Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Opinião cidadã

10 de outubro de 2013 6

 

Muito se fala em falta de transparência no serviço público. Mas muitas vezes o próprio cidadão não tem interesse em buscar informações. 

Santa Catarina, por exemplo, tem um dos portais de Transparência mais eficientes do país, segundo a Fundação Getúlio Vargas, mas o número de consultas ainda é baixo, e geralmente só se entra para saber quanto ganha um funcionário público. 

Esse e outros temas, como o papel da mídia na formação da opinião-cidadã, estarão em debate durante toda essa sexta-feira (11) na Fiesc, em Florianópolis, no 5º Seminário Catarinense sobre Transparência Pública e Controle Social, promovido pelo núcleo de Educação Fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda. 

A participação é gratuita.

Comentários (6)

  • maneca diz: 10 de outubro de 2013

    KKau. A transparência é fundamental para a fiscalização das ações do poder público e de seus agentes por parte da sociedade que os remunera, entretanto, assim como “papel aceita tudo”, a página do computador também aceita.
    Neste país os registros contabeis, sobretudo, na admnistração pública, não se constituem em registros fiéis da realidade, mas sim instrumentos formais manipulados e direcionados para satisfacer exigências legais, fechar balanço e mpor óbvio, para atender interesses pessoais .
    Não gozando os agentes nem as contas públicas de credibilidade alguma perante a sociedade , por óbvio, não se poderia desejar comportamento diferente da população que não o desprezo da população às contas.

  • maneca diz: 10 de outubro de 2013

    KKau. A transparência é fundamental para a fiscalização das ações do poder público e de seus agentes por parte da sociedade que os remunera, entretanto, assim como “papel aceita tudo”, a página do computador também aceita.
    Neste país os registros contábeis, sobretudo, n a administração pública, não se constituem em registros fiéis da realidade, mas sim instrumentos formais manipulados e direcionados para satisfazer exigências legais, fechar balanço e por óbvio, para atender interesses pessoais .
    Não gozando os agentes nem as contas públicas de credibilidade alguma perante a sociedade , por óbvio, não se poderia desejar dela comportamento diferente que não a indiferença e o desprezo

  • Wall diz: 10 de outubro de 2013

    Entre os que consultam, se poucos, estariam jornalistas? Boa pergunta, já que nada aparece de gastos esdrúxulos ou suspeitos nos meios de notícias.

  • Rodrigo diz: 10 de outubro de 2013

    Na Polícia a mesma coisa, há 10 anos se pode fazer alguns Boletins de Ocorrência pela internet, mas mesmo assim, muita gente corre pra Delegacia. E é cada desculpa que vira piada. Tem gente que pergunta em que site se faz o BO. No site do Angeloni quem sabe. Mas na hora de ver e procurar porcaria, ai todo mundo sabe usar um computador.

  • Farias diz: 11 de outubro de 2013

    É que a “turma” prefere se mascarar e sair quebrando tudo, este negócio de assembleia pacífica não é com eles.

  • marcelocardosodasilva diz: 12 de outubro de 2013

    …estamos de “SACO CHEIO” destes ditos “PORTAIS opÁÁÁcos”;;;………….nÔÔ melhor “ESTILO” Tribunal “FAZ” de Contas!!!………….Algumas “PRIGUNTAS”;;; Como “ANDA” aqueLLe Processo “CRIMINAL”;;; sobre ÔÔ lamaçal dos + de 100 (cem),,,SEM VERGONHAS, atrÉÉtas APOSENTADOS na Nossa Assembleia Legislativa de Sta. Catarina; Via IPREV???………….Como “ANDA” aqueLLe Processo “CRIMINAL”;;; sobre FUNDEB Catarinense, DESviado/arrochado e “LEVEmente MANipulado” pelo DESgoverno columbiforme na “ERA” da tripa de porco(Digo “TRIPA-ALI”aliança”???………….Como “ANDA” aquelle Processo “CRIMINAL”;;; sobre à “Terceirização” da MERENDA ESCOLAR e do Joguinho de LEGO-LEGO super faturado???………….SOS, SOS, SOS Polícia FEDERAL, Receita FEDERAL e Tribunal de CONTAS da UNIÃO!!!

Envie seu Comentário