Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Se chegando

30 de junho de 2015 24

Deputado estadual João Amin apresentou proposta de denominação do elevado entre a SC-405 e SC-406, entroncamento do Rio Tavares/Campeche, com o nome de Luiz Henrique da Silveira. O parlamentar já havia causado surpresa quando do falecimento do ex-governador, ocasião em que ocupou a tribuna para homenageá-lo.  Naquele momento destacou que “briga não se herda” e fez um discurso que emocionou a bancada do PMDB, que se levantou para aplaudir a iniciativa.

Vale destacar que o jovem Amin tem sido visto no Parlamento em clima de sintonia fina com alguns rivais de sigla, entre eles Mauro de Nadal e os experientes Romildo Titon e Manoel Mota, deputados peemedebistas com mais mandatos na Assembleia.

Comentários (24)

  • Magno diz: 30 de junho de 2015

    Olha com todo respeito já que os políticos não tem com o povo: Não tem mais o que fazer não?

  • mario diz: 30 de junho de 2015

    O que o ex governador fez por floripa ? Não seria muito mais apropriado homenagear um ilhéu ? E que deixem para joinville as homenagens ao ex governador.

  • genivaldo diz: 30 de junho de 2015

    Tem razão o jovem político, briga realmente não se herda, mas o “dna” da fraqueza e da submissão sim. Talvez da família tanto apanhar do sr. luiz henrique, ficou o “gen” da submissão incultado no jovem. Assim, como os sequestrados e os torturados, acabam de alguma forma, criando algum tipo de relação doentia com seus agressores. Larga disso meu filho. Procure ajuda psiquiátrica.

  • Carlitos diz: 30 de junho de 2015

    Apresente proposta nas áreas de educação, transporte, segurança, etc…Dar nome pra elevado qualquer tonto com QI de ameba é capaz!

  • Luciano Machado diz: 30 de junho de 2015

    É uma boa proposta, Luiz Henrique dizia que escrevia o nome de seus inimigos na areia da praia. Parabéns ao João Amin por extinguir o rancor político.

  • verdadeiro diz: 30 de junho de 2015

    Vale lembrar que foi LHS que não deixou a via expressa sul completa, não finalizando sua ida até o Carianos e de lá ligar ao sul da ilha. Vale lembrar que foi LHS que afundou a educação, saúde e segurança desta estado..agora como brinde ainda querem dar o nome dele a uma obra publica ? Isso chama-se SACANAGEM com o povo, é humilhar demais os tão sofridos moradores do sul da ilha.

  • guto diz: 30 de junho de 2015

    Extraordinário!
    Conversando com o ¨Peninha¨ que como poucos vive bem de escrever livros, foram 15 em 10 anos.
    Fpolis está adormecida, não muda nada e nem as pessoas querem mudar.
    Usam calça Lee, tatuagem, brinco mas as atitudes são de aristocratas.

  • revoltado com todos partidos políticos diz diz: 30 de junho de 2015

    O João, pergunta para o papai quando ele vai banhar-se na prainha da beira mar, foi promessa, e outra o finado para reeleger-se, prometeu VLT partindo do continente, passando pela ponte Hercílio, mesmo sabendo que a velhinha estava condenada. Existe muitas pessoas sofrendo com aquela doença do alemão, por sorte, minha memória esta ótima, vai trabalhar por Santa Catarina. Abstenção esse é meu lema, não voto, não votarei, prefiro ficar enrolado no TRE pagar multas. Em tempo não sonos um Estado diferenciado? e a miséria? como pode, existe e fica escondida? eles os miseráveis não votam? não são pessoas? REFORMAS, isso nosso Brasil tem urgência, agora quem quer cortar mordomias?

  • Luciano diz: 30 de junho de 2015

    Que que é isso?!?!?!?!?
    Daqui a pouco ele tá pedindo votos pra candidatura do Dário Berger ao governo do estado!
    Depois que a gente não encontra uma oposição que realmente represente algo contra esse desgoverno, ainda tem quem reclame da quantidade de votos nulos. Eu também reclamo, mas quando não se encontra quem represente de alguma forma uma alternativa viável ao atual desgoverno do estado e sua possível continuidade não dá! O jeito é anular o voto ou abster-se.

  • Paul Nelles Junior diz: 30 de junho de 2015

    Enquanto pai não resolveu o problema das obras de contorno de Florianópolis, mas esta sempre na mídia. Enfim Amim filho vai fez algo para ser lembrado: Deu nome para elevado. A proposito quando vai começar a apresentar projetos de interessa da Capital de todos os Catarinense?

  • fernando diz: 30 de junho de 2015

    João Amim esta sendo um Demagogo, hipócrita, LHS, alem de governista medíocre, onde quem levava a melhor era seus cupinchas era inimigo declarado do Dão, não merece nome em elevado nenhum, vai fazer um elevado com o nome dele em Joinvilhe …

  • juca diz: 30 de junho de 2015

    De tanto apanhar, a família amin virou sadomasoquista, quer passar e lembrar do pau que levou do LHS pra sempre.

  • Conejo 10 diz: 30 de junho de 2015

    Que horror, dar o nome de um viaduto logo a Luiz Henrique que ODIAVA Floripa!

    O próprio jovem deputado não foi vítima, durante OITO ANOS, da bizarrice do ex-governador “Minha Querida Joinville” que se RECUSOU a duplicar aquele final da 401 de Jurerê até Ingleses, logo o Amin cuja casa de Praia fica na Ponta das Canas e teve, como todos nós, de amargar congestionamentos e mais congestionamentos durante 8 anos? Foi preciso vir o Homem de Lages para, em apenas 6 meses e 35 milhões de reais acabar com nosso sofrimento, duplicando aqueles 6 km faltantes?

    E esse menino ainda fala em homenagear o patrocinador das duas bolsas Vice-governador, onerando nosso povo com 25 mil reais mensais para cada um deles, para o resto de suas vidas e de seus dependentes?

    E a escuridão de Floripa, durante 4 dias, sem nenhuma punição a seu amigo da CELESC?

    Se o jovem Amin entende que LHS deva ser homenageado fora de Joinville, que proponha então seu nome para a BR101 no trecho catarinense, já que o homenageado atual – Mario Covas – não tem nada a ver com nosso Estado.

  • henrique diz: 30 de junho de 2015

    Essa iniciativa realmente mostra que o Deputador está disposto ao diálogo, não guardando mágoas passados, rancor. E que continue brigando pelas questões dos terrenos de marinha como tem feito!!!

  • Ivo diz: 30 de junho de 2015

    Amigo Cacau = não merecemos tanto!
    Abraços!

  • LMC diz: 30 de junho de 2015

    O Genivaldo acima,só pode ser algum cupincha ou puxa-saco do LHS,com
    certeza….Mas,se o PT paga pra gentalha criticar os adversários…Larga
    disso,caro Genivaldo.Procure ajuda psiquiátrica.

  • Flavio de Castro diz: 30 de junho de 2015

    O nobre deputado pode não ter herdado a briga, já a demagogia…..

  • jairdadinamarca diz: 30 de junho de 2015

    Infeliz do politico inocente que, sem saber, sofre da “Síndrome de Estocolmo”!
    Pois e agora?
    Sugestão de um nome significativo para os habitantes do Sul da Ilha?
    Elevado “Seo Déca”, Pequeno Príncipe, Zéca Pérri, Arantes, etc… e estamos conversados…se tu dix!
    Quem conheceu sabe de quem estou falando.

    LHS nem pensar…eu hein?
    Fala sério Mané, vai pegar onda em outra praia, se é que me entendes…

  • renato al diz: 30 de junho de 2015

    Elevado? NOME? … (DE – MOROU) kkkk

  • verdadeiro diz: 1 de julho de 2015

    Sugiro o nome do seu “chico” ao elevado, numa homenagem a quem realmente tem ligação com o sul da ilha…

  • Telmo diz: 1 de julho de 2015

    Seu Chico? aquele que construiu um barraco em cima da duna? é uma boa!

  • guto diz: 1 de julho de 2015

    O elevado nem saiu ainda e já tem gente brigando.
    Tem de brigar é na hora de votar nesses zé manés, Cezinha, João, Paulinho.

  • Roger diz: 1 de julho de 2015

    Aos mal informados eu comunico que o deputado em seus seis meses de mandato apresentou vários projetos, realizou audiências públicas sobre variados temas, cobrou ações e fiscalizou a administração estadual. Basta uma passada no site da Alesc e a ignorância vira passado. Sobre o ódio gratuito destilado, a crítica desproporcional, a voracidade de desafetos… tudo isso a psicologia explica. Basta um olhar ao redor da sala pra perceber que somos feitos de emoções, alguns pro bem, outros nem tanto. Mas o Luis XV foi dose pra leão, ai me arrombas!

  • Paquistanes diz: 2 de julho de 2015

    Tá faltando, além de vergonha na cara, é de oposição mesmo. O desgoverno geral não tem a mínima oposição. PMDB com PP, PSD e PSDB no meio e o PT quietinho. Já não temos imprensa de verdade. O desgovernador dando “show”, o vice com os bens bloqueados. É pracaba.

Envie seu Comentário