Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Blitzball, um torneio à parte em FFX

20 de abril de 2011 7

“Blitz off!”

Se você gosta de Final Fantasy como eu e curte jogos de esporte, vai gostar ainda mais de um dos mini games do FFX. ‘Blitzball’ é um desafio à parte. E quando você entende as regras do jogo, o desafio se torna um vício tão bom quanto o próprio jogo em si. A dúvida é: continuar a jogar FF ou começar uma nova partida de Blitz?

Final Fantasy X começa com uma partida de Blitzball – a final entre Zanarkand Abes e Zanarkand Duggle, até o jogo ser interrompido por um ataque de Sin, o grande e aparentemente imbatível vilão da trama.  Quando Tidus é transportado para Spira, o jogo começa efetivamente.

“This is the only time! The players fight with all their strength; the fans cheer for their favorite team. They forget pain, suffering… Only the game matters! That’s why blitz has been around for so long. Least that’s what I think”. (Wakka)

Ainda no início do game, já em Spira, quando Tidus, Yuna, Wakka, Lulu e Kimari chegam a Luca, um torneio está para começar. O protagonista estreia no Besaid Aurochs, time que até então é motivo de chacota entre os rivais, já que não contabiliza uma vitória há 23 anos. Depois de uma rápida operação de resgate e um breve tutorial com instruções sobre o jogo, é hora de mostrar suas habilidades na água num confronto com o time favorito a levantar a taça. E, como se isso ainda não bastasse, trata-se da equipe da casa: Luca Goers.

Mas, afinal, o que vem a ser o ‘Blitzball’? O esporte combina a força física do Rugby, com passes do do polo aquático e chutes a gol como no futebol (as goleiras são triangulares). A combinação acontece dentro de uma esfera totalmente preenchida com água e suspensa no ar. Os jogadores ficam submersos durante toda a partida,  dividida em dois tempos, de cinco minutos cada.

O esporte conta com a participação de seis equipes – Besaid Aurochs, Luca Goers, Al Bhed Psyches, Kilika BeastsGuado Glories e Ronso Fangs (sem contar o lendário Zanarkand Abes, time original de Tidus, onde ele é reconhecido como a estrela da equipe, e o Zanarkand Duggle).

Kilika Beasts é o melhor time adversário para iniciantes que querem se aventurar pelo mundo do Blitzball, mas ainda não dominam as técnicas. É uma ótima pedida para praticar e aprender novas técnicas. Aproveite o início de FF para fazer isso. Conforme Tidus e cia avançam por Spira, time evolui.

Luca Goers e Guado Glories são equipes medianas, com destaque para os atuais campeões de Spira da primeira e para a velocidade dos jogadores da primeira. Se você perder a bola, um deles estará com ela rapidamente na frente do seu gol, pronto para marcar.


Ronso Fangs é um time forte, bom para segurar a bola e chutar, mas com jogadas lentas.


Al Bhed Psyches é disparada a melhor equipe. Não tente confrontá-los de primeira. Os jogadores são experientes, tem pontuação alta em quase todas as habilidades. Dica: treine com outros adversários para evoluir suas técnicas e até mesmo o seu time antes de enfrentá-los. Tem o melhor goleiro do jogo.

Besaid Aurochs começa com atletas fracos, mas que, bem treinados, podem superar os veteranos. eu time pode evoluir ofensiva e defensivamente ao ganhar torneios. Entre as técnicas que os jogadores podem aprender ao copiá-las dos adversários há investidas como o poison (baixa HP), sleep (imobiliza) e wither (corta habilidades pela metade).

As equipes são formadas por cinco jogadores, sendo um deles o goleiro. Aquela que fizer mais gols dentro do tempo regulamentar é a grande campeã. Em caso de empate, o jogo é decidido com o famoso “golden goal”. Quem marca primeiro, leva. O tempo extra só não vale em exibições, jogos extraoficiais que contam apenas para o aprendizado de novas técnicas.

Um dos pontos mais divertidos é a possibilidade de contratar novos jogadores, espalhados por toda Spira. Durante a viagem você irá encontrá-los e, ao apertar o botão ‘quadrado’, poderá consultar sua disponibilidade para ser contratado, valor do passe e atributos.

Outro ponto que merece destaque é a flexibilidade do esporte. Depois da primeira partida oficial, o game fica disponível a qualquer momento. Deu vontade de jogar? Procure uma ‘save sphere’ e divirta-se!

Além da experiência, os torneios também rendem prêmios, que vão desde poções e elixirs a Overdrives para o Wakka. Ficar no topo da artilharia também gera bônus individual, geralmente um item para o inventário.

Esta é a segunda vez que jogo Final Fantasy X. No primeiro torneio que participei, fiquei em segundo lugar. Perdi para o All Bheds Psyches na final, mas deixei o Tidus isolado na artilharia com oito gols em três partidas. Aliás, ele é a maior arma secreta do time, principalmente se você tiver aprendido o Jecht Shot durante a viagem até Luca. Dica: pegou a bola? Passa para o Tidus no ataque, aí é só marcar!

Quando comecei a jogar FFX pela primeira vez, confesso que não gostei de Blitzball e achava que 10 minutos era tempo demais. Vitória era uma missão quase que impossível. Isso até eu entender a logística do game e transformar Blitz em dos meus passatempos preferidos.

Na época, não consegui aprender o Jecht Shot antes do torneio, muito menos passar pelo Luca Goers, mas decidi que ao recomeçar tudo seria diferente. Conquistei a técnica e consegui provar para mim e para muitos que perguntam se é possível ganhar na competição oficial que sim, o Luca Goers é imbatível. Fechei o placar com 2 a 1, cumpri a promessa de vitória, eliminei as provocações dos adversários e, de quebra, saí com o troféu.

O que é preciso saber para jogar? Confira um guia rápido com os principais ‘status’ dos jogadores e alguns comandos:

· Hit Points (HP): funciona como ‘stamina’ e dá suporte para alguns comandos.
· Speed (SPD): determina a velocidade do jogador.
· Block (BLK): habilidade que o player tem para interceptar a bola e bloquear jogadas.
· Attack (AT): indica a chance de roubar a bola ao esbarrar em um adversário.
· Pass (PA): mede o alcance do passe da bola.
· Shoot (SH): aponta a habilidade do jogador em marcar o gol.
· Catch (CA): mostra a capacidade do goleiro pegar a bola.
· Endurance (EN): habilidade do player de suportar investidas sem perder a bola.

Investidas com êxito: EN – AT. Se o resultado for maior que ’0′, o jogador consegue passar pelo adversário; se for menor que ’0′, a ele perde a bola.

Passe normal, sem bloqueio: Se o PA é maior que ’0′ até chegar em outro jogador da equipe, ele recebe a bola; se for menor que ’0′, a bola escapa e qualquer um pode pegá-la.

Passe com bloqueio: PA – BL. Se o valor é maior que ’0′, o passe chega ao seu destino; se for menor que ’0′, o bloqueio adversário intercepta a bola.

Score: SH – CA. Se o for maior que ’0′, a bola passa pelo goleiro e o jogador marca; se for menor que ’0′, o time adversário defende.

Dentro da esfera aquática, o time pode adotar diferentes formações táticas. Cada uma tem seus prós e contras e pode variar de acordo com a jogada que você, técnico, pretende montar para driblar o adversário e marcar.

Normal: Defensores e atacantes marcam o adversário que estiver com a bola, sem se afastarem de suas posições originais. A movimentação maior de marcação acontece no meio-campo.

Marking: Antes do jogo começar, você pode escolher oponentes para marcar. Inclusive, é assim que seus jogadores podem copiar técnicas específicas dos adversários. Formação é efetiva para marcar bons atacantes, em especial os com SH elevado.

Left Side: Jogadores seguem qualquer um que estiver com a bola do lado esquerdo da esfera, enquanto a outra ponta fica desprotegida.

Right Side: Jogadores seguem qualquer um que estiver com a bola do lado direito da esfera, enquanto a outra ponta fica sem defesa.

Center: Defensores se concentram no centro da esfera, deixando o restante do ‘campo’ sem proteção. Formação é efetiva contra oponentes que escolhem o meio para chegar até o gol, mas também pode ser um adicional para um time ofensivo do seu lado.

All Defense: Time altamente defensivo, todos protegem o gol, criando uma barreira quase que impenetrável. O adversário pode dar de cara com quatro bloqueadores de uma só vez.

Flat Line: Time altamente ofensivo, todos vão para o ataque e deixam a defesa em aberto. Se você tem jogadores com bom BLK, vá em frente.

Counter: Players bloqueiam os dois gols da esfera, que ficam abertos para chutes a longa distância.

Double Side: Meu preferido. Defensores e atacantes se distribuem entre os dois lados da esfera, em cada lado dos gols. Isso cria um ótimo efeito de ataque e defesa, deixando os oponentes com poucas opções para marcar.

Quem eu escalo? Confira minha seleção:

Tidus * LF Left Forward (SH e EN)
Wedge * RF Right Forward (SH e EN)
Brother * MF Midfielder (PA e AT)
Pah Guado * LD Left Defense (AT e EN)
Zalitz * RD Right Defense (AT e EN)
Jumal * GL Goalie (CA)

Let’s blitz! Qual seria a sua escalação?

________________________________________________________________

Post de Natália Cagnani, colaboradora do Canal dos Games. Depois de escrever, não resistiu e começou um novo torneio de Blitzball. É fissurada por cultura japonesa, games e animes. No Twitter, pode ser encontrada como@natyaeris

Comentários (7)

  • williamguterres diz: 20 de abril de 2011

    Até tentei jogar o torneio de blitzball, mas esse jogo é muito chato!
    Sei que os desenvolvedores dos RPG's querem mostrar algo a mais que a historia mas a maioria das vezes as "side quests" são chatas para caramba.
    O FF é dono de botar "quests" chatas. Por que sempre tem que ter a "quest" de caçar todos os monstros do mundo?

  • Giovanni diz: 20 de abril de 2011

    Valia mais a pena comentar o jogo em si do que apenas esse "Blitzball". Apesar de que esse FFX nunca chegará aos pés de FFVII e FFVIII.

  • Andre diz: 20 de abril de 2011

    Eu adorava esse jogo, acho q ate hoje tenho a gravaçao no meu m. card do ps2 hehehehe, nao sei porq mas nao senti tanto dificuldade assim no game(axo q eh porq eu jogava mto mto mas mto mesmo hehehe) venci o torneio com uma certa facilidade, parabens pela sua analise, abraços!

  • @natyaeris diz: 21 de abril de 2011

    Oi Giovanni!

    Com certeza, o jogo merece uma análise à parte. Escrever sobre FFX está nos meus planos, mas antes quero explorar um pouco mais o jogo. E pode ter certeza que o VII e o VIII também vão aparecer por aqui. :)

  • @regisnva diz: 22 de abril de 2011

    @natyaeris, muito interessante o post. Como estava ansioso para prosseguir, não dei atenção devida a esse mini game. Porém, depois do post, fiquei com mais animo para arriscar. Se fiquei viciado no Card Game de FFVIII porque não no Blitzball também?!
    Muito sucesso para você e que venham mais posts sobre FF =)

  • Leo diz: 2 de maio de 2011

    O que acontece se vencer o torneio de primeira? E como conseguir o Jecht Shot depois daquela parte do barco que nao consegui?

  • Bianca diz: 11 de outubro de 2015

    Oi, eu comprei o Final Fantasy X/X-2 HD Remaster e to tendo muita dificuldade pra jogar blitzball na história do jogo, naquela parte onde eles estão em Luca lutando contra os Lucas Goers. Esse é o primeiro Final Fantasy que eu jogo e também e o meu primeiro torneio de blitzball. Já viz o tutorial umas 3 vezes mas não consigo entender as regras do jogo…voce tem alguma dica ou algum tutorial no youtube pra me recomendar?

Envie seu Comentário