Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Caxias ganha Salão do Imóvel

20 de outubro de 2014 0

Caxias do Sul ganha mais uma vitrine para a apresentação de moradias e salas comerciais. A primeira edição do Salão do Imóvel Assimob, agendado para o período de 22 a 25 de outubro de 2015, ocupará o Centro de Eventos dos pavilhões da Festa da Uva.

Já em fase de planejamento, o evento oferecerá empreendimentos para venda ou locação a variados públicos e faixas de renda, comercializados ou agenciados pelas empresas ligadas à Associação das Imobiliárias de Caxias do Sul (Assimob).

A programação prevê ainda palestras, workshops, apresentações musicais e teatrais. Haverá espaço de recreação para crianças e praça de alimentação.
Com isso, a Assimob busca se consolidar como o órgão representativo das melhores e mais tradicionais imobiliárias da cidade.

– Acreditamos que o evento, que deve ser anual, ocorrendo sempre no segundo semestre, não só fortalecerá a Assimob e suas empresas associadas, mas também será uma referência para o público que deseja adquirir imóveis para residência, negócio ou investimento, aproveitando oportunidades exclusivas e condições diferenciadas – destaca o presidente da entidade, Fernando Gonçalves dos Reis.

A Midas Projetos Comerciais e Patrocínios será a empresa responsável pela gestão comercial e estruturação do 1º Salão do Imóvel Assimob.

Marcopolo exporta para Angola

19 de outubro de 2014 0

Maior operadora de transporte de Angola, a Macon reforça sua frota com a aquisição de cinco ônibus Marcopolo modelo Paradiso 1800 Double Decker (dois pisos).

Os veículos, destinados às linhas rodoviárias do país, serão entregues durante a Feira Internacional dos Transportes e Logística 2014 (Expotrans), de 20 a 23 de novembro, em Luanda.

É a primeira venda desse modelo para uma empresa de Angola.

Nota máxima

18 de outubro de 2014 0

A ZNA – Zulmar Neves Advocacia festeja a conquista da nota máxima no guia Chambers Latin America 2015, renomada publicação do meio jurídico que lista os melhores profissionais e escritórios de advocacia do continente latino-americano.

Sócio-fundador do escritório, com sedes em Caxias do Sul e Porto Alegre, Zulmar Neves também figura com a melhor nota nos rankings de Direito Tributário e Corporativo/Comercial.

Missão à Alemanha

17 de outubro de 2014 0

Um grupo de 17 empresários e executivos do setor metalmecânico de Caxias e região parte neste sábado rumo a Hannover, na Alemanha, onde visita a Feira Euroblech.

O grupo integra a missão técnico-comercial do Simecs e conta com a participação do prefeito Alceu Barbosa Velho e do vereador Flávio Cassina.
Será a chance de os industriais e políticos conhecerem a cadeia de tecnologia de chapas metálicas e fazerem visitas técnicas em empresas, institutos e universidades.

Na edição anterior, em 2012, a feira contou com mais de 1,5 mil expositores de 39 países.

Inglês para negócios

17 de outubro de 2014 0

Preparar o aluno para entrevistas de emprego em multinacionais, negócios no Exterior e reuniões com clientes estrangeiros é o objetivo da ON Idiomas, instalada em Caxias na Rua João Antônio Boff, 273, 2º piso, no bairro São Leopoldo. Está sob o comando das sócias Meline e Neide Fabian.

Especializada em inglês e espanhol para negócios, a escola é licenciada da rede Excellent Global. São 200 unidades no Brasil, sendo a matriz em Ponta Grossa (PR).

Agência de viagem online

17 de outubro de 2014 0

A tendência de negócios online anda em alta velocidade. O mercado turístico ganha nova opção 100% virtual: a KL1 Agência de Viagens Online, com sede em Caxias.

A empresa oferece assessoria turística, aluguel de carros, reserva em hotéis, passagem e pacotes para o Brasil e Exterior.

Pelo site www.kl1.com.br, a agência propagandeia que as tarifas são muito mais em conta do que nas operações convencionais. Até porque os custos são menores, claro.

Oportunidade de peso para a Serra

17 de outubro de 2014 0
David Alves, Divulgação

David Alves, Divulgação

Deve ser badalada em solo caxiense uma das novidades na planta que a Foton Aumark está instalando em Guaíba: a produção de caminhões pesados, entre 45 e 70 toneladas, e a data de início dessa importante etapa.

A expectativa vem à tona porque o presidente da montadora chinesa no Brasil, Luiz Carlos Mendonça de Barros, será o palestrante da reunião-jantar promovida pelo Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás) na segunda-feira, aliado ao fato de que está previsto para outubro o aval da diretoria da Foton para a ampliação de investimentos por aqui.

Ex-presidente do BNDES, ex-ministro das Comunicações e um dos executivos de maior trânsito nos bastidores da política nacional, Mendonça de Barros é credenciado para traçar um panorama do cenário macroeconômico para os próximos meses e anos e detalhar os planos da Foton no Brasil.

Essa segunda parte, lembra Jaime Lorandi, presidente do Simplás, interessa e muito ao setor de transformação da cidade, devido à inserção cada vez maior de componentes plásticos e de compósitos no mercado automotivo, e ao setor metalmecânico, pelo potencial de fornecedor da gigante chinesa.

Prova disso é que nesta semana, em Canoas, a Foton apresentou alguns fornecedores de peças e componentes já confirmados, como a caxiense Vidroforte. A empresa anunciou ainda que busca parceiros para itens como chicotes, suportes, parafusos e outras peças no Estado. O protótipo nacional do caminhão de 10 toneladas, o primeiro a ser produzido na fábrica de Guaíba, a partir de 2016, foi apresentado quarta-feira ao governo do Estado.

Detalhe: o modelo sairá da linha de produção com mais de 65% de seu conteúdo nacionalizado.  Há certamente boas perspectivas às indústrias da terrinha.

A saber: em virtude da grande demanda de interessados para a reunião-jantar que terá a presença de Luiz Carlos Mendonça de Barros, presidente da Foton Aumark do Brasil, o Simplás abriu o encontro de segunda-feira também para não-associados à entidade.

Os primeiros beneficiados pela medida são os integrantes do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias (Simecs), que terão a disponibilidade de 50 vagas.

As reservas se encerram nesta sexta-feira e mais informações podem ser obtidas no (54) 3228.2422. A reunião-jantar será às 20h, no restaurante Sica da CIC.

Vinícolas miram a China

16 de outubro de 2014 0

O vinho serrano quer ampliar espaço nas taças do mercado chinês por meio da zona franca de Xangai.

Em reunião nesta quarta-feira, na Sala do Investidor, o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI) definiram a criação de um grupo para elaborar uma pré-proposta que será levada à China em novembro, durante a Food and Hotel China Exhibition.

Um dos cases de sucesso na zona livre de Xangai é a região de Mendoza, que levou para a China 25 vinícolas e que será estudada para definir as estratégias de entrada dos vinhos brasileiros naquele promissor mercado.

Sem reserva de dinheiro

16 de outubro de 2014 0

Vejam que preocupante: 57% dos consumidores com mais de 60 anos não têm qualquer tipo de reserva financeira ou investimentos.

É o que aponta pesquisa encomendada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pelo portal de educação financeira Meu Bolso Feliz.

– Essa situação é ainda mais comum entre os entrevistados com baixa escolaridade (68%) e os pertencentes às classes D e E (77%) – afirma a economista do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Exportações ladeira abaixo

15 de outubro de 2014 0

O s números das exportações gaúchas continuam desanimadores. No terceiro trimestre (leia-se de julho a setembro), os embarques atingiram US$ 5,81 bilhões, queda de 8,5% em comparação com o mesmo período de 2013. A baixa performance foi influenciada pelas desacelerações nas vendas de produtos básicos (-13,9%) e industriais (-6,2%), que somaram US$ 1,67 bilhão e US$ 4,03 bilhões, respectivamente.

Preocupa o fato da indústria, responsável por 70,3% das vendas externas do Estado, registrar o terceiro trimestre consecutivo de retração. E isso significa impacto direto nos caixas das empresas da Serra e o fechamento de empregos.

Até porque os principais recuos nas exportações concentram-se em setores importantes para a região, como o de veículos automotores, reboques e carrocerias (-33,5%), máquinas e equipamentos (-17,5%) e produtos de metal (-18,3%), por conta da menor demanda da Argentina.

– Não temos perspectivas animadoras para o comércio exterior gaúcho no curto prazo. Esses importantes setores da nossa pauta de exportação devem continuar a ser afetados pela grave crise que acomete a Argentina – ponderou o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), Heitor José Müller.

No time dos principais destinos das exportações gaúchas, a China garantiu a liderança, seguida pelos Estados Unidos. Na sequência veio a Argentina, mesmo tendo comprado 33,8% a menos. O país vizinho deixou de importar basicamente veículos.
Será que chegaremos ao final do ano divulgando números negativos? Quando essa curva começa a mudar de direção?