Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Marcopolo lança cinco modelos de ônibus

06 de julho de 2015 0

Vender menos não significa descuidar de novidades. Pelo contrário: para surpreender o mercado, a Marcopolo lança nesta terça-feira de manhã, em sua unidade de Ana Rech, em Caxias do Sul, cinco novos modelos de ônibus.

A intenção é aproveitar o momento de fraca demanda para exibir veículos mais modernos, seguros e confortáveis e, assim, estimular os clientes a renovarem suas frotas, em busca de maior eficiência e produtividade.

Não é a primeira vez que a empresa, na contramão das tendências de mercado, investe e lança novos ônibus. Em 2009, durante a crise econômica mundial, a Marcopolo lançou a Geração 7 de rodoviários, que se transformou em grande sucesso de vendas no Brasil e amplamente exportado.

Serão cinco novos modelos apresentados: o novo rodoviário Paradiso 1350, que complementa a Geração 7; o intermunicipal Ideale, e os urbanos Novo Torino Express (articulado), Novo Torino Low Entry (piso baixo) e Novo Torino com motor traseiro.

Essa é a postura de companhias vencedoras, que driblam há várias décadas as crises e perpetuam suas marcas e produtos.

Lupa Amarela é a campanha do Prataviera

06 de julho de 2015 0

Estamos em pleno inverno, mas as vendas não decolam. As lojas, então, lançam chamarizes. É o caso do Prataviera Shopping, de Caxias, que promove desta segunda a sábado a campanha Lupa Amarela, com descontos de até 60%.

As lojas participantes apresentarão lupas amarelas adesivadas nas vitrines para sinalizar as melhores ofertas. As promoções abrangem roupas, calçados, acessórios, livros e demais itens do mix do shopping.

Diariamente, serão divulgados em redes sociais detalhes sobre a campanha.

Cervejaria investe R$ 4 milhões

06 de julho de 2015 0
Geremias Orlandi, divulgação

Geremias Orlandi, divulgação

Crise não é a pauta da hora para todas as empresas. Para algumas, o momento é de reforçar o polo industrial de Caxias do Sul.
E, melhor, diversificando a matriz produtiva. Um exemplo efervescente vem da Cervejaria Petronius, que investiu R$ 4 milhões na implantação de seu parque fabril. O empreendimento, erguido na localidade de São Valentim da Segunda Légua, já está em pleno vapor.

A construção teve início no primeiro semestre de 2014 e foi concluída em tempo recorde, em menos de um ano. A capacidade de produção é de 100 mil litros de cerveja e 20 mil litros de destilado por mês.Com a implantação de uma fábrica própria, totalmente sustentável, o diretor Emílio Kunz Neto almeja garantir a qualidade das bebidas artesanais, além de bebericar o potencial do mercado cervejeiro.

Os equipamentos foram projetados “para que tudo seja feito sob medida para permitir a qualidade da produção de nossas cervejas e destilados, que trazem receitas próprias, vindas de nossos antepassados”, garante o executivo.Hoje, a Petronius está presente nas cidades de Porto Alegre, Caxias do Sul, Gramado, Santa Maria, Passo Fundo, Flores da Cunha e Santa Cruz do Sul.

– Estamos trabalhando novas parcerias para atender todas as regiões do país e mercados estratégicos no Exterior – prevê Kunz.

Almoço a partir de R$ 12,90

05 de julho de 2015 0

Os shoppings de Caxias do Sul têm batalhado para ampliar o movimento durante o almoço, já que o momento tem sido de retenção de custos nas famílias.

Além do estacionamento gratuito das 12h às 14h, os seis restaurantes e as 11 operações de alimentação do Iguatemi selecionaram pratos com valores a partir de R$ 12,90.

Advogado caxiense leciona na Argentina

04 de julho de 2015 0

O advogado caxiense José Eduardo Schuh lecionará, dia 7 de julho, no curso de Especialização em Magistratura da Escuela del Servicio de Justicia, na Argentina, uma pós-graduação em Direito, dirigida à formação de juízes.

A aula, ministrada por Schuh, abordará o tema “Casuística no Brasil – Democracias Constitucionais Contemporâneas”. Em sua fala, o advogado analisará cinco julgados do Supremo Tribunal Federal brasileiro acerca da matéria tributária e concorrencial. O curso é homologado pelo Ministerio de Justicia y Derechos Humanos de la Nación Argentina.

José Eduardo Schuh é docente e doutorando na Facultad de Derecho na Universidade de Buenos Aires (FDUBA), e é atuante na Schuh Advocacia Empresarial. Em sua formação, Schuh conta com uma pós-graduação em Direito Tributário e em Planejamento Tributário e em Planejamento Tributário Societário. O advogado também é autor de inúmeros artigos, publicados em revistas científicas nacionais e internacionais, além de ser coautor de diversos livros.

Havan a caminho da Serra

04 de julho de 2015 0

Canela ganhará uma loja da Havan, uma das maiores redes de departamentos do país, sediada em Santa Catarina.
A operação terá cerca de 15 mil metros quadrados de área construída e oferecerá 200 empregos.

A média de faturamento das lojas da marca no Brasil gira entre R$ 5 milhões e R$ 12 milhões por mês. O projeto foi apresentado pelos diretores da Havan para os vereadores de Canela.

 

Cooperativa investe em nova planta

03 de julho de 2015 0

A Cooperativa Santa Clara, com matriz em Carlos Barbosa, terá financiamento do BRDE para investir na construção de sua nova indústria de laticínios em Casca.

O contrato foi assinado nesta semana pelo presidente da empresa, Rogério Bruno Sauthier, o governador José Ivo Sartori e o vice-presidente do BRDE, Odacir Klein.

Na nova indústria sairão 400 mil litros/dia de produtos lácteos e derivados de leite, com financiamento de R$ 70 milhões do BRDE.
Serão gerados 166 empregos diretos.

Empresa doa casacos para crianças

03 de julho de 2015 0
Jóice Zulian, divulgação

Jóice Zulian, divulgação

A Personalità tece solidariedade para aquecer o inverno das crianças entre dois e 10 anos atendidas pela Pastoral do Pão. A grife caxiense começou a doação de cerca de 350 casacos de lã fabricados com exclusividade para os pequenos, além de cobertas de lã para berços e camas de solteiro.

Esse é o sexto ano consecutivo em que a empresa promove a ação. Desde o início do projeto, em 2009, 2,1 mil peças foram entregues. Os modelos, fabricados com retalhos de lã e tecidos da produção, contam com acabamento impecável e material de qualidade.

– O sorriso dessas crianças é recompensador – resume o diretor Ivanês Spiller.

Dissídio sem consenso

03 de julho de 2015 0

Foi realizada nesta semana uma reunião de mediação do Ministério do Trabalho e Emprego entre o Sindilojas e o Sindicato dos Empregados no Comércio de Caxias do Sul envolvendo o dissídio da categoria.

Não houve acordo, mas evoluiu o diálogo abrangendo a manutenção dos empregos e a sustentabilidade das lojas. Os comerciários reivindicam a reposição da inflação pelo INPC (8,76%) mais 2% de ganho real, além de cláusulas sociais.

Uma nova reunião será marcada entre os sindicatos para dar continuidade às negociações.

Reflexo da crise no comércio

03 de julho de 2015 0

Cenário econômico difícil e crise de confiança do consumidor chegam ao comércio. Com aumento da inflação, taxa de desemprego e restrição de crédito, parte das redes do setor de vestuário está revendo seus planos de expansão para o ano e outras buscam diferentes estratégias para aumentar as vendas. Flávio Rocha, presidente da Riachuelo, presente também em Caxias do Sul, declarou que poderá rever o número de abertura de lojas, que seria de 40 unidades neste ano.

– Começamos 2015 com 40 propostas, mas vamos rever e pode ficar um pouco abaixo de 30. O nosso investimento, porém, será mantido em torno de R$ 550 milhões, considerado o valor recorde do grupo – afirmou.

Parte desses investimentos será destinada a novos equipamentos para o centro de distribuição do grupo em Guarulhos (SP), que também está em processo de ampliação. Na Cia. Hering, os estoques acumulam 130 dias nas franquias, quando a média no varejo é de 80 dias. Já a escolha de coleção é a prioridade número 1 da Renner, a líder do setor.

– Uma boa coleção é a nossa principal estratégia – sintetizou o presidente, o caxiense José Galló.
Em Caxias, o comércio registra 20% de queda nos negócios no acumulado do ano. É claro que nem todos os lojistas estão com dificuldades. Há os que estão driblando a crise e até crescendo nela.