Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Crescer ou não crescer

28 de março de 2013 18

A presidente Dilma causou um alvoroço no mercado financeiro internacional ao afirmar que não vai reduzir o desenvolvimento brasileiro para reduzir a inflação. A filosofia mistura-se com a economia: crescer ou não crescer, eis a questão.

Comentários (18)

  • Rutger Hauer diz: 28 de março de 2013

    O presidente do banco Itaú defende o aumento do desemprego para baixar a inflação. Quem vocês acham que está pensando nos brasileiros? O banqueiro ou a presidenta Dilma?

  • Rutger Hauer diz: 28 de março de 2013

    Cacau, o link da entrevista de Ilan Goldfajn, ex-diretor do Banco Central no governo de Fernando Henrique e economista-chefe do banco Itaú Unibanco, pregando o desemprego para baixar a inflação: http://www.brasil247.com/+bzjfw

  • Roberto diz: 28 de março de 2013

    Queiram ou não os PETRALHAS e ou ignorantes é reduzindo empregos que se controla a inflação. É assim que é feito nos países desenvolvidos, pois sabem (os economistas) que só com a diminuição da demanda vc pode baixar os preços. Refrear a demanda se faz de dois modos ou se baixa salários o que é proibido ou se promove o desemprego. e veja se não é verdade: o governo desonerou os preços de muitos produtos e o que o povo levou? NADA. Sabem por que? Porque onde não há lei os aproveitadores deitam e rolam e praticam o que se chama nos países civilizados de “wind profit” ou lucro do espertalhão, e viva Mantega o burro e Dilma a SABICHONA, que como todo petralha sabe muito bem é distribuir o dinheiro que não é dela para quem não quer trabalhar.

  • Alvaro diz: 28 de março de 2013

    Crescer com parcimonia, fácil falar de crescimento, quero ver é crescer com enxugamento da maquina governamental. Quantos ministérios? Quantas estatais inoperantes? Quanta mordomia dos 3 poderes? Mas o problema da Presidente Dilma, foi o de falar de improviso, a Dilma pode falar o que pensa, mas a Presidenta Dilma não.

  • maneca diz: 28 de março de 2013

    KKau. É a confissão da incapacidade de conter a inflação até então mascarada e desse modo legitimar a majoração da carga tributária e dos preços públicos. Senhores : Preparem os bolsos.
    A realidade é que,as reformas estruturais na administração pública e na economia introduzidas e que vinham gradualmente sendo implementadas a partir do plano real ( e mesmo antes com Collor) e o governo de FHC se estagnaram com o governo Lula e o PT, e mesmo com a Dilma, engessado por compromissos ideológicos e, sobretudo, corporativistas de toda espécie. O PT se acovardou , não afrontando em seu próprio seio o corporativismo estatal, sindical, político e, mesmo , o econômico. Optando em se aliar ao passado, por óbvio, não poderia pretender colher frutos diferentes que aqueles produzidos por seus próprios e reiterados erros .
    A conclusão é que o PT não possui ainda condições para governar um país com dimensão geográfica e econômica e com a diversidade de interesses como o Brasil. O PT é uma criança , em tenra idade, com uma cabeça enorme e um copo frágil, com demasiadas idéias e reduzida experiência prática, excedendo em desejos mas com a liberdade tolhida e receio de agir, e que por segurança e para preservar a afeição alheia intenta em viver e criar um mundo edílico e lúdico, ignorando toda a realidade.
    Esta incapacidade em seus quadros possibilitou – para a desgraça do país, e a nossa , o ressuscitamento daqueles seguimentos corporativistas parasitários que até então vinham perdendo importância e relegados ao plano secundário no governo FHC..
    Agora, ninguém pode negar o mérito do PT da façanha de em 06 anos fazer o Brasil retroceder 50. E o melhor,r é que o programa e as promessas de reeleição da Presidente Dilma prevêem como prioridade que até o final do seu mandado o Brasil alcançará em definitivo a em definitivo a “Era Vargas”.

  • MCS diz: 28 de março de 2013

    Crescimento para socialista (de fachada) é imprimir dinheiro do ar que só chega nas mãos de uma pequena elite para comprar ativos de verdadeiro valor (minas, armação de Copa e Olímpiadas, construções mis etc). Enquanto isso, as ovelinhas da ONU, ficarão de fora, reclamando e pagando R$ 10,00 por meia dúzia de pães ou R$ 20,00 por um litro de gasolina, assim que a hiperinflação engatar de vez.

    E ainda tem gente que escreve aqui: “a Europa está melhorando.” Ha! Impressionante como nem com Internet as pessoas conseguem se informar e acordar.

    Perguntar não ofende: se todos na mídia vivem falando que estamos em plena recuperação econômica e que a Europa é o máximo, por que a Grécia e o Chipre implodiram (breve a Espanha e a Itália), e a presidenta precisa imprimir dinheiro do ar quando a inflação REAL já está nas alturas?

    Descupaê, bom senso não faz parte de gente facilmente manipulável. Estava apenas falando alto.

    https://en.wikipedia.org/wiki/Gaslighting

  • Roberto diz: 28 de março de 2013

    Este tal de Hutger é o típico PETRALHA o qual ensinaram a ler e agora se acha um intelectual. Vá estudar cara, olhe com respeito o mundo capitalista que te sustenta ou vc gostaria de morar em Cuba? Antes de dizer bobagens vá se informar, compare o que dá certo,( leia-se mundo desenvolvido) com aquilo que está errado, o socialismo da república das bananas que vc tanto defende, e onde o bolsa família, o bolsa prisioneiro, o bolsa vagabundo , compra votos da pobreza até porque se não fossem eles vcs não estariam no poder.Qtas plataformas já afundasse hoje ?

  • Julio Ferreira diz: 28 de março de 2013

    Cacau, qualquer pessoa minimamente SENSATA já percebeu que a equipe econômica(?)do Governo Dilma é ela e só ela, ou seja, estamos nas mãos de uma incompetente que só faz o que o megalomaníaco do Lula manda.
    A última ORDEM dada à PresidentA foi “baixar a bola”, voltar a dialogar com os CORRUPTOS que ela havia expulsado do Ministério, como o Carlos Lupi e sua quadrilha, pois “o feio é perder eleição”, já que ele é a prova viva de que o brasileiro não lembra do que se falou ou se prometeu, se o político está aliado hoje com quem chamava de ladrão ontem, mas tão somente se ele está conseguindo manter os cartões das casas bahia e da C&A.
    Portanto, a classe média (aquela que já recebe com o imposto descontado e não tem como se livrar da EXTORSÃO) se prepare para BANCAR mais bolsas esmolas Brasil afora, além de assistir a corrupção escancarada do ÚNICO Partido político que ainda mantinha alguma coerência e honestidade até se tornar Governo.
    Enquanto isso, os verdadeiramente ricos (banqueiros, grandes empresários, especuladores) nunca ganharam tanto dinheiro na história desse país, como diria o populista molusco, gerando a fórmula mágica para se perpetuar no poder: esmolas para os miseráveis, migalhas para os pobres, continuar deixando os ricos ROUBAREM e EXTORQUIR a classe média assalariada para bancar tida essa FARRA…é mole?
    E o Brasil perdendo a chance histórica de se tornar uma grande potência, não pela falta de produção e trabalho dos seu povo, mas pela INCOMPETÊNCIA e DESONESTIDADE dos seus governantes.
    Abraço!

  • PUTA MERDA diz: 28 de março de 2013

    OS CARAS NÃO VIRAM/OUVIRAM O QUE A PRESIDENTE FALOU E FICAM COMENTANDO ASNEIRAS ! PUTA MERDA ! QUE MANIA! ELA NÃO FALOU O QUE DIZEM E MESMO ASSIM TEM CADA DIAGNÓSTICO DE DOER OS OUVIDOS. AGORA É MODA ( ATÉ UM HOMEM COMO FHC ENTROU NESSA ) PRIMEIRO SABER DE QUAL PARTIDO É A CRIATURA PARA DEPOIS MONTAR A ARGUMENTAÇÃO. BOTA MERDA NISSO!!!

  • Rutger Hauer diz: 28 de março de 2013

    Enquanto isso a aprovação da presidenta vai subindo, subindo, subindo… hahahá!

  • Rogério Bezerra diz: 28 de março de 2013

    E enquanto os “Bocaratão tira sapatos” de Santa Catarina seguem na ladainha da elite traidora e burra que governou o Brasil por 500 anos… O Brasil real segue em frente! r
    Como os filhos medíocres dessa elite ( ? rarrar) vai se virar agora que os filhos dos trabalhadores estão na faculdade?

  • João Paulo Araújo diz: 28 de março de 2013

    Eu não acredito nisso!
    Então milhões de brasileiros têm de ficar sem emprego para sustentar suas famílias só porque meia duzia de abobados (extrema direita) dizem que tem que mandar gente embora só pra manter o lucro de alguns banqueiros. Essa gente tem de ser extirpada do nosso país.
    Não são brasileiros, legítimos brasileiros ou não merecem ser brasileiros os que sustentam esse absurdo a fim de manter os pobres na ignorância e os ricos cada vez mais ricos.
    O país bate recorde atrás de recorde em pessoas trabalhando, alavancando a economia e fazendo o país crescer e tem gente que é contra!
    Jesus Cristo, como pode isso?
    Todo essa tempestade só porque o Senado ampliou direitos para empregadas domésticas? A direita não se aguenta.
    Por falar em direita, desde que o PT assumiu em 2003 que se prega essa ideologia da inflação.
    Vão achar o que fazer e deixem a presidente trabalhar porque ela está dando um banho em muito marmanjo por aí!

  • Rogério diz: 28 de março de 2013

    A coisa mais importante deixada pelo FHC foi a estabilidade econômica e vejo agora na era PT, que está acabando com esta estabilidade, deixando a inflação voltar com força. A inflação é a pior coisa que pode acontecer para a população pobre, aquele que ganha o salário no quinto dia útil do mês seguinte. Até este momento o pobre consegue pesquisar onde está o preço mais baixo das coisas necessárias para o dia a dia, com inflação estas pessoas perdem a noção do valor do dinheiro, deixando margens para empresários inescrupulosos agirem. Já pensou, a época da inflação nos anos 80. Teve gente mais humilde que vendia seu terreno, sua casa, para receber em trinta, sessenta ou noventa dias e quando recebia o valor estava todo corroído. Querem fazer algo pelos pobres, mantenham a inflação sob controle, no máximo 5% ao ano.

  • marcelocardosodasilva diz: 29 de março de 2013

    …ÔÔ mercado anda “nervoso”, pois os USA “faliram?”;;; e ÔÔs donos das “libras”, estão numa sinuca de bico!!! Aderir ou não ao “EURO”??? Irão sugar que “Nação”; “práespanta ÔÔ bicho papão; da Crise que dásinal de SER um Colapso”;;; global???………….Bem Faz Nossa Presidenta Dima;;; “AMARRAR” bem amarrado, ÔÔs laços no “Conclave” com China, Índia, África do Sul e Russia!!!!………….ÔÔlha à “Locomotiva” chamada “CHINA” aí Gente!!!………….Paradigmas serão quebrados “Desde Sempre”!!!………….Solução; só com investimento maciço em Educação!!!

  • gilmar bnu diz: 29 de março de 2013

    Além do desemprego, o corporativismo das empresas de um setor, pratica o rodizio de funcionários para manter o salário num nível baixo, todo mundo sabe disso…

    Bom, não gosto muito da Dilma, mas se ela pensa em manter o pobre com emprego, para não deixa-lo em dificuldade, e procurar uma solução inovadora para o problema, já é um atitude de respeito para com o povo, que os paises desenvolvidos ainda precisam aprender.

    Muito bem, mostrou-se uma presidenta.

  • Pedrão diz: 29 de março de 2013

    Carta Capital, Paulo Henrique Amorin, Brasil 247: acessem os sites e percebam que é o patrocinador.

  • carlos eduardo diz: 29 de março de 2013

    Nem tanto aos céus, nem tanto à terra. O equilíbrio é a solução.
    O problema, então, é de gestão- aonde os extremos não são norma, mas exceção.
    Por quê o Brasil está sempre em estado de pânico? Quem ganha? a estratégia das medidas emergenciais, que abastecem as grandes corporações sem licitação?
    O sistema penitenciário está em estado de emergência, só para edificações serem aprovadas? e isto é o suficiente? vai resolver o problema? e os hospitais? só paredes e equipamentos, sem profissionais contratados?
    Para vocês é admissível tamanha falcatrua? Ficamos de braços cruzados ?
    E, diga-se de passagem, quem hoje pode afirmar com um salário mínimo destes que o maior problema do país está no nível de consumo? o nível de endividamento é um problema muito maior.
    Mas vai sobrar para quem? para o trabalhador, já endividado, ficando desempregado e sem crédito, quem vai pagar? o governo? Todos nós, contribuintes. Ah! o FMI !
    Há dois anos o jornal da globo já afirmou que, somando-se todo o crédito que está sendo concedido nas classes mais densas é cinco vezes a totalidade da renda dos mesmos. Viva o cartão de crédito, os altos salários do funcionarismo público!
    Mas há coisas sérias para discutir-se:
    O prejuízo dos processos produtivos, ora por conta do gargalo nos transportes e nos despachos aduaneiros, ora por conta do desperdício em sistemas obsoletos, ora por conta da própria burocracia sistemática…
    E tem ainda o alto nível de corrupção na administração pública, um entrave para que o nosso país acompanhe os BRICS em sua evolução do PIB. A janela foi aberta, mas cortaram nossas asas. E perdeu-se a vergonha! têm até orgulho de ser assim!
    Falando sério?Ineficiência, ineficácia, incompetência e improbidade são os percalços do Brasil.
    O sistema declara que há falta de mão-de-obra qualificada enquanto há engenheiros civis trabalhando de chefe de cozinha, advogados trabalhando em transporte escolar, psicólogos e arquitetos trabalhando de garçom/garçonete, cientistas em brechó.
    Enquanto isto, os RHs são conduzidos para seguir critérios além daqueles que balizam as empresas eficientes, sérias e competitivas: apadrinhagem em empresas terceirizadas para prestar serviços públicos de baixa qualidade ou falsos serviços e alta propina.
    Lá, nos países capitalistas que são a nossa referência, um governador pode ser enquadrado, um juiz pode ser enjaulado e um prefeito desce do carro para assinar a multa de trânsito, sem titubear. E sem carteiraço! São sérios,responsáveis!
    Se o Banco Ambrosiano foi alvo de auditoria externa e investigação severa, por quê temos agentes da lei e não vemos a lei cumprir-se?
    O poder paralelo é maior do que o poder institucional, só pode.
    Assistimos a um teatro julgando se tratar da verdade. E viva a novela das oito.
    Mas, os resultados são inquestionáveis. Após 10,30 anos, 40 anos, estamos a pique.
    Quais foram as lideranças responsáveis? Qual foi o partido dominante até aqui?
    Quem tem o maior poder de barganha e influência? Quem se mantêm indelével?
    Até a Igreja de Roma perdeu o seu status de pedra angular do mundo ocidental…
    e aí, quem restou?

  • Alexandre Aguiar diz: 30 de março de 2013

    O mané aí diz que o que dá certo é o mundo desenvolvido? Verdade, estamos vendo o castelo de cartas da pirataria capitalista ruindo dia após dia. É isso que dá certo? Ele diz que os petralhas devem ir morar em Cuba? Vá morar na Europa, mané, e depois nos conte como é viver de fraque e cartola na fila da sopa.
    Adoro quando a tucanalha se exaspera ao perceber que estão mexendo com seus brinquedinhos. Para eles, pobre tem que se ferrar, tem que perder emprego, tem que viver à margem, porque, o que importa, são os rendimentos dos bicudos incompetentes em bolsas e as calças arriadas para a banca. O rentismo acabou, meus caros, mordam os dedos.
    O tempo de vocês, neoliberais, se foi. A recessão mundial é o xarope pra tosse que vocês deram ao mundo, com políticas econômicas voltadas ao Capital, ao ganho fácil, aos juros altos em países periféricos e não à produção.
    Querem que o povo sue a camisa, seja explorado, viva à mingua para que vocês possam comer seu caviarzinho e tomar champagne à beira mar? Sinto dizer, mas isso acabou. Vão trabalhar, vão fazer algo pelo país, parasitas.
    O tempo da Casa Grande acabou, a Senzala que vocês tanto espezinharam chegou ao poder pra ficar.

Envie seu Comentário