Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dúvida jornalística

30 de abril de 2014 12

   Para postar notas e opiniões nas redes sociais, o cidadão precisa de diploma de jornalista? Falem agora ou calem-se para sempre. 

Comentários (12)

  • Paulinho do Bé diz: 30 de abril de 2014

    Cacau!

    Boa.
    Resposta:
    Um sonoro NÃO.

    Em Tempo:
    Apenas tem que ter estas qualidade, segundo o “Orlando”:
    1 – ter presença
    2 – ser bonitinho
    3 – ser simpático
    4 – não ser azedo
    5 – não ser recalcado
    6 – não ser invejoso
    7 – ter mais Inimigos do que amigos
    8 – ser impactante
    9 – ter Humor
    10 – dar muitos Beijinho no Ombro, como Valesca Popozuda”, além é claro saber ao Pé da LETRA a música:
    Beijinho no ombro pro recalque passar longe
    Beijinho no ombro só pras invejosas de plantão
    Beijinho no ombro só quem fecha com o bonde
    Beijinho no ombro só quem tem disposição.

  • Miguel José Teixeira diz: 30 de abril de 2014

    Vichêuaitchê! ÓiÓiÓiÓ. . .
    Acertasses a pedrada no vespeiro!

  • Jorge diz: 30 de abril de 2014

    Para participar, comentar, basta se identificar.
    Mas cuidado, se acusar deverá apresentar provas.

    Parece que no regime democrático é assim.

  • Biro Biro diz: 30 de abril de 2014

    Cara, cada vez mais me certifico que o Paulinho do Bé “morde a fronha”, “escorrega no quibe”, e por aí vai…. Cantar “beijinho no ombro” veio? Tenha postura de Homem ou te assume né bicho!

  • Roberto diz: 30 de abril de 2014

    Cacau, meu velho Comendador.

    Claro que não. Mas para fazer reforma, qualquer reforma em sua casa ou Ap., exceto se for para pintura e retoques na pintura, o cidadão terá que contratar 1 engenheiro ou arquiteto, é mole? isso foi aprovado recentemente. E se a reforma ou construção for na favela, local onde a fiscalização não entra, como é que fica, meu velho?
    1 grd. abraço e saúde

  • carlos eduardo diz: 30 de abril de 2014

    O que este cara aqui do vídeo diria, segundo o raciocínio de Schopenhauer ?

  • Paulinho do Bé diz: 30 de abril de 2014

    RESPOSTA ao Biro Biro !

    Volta lá e LÊ – lindão.

    Quem disse isso foi o “Orlando” e NÃO o “Paulinho do Bé”

    Em Tempo:
    Tás possuído, é???
    Ó! Não vais querer dizer para o “Paulinho do Bé” que NUNCA desse?

  • Orlando diz: 30 de abril de 2014

    Concordo em partes com vc “do Bé”…. Mas este negócio aí de “beijinho no ombro” O que que é isso rapá? Aí sou obrigado a concordar com o Biro Biro, sendo que ele esqueceu de dizer que tu pisa na chapinha e também da beijinho no azulejo…… Vai saber……….

  • Paulinho do Bé diz: 1 de maio de 2014

    RESPOSTA ao “ORLANDO”!

    Há CONTROVÉRSIAS;

    Em Tempo:
    Tú – mas Só TÚ sabes, que com o “Paulinho do Bé”, AJOELHOU tem que REZAR.
    Aliás, já desse HOJE??

  • Paulinho do Bé diz: 1 de maio de 2014

    RESPOSTA ao “ORLANDO”!!

    Há CONTROVÉRSIAS;

    Em Tempo:
    Tú – mas Só TÚ sabes, que com o “Paulinho do Bé”, AJOELHOU tem que REZAR.
    Aliás, já desse HOJE??

  • Caê de Castro diz: 2 de maio de 2014

    Cacau, e demais “comentaristas” cá deste espaço, nem precisa ter diploma de médico para dar “dicas de saúde” ou de advogado para falar sobre questões judiciais. Salvo se, em qualquer situação, ele(a) faça disto a sua profissão e receba salário (ou outra forma de remuneração) por isso. Isto vale também para o Jornalismo.
    Bem, eu prefiro ouvir (ler) o que um médico fala sobre saúde do que um palpiteiro qualquer. Mas, isso é opção minha.

  • Caga Lata diz: 2 de maio de 2014

    Caê de Castro permita-me UM aparte.
    Estás redondamente equivocado.
    Veja o FURO:

    Como um MÉDICO pode falar de CANCER se ele NUNCA teve um CANCER?

    É um PALPITEIRO, também.

Envie seu Comentário