Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Susepe inicia troca de tornozeleiras antigas e com problemas por novos equipamentos

03 de junho de 2014 4

Em resposta à suspensão da Justiça sobre o uso de tornozeleiras eletrônicas para novos presos, a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) informa que já iniciou a troca dos equipamentos antigos e com problemas. A decisão judicial foi tomada em razão de constantes problemas técnicos e vale para detentos da Comarca de Porto Alegre, que incluiu também municípios vizinhos.

De acordo com a Susepe, os defeitos ocorreram nos materiais antigos e por isso foram adquiridos outros 4 mil, todos modernos e com tecnologia mais avançada. Estas tornozeleiras já começaram a chegar, no dia 23 de maio. Inicialmente seriam cem por dia, mas até agora foram enviados 150 equipamentos. No entanto, 85 antigas e que estavam com algum tipo de problema já foram trocadas.

Justiça suspendeu uso de equipamentos em novos presos da Grande Porto Alegre / Foto: Tadeu Vilani/Agência RBS

Justiça suspendeu uso de equipamentos em novos presos da Grande Porto Alegre / Foto: Tadeu Vilani/Agência RBS

Os 4 mil equipamentos que estão chegando aos poucos serão inicialmente pra a Região Metropolitana de Porto Alegre. Por isso, a Susepe está agendando reunião com a Justiça para resolver o impasse que levou a suspensão temporária do uso para novos apenados dos regimes aberto e semiaberto. Depois disso, o objetivo é encaminhar também para Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Santa Maria e Pelotas.

Saiba mais:

Justiça suspende tornozeleiras eletrônicas para novos presos em Porto Alegre.

Susepe começa a receber novas tornozeleiras eletrônicas.

Primeiro lote de novas tornozeleiras chega ao RS nesta sexta-feira.

Comentários (4)

  • Rogério diz: 3 de junho de 2014

    Agora eu pergunto. Alguém acredita de que elas funcionavam? Será que realmente irão funcionar agora? Isso tudo é para o demagogo do nosso governador dizer que esvaziou o central, que foi promessa de campanha. Esvaziou e colocou a onde? Nas ruas matando e roubando a população esse é o jeito de fazer segurança do nosso governador e do secretário da insegurança. Assim fica fácil. Cadê os projetos para construção de presídios agora? Antes diziam que dinheiro tinha não tinha era projeto.
    Bandido hoje no nosso pais vale mais que o cidadão que trabalha gera empregos e riqueza para esse pais falido em todos os sentidos.

  • Renato Mallmann diz: 3 de junho de 2014

    Lugar de bandido condenado é na cadeia!!! Não dando rolezinho na rua, mudança no código penal já!!!!

  • Ricardo diz: 3 de junho de 2014

    Concordo com o comentário do sr. Rogério. O problema do Brasil é a impunidade. Se as punições fossem exemplares, com VÁRIOS anos de prisão em regime FECHADO, os crimes diminuiriam. Claro, essas punições exemplares também deveriam ocorrer para crimes de “colarinho branco”. Outro exemplo é o da adulteração do leite. A punição é muito branda. É por isso que o crime compensa aqui no Brasil. A desculpa é sempre a mesma: não existem vagas nos presídios. Claro, não querem construir…

  • Eduardo diz: 3 de junho de 2014

    Que tipo de criminoso tem direito a circular com essas tornozeleiras? Alguem sabe?

Envie seu Comentário