Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Ladrão tomava achocolatado em lojas de conveniência antes de assaltar postos de combustíveis na Capital

13 de novembro de 2015 7

Foto: Cid Martins / Gaúcha

*Cid Martins

Um fato curioso, mas que serviu para a polícia identificar e prender, nesta sexta-feira (13), um ladrão que sempre assaltava os mesmos postos de combustíveis no Bairro Cristal, na zona Sul da Capital. O homem, que não teve o nome divulgado, sempre tinha o mesmo hábito: tomava um achocolatado nas lojas de conveniência antes de cometer os crimes. Ele foi preso preventivamente no mesmo bairro, nas proximidades dos dois estabelecimentos que atacou nove vezes desde o dia 5 de outubro. No entanto, foi confirmado hoje que, na noite passada, ele atacou um terceiro local, também nas imediações.

 Achocolatado

O titular da 20ª Delegacia, delegado Carlos Wendt, diz que o bandido pedia pelo produto, pagava, anunciava o assalto, pegava o dinheiro e fugia. Na verdade, o achocolatado servia para ele averiguar a situação. Foram oito assaltos num posto e um em outro, mas em pelo menos mais seis vezes ele desistiu. Ou a polícia estava perto ou os funcionários tentavam coagi-lo. Mas como sempre estava armado, não tinham muito o que fazer. Em um dos estabelecimentos, um funcionário pediu demissão, outros ameaçam fazer o mesmo pelo fato de estarem apavorados.

 Investigação

Wendt diz que investiga o caso há poucos dias, já que assumiu a delegacia no dia 22 de outubro. O primeiro, dos nove assaltos nos dois postos, ocorreu dia 5 de outubro e o mais recente na última terça-feira, dia 10. No entanto, foi confirmado hoje que na noite passada ele atacou um terceiro posto. O homen tem pelo menos 15 antecedentes criminais, a maioria por roubos, e já esteve no sistema prisional. O delegado conta que o criminoso, após gastar o dinheiro de um assalto, voltava aos seus alvos para pegar mais.

“Ele usava como se fosse um terminal bancário. Terminava o dinheiro, ele pegava mais. Só que cometendo roubos nos dois postos. E fazia isso devido à sensação de impunidade”, diz Wendt.

Comentários (7)

  • D diz: 13 de novembro de 2015

    “O ~~homen~~ tem pelo menos 15 antecedentes criminais, a maioria por roubos, e já esteve no sistema prisional”

  • Consertador de Gaita diz: 13 de novembro de 2015

    Zé Toddynho

  • Radamanthys diz: 13 de novembro de 2015

    Engraçado que o nome do “cidadão” não e divulgado, provavelmente para preservar o elemento.. Em um trabalho sério objetivando reprimir a recorrência destas situações, não se deveria preservar nada – deveria ser divulgada a foto com o nome do elemento, para realmente expor e constranger o mesmo…

  • ALMIR diz: 13 de novembro de 2015

    ESSA PALAVRA “CHOCOLATE” ME FAZ VOLTAR NAQUELA TARDE/NOITE DE 09/08/2015 NA VERDADE EM UM PASSADO RECENTE.

  • Paulo diz: 13 de novembro de 2015

    A fábrica do Toddynho até que podia mandar aquele lote contaminado com soda cáustica em 2012 para o bonitão.

  • Susumu Kodai diz: 13 de novembro de 2015

    Semana que vem estará de novo na rua assaltando.

  • Davi diz: 13 de novembro de 2015

    Ah, uma bala de prata na cabeça desse animal…

Envie seu Comentário