Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Brasil conquista o TRI mundial do WCS e lidera como o mais premiado na competição

07 de agosto de 2011 3

O resultado da final mundial do WCS 2011, disputado no Oasis 21, em Nagoya, no Japão, saiu por volta das 21h30min (9h30min no horário brasileiro) deste domingo, 7, depois de uma madrugada repleta de expectativas e um ano dominado por preliminares realizadas em 17 países.

E não é que eles conseguiram de novo? A dupla brasileira, representada pelos irmãos Maurício e Mônica Somenzari, repetiu a façanha de 2006 e garantiu mais um título ao Brasil no World Cosplay Summit 2011. Com uma performance baseada no game Final Fantasy XII, na pele dos personagens Balthier e Ultima, o tão esperado tricampeonato veio e, como se não bastasse, trouxe um plus, ou melhor, dois. De acordo com o site oficial da competição no Brasil, os bicampeões nacionais e internacionais ganharam a nota máxima (100 pontos) pela primeira vez na história do WCS. Além disso, com a vitória, o Brasil volta a ser o país com o maior número de títulos mundiais no campeonato.

- A gente está muito emocionado. Esta é a segunda vez que a gente ganha o WCS. Tivemos alguns problemas com os cosplays. Eu queria agradecer a dupla da Espanha que nos ajudou. Que bom que deu tudo certo – comemorou Mônica.

Depois da Mônica, foi a vez de Maurício fazer o discurso de campeão, em japonês. Enquanto ele falava, ao fundo, na plateia, foi possível ouvir em português alguém gritar: “Dá-lhe Brasil”.

Video streaming by Ustream

E o número 11 trouxe sorte

No dia do sorteio da ordem de apresentação das duplas, Maurício comemorou ao descobrir que o Brasil seria o 11º país a subir no palco. Em um de seus relatos durante a viagem, ele disse que este era o mesmo número de quando estreou com sua irmã em 2006.

Com uma apresentação de forte impacto visual e recheada de efeitos, os primeiros e atuais representantes brasileiros subiram ao palco por volta das 20h (8h no horário brasileiro) e superaram a Itália - bicampeã mundial (2005 e 2010, por muito pouco não ficou atrás do Brasil). Veja a apresentação vencedora (vídeo de setasanhc):

Neste ano, a dupla italiana ficou em segundo lugar com uma apresentação inspirada no anime/mangá Sugar Sugar Rune, seguida pela China, na terceira posição, com o game Dinasty Warriors VII.

Além dos prêmios mais visados, o evento concedeu mais duas premiações especiais. A Holanda recebeu o prêmio “Cyperous” pela “melhor peruca”, e o já tradicional prêmio “Brother”, patrocinador da competição, foi para a Austrália pelo “melhor cosplay”. Ao todo, 17 duplas, representadas por 34 cosplayers, participaram da 9ª edição do World Cosplay Summit.

Madrugada de expectativas

Pouco antes das 10h de sábado (22h no horário brasileiro), 6, os primeiros tuítes do @cosplay_summit (twitter oficial do WCS) já mostravam a movimentação no Oasis 21, em Nagoya, no Japão, onde aconteceu a grande final mundial do WCS 2011. Muitas imagens madrugada adentro com orientações no palco para as apresentações, ensaios das duplas, circulação de cosplays. E eles marcaram presença forte neste ano. Grande parte do público estava caracterizado, o que lembrou aquele clima das ‘convenções’ de animes, com direito a muitas poses para fotos.

Para mostrar cenas dos bastidores do WCS, o @CogaNerd andou pelo Oasis21, filmando a tudo e a todos. A transmissão ao vivo começou por volta das 12h07min e foi até 12h30min (0h07min e 0h30min no horário brasileiro). Imagens de cosplays e da loja da revista japonesa Jump.

Brasileiros, espanhois, mexicanos, italianos, tailandeses, americanos, pessoas de vários lugares do mundo se reuniram novamente num chat e viraram a madrugada, inclusive eu, para acompanhar todos os detalhes. Mas, diferente do ano passado, todos conseguiram acompanhar em tempo real as apresentações em vídeo através do streaming. Foram mais de 2.700 visualizações até o final do anúncio com os campeões.

Além disso, o twitter oficial da competição foi constantemente atualizado com tudo o que acontecia. O YokosoNews, site que dissemina a cultura japonesa para fora do país, também manteve o twitter movimentado.

Por volta das 19h (7h no horário brasileiro), depois de oficialmente aberto pela banda JAM Project, o WCS 2011 começou. Veja abaixo a ordem das apresentações:

1 Espanha (Romeu x Julieta)
2 Dinamarca (Avalon Code)
3 Alemanha (Kaleido Star)
4 Coreia (Sailor Moon)
5 Tailândia (Zangeki no Reginleiv)
6 Japão (Super Mario Bros)
7 México (Hanafuda Kitsune Kurohime)
8 Holanda (Mai Otome)
9 Austrália (Vampire Hunter D)
10 China (Dinasty warriors VII)
11 Brasil (Final Fantasy XII)
12 França (Doors of Chaos)
13 Finlândia (Dinasty Warriors VII)
14 EUA (xxxHolic)
15 Malásia (Pet Shop of Horrors)
16 Itália (Sugar Sugar Rune)
17 Cingapura (Sengoku Basara 3)

A última apresentação foi encerrada às 20h37min (8h37min no horário brasileiro). Todos os anos, desde que acompanho o WCS, em 2006, a Coreia sempre aparece como uma das favoritas, sempre a mais aplaudida pelo público, mas ainda não conseguiu cativar os juízes para levar o troféu.

World Cosplay Summit

Depois de acompanhar mais uma edição do World Cosplay Summit, você pode relembrar as competições anteriores.

No canal oficial do World Cosplay Summit no YouTube, um vídeo, em japonês, mostra uma retrospectiva de todas as competições, desde 2003, quando o WCS foi criado, os dois títulos conquistados pelo Brasil e as apresentações até 2010, com foco especial no ano de 2009, quando o Japão levou o troféu de melhor do mundo.

Se dois é bom, três é ainda melhor

O Brasil agora é TRIcampeão. Quando estreou no campeonato mundial em 2006, a dupla que representou o país no Japão, formada pelos irmãos Mônica e Maurício Somenzari, venceu e trouxe o primeiro título logo na primeira participação. Dois anos depois, Gabriel Niemietz e Jéssica Campos voltaram a levantar a bandeira verde e amarela na terra do sol nascente. E agora, em 2011, os irmãos retornaram ao Japão para se sagrarem bicampeões nacionais e internacionais.

Parabéns Maurício e Mônica!

________________________________________________________________

Post de Natália Cagnani, jornalista e cosplayer fissurada por cultura japonesa, games e animes. Acompanhei em tempo real a decisão do WCS 2011 no Japão e vi o Brasil se consagrar TRIcampeão com Final Fantasy. No Twitter, podem me encontrar como @natyaeris

Comentários (3)

  • @narvelan diz: 7 de agosto de 2011

    Isso sim é uma matéria não aquele texto rídicula da globo,

    Parabéns!

  • @thomasnizio diz: 8 de agosto de 2011

    CARALEEOOOO! Estou mto feliz pelo Maurício e pela Monica por esta grande vitoria que proporcionaram para o Brasil. Eles sao o nosso orgulho!

  • @CogaNerd diz: 9 de agosto de 2011

    nossa que matéria! fico feliz de poder ter ajudado e obrigado pela divulgação.

Envie seu Comentário