Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Morreu Bassi

27 de março de 2013 3

Um dos maiores especialistas em cortes de carne do Brasil, Marcos Bassi, nos deixou na tarde deste domingo. Mestre em cortes de carnes, conhecedor profundo no assunto, Bassi foi um pioneiro, pois batalhou desde pequeno por seus sonhos e os realizou. Filho de imigrantes italianos, Bassi já mostrava seu interesse por carnes e conseguiu abrir seu primeiro açougue no Mercado Municipal. Em 1978, inaugurou o primeiro restaurante Bassi. Soube como poucos construir um nome forte, uma reputação e manteve sempre o ar da simplicidade e da cortesia no trato com todas as pessoas.

Devemos a ele a descoberta de cortes de carnes que antes eram consideradas “carnes de segunda”, como a fraldinha e o bombom de alcatra, e que hoje não faltam em um bom churrasco brasileiro. Devemos também parte do enorme prestígio que o churrasco alcançou entre os brasileiros.

Que o conhecimento, carisma e empenho que ele nos deixou continuem e façam com que novos mestres em cortes de carnes surjam embalados e inspirados na figura de Marcos Bassi.

Fogo de Chão

Assessoria de Imprensa

Marília Ramires

Comentários (3)

  • Chicão I diz: 27 de março de 2013

    Gostava muito de assistir aos vídeos do Bassi. Infelizmente foi mais um que a nicotina levou com c……….. no pulmão.

  • Jean Moriarty diz: 27 de março de 2013

    Poucos, pouquíssimos entenderam de carne como ele. Figura simples e carismática. Inovador. O problema foi que ao descobrir a delícia do vazio (fraldinha) e apresenta-la ao mundo, abatedouros e supermercadistas inescrupulosos, deitaram e rolaram aumentando o preço d’uma carne que antigamente era dada de troco no açougue.

  • Conejo 10 diz: 27 de março de 2013

    Conheci a churrascaria do Bassi em São Pulo.
    Também tenho seu DVD sobre como preparar um churrasco.
    Sua contribuição ao melhor aproveitamento da carne deveria chegar em todas as churracarias do país: comer melhor pelo mesmo custo.

Envie seu Comentário