Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Tecnologia construtiva sustentável

14 de março de 2012 1

Crédito: Tecverde Engenharia, divulgação

Aliar sustentabilidade com um melhor isolamento térmico e acústico, o que resulta em uma economia de 50% nos gastos com energia elétrica e 80% menos emissão de gás carbônico durante a construção. Essa é a proposta da tecnologia Wood Frame, que utiliza estruturas em madeira pinus reflorestado com resistência reforçada por chapas OSB (painel de tiras de madeira orientadas), gesso acartonado, placas cimentícias que repelem a umidade e lã de vidro para projetos residenciais. A novidade está sendo apresentada em Caxias do Sul pela Domus Studio Arquitetura, que foi buscar em uma parceria com a Tecverde, de Curitiba (PR), uma solução para um dos maiores problemas ambientais da construção civil: a geração de resíduos.

Trazido da Alemanha, o sistema se baseia na produção de toda a estrutura em fábrica, o que reduz os resíduos em 90% em relação às construções em alvenaria. Com valores equivalentes aos das moradias convencionais que possuem o mesmo padrão de acabamento, a proposta presente na maioria das casas canadenses, de acordo com as empreendedoras Simone Fraga e Deise de Conto, reduz ainda custos com transporte de materiais para a obra, já que as paredes já vem equipadas inclusive com os dutos para instalações elétricas e hidráulicas. Por ser mais leve, a construção impacta menos o solo e ainda é sinônimo de menos gastos com fundações.

— É uma resposta para a nossa busca por materiais sustentáveis sem perda de desempenho e qualidade nas obras —destaca Simone.

O modelo garante resultados estéticos idênticos aos de obras convencionais e pode ser personalizado para os clientes mais exigentes com a possibilidade de aplicar diferentes revestimentos, como pastilhas de cerâmica e pedra. O tempo de execução é até cinco vezes inferior, em torno de 90 dias.

Comentários (1)

  • J.Cataclism diz: 14 de março de 2012

    Show!
    OSB é tudo de bom!
    Finalmente na região, pois até agora só se encontrava para carpintaria.

Envie seu Comentário