Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Parque

31 de julho de 2015 9

A gente chega no parque do Rio Vermelho  para fazer a trilha no horário marcado, 10 horas. Sem guia ninguém pode caminhar. Mas, os guias chegam no ônibus depois das 10. OK, são só alguns minutos. Ai, tem uma turma de escola na frente, agendada. Nenhum aviso, nada. Apenas um guia que diz às demais crianças na fila”vocês não podem ir agora”. Frustração geral.
Alguém pergunta quando sai o próximo, mas ninguém diz nada. Pode ser 10h30, ou 10h40…Nenhuma placa, nenhum atendente com um sorriso.
Os passeios que deveriam ser um prazer se tornam uma espera indefinida.
E mais: os passeios seriam só das 10 às 17, pra ser de acordo com o contrato dos guias…é o rabo que balança o cachorro.
Isto significa que nada de ver pássaros e macacos quando nasce o sol, só quando os guias chegam.
Oferecer um parque com tantas restrições é palhaçada.
Recomendo: NÃO visitem a trilha, exceto quando for dia de propaganda oficial.
Assinado; “movimento parque para todos..”.

Comentários (9)

  • Conejo 10 diz: 31 de julho de 2015

    É nisso que dá o emprego publico.
    E ainda querem obrigar os ônibus de turismo a contratar obrigatoriamente esse pessoal.
    Continue denunciando, Velho Guerreiro, e deixe o PT um pouco de lado.
    Para Hitler, os judeus eram os responsáveis por toda desgraça alemã.
    Para a Direita Raivosa, o PT é o responsável por todas as crises do mundo.
    Vacine-se desse pecado amigo Ratinho.

  • Meritocrático diz: 31 de julho de 2015

    Aquela área daria um belo resort!
    Um não alguns, como o costão do santinho, atraindo quem tem grana!

  • Benedito diz: 31 de julho de 2015

    O coelho quer defender o PT criticando o “emprego público”?? kkkk altamente contraditório…de 2000 pra cá nunca ví um petista que não estivesse vivendo de algum emprego público ou de alguma bolsa…

  • Pensando nos animais diz: 31 de julho de 2015

    Todo lugar tem um horário de funcionamento, pq lá não pode ter? Já que depende de pessoas para atender os visitantes, precisa ter horário de entrada e de saída, em zoológico você só entra quando abre, lá também.
    Quer ver animais quando nasce o sol, vai pro meio do mato, se ainda tiver um pouco de mato pra você fazer isso, já que existe pessoas como o amigo ai de cima que adoraria fazer resorts para atrair quem tem grama e desmatar tudo. Talvez seja por isso que existe o parque, de graça, para atender todas as pessoas, assim pelo menos algumas entendem o pq é tão importante preservar. Ah claro, esqueci, aquele parque não é um lugar de lazer para ficar vendo os bichinhos, isso se faz em um zoológico, aquele parque é um lugar de aprendizado, conscientização. Quem fez a trilha, sabe bem do que eu estou falando, você talvez seja um daqueles visitantes que vai lá só para ver os bichinhos e nem presta atenção no que os guias estão explicando. Você sabia que lá funciona um centro de reabilitação, onde são tratados animais silvestres, e alguns que não podem mais ser soltos vão para a trilha, para que exista educação ambiental.
    A prioridade deveria sim ser as escolas, já que eles são o futuro, pq o presente, se pensar igual aos comentários aqui de cima, ta perdido mesmo.
    Duvido muito quanto ao sorriso dos guias, quando fui, fui muito bem informada do funcionamento, e todos muito bem educados e com sorriso no rosto.
    Aprenda um pouco mais sobre os lugares antes de ficar reclamando.

  • Rafael Swant diz: 31 de julho de 2015

    Quando visitei o parque fui bem tratado e informado, no dia que fui tinha uma escola agendada esperei meia hora somente pois me falaram que a escola tinha prioridade, e na verdade a visitação do parque é somente a trilha, e como a educadora ambiental/guia tinha explicado, o foco dessa trilha é a educação ambiental, eu e minha família fomos bem atendidos e aprendemos mt é um lugar lindo e gratuito as pessoas devem conhecer sim! Acho q sobre os horários a organização tem que ter em todo lugar sendo público ou privado, então todos lá estão mais do que certos já que se liberar a trilha para visitação sem o educador ambiental com certeza vai virar bagunça.

  • KKFurttado A Bruxinha diz: 1 de agosto de 2015

    Nossa!!! Que Stress…

    Olha…“movimento parque para todos..” faz assim:
    Primeiro faz um B.O do ocorrido..
    E depois Move uma ação contra ao parque.
    Pois só assim, vai valer Seu Direito de Cidadão.

    Não se deixei levar… por algumas pessoas, que vão lhe dizer que esta
    atitude não vai dar em nada, Ok
    Pode demorar um pouquinho… mas que da certo, isto dá..

    Coragem… e avante…

  • cuidado com os animais diz: 1 de agosto de 2015

    Não entendi a indignação do Parque do Rio Vermelho ter horários, todos os parques públicos ou privados tem horários de abertura e fechamento. E, tem que ter guias sim, pois lá não é um zoológico e sim um local de tratamento e reabilitação de animais silvestres e os que não podem mais ser soltos na natureza, ficam na trilha para educação ambiental, conscientização de pessoas como os que comentaram acima que o espaço poderia virar resort para explorar gente com grana.Pessoas que fazem esse tipo de comentário realmente não precisam de guias, eles não prestam atenção no que os guias falam. Os guias são muito educados e preparados, para os desinformados eles tem graduação em biologia. Fomos muito bem informados e atendidos por eles, talvez porque tenhamos educação e não achamos que o mundo gira em nossa volta, esperamos com muito prazer 5 minutos para terminar a visitação de uma escola, pois afinal eles são o futuro, devido aos guias eles não terão uma visão de mundo como os amigos acima. Em qualquer lugar do mundo o Parque do Rio Vermelho seria um orgulho para os moradores do lugar, um parque onde os funcionários tratam os animais com todo o respeito e amor e tentam passar isso as crianças e, ainda para completar a trilha é gratuita. Mas, esse é nosso Brasil, mais vale desmatar para construir um resort do que aprender a respeitar as pessoas e os animais.

  • Pepa Costa diz: 3 de agosto de 2015

    O rio é vermelho, boa propaganda, tem tucano? Estou curioso para conhecer o parque, sem dúvida é um bom programa, quanto a guias gosto da frase: – O cara estava mais animado do que guia turístico.

    Parabéns pela ideia de preservação, sou um “catarina” morando no Rio existem por aqui ótimos parques como o de Itatiaia, gosto muito do Parque Lage no Rio, colado no Jardim Botânico, tem uma história linda, procure no Google a quinta da Boa vista é inigualável, mas quando vou a Angra, Bracuí as vezes fico triste, me deparo com caçadores, são poucos mas acredito o suficiente para dizimar quase toda a fauna, eles cevam e depois vão para matar os bichinhos, pegam pequenas embarcações e vão para ilhas desertas também, e aí, vai falar para não fazerem isto, os artistas estão armados, não se vê um animal nestas matas, só em reservas.

  • Marcelo diz: 3 de agosto de 2015

    É só mudar o parque pra Curitiba, Baln. Camboriu, Foz do Iguaçu… lá dá gosto apreciar a natureza com muita organização. Floripa ainda é um atraso em muitas coisas.

Envie seu Comentário