Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Envolvido na morte do secretário da Capital Eliseu Santos é condenado por tentativa de homicídio de PMs

24 de junho de 2015 1

Por Lucas Abati 

Eliseu trocou tiro com policias militares Divulgação / Brigada Militar

Eliseu trocou tiro com policias militares Divulgação / Brigada Militar

O assaltante Eliseu Pompeu Gomes foi condenado a 49 anos de prisão em regime fechado, pela tentativa de homicídio contra dois policiais militares e três roubos.

Em março do ano passado, Eliseu Pompeu Gomes e Éderson Rutkoski de Oliveira assaltaram uma galeteria em São Leopoldo, fizeram duas pessoas refém e trocaram tiros com policiais. Éderson morreu no local.

Caso Eliseu Santos

Eliseu Gomes é acusado de ser o autor da morte do ex-deputado estadual, vice-prefeito e secretário de saúde de Porto Alegre Eliseu Felippe dos Santos, ocorrido no dia 26 de fevereiro de 2010. Após cinco anos, o processo com sete réus teve cisão em três partes.

Eliseu Gomes e Fernando Krol, que respondem em processo separado, podem ir a Júri neste ano. Outros réus são Marcelo Machado Pio e Jonatas Pompeu Gomes, que também vão a Júri, além de Marco Antônio de Souza Bernardes, Cássio Medeiros de Abreu e José Carlos Elmer Brack.

Polêmica

A morte do ex-secretário da Saúde da Capital causou polêmica pelo fato da Polícia entender que houve tentativa de roubo de carro seguida de morte e a Promotoria entendeu que houve crime encomendado.

Saiba Mais:

Caso Eliseu Santos

Comentários (1)

  • Ana diz: 24 de junho de 2015

    Engraçado é que esse que matou o ex secretário foi condenado e quantas pessoas de família perdem seus entes queridos e os bandidos no outro dia são soltos pela Justiça, sem ao menos ter uma investigação nada.
    Não estou aqui dizendo que fico feliz por a Justiça ter sido feita nesse caso, porém, isso deveria acontecer com todas pessoas independentes de cargos, classe social, raça

Envie seu Comentário