Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

De 44 detidos no último protesto em Porto Alegre, 15 já tinham antecedentes criminais

19 de junho de 2013 21

De acordo com levantamento do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), que investiga os protestos em Porto Alegre, 15 dos 44 detidos na última segunda já tinham antecedentes criminais. Muitos são por ameaças, brigas, lesão corporal e posse de drogas. Mas chamou a atenção dos policiais que em meio aos manifestantes havia ladrões de estabelecimentos comerciais, de carros, a pedestres, bem como traficante e assaltante de taxistas. Dos 44 detidos, 39 foram autuados em pelo menos 11 tipos de delitos diferentes. Sendo que 10 foram para o Presídio Central e quatro liberados ontem mesmo.

Durante queima de ônibus na Capital, 4 foram autuados e um já tinha antecedentes criminais / Foto: Paulo Rocha

Antecedentes Criminais

São 39 autuados, além dos seis que continuam presos, o restante responde processo em liberdade e dependendo da apuração policial, podem ser indiciados no final do inquérito.

1 - Adolescente de 17 anos, que foi apreendido na segunda-feira por estar cometendo um ato infracional durante o protesto, já havia respondido por furto, arrombamento, roubo e furto simples.

2 – Adolescente de 17 anos já havia respondido por ameaça e brigas.

3 - Jovem com dois antecedentes criminais sobre roubo a estabelecimentos comerciais ocorridos em 2012.

4 - Jovem já respondia por lesões corporais e posse de drogas. Além disso, por tráfico e assalto a taxista.

5 - Detido envolvido com quatro casos de ameaça, lesões corporais, ameaças e perturbação da ordem pública.

6 - Manifestante já com passagem pela Polícia por danos e dois furtos a veículos.

7 - Jovem com passagem por posse de drogas.

8 - Manifestante já envolvido com ameaça e danos com lesões corporais.

9 - Outro envolvido com lesões corporais.

10 - Detido já tinha antecedentes por calúnia.

11 – Jovem já detido por posse de drogas.

12 – Outro envolvido com posse de drogas e ameaças.

13 – Jovem já autuado por pichação.

14 – Outro detido anteriormente por cinco posses de drogas, ameaça, lesões corporais e dois desacatos.

15 - E por fim, o décimo quinto autuado já envolvido com quatro posses de drogas, lesão corporal, dano qualificado e assalto a pedestre.

Autuações

Foram detectados tipos de delitos diferentes em pelo menos 11 fatos concentrados no protesto realizado na última segunda-feira em Porto Alegre.

1 - Adolescente apreendido por tentativa de furto na avenida João Pessoa. Estudante de 17 anos já tinha sido envolvido em outros quatro atos infracionais por furto, roubo, arrombamento e furto simples.

2 - Depredação de lixeiras, placas e contêineres. 6 adolescentes autuados e um já com ato infracional anterior.

3 - Ato infracional de adolescente de 16 anos por depredação de carro, parada de ônibus, viatura da Brigada Militar e contêineres.

4 - Três presos em flagrante por depredação a estabelecimento comercial. Um já tinha antecedentes criminais por tráfico e roubo a táxi.

5 - Seis presos em flagrante por depredação do banco Santander, sendo que três já tinham passagem pela Polícia.

6 - Ato infracional de dois adolescentes de 17 anos por danos a estabelecimento comercial e ônibus.

7 - Dano qualificado no Tribunal de Justiça e Teatro São Pedro, bem como por confronto com policiais. Seis envolvidos, alguns presos em flagrante, e três já com antecedentes criminais.

8 - Danos a lixeiras e lojas na Borges de Medeiros com quatro jovens envolvidos, um já com passagem pela Polícia.

9 – Outros danos na Borges de Medeiros em prédios, como o da CEEE, e pedras atiradas em PMs. Dois jovens, um com antecedentes.

10 - Quatro jovens, dois com passagem pela Polícia, depredaram ônibus, Banrisul, lixeiras e lojas, mas também autuadas por resistência à ação policial.

11 – Auto de prisão em flagrante por fogo em contêiner e ônibus. Quatro envolvidos e um com antecedentes por dano qualificado e furto a pedestre.

Idades

Do total de 39 autuados, 10 são adolescentes, quatro têm mais de 30 anos (o mais velho é de 1976) e o restante tem entre 18 e 29 anos de idade.

Ocupações

Não é o alvo inicial da investigação policial, tanto é que em muitos registros, a profissão aparece em branco. No entanto, o DPM fez levantamento parcial e destacou que há estudantes universitários, do ensino médio, trabalhadores comuns e desocupados.

Acompanhe ao vivo a cobertura do protesto.

Comentários (21)

  • Juliano diz: 19 de junho de 2013

    Isto mostra o ótimo trabalho da Polícia. Estes são os arruaceiros que se infiltram para promover vandalismos e que acabam prejudicando este movimento pacífico e legítimo.

  • Guilherme diz: 19 de junho de 2013

    Destaque na página principal do ClicRBS: “De 44 detidos no último protesto em Porto Alegre, 15 já tinham antecedentes criminais”.

    Adoro a imprensa destacando os pontos negativos do protesto. SÓ QUE NÃO.

  • aguida noni diz: 19 de junho de 2013

    mas 29 não tinham. muita preocuação em relacionar tudo isso.

  • Leandro diz: 19 de junho de 2013

    Agora postem a ficha dos 55 deputados da ALERGS

  • Claudio diz: 19 de junho de 2013

    Chega de hipocrisia. Nenhuma notícia sobre esse movimento, repito, nenhuma, deixou de incluir saques, depredações, incêndios e violência irrestrita. Chega de condescendência com esse projeto de fascismo. De onde tiraram esse bobagem de movimento pacífico? Esse é um dos movimentos mais selvagemente violentos de que já tivemos notícia, não confundam com Diretas Já, por favor, quando um milhão e meio de pessoas se reuniram na Praça da Sé sem qualquer ato de vandalismo.

  • Rosane de almeida silveira diz: 19 de junho de 2013

    Antes de condenar os manifestos, é importante separar o “joio” do “trigo”! Vale lembrar que os protestos não são focados na Copa…não é um movimento antifutebol! É o movimento de um povo cansado e disposto a cobrar a mesma vontade política em setores sucateados como educação e saúde. O lazer é necessário ( e eu gosto de futebol!)…a saúde, a segurança e a educação são indispensáveis!!!

  • pedro diz: 19 de junho de 2013

    Esses marginais se infiltram em qualquer lugar, coitados é dos comerciantes que tem prejuízos.

  • carlos alberto diz: 19 de junho de 2013

    a BM do rgs é um orgulho para nos guchos. A nossa policia civil tb é correta. Maça podre existe em qualquer lugar. Manifestaçoes sao uma demonstração de democrcia. Depredação é com a policia. parabens

  • Delmar diz: 19 de junho de 2013

    Não estou entendendo nada ! Dezenove com antecedentes, todos detidos em flagrante e só seis permanecem presos ???? Assim vai continuar esta bagunça por muito tempo !! Que país é esse ? Tudo pode para os marginais ! Também, as autoridades de segurança estão afirmando que não podem evitar a depredação do patrimônio público e privado, estimulando o vandalismo ! Está faltando “borracha” neste vagabundos !

  • Anderson diz: 19 de junho de 2013

    Qual o procedimento da polícia perante estes menores a partir de agora?

    Ouço muito dizer que eles ficam 1 semana presos de improviso, ou são encaminhados ao juizado. Mas logo são liberados, e aguardam em liberdade por julgamento que, por sua vez, pode levar meses/anos para ocorrer. Ou, reclusão, que acaba por misturar vários elementos perigosos ou não num mesmo ambiente. Qual a verdade sobre isto?

  • ZÉ FERNANDO diz: 19 de junho de 2013

    Com isso, fica claríssimo que quem promove o quebra-quebra não é do movimento, é o delinquente que se aproveita da situação pra praticar bandalheira e se esconder na multidão.

  • Ribeiro diz: 19 de junho de 2013

    Bueno, faltou esclarecer quantos desde 44 detidos e dos 15 bagunceiros com passagens pela Polícia eram do PT. Sabemos que é histórico que o sistema infiltre seus “soldados” nos movimentos populares para confundir sua legitimidade.

  • Paulo diz: 19 de junho de 2013

    Ok. não se separa joio do trigo!!! Então posso dizer que nem todos os políticos são corruptos? Sugiro que o movimento comece a dar nome aos políticos, independentemente de partidos políticos.
    Quando dos caras pintadas eu fui para a rua protestar contra o que me disseram que era errado, sabe quem se deu bem no final da história; somente o Sr. Lidembergh Farias que era o presidente bonitinho da UNE e hoje é envolvido em boatos de corrupção e outras coisas. Ha algumas semanas escutamos que o prefeito do rio se envolveu em uma briga, ou seja ele tb tem ficha poilicial e não é do PT.

    Precisamos parar de nomear partidos como causadores dos problemas, o problema são as pessoas e não só os pilíticos, são todas as pessoas que querem furar uma fila por se acharem malandros, os que furam o trânsito, os que não têm educação e paciência com os idosos, os que maltratam e exploram seus filhos.

  • Maria diz: 19 de junho de 2013

    Por que vocês só estão mostrando o lado ruim dos protestos e querendo amedrontar a população? Tipo: “ quinta tem protesto não saiam pra rua, pois os vândalos podem botar fogo em vcs”

  • Jairo Miguel Werba diz: 19 de junho de 2013

    Quando ocorrem movimentos de massa como esses ,com esse numero de participantes
    e sem lideranças definidas,é fatal que dêles se aproveitem marginais e partidos politicos radicais,cujos propósitos são roubo,violência e baderna.Cabe aos demais participantes do movimento,se querem mantê-lo íntegro e com credibilidade,expulsar
    os indesejáveis e/ou denunciá-los à policia;cabe a esta ,por sua vez,agir com o rigor que se espera de uma autoridade responsável pela manutenção da lei e da ordem,rigor este que se espera,também,do Judiciário,para manter os bandidos atrás das grades.

  • Marcio diz: 19 de junho de 2013

    Boa Paulo… É por ai..

    Delmar, sugiro ir pros protestos, e pedir cadeia a quem merece :)

  • Julia diz: 19 de junho de 2013

    Respondem em liberdade? Assaltantes colocados em liberdade, isso é um absurdo. Imagina tu seres ameaçado, ameaçarem a tua família, te apontarem uma arma, levarem teu dinheiro, te agredirem e tu saberes que essa pessoa anda livremente por aí? Isso sim deve mudar. Diminuição da maioridade penal (quem pode votar, pode responder por seus atos)! Penas mais duras! Estupro, pedofilia, latrocínio, nem sei dizer o que merece alguém que pratica isso. Problema da pena de morte em um país que não consegue ser justo é a grande chance de um inocente morrer. Nesse momento de protestos, diversos bandidos aproveitam para agir na crença de que permanecerão impunes. Quem for pego praticando ações ilegais no protesto com antecedentes graves, deveria permanecer preso.

  • Reversan diz: 19 de junho de 2013

    TUdo eleitor da Marina e do Aécio, nao venham com essa que quem foi preso não é do movimento, balela! ta aí o histórico dos anjinhos pra quem quiser ler, tudo promovido por soninha francine, serra, roberto freire, pstu e marina silva, os maiores canuliadores e mentirosos da web. se enganem

  • kill_will diz: 19 de junho de 2013

    Essa galera aí quer mais é ver o circo pegar fogo.Infelizmente junto com a legítima manifestação esses bandidos se infiltram para fazerem arruaças.No calor da ação a polícia não tem como separar o joio do trigo e está aliviando para esses vagabundos.E quem paga o prejuízo é o comerciante,que muitas vezes é depredado em seu único ganha-pão.

  • scharlau diz: 19 de junho de 2013

    por que , aqui só no brasil , brazuca, só vagabundo acima de 18 anos, pode ser considerado , responsável, se em outros países desenvolvidos , vagabundos acimade 12 anos são responsaveis por seus atos , será que tem mão de políticos , com seus filhos e filhas vagabas, prá mim pensou em maldade, é responsabilidade de seus atos não importa a idade,baixe a idade civil de nossos vagabundos , prá 14 anos e a vida vai melhorar , prá cidadão honesto,ou será que nossos valerosos políticos ( honestos ) tem medo de ver seus parentes e amigos serem presos, políticos vagabundos e parentes deles, não são presos numca, o brasil é covil de vagabundos e políticos desonestos.

  • Rezoca diz: 28 de junho de 2013

    Eu estive no ato de hoje. Saí pouco antes do tumulto, e quando estava caminhando em direção à Borges, vi chegando rapzes com máscaras do Coringa (Batman), alguns vestidos à moda punk com artefatos (aueles porretes com uma corrente no meio, não sei o nome). Voltei até o caminhão de som, avisei a coordenação e sugeri que puxassem como palavra de ordem “quem não deve mostra a cara”. Voltei para a Borges. Penso que nos próximos protestos quem se apresentar de máscara ou lenço seja revistado e identificado. Tem gente séria, tem trabalhadores, estudantes, mas também criminosos infiltrados e neonazistas com orientação de desmoralizar os outros manifestantes.

Envie seu Comentário