Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Músico diz em audiência que banda Gurizada Fandangueira já havia usado artefatos pirotécnicos na boate Kiss

10 de julho de 2013 0

*Informações de Viviana Fronza

O depoimento de um músico foi o primeiro da audiência realizada na tarde desta quarta-feira no salão do Tribunal do Júri, no Fórum de Santa Maria. Durante uma hora e meia, ele, que teve o nome mantido em sigilo a pedido das autoridades, relatou como era a organização do grupo e como eram agendadas as apresentações. O músico da Banda Gurizada Fandangueira disse que desde março de 2012 trabalha com o grupo e que era comum o uso de artefatos pirotécnicos nos shows que realizavam, não só na Boate Kiss, mas em outras casas noturnas de Santa Maria. O músico também afirmou, baseado no que ele chamou de “experiência de palco, pelos 21 anos atuando na profissão”, que mais de mil pessoas acompanhavam o show da banda na noite do incêndio, em 27 de janeiro.

Ele ainda relatou que naquela madrugada viu o vocalista da Gurizada Fandangueira, Marcelo Jesus dos Santos, tentando usar o extintor de incêndio na tentativa de apagar o fogo, mas que o equipamento não teria funcionado. Entretanto, em seu depoimento, o musico não soube precisar nas mãos de qual integrante da banda estava o artefato pirotécnico que teria dado início ao incêndio. Emocionado, o músico disse que só conseguiu sair com vida do local porque conhecia muito bem o interior da Boate Kiss, por já ter se apresentado inúmeras vezes na casa.

Dois integrantes da Banda Gurizada Fandangueira são réus do caso. O vocalista, Marcelo Jesus dos Santos, e o produtor, Luciano Bonilha Leão, acompanharam atentos o depoimento do ex-colega de trabalho, ao lado de advogados. Ainda nesta tarde, mais cinco sobreviventes devem ser ouvidos, nessa que é a primeira fase do processo criminal. Os próximos depoimentos de vítimas estão previstos para ocorrerem nos dias 16, 17 e 23 de julho. Após, a justiça deve determinar as datas para começar a ouvir as cerca de 80 testemunhas de defesa e de acusação no caso da Boate Kiss.

Envie seu Comentário