Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "Leite"

Conseleite reduz projeção para o preço do litro de leite em julho

23 de julho de 2014 0

A projeção de preço para o litro de leite padrão para julho ficou em 0,25% menor do que o valor consolidado para o mês de junho. No mês passado, o valor fechou em 86,5 centavos, 1,87% acima do projetado. Agora, para julho, o preço estimado pelo Conseleite é de 86,3 centavos. Conforme o diretor e presidente da Comissão de Leite da Federação da Agricultura do Estado, Jorge Rodrigues, devido ao excesso de chuvas no mês passado o produtor enfrenta um aumento de custo. O excesso de umidade comprometeu forragens e trouxe prejuízos, por isso o produtor está usando mais ração e tendo gastos para remontar as pastagens.

Governo federal seleciona propostas para projeto de melhoria da qualidade do leite

21 de julho de 2014 0

O Ministério da Agricultura lançou edital de chamamento público para a escolha de Projeto de Boas Práticas Agropecuárias para a melhoria da qualidade do leite em 5 estados. Serão selecionadas propostas de projetos de assistência técnica, extensão rural e capacitação de produtores rurais, transportadores, técnicos de agroindústrias e de técnicos multiplicadores da cadeia produtiva do leite.

A iniciativa busca a melhoria da qualidade do leite produzido, armazenado, transportado e beneficiado em Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Do total de recursos a serem disponibilizados, o Estado gaúcho pode receber até R$ 6 milhões.

A data final para envio da proposta e documentação complementar é 15 de agosto e os resultados finais devem ser divulgados em 09 de setembro. No próximo dia 8 de agosto, em Gramado, será lançado oficialmente no Estado o Programa Alimentos Seguros Leite que tem parceria com o Senai e o Sebrae.

SC, PR e RS lançam nova entidade para fortalecer cadeia produtiva do leite

17 de julho de 2014 0

Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul anunciaram em Curitiba a criação da Aliança Láctea Sul Brasileira para fortalecer a cadeia produtiva do leite na região. A expectativa é de que em 10 anos, a produção de leite nos três Estados chegue a 19,5 milhões de toneladas por ano. O volume é 77% maior do que o produzido atualmente. Os Estados do Sul são responsáveis por 33% da produção brasileira de leite com 11 milhões de toneladas por ano.

De acordo com a nova entidade, a região formada pelo oeste de Santa Catarina, noroeste do Rio Grande do Sul e sudoeste do Paraná é onde a produtividade do leite mais cresce atualmente no Brasil devido ao clima favorável, mão de obra qualificada e presença de pastagem o ano todo. Durante o lançamento, os secretários da Agricultura destacaram a importância de ações para assegurar a sanidade dos rebanhos, principalmente no controle da febre aftosa, brucelose e tuberculose.

Entressafra eleva preço do leite pago ao produtor

01 de maio de 2014 0

O valor do leite pago ao produtor subiu em média no Brasil 6,16% em abril, atingindo R$ 1,0838/litro, aumento de R$ 0,0630/litro em relação a março. O levantamento é do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada(CEPEA), da Esalq/USP. Esse foi o segundo mês consecutivo de valorização, resultado da menor produção leiteira em março, em decorrência do início da entressafra. O preço líquido, sem frete e impostos, teve média de R$ 0,9995/litro, valor 6,11% maior que o do mês passado e 7,77% superior ao de março/13, em termos reais. As médias são ponderadas pelo volume captado nos estados da BA, GO, MG, PR, RS, SC e SP em março.

De acordo com colaboradores do Cepea, este aumento esteve atrelado principalmente à queda na produção em março, em razão do início da entressafra em algumas regiões produtoras e acentuação desse cenário em outras. Os recuos mais expressivos na captação de leite em março ocorreram no Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Essa menor oferta eleva a competição entre as indústrias quanto à matéria-prima, com consequente aumento nas cotações. Para os próximos meses, apesar do período de plena entressafra, os laticínios/cooperativas consultados pelo Cepea indicam certa estabilidade nos preços.

Informações do Cepea

Preço do leite pago ao produtor sobe em março com a queda na produção

28 de março de 2014 0

As cotações do leite pago ao produtor em março registraram alta com a menor produção no campo devido à seca nas principais regiões produtoras no primeiro bimestre e o início da entressafra na região Sul do País. De acordo com os levantamentos do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, o preço do leite, entregue em fevereiro, e recebido pelo produtor em março, subiu 3,22% em relação à janeiro. O índice representa acréscimo de quase 3 centavos por litro na média Brasil. O litro fechou a R$ 0,9419/litro. É o 1º aumento após quatro meses de quedas consecutivas. A média do preço do leite em março/14 é a maior para o mês, em termos reais.

Já o Índice de Captação do Leite de fevereiro caiu 2,75% em relação ao mês anterior levando em consideração os 7 estados que compõem a média Brasil, entre eles o Rio Grande do Sul. Ainda assim, o volume produzido em fevereiro foi 13,7% superior ao do mesmo período de 2013. Para abril, a expectativa é de que os preços do leite sigam em alta, ainda impulsionados pela oferta restrita de matéria-prima.

Porto Alegre sedia pela 1ª vez a Avisulat, feira dos setores de aves, suínos e leite do RS

27 de março de 2014 0
Eduardo dos Santos - Coordenador-geral Avisulat 2014

Eduardo dos Santos – Coordenador-geral Avisulat 2014

A boa perspectiva para a colheita de grãos cultivados no verão e o crescimento do agronegócio no Rio Grande do Sul são indicadores positivos para os setores de aves, suínos e leite que lançaram hoje(27) em Porto Alegre, no Centro de Eventos da Fiergs, a quarta edição da Avisulat. A capital gaúcha vai sediar o evento pela 1ª vez. As outras edições ocorreram em Bento Gonçalves, na Serra gaúcha. A Avisulat é realizada a cada 2 anos. O coordenador geral do Congresso Sul Brasileiro de Avicultura, Suinocultura e Laticínios, Eduardo dos Santos, afirma que a escolha de Porto Alegre para sediar o evento levou em conta principalmente a questão de logística para os participantes.

“Sempre consideramos o evento no interior por estar mais próximo dos segmentos, mas ao longo dos últimos anos com a evolução do evento se fez necessário de uma nova condição de logística com oferta de hotéis, aeroporto mais próximo dos hotéis e uma estrutura de centro de eventos que desse condições de trabalhar com atividades paralelas.”

Na programação da Avisulat estão previstas palestras, simpósios e uma rodada internacional de negócios com a participação de países importadores. Durante o lançamento, foram destacados temas importantes para os setores de aves, suínos e leite que movimentam cerca de R$ 15 bilhões por ano e ocupam o 3º lugar no ranking das exportações gaúchas. Entre eles a legislação trabalhista para funcionários das granjas, o abastecimento de milho e abertura de novos mercados.

O Rio Grande do Sul possui 121 mil produtores de leite em 449 municípios e produz 3,93 bilhões de litros de leite/ano. O diretor executivo do Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Dertivados do RS (Sindilat), Darlan Palharini, ressaltou durante o lançamento da Avisulat o lado social do setor. Segundo Palharini, a cadeia produtiva do leite emprega 25% mais pessoas no meio rural em relação à outras culturas.

Já o presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Suínos do RS(Sips), José Roberto Goulart, lembrou as dificuldades enfrentadas pelos suinocultores em anos anteriores quando enfrentaram preços baixos, muita oferta e fechamento de mercados como Rússia e Estados Unidos, e ressaltou a importância de investimento por parte do setor.

O presidente da Associação Gaúcha de Avicultura(Asgav), Nestor Freiberger, também presente ao evento, destacou alguns gargalos do setor, como o abastecimento de grãos(milho e farelo de soja) e linhas de crédito para atender normas de biossegurança e inovação. Nomeou como desafio para os avicultores o aumento no consumo de carne e ovos.

A Avisulat 2014 será realizada entre os dias 4 e 6 de novembro no Centro de Eventos da Fiergs.

Preço de aves, leite e soja desaceleram em outubro

30 de outubro de 2013 0

O Índice de Preços ao Produtor Amplo, apurado pela Fundação Getúlio Vargas, desacelerou de 2,11% para 1,09%, na passagem de setembro para outubro. As principais contribuições para a queda do índice foram as matérias-primas brutas. No estágio inicial da produção, ocorreram recuos nas variações de soja em grão, aves e leite in natura. No entanto, foram registradas acelerações nos preços do minério de ferro, bovinos e aipim.

Grupo vai definir compensação de crédito de PIS/Cofins para o setor lácteo

24 de outubro de 2013 0

leite
A nova forma de devolução do crédito presumido de PIS/Cofins acumulado pelo setor nos últimos nove anos, por causa da desoneração do leite longa vida, começa a ser definida no próximo dia 30. O debate será feito por um grupo formado por técnicos do Ministério da Fazenda e representantes das cooperativas leiteiras, indústrias lácteas e da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados. O presidente da subcomissão do Leite da Câmara, deputado federal Alceu Moreira, afirmou que o montante de crédito presumido que não pode ser compensado pelos laticínios ultrapassa um bilhão de reais. Segundo o assessor da Câmara Setorial do Leite, Marcelo Costa Martins, atualmente o imposto implica custo de R$ 0,07  a  R$ 0,10 sobre o litro de leite produzido pelas indústrias. Ele acredita que a compensação do crédito deve aumentar a competitividade e gerar uma melhoria em termos de preços. Uma das ideias que será discutida na próxima semana é que os recursos do crédito do PIS/Cofins sejam utilizados somente em investimentos no setor leiteiro, como assistência técnica aos produtores e melhoria da qualidade.

Produção gaúcha de leite deve crescer 5% este ano incentivada pelas políticas públicas e assistência técnica

18 de outubro de 2013 0

12953066

O Rio Grande do Sul é o segundo maior produtor de leite do país, com uma produção próxima dos quatro bilhões de litros anuais. Este volume equivale a 12% da produção nacional, ficando atrás somente de Minas Gerais, conforme dados da Pesquisa da Pecuária Municipal divulgados recentemente pelo IBGE. A agricultura familiar é responsável por 85% do total produzido. São mais de 134 mil produtores de leite no Estado, que possuem um rebanho acima de 1,5 milhão de vacas, com produção diária de 10,6 milhões de litros de leite. As políticas públicas e a assistência técnica ajudaram no crescimento da produção gaúcha de leite. O presidente da Emater, Lino De David, afirma que para este ano a estimativa é de um crescimento de cinco por cento no setor. Ele salienta o trabalho da entidade realizado em pequenas e médias propriedades em questões como o manejo do rebanho, melhoramento genético, qualidade do leite e produção de pastagens. Segundo o dirigente, houve a profissionalização dos produtores e, consequentemente, a elevação da produtividade por área e por vaca. Também ajudaram no crescimento da produção leiteira programas do governo do Estado como o Leite Gaúcho, que repassou em 2012 e 2013, cerca de R$ 15 milhões para a compra de equipamentos.

Brasileiro aumenta consumo de alimentos industrializados

15 de outubro de 2013 0
queijos

Foto Divulgação

O consumo de alimentos com maior valor agregado aumentou no Brasil nos últimos cinco anos. Entre eles, estão as carnes e os derivados do leite, além de bebidas, como cerveja e vinho. Um dos motivos apontados para esta elevação, é a alta de 8,6% na renda dos brasileiros no mesmo período. O levantamento é da Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura. Segundo o coordenador de Planejamento Estratégico da pasta, José Garcia Gasques, a tendência é de que o aumento do consumo continue na próxima década. Ele explica que os produtos básicos, como arroz e feijão, devem ter o crescimento do consumo associado ao aumento da população. No entanto, outros com maior valor agregado serão ainda mais buscados no mercado devido ao maior poder aquisitivo dos brasileiros.