Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Bom dia, leitora!

31 de março de 2014 2

Bom dia, Cacau Menezes, espero que este o encontre em pleno uso e gozo da saúde corporal/facial e de memória, pois, para praticar os mais variados ofícios , que faz com que você seja , reconhecidamente , o melhor jornalista de Santa Catarina,tem que estar preparado para o embate.Ora vejamos, leio e ouço falar sobre prática obrigatória do estágio.Porém,o mesmo  é realizado a revelia do Ministério Do Trabalho, que não mantém fiscalizada as metas que originaram o estágio obrigatório, para os estudantes , em formação universitária.Como não há fiscalização, os mesmos , fazem o trabalho, em turno de seis horas diária, com uma remuneração simbólica , e prejudicial tanto à própria saúde,quanto a falta de tempo para estudar.Por isso, diante desta triste realidade, onde estudantes e profissionais de anos de  carreira, estão sendo equiparados, em um mesmo nível de atuação,e,com esse atual desígnio,por parte de dirigentes ,tanto do serviço público como o privado, que usam  e abusam , da disponibilidade da mão de obra barata e sem retorno, para ambos os lados.Para finalizar , estágio tem tempo de existência, no máximo, um ano. O que ,também, não vem sendo respeitado.Sem mais.Marli Albuquerque

Comentários (2)

  • Natanael diz: 31 de março de 2014

    Sra. Marli, você está equivocada.
    O tempo máximo de estágio no mesmo local de trabalho é de 02 anos.
    Veja o que diz a Lei 11.788/08.

  • Miguel José Teixeira diz: 31 de março de 2014

    Pois é. . .
    Em casa de Gepeto, o Pinóquio tem cara de pau!

Envie seu Comentário