Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Só falta isso

31 de março de 2015 7

Fechar a Ilha para a pesca da tainha, uma das poucas tradições com força em Floripa. 

Comentários (7)

  • Clarissa diz: 31 de março de 2015

    Claudinho isso não deu certo num passado…

    A Tainha fugiu pelo lado…

    Será que se cercar a Tainha Ela volta???

  • Wellingotn Pereira diz: 31 de março de 2015

    Cacau, e nem um comentário sobre a operação Zelote da PF???????

  • Benedito diz: 31 de março de 2015

    Taínha?? Aonde? Como? Por aqui já tá praticamente extinta…e inventaram que prato típico é comer com as ovas (não são de criadouro, são selvagens, sem ovas, como é que nascem as “taiiiiínhas”?????) Pesca da tainha é mais um ítem da já praticamente extinta “cultura manezinha” da Ilha. Eu pelo menos conhecí, agora…bye bye…

  • Pepa Costa diz: 1 de abril de 2015

    Minha opinião: – Tá certo. Agora se fechar toda a área do Rio Grande do Sul até Paraná, São Paulo, Rio, certíssimo. Não parece inteligente pegar toneladas e toneladas de peixes justamente na hora que eles se aproximam do litoral para se reproduzirem, quantas tainhas ovadas capturadas, ano retrasado parei no Molhes da Barra em Laguna, mês de Julho ou Agosto, para curtir os golfinhos, e vi vários tarrafeadores pegando centenas de sírias ovadas, e jogavam na areia, mas era muita coisa mesmo, há necessidade de um estudo técnico, ensinar principalmente para as crianças na escola, porque senão a vaca e os peixes vão pro ou prá …..

  • Osvaldo Peixoto diz: 1 de abril de 2015

    Não duvida !!! Manchete que corre o mundo: Dois terroristas armados tomaram a sede do partido do presidente da Turquia.
    Ainda bem que, no Brasil, a sede do partido da presidente só é tomada por doleiros com suas malas cheias de dinheiro.

  • MMC diz: 1 de abril de 2015

    Cada ano que passa vem menos tainha, está na hora de ter uma temporada sem a pesca, o governo tem tanto dinheiro sendo desviado, que pode bancar os pescadores por uma temporada sem a pesca.

  • MACACO PELUDO diz: 1 de abril de 2015

    Não só a Ilha, todo o Sul e Sudeste, mais Uruguai e Argentina, por pelo menos Uma temporada e depois alternadamente, Uma sim, Uma não….. Como diz o MMC aí, o governo pode bancar isto perfeitamente.

Envie seu Comentário