Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Tava querendo 

31 de março de 2015 10

Circula nas redes sociais um vídeo do suposto matador da Fields antes do crime com um copo assassino na mão dizendo ao “negão” que ia encher um de porrada. 

Covarde não quis a porrada. Pegou o copo de vidro e foi direto na garganta do inocente que cruzou a sua frente. Tem histórico de violência. 

Comentários (10)

  • Padeiro diz: 31 de março de 2015

    UM FDP desse precisa pegar 30 anos de cana e trabalhos forçados, sair de casa pensando em matar ou prejudicar outra pessoa é muita burrice, que os amigos de carcere de uma coça num merda desse todo o santo dia, que tenha uma morte lenta e sofrida é o que desejo.

  • genivaldo diz: 31 de março de 2015

    É Kkau, por esta e outras que está cada vez maior o volume de pessoas que preferem se divertir em casa mesmo. Dividindo despesas e alegrias com gente conhecida. Sair pra noite nos últimos tempos é sinal de risco de vida, pois existem vários monstros dotados de instintos assassinos que estão a procura de vítimas inocentes para saciar suas taras, loucuras e complexos. Infelizmente mais um inocente tomba, vítima de um monstro, que sequer pode ser comparado a um animal irracional, pois que este, age por instinto de defesa e sobrevivência, enquanto aquele, age por pura maldade, acompanhado de espíritos de trevas, vindo abraçado com o coisa ruim.

  • nativo fiel diz: 31 de março de 2015

    Ô Cacau…só não entendi bem o porquê do uso da expressão “suposto matador”, se tem testemunhas, provas e o cara é réu confesso. Um bandido, isso sim. O cara já saiu na rua com intenção de aprontar e como ele tem muitos covardes por aqui. Cidade perdeu em inocência faz tempo.

  • Ruan diz: 31 de março de 2015

    Agora esse covarde vai se estabelecer através de uma “vaga” em um presidio com as devidas garantias por lei e com a devida retaguarda dos direitos humanos, pagos com o nossos dinheiro por um determinado tempo e logo, logo estará de volta às ruas, e o rapaz trabalhador honesto que estava naquele ressinto só com o intuito de se divertir, tem a sua vida (juventude) podada, infelizmente. Esperamos que esse crime não seja mais um e que este irracional seja banido da sociedade. Triste…..muito triste e revoltante.!!!!!

  • Isi diz: 31 de março de 2015

    Só mais um caso horrendo de irresponsabilidade e barbárie, dos muitos que têm ocorrido quase a diário. Em Balneário Camboriú, logo em seguida, dois moleques de 20 e poucos anos, matam um jovem professor a patadas, na Avenida Brasil. Para muitos, o caso do dentista bêbado na Beira-mar, assassino, que não parou na sinaleira, matou a moça e deixou o namorado todo arrombado, e ainda fugiu do local covardemente, é tão grave quanto!!!

    Vc pode ser morto na rua, na balada, na porta da igreja domingo cedo, no camelô de BC, etc

    Que Justiça é esta??? Não é toa que estão com popularidade abaixo de todos os outros segmentos.

  • Leonardo diz: 31 de março de 2015

    Tomara que ponham um baby doll nele no xadrez e o pé de mesa dê um trato nesse sujeito.

  • Roger diz: 31 de março de 2015

    nativo fiel, o “suposto” antes do assassino é obrigado até que ele julgado por um Juri Popular, ou setença dado em julgado por um Juiz competente, caso contrario, que fala aguma coisa tem que “provar” senão é passivel de processo, mesmo tendo a certeza que foi este individuo quem matou.

  • Ivo diz: 31 de março de 2015

    Meu caro Cacau – a “pena de morte” deve ser instituída no nosso país com urgência! Mas, lamentavelmente, os nossos políticos são contra! Como dizem eles: “não vai diminuir a criminalidade”! Vai sim, é diminuir os seus votinhos!

  • João Schultz diz: 31 de março de 2015

    UÉ.. o TJ SC não acabou de autorizar a matar e aleijar, alcoolizado e furando sinal vermelho e sem prestar ajuda:??? PARA QUE PERDER TEMPO, DINEHIRO E ANOS DE PROCESSO P DEPOIS CONDENAR A PAGAR CESTAS BÁSICAS???

    Se fosse a filha do juiz e de político a história seria outra

  • Fabrício diz: 1 de abril de 2015

    Prezado João Schultz, não foi o TJSC, foi um juri popular formado por pessoas leigas que assim entendeu…O promotor apelou, agora é esperar para ver no que vai dar, mas como sempre, em crimes de trânsito, esse assassino vai se livrar impune.
    Roger, o nativo fiel está certo, é assassino mesmo, não precisa ser precedido de suposto, até porque o sujeito confessou e tem testemunhas, mesmo ele alegando, de forma ridícula a legítima defesa, comprovada desde já a autoria!

Envie seu Comentário