Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Revoada tucana

31 de março de 2014 2

    Há um grande mistério há meses na política catarinense e que vai se desvendar esta semana. O PSDB já anunciou que terá candidato a governador, o senador Paulo Bauer, principalmente para dar palanque ao presidenciável Aécio Neves. O questionamento é: os tucanos, que ocupam mais de trezentos cargos na administração estadual, vão bater as asas e abandonar o governador Raimundo Colombo? Teoricamente, eles são obrigados a deixar seus postos. Farão isso? Se fizerem, tudo bem. Se não fizerem, como Paulo Bauer concorrerá contra o governador que dá emprego a seus correligionários? Esperemos, pois, a sexta-feira. 

Comentários (2)

  • da ilha diz: 31 de março de 2014

    Duvido que os comissionados do psdb deixem os cargos, na grande maioria são fracos e parentes que precisam dessa boquinha, os bons do psdb estão fora trabalhando de outra forma para o crescimento do partido, como falei só os fracos estão com cargos, e isso só atrapalha o andamento do serviço publico.

  • Ricardo diz: 31 de março de 2014

    Cacau, o Paulo Bauer é mais um espertalhão da política que, por não ter nada a perder – ainda tem mais 4 anos como Senador – se aventura numa candidatura a governador apenas para barganhar cargos e favores numa eventual coalizão ou segundo turno.
    Só foi eleito Senador por causa do LHS e da secretaria de Educação e suas compras superfaturadas, além de revistas inúteis que, até hoje, estão, no almoxarifado da SED.
    Se o catarinense souber votar, esse será um político a ser BANIDO da vida pública de um Estado que está acima da média nacional em termos de eleitor esclarecido.
    Acho que até o LHS está arrependido por ter ajudado a eleger essa figura inexpressiva no Congresso Nacional e que em nada contribui para o desenvolvimento de SC.
    Abraço.

Envie seu Comentário