Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Raposa no galinheiro

30 de maio de 2014 34

O ministro Joaquim Barbosa está se aposentando, depois de se notabilizar na presidência do STF como um homem independente e de convicções que sempre vieram ao encontro dos anseios do povo. No discurso em que anunciou sua retirada, disse que não quer mais saber de mensalão. Mas agora chama o pai porque a mãe ficou doida. Sabe quem será o substituto de Barbosa? Um homem de confiança da presidente Dilma Roussef. Estão colocando a raposa para cuidar das galinhas.

Comentários (34)

  • Paulinho do Bé diz: 30 de maio de 2014

    Cacau!

    O JOAQUIM foi aquela ABELHA que FERROU.

    Em Tempo:
    Segundo o “Orlando”, agora vão brincar de MÉDICO – para tirar a FERROADA – um POR UM, num verdadeiro TROCA-TROCA.

    Pode isso Cacau…!????

    Ai EU FFFFuuuuuuuuJJJJJJJJJooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Manoel da Costa e Silva diz: 30 de maio de 2014

    Nossa cultura de pensar/discutir/debater a Política como se fosse clubes de futebol faz com que não prestamos atenção nas “coisas”. O Joaquim Barbosa foi o primeiro Juiz negro da Suprema Corte Brasileira, porque um operário, analfabeto e caçaceiro (Lula) indicou/colocou ele para a vaga. Todos os Presidentes indicam alguém para a Suprema Corte. Lembram quem são os indicados do FHC ?

  • Miguel José Teixeira diz: 30 de maio de 2014

    Burburinhos em Brasília dão conta que o Doutor Joaquim Barbosa, antes de deixar o STF, já armou bombas-relógio que, ao desativar-se uma, ativa-se outra. . .
    Portanto, é aconselhável que os PeTralhas saboreiem seu champanhe discretamente.

  • Georgie Alves de Barros diz: 30 de maio de 2014

    Não necessariamente Cacau…. O Barbosa foi indicado pelo Lula… mas convenhamos, Barbosa esta muito longe de ter ido ao anseio do povo…. No máximo deu enfoque midiático a um determinado tema e deixou outros de importância semelhante ou maior de lado…

  • Mario Nobre diz: 30 de maio de 2014

    Cacau;

    Vc sabe quem nomeou o Joaquim Brabosa e mais 7 membros da Corte? O Lula.
    Vc sabe que não foi só o JB que condenou no mensalão, afinal são 11 ministros? Ele sozinho não condena ninguém.
    Vc sabia que o único partido julgado no STF foi o PT e que o PSDB também tem um mensalão, o que seria o pai de todos eles, que esse mesmo STF, com JB e tudo, desmembrou e que todos os acusados estão “livrando”a cara por estarem chegando aos 70 anos? Hj mesmo o tesoureiro desse mensalão tucano teve seu processo arquivado por ter atingido tal idade.
    Devias pesquisar melhor antes de falar besteira “mô quiridu”.

  • Walmor diz: 30 de maio de 2014

    Infelizmente o Brasil só tem um Joaquim Barbosa, precisaria de muitos mais. Ele demonstrou coragem, determinação, firmeza e independência, o que lamentavelmente está faltando em muitos agentes públicos em todos os níveis de poder. Que as novas gerações de Magistrados se espelhem no seu exemplo de atuação firme e independente, para que possamos construir um Judiciário melhor. Que prevaleça sempre a determinação constitucional estabelecida em seu Art. 5º. de que todos são iguais perante a Lei, conforme transcrevo abaixo.

    Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
    .
    .
    .

  • Bagre velho diz: 30 de maio de 2014

    Poucas vezes, um brasileiro teve que suportar tantos insultos e ataques quanto o ministro Ricardo Lewandowski; o principal responsável foi o atual presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, um agressor em série, que vitimou colegas, réus, advogados e o próprio Direito; sua saída, anunciada nesta quarta-feira, permitirá que o Poder Judiciário retome seu leito normal; com Lewandowski, civilidade voltará a reinar na suprema corte e ambiente de respeito mútuo entre os ministros, sem sensacionalismo, permitirá que se faça Justiça; com um detalhe: a despeito de todos os ataques, votos de Lewandowski foram os que mais predominaram na Ação Penal 470

  • Ricardo Tenório diz: 30 de maio de 2014

    Cacau, segundo os bastidores, a Dilma vai indicar para substituir o Min. Barbosa o atual Min. da Justiça ou o Advogado Geral da União.
    Ou seja, aos poucos o PT está transformando a mais alta corte de justiça do Brasil num reduto de petistas, presidida por um Ministro que demonstrou toda a sua devoção e “rabo preso” com o Partido que o indicou, no julgamento do mensalão.
    Estamos ferrados e mal pagos.
    Abraço.

  • Lilian diz: 30 de maio de 2014
  • Chicão diz: 30 de maio de 2014

    Vai-se a última esperança. Na verdade o Brasil nem tem como ficar pior do está. Se a roubalheira já corria solta, agora então é que ninguém segura mais.

  • Luciano Alves diz: 30 de maio de 2014

    O colunista Luís Nassif também comemorou a aposentadoria de Joaquim Barbosa: anuncio livra sistema judicial de uma das piores manchas da sua história moderna. Leia:

    O anúncio da aposentadoria do Ministro Joaquim Barbosa livra o sistema judicial de uma das duas piores manchas da sua história moderna.

    O pedido de aposentadoria surge no momento em que Barbosa se queima com os principais atores jurídicos do país, devido à sua posição no caso do regime semi-aberto dos condenados da AP 470. E quando expõe o próprio CNJ (Conselho Nacional de Justiça) a manobras pouco republicanas. E também no dia em que é anunciada uma megamanifestação contra seu estilo ditatorial na frente do STF.

    A gota d’água parece ter sido a PEC 63 – que dispõe sobre o aumento do teto salarial da magistratura.

    Já havia entendimento no STF que corregedor não poderia substituir presidente do CNJ na sua ausência. Não caso da PEC 63 – que aumenta o teto dos magistrados – Barbosa retirou-se estrategicamente da sessão e colocou o corregedor Francisco Falcão na presidência. Não apenas isso: assumiu publicamente a defesa da PEC e enviou nota ao Senado argumentando que a medida seria “uma forma de garantir a permanência e estimular o crescimento profissional na carreira” (http://tinyurl.com/mf2t6jl).

    O Estadão foi o primeiro a dar a notícia, no dia 21. À noite, Barbosa procurou outros veículos desmentindo a autoria da nota enviada ao Senado ou o aval à proposta do CNJ (http://tinyurl.com/m5ueezb).

    Ontem, o site do CNJ publicou uma nota de Barbosa, eximindo-se da responsabilidade sobre a PEC.

    O ministro ressalta que não participou da redação do documento, não estava presente na 187ª Sessão Ordinária do CNJ no momento da aprovação da nota técnica, tampouco assinou ofício de encaminhamento do material ao Congresso Nacional.

    A manipulação política do CNJ

    Não colou a tentativa de Barbosa de tirar o corpo do episódio. É conhecido no CNJ – e no meio jurídico de Brasília – a parceria estreita entre ele e o corregedor Francisco Falcão.

    É apenas o último capítulo de um jogo político que vem comprometendo a imagem e os ventos de esperança trazidos pelo CNJ.

    Para evitar surpresas como ocorreu no STF – no curto período em que Ricardo Lewandowski assumiu interinamente a presidência -, Barbosa montou aliança com Falcão. Em sua ausência, era Falcão quem assumia a presidência do órgão, embora a Constituição fosse clara que, na ausência do presidente do CNJ (e do STF) o cargo deveria ser ocupado pelo vice-presidente – no caso Ricardo Lewandowski.

    Muitas das sessões presididas por Falcão, aliás, poderão ser anuladas.

    Com o tempo, um terceiro elemento veio se somar ao grupo, o conselheiro Gilberto Valente, promotor do Pará indicado para o cargo pelo ex-Procurador Geral da República Roberto Gurgel.

    Com o controle da máquina do CNJ, da presidência e da corregedoria, ocorreram vários abusos contra desafetos. Os presos da AP 470 não foram os únicos a experimentar o espírito de vingança de Barbosa. Por exemplo, o presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Félix Fischer é desafeto de Falcão e se candidatará ao cargo de Corregdor Geral quando este assumir a presidência do STJ. De repente, Fischer é alvejado por uma denúncia anônima feita diretamente a Joaquim Barbosa, de suposto uso de passagens aéreas para levar a esposa em viagens internacionais. O caso torna-se um escândalo público e o conselheiro Gilberto Martins é incumbido de investigar, na condição de corregedor interino (http://tinyurl.com/qg6cjx3) .

    Passa a exigir, então, o detalhamento de todas as viagens oferecidas pelo STJ a ministros, mulheres de ministros e assessores (http://tinyurl.com/l6ezw3k). A investigação é arquivada por falta de fundamentos mas, àquela altura, o nome de Fischer já estava lançado na lista de escândalos.

    A contrapartida de Falcão foi abrir uma série de sindicâncias contra desembargadores do Pará, provavelmente adversários de Gilberto Martins.

    Nesse jogo de sombras e manobras, Barbosa foi se enredando em alianças e abandonando uma a uma suas bandeiras moralizadoras.

    Sua principal agenda era combater o “filhotismo”, os escritórios de advocacias formado por filhos de ministros.

    Deixou de lado porque Falcão, ao mesmo tempo em que fazia nome investindo-se na função de justiceiro contra as mazelas do judiciário, tem um filho – o advogado Djaci Falcão Neto – que atua ostensivamente junto ao STJ (mesmo quando seu pai era Ministro) e junto ao CNJ (http://tinyurl.com/ku5kdl5), inclusive representando tribunais estaduais. Além de ser advogado da TelexFree, organização criminosa que conseguiu excepcional blindagem no país, a partir da falta de ação do Ministro da Justiça.

    Por aí se entende a razão de Falcão ter engavetado parte do inquérito sobre o Tribunal de Justiça da Bahia que envolvia os contratos com o IDEP (Instituto Brasiliense de Direito Público), de Gilmar Mendes.

    E, por essas estratégias do baixo mundo da política do Judiciário, compreende-se porque Barbosa e Falcão crucificaram o adversário Fischer, mas mantiveram engavetado processo disciplinar aberto contra o todo-poderoso comandante da magistratura fluminense, Luiz Sveiter, protegido da Rede Globo.

  • Danillo diz: 30 de maio de 2014

    A organização “anticorrupção” OCC, por sua vez, iniciou campanha pedindo financiamento de R$ 200 mil para “cada petista morto”. Nada na mídia.

    Teve até um Policial Federal treinando tiro num alvo com a figura da presidenta. Nada na mídia.

    Paro por aqui. O número de ameaças e insultos ao campo da esquerda na internet é incomensurável.

    E agora vem o Globo dizer que Barbosa pediu pra sair por causa de ameaças de dois barnabezinhos do interior?

    Isso é história para vitimizar Barbosa!

    Quanto aos apupos que Barbosa levou na saída de um restaurante, o Globo é engraçado. Por anos, ele pintou Barbosa como recebedor de aplausos em estabelecimentos do Leblon. Na primeira vez que é vaiado, ele abandona o cargo?

    Quando Dilma é vaiada, a imprensa quase publica uma oração de agradecimento a nossa Senhora na primeira página. Quando é a vez de Barbosa isso é motivo para abandono do cargo?

    Ora, isso não é vitimismo. É covardia!

    Outro dia conheci um blogueiro do Maranhão que sofre ameaças de morte quase toda semana. Contou-me sorrindo, com uma bravura que me fez sentir um medroso. Um simples blogueiro! E agora Barbosa, com seus seguranças, com sua proteção midiática, vem posar de vítima?

    Agora, o mais ridículo é tratar as críticas, democráticas, necessárias, que Barbosa sofre nas redes sociais, como “agressão”. Quer dizer que as críticas a Dilma, a Lula, ao PT, são manifestações democráticas do povo e da classe média, e as críticas a Barbosa são “agressões”?

    Entre numa página do G1 e vejam o que falam do PT. É um chorume violentíssimo, asqueroso, repleto de preconceito, truculência e fascismo explícito.

    Tudo relacionado a Barbosa é cercado de fascismo midiático. Ele reage com truculência a qualquer manifestação contrária a sua opinião, e os órgãos de mídia que fazem a sua blindagem pintam as críticas de maneira censora e fascista. Se estivéssemos na ditadura, o Globo sugeriria que os críticos de Barbosa fossem presos.

    O Globo esqueceu de dizer que Barbosa é “agredido” por todas as pessoas esclarecidas no Brasil, que não estejam acometidas de hidrofobia antipovo e anti-PT. Aliás, até mesmo alguns anti-petistas raivosos, mas com alguma consciência de Direito, andaram “agredindo” Barbosa, como o Ives Gandra, que insinuou que Joaquim Barbosa era um nazista.

    Não venham com histórias, globais. O seu Batman está saindo do STF porque sofreu uma derrota política merecida. Foi desmascarado. Ele prevaricou: escondeu provas dos réus e da opinião pública. É o inquérito 2474!

    Confiram esse post, onde trago o vídeo que pode ter sido o verdadeiro motivo da queda de Barbosa.

    http://www.ocafezinho.com/2014/01/30/bomba-o-video-que-pode-derrubar-joaquim-barbosa/

    Barbosa mente descaradamente para os outros ministros, ao afirmar que o Inquérito 2474 não tinha “nada a ver com o mensalão”. Mentira deslavada! O 2474 era justamente o aprofundamento das investigações em torno da origem do dinheiro do valerioduto. Mas apontava caminhos diferentes: dava destaque ao Laudo 2828, que inocenta Pizzolato; trazia provas de que Valério recebeu dinheiro de Daniel Dantas; e exibe notas fiscais onde a Globo aparece como principal beneficiária do Visanet.

    Isso aí, sim, pode ser a explicação para derrubar Barbosa. Não “ameaças”!

    Vão enganar seus coxinhas psicóticos, seus palermas de saguão de aeroporto, neofascistas úteis que batem palmas para o Batman achando que ele combateu a corrupção, quando apenas serviu a interesses obscuros e ajudou a abafar grandes escândalos. Enquanto a mídia enganava o Brasil com a história do mensalão, Demóstenes Torres articulava seus esquemas com a revista Veja e a família Marinho saía da crise e agregava, misteriosamente, algumas dezenas de bilhões a sua fortuna. E tudo isso enquanto Merval Pereira dizia que a prisão de figuras como Genoíno “lavava a alma do Brasil” porque mostrava a Justiça prendendo “ricos e poderosos”.

    Chamar Genoíno de rico e poderoso foi a piada mais negra do século. Os únicos “ricos” no mensalão não eram poderosos, e o único que um dia foi poderoso, com um poder democrático e provisório, concedido pelo povo, como Dirceu, não era rico.

    Enfim, os leitores já identificaram o último golpe de Barbosa e da mídia. Ele sai do STF, com essa história de “ameaça”, entra o Lewandowski, e a imprensa agora vai bater o tambor com a “libertação de mensaleiros”, tentando açular os zumbis coxinhas reaças a sair às ruas quebrando tudo.

    A guerra não acabou, eu sei. Uma batalha de cada vez.

    - See more at: http://www.ocafezinho.com/2014/05/30/a-ridicula-tentativa-da-globo-de-vitimizar-barbosa/#sthash.G53BXofj.dpuf

  • Tanso diz: 30 de maio de 2014

    Cacau, na real no Governo só tem raposa.
    Tá tudo dominado e aparelhado pelo PT e pelos partidos subordinados e submissos a ele, incluindo a esmagadora maioria dos políticos Catarinenses. Dizem que Deus é Brasileiro, mas pelo que se vê na vizinhança, o “tinhoso” é sul americano.

  • Luciano diz: 30 de maio de 2014

    Quem gostava do Joaquim Barbosa não entende nada de justiça.

  • Rocker diz: 30 de maio de 2014

    Tá na cara que o Barbosa se aposentou por livre e espontânea pressão externa (de condenados e seus amigos). Afinal, ninguém mexe com tantos bandidos e sai impune.

  • Murilo SC diz: 30 de maio de 2014

    Lilian não coloque esses links não, o povo quer mesmo é sentar-se em frente a TV assistir o JN e acreditar naquilo tudo, assinar a veja e se achar uma pessoa culta e informada.
    Segue uma dica de leitura a você: Diário do centro do mundo.
    Abraço.

  • Julio Ferreira diz: 30 de maio de 2014

    Cacau, pelo visto, o ÓDIO dos petralhas pelo fato do Min. Barbosa é tão grande que eles nem se conformam apenas com a sua aposentadoria, devem estar querendo que ele seja preso, tal qual os LADRÕES de dinheiro público que enganavam a TODOS com esse papo de revolucionários e guerrilheiros.
    Se o Zé Dirceu não é rico, de quem é o hotel que lhe pagaria R$ 20 mil por mês para ele fingir que estava trabalhando?
    Como se vê, as viúvas do Lula não perdoam Barbosa por ter sido indicado pelo Lula e não fazer o papel subserviente que ele esperava de um negro que deveria obedecer as ordens do Palácio do Planalto, tal qual o atual vice-Pres. do STF em gratidão ao cargo vitalício e outras “propinas” mais.
    Já imaginou o quanto o Min. Barbosa poderia ter recebido de propina, caso resolvesse votar pela absolvição dos petralhas ladrões?
    Alguém citar “Nassif” como fonte de alguma coisa, já demonstra a sua desonestidade, pois este foi demitido da FSP por estar cobrando por “palestras” usando o nome daquela empresa, ou seja, é um estelionatário.
    Aliás, porque esses cães raivosos não citam o assassinato impune do ex-Prefeito Celso Daniel, cujos irmãos foram morar no exterior com medo da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA que o PT formou ???
    Abraço.

  • João diz: 30 de maio de 2014

    A bandidagem comemora. Já visse fernandinho beira-mar e a quadrilha dele elogiar o magistrado que o condenou? Tanso!!! Estes delinquentes foram condenados em todas as instâncias. Viva Barbosa!! Para desespero de petéias e petralhas ele vem para a política.

  • Resposta a JB diz: 30 de maio de 2014

    Sua excelência Joaquim Barbosa, tem os seus méritos, não resta dúvidas.
    Se aposentar aos 59 anos!!!!!! Este é o Brasil. Tire cada um suas conclusões.
    Creio que ele está sendo……., ou seja fugindo da raia. Deu esperança que muita coisa ia mudar, e etá se mandando, claro para uma melhor. Acho que tudo foi calculado. DECEPÇÃO.

  • Biro Biro diz: 30 de maio de 2014

    História da mais mal contada… Um cara que lutou tanto pra estar onde chegou e agora pede pra sair… Isto me cheira algum tipo de ameaça ou proposta pra ficar calado.

  • Ricardo Tenório diz: 30 de maio de 2014

    Cacau, essa nota em jornais do País, mostra bem como anda o Brasil em matéria de política e políticos, especialmente o outrora “seletivo” PT:
    “METAMORFOSE AMBULANTE – A vida do deputado Luiz Moura (PT-SP), aquele que se relaciona com bandidos do “PCC”, é bom slogan eleitoral: “Não vote em ladrão, ele pode virar político e vice-versa” – Cláudio Humberto.

  • Gean diz: 30 de maio de 2014

    nossa … os blogueiros contratados pelos PTralhas estão em polvorosa … é só alegria e ataques ao Joaquim Barbosa … o lulinha nomeou ele e depois o chamou de traidor … daí a raiva da ptzada … pois sem o JB esse mensalão já teria virado pizza a muito tempo (foi sua presença e o apoio da população de bem do brasil a ele que evitou a pizzada)… e pode apostar, antes das eleições estarão todos os ptralhas livres. E quanto a luiz nassif, ocafezinho, brasil247, PHA (conversa afiada), isso é tudo site e blog financiado pelo governo, nem é pelo PT… vejam só, um bando de esquerdista defendendo esse desgoverno financiado com dinheiro do banco do brasil, petrobras, caixa … e´só olhar as propagandas nos sites … não caiam na conversa desse bando gente …

  • artesão diz: 30 de maio de 2014

    Em todas as revistas e blogs independentes que leio Joaquim Barbosa é um juiz autoritário que não respeita opinião de ninguém. Xinga jornalista e quem quer que seja sem um mínimo de pudor, não respeita leis e deliberações da corte. Várias associações de juízes, OAB condenam todos os seus métodos autoritários e deselegantes com os colegas. Estás muito por fora Cacau ao elogiar um déspota! É um desses sujeitos que não fazem falta à nação.

  • carlos eduardo diz: 30 de maio de 2014

    Amigos, com a sua licença para eu fazer um aparte e lhes agradeço.
    Em se tratando de fontes, a internet está aberta a todo o tipo de opíniões, idéias, proposições, teorias.
    \Especificamente falando, a abordagem de Lilian e Luciano Alves usam, especificamente, uma referÊncia do site O CAFEZINHO, de Miguel Rosário, da UJS.
    O Fernando Brito, do site TIJOLAÇO, é do PDT.
    Daí, partimos do princípio que há uma opinião tendenciosa.
    Mas não deixaram isto claro, por qual motivo?
    Eu mesmo me vi surpreendido quando, na TV, assisti o próprio Lula “reconhecer” que deveria ser mais “criterioso” na nomeação para os cargos do STF.
    E, diga-se, ele foi o que mais nomeou-os/as, depois da ditadura. Tipo, arrependido…
    Ele, o Barbosa, tomou muitas posições e seguiu princípios sólidos que, muitas das vezes, contrariaram a estratégia política- por que não dizer a doutrina? – dos que estão no poder.
    Ao contrário, com muito tato e diplomacia, soube articular em muitas situações delicadas para compor uma decisão que não fugisse das normas da lei e da ética, e, ainda assim, não comprometer o andamento da governabilidade – seja o que quer que isto significasse, pois, já fugia de sua alçada.
    A pergunta que deixo, é:
    Quem é a raposa e quem está no galinheiro?
    *com a palavra os dois citados acima.
    EU SOU UM DOS BRASILEIROS/AS QUE GOSTARIA DE DAR MAIS PODER AO BARBOSA.
    LOGO, SOU TENDENCIOSO, TAMBÉM, AO MEU MODO, SEM PARTIDO.

    Fontes:
    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,lula-foi-o-presidente-que-mais-nomeou-ministros-ao-stf-apos-a-ditadura,879496,0.htm
    http://www.pdt.org.br/index.php/pdt/lideres/verdades-e-mentiras-sobre-o-subdesenvolvimento/meu-amigo-leonel-brizola/fernando-brito
    http://ujs.org.br/index.php/author/miguel/

  • Celso Ribeiro diz: 31 de maio de 2014

    O STF é um órgão de exceção, Na hierarquia judiciária o Poder maior é o STJ, que poderia, com melhor interpretação legal, assumir a competência o Tribunal Federal, em julgar conflitos de caráter constitucional!
    Parabenizo as ações o grande Ministro Joaquim Barbosa. Mas um guerreiro “solito” não vence batalhas!,,,
    Celso Ribeiro

  • Farias diz: 31 de maio de 2014

    Os PTralhas e seus seguidores estão eufóricos a ovelha negra do Barbosa (foi indicado pelo Lula) está saindo, com isso quanto tempo vai demorar pros mensaleiros condenados terem sua prisão revogada?

  • Maria Eugenia diz: 31 de maio de 2014

    Leitor BAGRE -VELHO é um MAV (Mobilização em Ambientes Virtuais) Petista detectado. Copiou o texto integralmente do site chapa-branca (bancado pelo governo petista) http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/141729/Com-Lewandowski-STF-ir%C3%A1-restaurar-sua-dignidade.htm

  • Cesar diz: 1 de junho de 2014

    O ódio (assim como o amor) é cego! Qualquer pessoa medianamente informada sabe que é atributo do(a) presidente(a) do Brasil nomear os ministros do Supremo Tribunal Federal. Por acaso, vários ministros completaram a idade estipulada em lei e foram substituídos nos governos Lula/Dilma. O próprio Joaquim Barbosa foi escolha de Lula.
    Se não me engano apenas Gilmar Mendes ainda é dos escolhidos por Fernando Henrique Cardoso. Isso é Constitucional e não estratagema do PT !!
    Por favor, mesmo sendo contra, não “atropelem” a verdade. Se não for má fé e sim desconhecimento, informem-se antes de sair inventando teorias da conspiração.

  • Adauto diz: 2 de junho de 2014

    É melhor tu ficar na cozinha falando com a cozinheira sobre festas, futebol e outras amenidades.
    De coisa séria, política, economia, mundo jurídico só falas besteira.

  • Mark Richards diz: 2 de junho de 2014

    Eu vou ler textos imparciais em blogs patrocinados pelo PT ou seus partidos coligados ?

  • Gean diz: 3 de junho de 2014

    o problema, sr cesar, é indicarem alguém, como o dr Dias Toffoli, que foi advogado do PT e da CUT, por exemplo … é o aparelhamento do judiciário pelo PT … ou ele está lá só porque é bom?? e por mera conhecidencia, no ano da eleição mais importante da história recente (no meu ponto de vista) ele se torna presidente do TSE !!! acordem, parem de ver novelinha … tá tudo dominado pela ptzada!!!!!

  • Hanibal Silva diz: 3 de junho de 2014

    “homem independente e de convicções que sempre vieram ao encontro dos anseios do povo.”

    HAHAHAHAHAHAHAHA

  • Ingrid diz: 3 de junho de 2014

    O arauto da moralidade livrou-se foi de se ver obrigado a manifestar-se sobre o mensalão tucano.

    Golpe de mestre.

    Sabem de nada, inocentes.

  • Décio diz: 4 de junho de 2014

    Lendo os comentários sobre a matéria, noto que os plantonistas PT, sobem o tom das criticas ao Ministro Joaquim Barbosa, que teve a coragem de enfrentar e colocar na Cadeia sanguessugas de dinheiro Publico, na grande maioria do PT. O que esperar de agora em diante da Instituição STF, Presidida por LEVANDÓSKI ? O que esperar do TSE Presidido por DIAS TÓFFOLI ? Só falta a Presidente DILMA nomear para o lugar de JOAQUIM BARBOSA, aquele Advogado Paulista que defende todos os PETISTAS “GHRENHALT”…….dai fica tudo dominado de vez.

Envie seu Comentário