Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Copa do Mundo"

Avaí e Figueirense juntos

28 de julho de 2010 5
Figueirense e Avaí terão um patrocinador em comum. Nesta quarta-feira foi aprovado o apoio oficial da Eletrosul, que valerá já a partir de agosto. O objetivo é fortalecer os clubes para que Florianópolis seja uma das cidades bases da Copa de 2014. A ideia da união dos clubes foi da senadora Ideli Salvatti, antes de se licenciar para concorrer ao governo. Ela conversou pessoalmente com as diretorias. “A disputa é dentro de campo. Fora, é preciso juntar forças a favor de Santa Catarina”, argumentou, usando como exemplo a dupla Grêmio e Inter, que há anos têm o patrocínio do Banrisul. A Eletrosul comporá o uniforme ao lado dos atuais patrocinadores dos times.

Fórmula 1: sem surpresas

27 de julho de 2010 3

Em 12 de julho último, Cacau publicou a seguinte nota, sob o título Castigo:

“Não tem pior jogo na Copa do Mundo do que aquele de sábado, véspera da decisão, que aponta o terceiro lugar. E que, quando termina, ninguém comemora porque não vale nada. É o jogo dos perdedores. Menos mau que Dunga e seus “craques” nos pouparam desse vexame. Mais brochante do que o tal jogo da véspera da final é a assistir à participação dos brasileiros no atual campeonato mundial de Fórmula 1.”

Alegria

13 de julho de 2010 9
Ex governador Luiz Henrique da Silveira recebe uma camisa personalizada da Espanha, seleção campeã da Copa do Mundo 2010.
Como candidato ao Senado, LHS espera a maior votação da história catarinense. Foi por isso que forçou a renúncia de Eduardo Pinho Moreira, fazendo o PMDB perder a cabeça de chapa. O ex-governador sentiu que sozinhos — ele e Pinho — poderia haver surpresas. E não se furtou em também trocar o certo pelo duvidoso. Homem tolo, ele!

Páreo duro

13 de julho de 2010 5

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, volta da Copa com novidades inquietantes no seu grande objetivo de presidir a Fifa depois da Copa de 2014. Lá na África, a rádio-corredor informou que Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, almeja o posto que é de Josef Blatter. Mong-Koo Chung, vice-presidente da Fifa e presidente da Hyundai, também é candidato, assim como o ex-craque francês Michel Platini. Esses por enquanto.

Definitivo

11 de julho de 2010 3

Agora é definitivo: a Seleção Brasileira foi eliminada da Copa pela vice-campeã…

Castigo

11 de julho de 2010 0

Não tem pior jogo na Copa do Mundo do que aquele de ontem, véspera da decisão, que aponta o terceiro lugar. E que quando termina ninguém comemora. É o jogo que não vale nada. É o jogo dos perdedores. Menos mal que Dunga e seus “craques” nos pouparam desse vexame. Ou ganha-se a Copa ou vai-se para casa mais cedo. Ficar para disputar o terceiro lugar é dose. Ou melhor, é um castigo para quem não soube ganhá-la.

Defesa do Dunga

09 de julho de 2010 7

Antes de tudo e mais nada, não interessa se o cara é gaúcho ou não — importante pra mim são os fatos. Assim ó: Dunga não é, nem nunca foi, uma sumidade em futebol. Foi levado à Seleção pra moralizar o ambiente. E disso ele entende, e ninguém discorda. Sem querer defendê-lo como técnico, até porque não é este o objetivo no momento, Cacau, nossa safra de craques é das piores da história. Concordas? Mas a idéia era moralizar — acabar com a (farra dos bois, ou das piranhas) dentro da concentração. Falo de determinados coleguinhas, lobistas travestidos de repórteres, e, principalmente de empresários de jogadores. Nisso ninguém tocou até agora, meu amigo. Aquela invasão de oportunistas tão nefasta numa hora destas. Tenho certeza que o Paulo Tonieto, profissional consciente no ramo, haverá de concordar. Assim como alguém deveria dar um basta na frescura da Globo de se “adonar” da Seleção, valendo-se da figura ridícula da F. Bernardes fazendo entrevistinhas com figuras carimbadas. Talvez aí resida o grande mérito do Dunga. Só que isso poucos vêem — e raros conseguem falar. Se para 2014 conseguirmos uma safra qualificada de jovens jogadores — e o ambiente moralizado for mantido, talvez consigamos fazer o dever de casa, como se diz atualmente. Se será campeã, ou não, isso eu não sei. Só sei que a Espanha é o Brasil de 70. Que futebol lindo — bem jogado. Dá gosto de ver.

Analise comigo, Cacau. Tchau.

José Domingos Susin,

Caxias do Sul

Lula e a Copa do Mundo

08 de julho de 2010 2

No dia 6 de junho, Lula ironizou o favoritismo da Espanha na Copa do Mundo: “A Espanha? Uma coisa é disputar o campeonato europeu, outra é a Copa do Mundo”.

Até agora, o vencedor é José Luis Zapatero!

A presença de Lula, na partida final, poderá não ser bem recebida pelos torcedores espanhóis.

Nem a taça escapa

08 de julho de 2010 0

Tudo virou negócio. O business invadiu cada pedaço do espetáculo do futebol, da bola às chuteiras, das camisas aos espaços das entrevistas. Às vezes, chega ao exagero, como na mais recente parceria entre a Fifa e a Louis Vuitton. A famosa grife assina a embalagem exclusiva que levará a taça da Copa até o palco para que o capitão da seleção vencedora a receba.

Depois da Copa

07 de julho de 2010 8

Cinco dos seis novos estádios sul-africanos ficam em cidades que não têm times de futebol, nem de rugby. E o custo para construí-los foi 10 vezes maior do que o previsto. A África do Sul, país de leões, tigres e zebras, parece que vai incorporar também alguns elefantes brancos à sua diversificada fauna.