivos.
 
A confirmação veio com uma nota no jornal O Globo, de 29 de julho: “O candidato a presidente pelo PSDB, José Serra, terá uma estrutura independente em Minas Gerais para impulsionar sua campanha no Estado. A estratégia foi montada para fazer frente a algumas dificuldades. A decisão foi tomada após descontentamento com o ritmo da campanha no Estado, onde o ex-governador Aécio Neves, que recusou-se a ocupar a vaga de vice na chapa de Serra, é a principal liderança do PSDB.
 
Serraram o Serra! E em Santa Catarina, tem muita gente curiosa para saber como parte do PMDB, que não gostou da desistência de Eduardo Pinho Moreira, que preferiu ser vice de Raimundo Colombo (DEM), vai se comportar na eleição.

Muitas surpresas podem acontecer.

Comentários (6)

  • Julio Cezar Sampaio Teixeira diz: 30 de julho de 2010

    O ex-governador de Minas Gerais está sendo chamado pelos tucanos paulistas de Aécio Joaquim Silvério dos Reis Neves.

  • Rodrigo Santanna diz: 31 de julho de 2010

    Cacau, ser “serrado ” por políticos brasileiros deveria constar no currículo e ser motivo de orgulho para o “serrado”, pois sempre que a velha máfia nacional apoia algum candidato, já se sabe, de antemão, que será a velha política do toma-lá-dá-cá e essa turma da pesada não confia no Serra, que jamais faria esse tipo de conluio.
    Enquanto alguns bobos se orgulham porque a candidata do governo tem um apoio bem amplo e quase que total, pois vai de Sarney a Paulo Maluf, passando por Renan, Garotinho, Jáder Barbalho e todos os outros que mandam na política brasileira há décadas.
    Sem falar nesse tipo de revista paga com dinheiro público para fazer campanha, tipo aquela metrópole, não tem?
    Abraço.

  • Luiz Carlos Rodrigues diz: 31 de julho de 2010

    Cacau, olha até onde vai a megalomania do Lula, num país tão carente de recursos e obras:
    “O Ministério das Relações Exteriores segue fazendo bobagens.
    Agora vai doar 500 mil dólares a “refugiados colombianos” no Equador.
    Na verdade, narcoterroristas das Farc abrigados em território equatoriano” – Cládudio Humberto – 31/07/2010.

  • Josué Alves de Albuquerque diz: 31 de julho de 2010

    Cacau, claro que as velhas raposas da política brasileira não deixariam de apoiar a Dilma, candidata sem histórico em cargos executivos, cujo Governo a banda podre do PMDB dará as cartas, até porque ela não tem nenhuma habilidade e nem conhecimento para lidar com o Congresso e ficará ainda mais refém das velhas figuras de sempre.
    Até o Requião (Governador do Paraná e maluco de carteirinha), que lançou sua candidatura á Presidência apenas para aumentar seu poder de barganha (é maluco, mas não rasga dinheiro) já declarou seu voto e anda digitando baixarias no twitter.
    Só esquece de tentar esclarecer porque o seu irmão, superintendente do Porto de Paranaguá, foi roubado em 800 mil dólares que guardava em casa e nem prestou queixa à polícia, ou seja, o típico caso de “ladrão que rouba ladrão”.
    Tomara que eu esteja equivocado, mas o pretenso Governo da neo petista Dilma não será nenhum exemplo de moralidade e seriedade, haja visto os seus aliados e apoiadores políticos…
    Abraço.

  • Sandra Figueiredo Alencar diz: 31 de julho de 2010

    Cacau, sobre a sua nota “direitos e deveres”, no DC de hoje (31/07), com tanta grana sobrando com uma arrecadação recorde, a cada mês, Lula e o PT não deveriam ter investido melhor (e não só mais) em educação nesses últimos 8 anos?
    Ou a ex-esquerda é blindada quando se trata de cobrar promessas de campanha, mesmo que agora esteja aliada com o que existe de pior na política do Brasil?
    Em troca de um ensino fundamental e médio de qualidade, temos bolsas e cotas.
    E a grana segue para países onde a miséria é igual à do Brasil, mas dá mídia internacional e satisfaz a megalomania do Lula.

  • Márcia Tenório diz: 31 de julho de 2010

    Cacau, essa revista tem a mesma credibilidade e linha editorial da “metrópole”, lembra?
    São jornalistas ou escrivinhadores pagos com dinheiro público, via ONG’s criadas pelo PT.
    Mas, como você mesmo diz, se tem tanto analfabeto como eleitor, é bem possível que ela seja usada por desonestos como uma imprensa séria e independente.
    Afinal, eleitor que não sabe ler, é como cego vendo algum filme, sempre ficará com a opinião que lhe contarem.
    Se o PT já “aparelhou” até a Receita Federal, manter uma coisa dessas e chamá-la de imprensa é muito fácil…
    Boa sorte!

Envie seu Comentário