Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A Copa não é problema

30 de junho de 2013 9

Mesmo que venham a ser gastos R$ 28 bilhões com a Copa – incluindo estádios e infraestrutura urbana – isso não resolve o problema da educação no país, como querem alguns. É preciso parar de dar chutômetro e analisar os dados. O orçamento para a educação, em 2011, foi de R$ 252 bilhões. Ou seja, quase 100 vezes mais e ainda assim longe do ideal. Logo, a Copa não é o problema. Até porque com os estádios, os gastos foram de aproximadamente R$ 7 bilhões.

Segundo o economista e cientista social Mário de Almeida, a Copa do Mundo pode ser criticada por uma série de razões – custos de algumas arenas, privatizações mal esplicadas, remoções forçadas, desmandos da Fifa etc – mas ela não explica a qualidade atual da saúde e da educação pública no Brasil.

Comparado com outros países, o Brasil ainda investe pouco nessas duas áreas e a gestão dos recursos é ineficiente.

Comentários (9)

  • Mercio Sonrayo diz: 30 de junho de 2013

    a copa não é problema, a corrupção não é problema. O problema são os eleitores que não sabem votar, os economistas do governo, a mídia favorável ao governo e aqueles que acreditam nesta notícia.

  • Wall diz: 30 de junho de 2013

    A falta de investimentos são históricas nas áreas básicas, mas é insensato trazer eventos internacionais sem haver qualquer planejamento integrado de ações que, ao menos, pudesse contribuir à melhoria das populações locais. A indignação das ruas não é contra a Copa-14, mas as maracutaias que se formaram em torno dela, tudo pelo “padrão Fifa”. Qualquer foto área desses estádios superfaturados mostra que, no entorno, o padrão é a favela.

  • MÍSSEL DIRECIONADO. diz: 30 de junho de 2013

    Mercio, táx tolo táx? Porque o problema são dos eleitores? Veja a as nabas de politiqueiros que somos “OBRIGADOS A VOTAR”. PÔ meu, em que mundo tu vives?

  • ATIRADOR DE DEFESA ANTI-AÉREA diz: 30 de junho de 2013

    Uma solução rápida para tudo: Leva o Brasil pro vaso sanitário e de uma bela “DESCARGA”.

  • Júlio Ferreira diz: 30 de junho de 2013

    Cacau, com esse raciocínio de que NADA é problema e calculando que 280 é 100 vezes e não 10 vezes os R$ 28 BILhÔES que dizem ter gasto para a realização da copa do mundo (alguns especialistas falam em R$ 40 BILHÕES, o que já reduziria o percentual para apenas 7 vezes o valor que é gasto com educação.
    Esquecem os senhores interessados em AMENIZAR a imoralidade de se gastar 1/7 do que é gasto com educação APENAS para alguns jogos, sendo que em determinados Estados os times são de segunda divisão e em outros nem existem times, como MS.
    e de 40 em 30 – ou de 28 em 28 – se vai gastando mal, daí alguns analistas afirmarem que o problema do Brasil não é escassez ou excesso de VERBA, mas de MÁ GESTÃO, pois de que adianta DUPLICAR os atuais R$ 280 bilhões com educação se os professores sequer sabem usar um computador, sem contar aqueles que falam “nós vai” e por aí afora.
    OU se faz uma REVOLUÇÃO na educação brasileira ou continuaremos nos “manifestando” de tempos em tempos, enquanto a maioria vai gostando porque deixa de “estudar” (ou seria frequentar a escola?), os baderneiros vão roubando no meio da muvuca e NÓS vamos continuar elegendo PILANTRAS e DEMAGOGOS, como nossos atuais (TODOS) “representantes políticos”, além de presidentes da República, cujo filho passou, em 8 anos, de tratador de zoológico a milionário, ou seja, não seria melhor colocar esse GÊNIO das finanças no Ministério da Fazenda.
    Proponho que, na próxima manifestação se acrescente o pedido para que se transformem esses que entraram POBRES na política e ficaram MILIONÁRIOS em tempo recorde, em Ministros da área econômica, Presidentes do Banco Central, assessores do Presidentes e seremos uma POTÊNCIA MUNDIAL.
    Abraços.

  • Adriana diz: 30 de junho de 2013

    Cacau, isso porque o brasileiro adora futebol e o PT é um Partido “muito popular”…kkkkkkkk
    “Diogo Olivier: Cenário de guerra no Maracanã antes da final – DC 30/06/2013″
    Nisso que dá enganar a muita gente por muito tempo, uma hora a casa cai.
    Será que a Dilma vai ao maracanã? Dizem que irá “disfarçada” de Lula…kkkkk

  • Ricardo diz: 30 de junho de 2013

    Cacau, a que ponto chegou o PT….kkkkkkkkkkkkk
    A Dilma – o LUla já fazia isso há anos – pediu conselhos ao Delfim Neto…é mole? kkkkkkkkkkkkkkk
    “Delfim Netto, com seu brilhantismo e poder de síntese habituais, resumiu a um interlocutor o motivo dos protestos: “Os governos não atenderam às prioridades da população. Ela queria metrô, não estádios. O povo recusou as prioridades dos governos. É tão simples quanto isso”.
    Delfim é otimista (“O movimento das ruas está na direção civilizatória”), mas alerta que redução do preço das tarifas dos ônibus e trens e o congelamento do preço dos pedágios afugentam os investidores, já assustados com o Brasil. Diz Delfim: “Não chegou a ser um rompimento mas, assim, se levantam dúvidas sobre o cumprimento dos contratos” -0 Veja On Line”.

  • Highsecret diz: 1 de julho de 2013

    Eu concordo porque o dinheiro gasto não ia resolver todos os problemas do Brasil.
    Eu acho que a copa já está trazendo bons resultados, especialmente por estar sendo o estopim de um movimento que pode trazer mudanças.

    É bom saber que corrupção existe em todas as esferas mas somente com a construção dos estádios é que os brasileiros resolveram acordar para isso. Outro detalhe é que
    somente com a copa é que todos estão acordando para a falta de infraestrutura porque até então parecia tudo normal. Aqui em Brasília o estádio já consumiu mais de 1,7 bilhão, que é um verdadeiro absurdo, mas se não fosse por conta da copa algumas obras de infraestrutura estariam na gaveta….quanto a saúde, se for olhar bem, não é só dinheiro que vai resolver tudo!

  • wander diz: 1 de julho de 2013

    Legal. Um tiro na testa de uma criança foi até bom porque causa revolta na população
    que então vai pedir segurança. Grande. E quem disse que os bilhões informados como gastos na saúde são reais.” Povo marcado hei povo feliz”

Envie seu Comentário