Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Acidente com duas mortes na Estrada do Mar: Justiça proibe réus de saírem do país

28 de outubro de 2014 1
Acidente na Estrada do Mar, no Reveillon de 2012, causou a morte de taxista e de dançarina / Foto: Ricardo Duarte

Acidente na Estrada do Mar, no Reveillon de 2012, causou a morte de taxista e de dançarina / Foto: Ricardo Duarte

A juíza Vivian Feliciano, de Capão da Canoa, determinou que os dois réus no processo que apura as causas de acidente com duas mortes na Estrada do Mar, durante o Reveillon de 2012, não podem sair do país sob pena de prisão preventiva. A modelo Tatiele da Silva Costa e o empresário Paulo Afonso da Rosa Correa Júnior, denunciados por duplo homicídio doloso e tentativa de homicídio doloso, terão que fornecer à Justiça seus passaportes. A decisão foi comunicada à Polícia Federal.

Em relação ao processo no Poder Judiciário, alvo de reclamação por parte de familiares das vítimas devido à demora, segue na fase de depoimentos de testemunhas, muitas delas por carta precatória em outras cidades do estado. A Justiça informa que os prazos estão dentro da normalidade e marcou nova audiência para o dia 16 de dezembro deste ano.

Acidente

Três carros se envolveram no acidente na Estrada do Mar e duas pessoas acabaram morrendo: o taxista Ivo Ferrazzo, 63 anos, e a dançarina Alaíde da Silva Linck, 28 anos. Outras duas pessoas ficaram feridas. A modelo que dirigia o veículo que teria causado o acidente foi acusada de estar embriagada e não estava portava a Carteira Nacional de Habilitação.

Saiba mais:

Marcadas novas audiências judiciais sobre acidente com duas mortes na Estrada do Mar.

Ministério Público denuncia casal por acidente que provocou duas mortes na Estrada do Mar.

Comentários (1)

  • Três anos depois, Justiça nega recurso e realiza audiência sobre acidente com duas mortes na Estrada do Mar | Caso de Polícia diz: 16 de dezembro de 2014

    […] Acidente com duas mortes na Estrada do Mar: Justiça proíbe réus de saírem do país. […]

Envie seu Comentário