Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Bombeiro acusado de fraude processual no caso Kiss faz acordo com a justiça e deixa de ser réu

06 de novembro de 2013 0

*por Viviana Fronza

O bombeiro Renan Severo Berleze, que era acusado de fraude processual no caso da Boate Kiss, aceitou a suspensão condicional do processo. Em troca, o sargento pagou dois salários mínimos e deverá comparecer à Justiça a cada três meses. Cumprindo com a medida, em dois anos ele estará com a ficha limpa. Segundo o Juiz Ulysses Louzada, o benefício é previsto em lei. Caso o sargento não cumpra com as medidas, que ainda inclui manter endereço atualizado, ele volta a ser réu.

O sargento Renan Severo Berleze e o major Gérson da Rosa Pereira haviam sido denunciados pelo Ministério Público (MP) por fraude processual no caso da Boate Kiss. Segundo o órgão, entre os dias 27 e 29 de janeiro deste ano, os dois teriam encaminhado documentos à Polícia Civil que não faziam parte do Plano de Prevenção contra Incêndio da boate. O major Gérson da Rosa Pereira não aceitou a suspensão. Ele afirma que quer provar sua inocência.

Envie seu Comentário