Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Bondade existe

15 de abril de 2014 0

Quem presenciou a cena ficou emocionado. Na manhã de segunda-feira, por volta das 8 horas, na esquina da Felipe Schmidt com a Deodoro, uma criança chorava no colo da mãe indígena. Um jovem de 15 anos parou e perguntou:
- Por que está chorando?
A mãe respondeu:
- Está com frio.
Prontamente, o jovem retirou uma camiseta da mochila deu para a mãe e seguiu caminho.

Juiza Porreta

15 de abril de 2014 1

Cacau!

Socializo ao BLOG parte do Grito da Juíza: Bolsa Família ou Voto de Cabrest

—————————————————————————————————————————-

É a minha opinião senhores.

Respeitem-na. Discordem dela, mas a respeitem. E não sejam tão simplistas assim. As coisas não são simples e não podem ser “explicadas” dessa forma populista e demagógica como tem sido a prática dos governos na última década, principalmente por quem não me conhece.

O homem precisa ser dignificado e não escravizado ou comprado por aparentes favores de seus governantes. As pessoas continuam sofrendo com a seca… Absolutamente TODAS AS PESSOAS, TODOS OS ANOS, HÁ DÉCADAS. E o que foi feito da política de irrigação, da política que permaneça que se perpetue e que de fato transforme a vida do sertanejo do nordeste, onde – todo mundo sabe, menos o governo – a água está no subsolo e não na superfície?

É contra isso que sou. Sou nordestina com muito orgulho e me sinto humilhada com notícias tais como as divulgadas no Jornal Nacional mostrando pessoas “famintas” na porta do Banco para receberem suas migalhas governamentais.

Não precisamos disso. Somos inteligentes e capazes. Temos força e vontade de trabalhar. Só precisamos de oportunidades e onde elas estão? Onde está a água das chuvas do ano passado?

Bem. Não sei se melhorei muito a situação. Mas, se piorei, não foi essa a minha intenção. Precisava apenas explicar os meus motivos.

Aos que me criticaram com decência, fico com as críticas para refletir sobre elas na construção de minhas opiniões futuras.

         Aos que apenas me agrediram gratuitamente, fico com a dor que me causaram e com o consolo de que o tempo cura quase tudo. Aos que perderam alguns minutos de suas vidas para lerem essa minha resposta, agradeço a atenção.

A todos, reafirmo: esta é a minha opinião. Não a de uma Juíza, mas a de uma mulher que quer muito mais do que ESMOLAS para o cidadão brasileiro e, principalmente, para os jovens adolescentes.

Que Deus esteja conosco!

Cajazeiras – PB, 26 de maio de 2013.

Adriana Lins de Oliveira Bezerra

Juíza de Direito, Eleitora, e Cidadã

——————————————————————————————-

Em Tempo:

Cacau, é bem isso que me oponho.

O ‘bolsa-família não dignifica. Escraviza. Vicia no ócio.

Até o apedeuta do “Orlando” tá dizendo: Eta, Juíza porreta!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

Paulinho do Bé

 

Indicação

15 de abril de 2014 1
Falta agora rolar pela internet uma campanha de apoio à indicação da ´grande pensadora contemporânea´, Valesca Popozuda, para a Academia Brasileira de Letras.

Sexo aberto

15 de abril de 2014 1
 
   Mais uma moda na Internet: a publicação, principalmente no Instagram, de selfies feitos depois de relações sexuais. Com a legenda #aftersex, quase 10 mil imagens já caíram na rede.
Em entrevista à Agência Estado, a psicóloga Luciana Ruffo, do Núcleo de Pesquisas da Psicologia em Informática da PUC-SP, disse que “o fenômeno é uma questão de geração”. 
 

É mole?

15 de abril de 2014 1

O sindicato dos trabalhadores da prefeitura de Florianópolis apresentou sua pauta de reivindicações para data-base 2014. Entre as 59 cláusulas, destaque para pedido de reposição de 257% em perdas salariais e a criação do novo Plano de Cargos. Apenas esses dois itens representam desembolso de R$ 50 milhões. Como a prefeitura está no vermelho, há quem considere as propostas do sindicato apenas pretexto para inciar uma greve em ano eleitoral. Uma assembleia foi marcada para o dia 29.

Trânsito louco

15 de abril de 2014 1

Faixa divisória de pista pintada em zigue-zague na avenida Francisco Ranieri, zona norte de São Paulo. Depois dizem que os loucos são os motoristas. Poderiam fazer o mesmo na ponte Pedro Ivo Campos. Não faria diferença nenhuma do fluxo aTrânsito_loucotual de veículos. 

Criadores de engarrafamentos

15 de abril de 2014 14

Florianópolis, via Expressa, por volta das 19h30 do último domingo. Um carro bate na traseira de outro, sem grandes consequências. Mas ambos preferem esperar na pista por uma perícia policial. A partir daí, forma-se um engarrafamento quilométrico na saída de Florianópolis em direção a BR-101.

Ora, está mais do que na hora (para rimar!) das autoridades tomarem providências e os motoristas se convencerem que não tem sentido interromper uma via de grande fluxo de veículo por causa de prejuízos de pouco valor e que, quase sempre, um ou os dois motoristas possuem seguro. Só tem sentido permanecer na pista em caso de acidente com vítima, que precisa ser resgatada por ambulância. Até porque não é a polícia que vai dizer quem tem razão e, nos casos de batida traseira, é quase 100% certo que o culpado é quem bateu, pois deveria manter a distância suficiente para poder frear com segurança.

Portanto, motoristas, parem de atravancar o trânsito em casos de pequenos acidentes, pois a situação de mobilidade já está pra lá de complicada.

Dez motivos para visitar Balneário Camboriú

15 de abril de 2014 9

 

   O jornalista Ricardo Freire, em artigo publicado hoje pelo jornal O Estado de São Paulo, cita dez motivos para visitar Balneário Camboriú, em Santa Catarina: 

 

1 – É a melhor base para o Beto Carrero World; 

 

2 – É mais amigável para o turista do que Florianópolis; 

 

3 – Tem beach lounges sofisticados; 

 

4 – Tem praias selvagens nos arredores. Neste item, Ricardo Freire cita uma desvantagem: a praia central tem sombras já no meio da tarde projetadas por arranha-céus; 

 

5 – A praia dos nudistas está menos xiita; 

 

6 – A localização é ótima para passear; 

 

7 – Tem balada o ano inteiro; 

 

8 – Tem aeroporto pertinho (Navegantes); 

 

9 – Não é um destino caro; 

 

10 – Dá praia no outono. 

 

   Não fosse o fato de ter desdenhado de Floripa, até que o jornalista tem razão. 

Dr. De Vicenzi

15 de abril de 2014 0

 

           Caríssimo e estimado amigo Cacau,

           Peço-lhe licença, para atarvés do seu prestigioso Blog, homenagear o nosso ilustre amigo e grande médico catarinense DR. LUIZ FERNANDO DE VICENZI, que na data de ontem,  14 de abril de 2014, completa setenta anos de uma existência digna e exemplar.

            Tenho a honra e o privilégio de privar da amizade do Dr. De Vicenzi e de sua amorosa Família. Convivendo com homens da estatura moral, ética, solidária e humananística do Dr. Luiz Fernando de Vicenzi, compreendi que  viver é um ato de bravura e que devemos palmilhar e seguir pelas nossas estradas, mesmo que os obstáculos se mostrem intransponíveis: ser livre é poder e ter coragem de escolher aquilo a que vamos nos prender.

 

           O Dr. Luiz Fernando ao lado de sua amada Dona Lúcia , de seus filhos  e netos, nos ensina que é imperioso que façamos o que envolve e motiva nosso ser e nossa existência , deixando os nossos corações abastecidos -, e não o que está na onda, na moda e que é passageiro.

 

           Meu querido amigo Cacau, No filme dos irmãos Wachowski, quando Neo se dá conta que sua missâo é decodificar o controle de Matrix, Morpheu o convida para uma escolha forçada: sair ou não do mundo virtual e encarar o real .Se escolher a pílula azul, Neo  não por acaso anagrama de (” one” ) permance na ficção sonhadora de um mundo sistemático e coerente. Caso tome a pílula vermelha, conhecerá o mundo além do sonho, sem possibilidades de retorno. Precisa fazer a escolha mais difícil de sua vida: permanecer um personagem de ficção ou assumir os risco e as incertezas de seu destino humano.

 

          O nosso querido aniversariante, como o Santo e saudoso Papa João Paulo II, nos ensina: “Non abbiate paura!”

 

          Ao Dr. Luiz Fernando de Vicenzi, muitos anos de vida, súde e paz.

 

          Receba o meu abraço renovador e maranhense.

 

           Georgino Melo e Silva

Conversa com o Avaí

14 de abril de 2014 7
    Soou meio estranho o fato de o presidente do Figueirense, Wilfredo Brillinguer, ter mantido reunião com o presidente do Avaí,Milton Macedo, hoje a  tarde. Por que um encontro com o dirigente do arquirrival logo no dia seguinte à conquista do título de campeão estadual? Duas possibilidades são levantadas por avaianos e alvinegros: 1) o Figueira tem em mente emprestar um ou dois jogadores do Avaí; 2) o Figueira tem em mente emprestar dinheiro para o Avaí. Na entrevista que concedeu ao colunista hoje no Jornal do Almoço, na RBS TV, Wilfredo, que levou os três filhos com a camisa do Figueira e o troféu conquistado  ontem,  admitiu apenas uma “troca de ações” entre os dois times da Capital. Troca de ações? Mistério.