Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Caso Becker: BM prende acusado de participação na morte de médico

14 de junho de 2016 0
Becker foi assassinado em dezembro de 2008 na zona Norte de Porto Alegre / Foto: Marcos Nagelstein / Agência RBS

Becker foi assassinado em 2008 na zona norte de Porto Alegre / Foto: Marcos Nagelstein / Agência RBS

* por Maria Eduarda Fortuna

A Brigada Militar prendeu, nesta terça-feira (14), um dos suspeitos de participação na morte do ex vice-presidente do Conselho Médico do Rio Grande do Sul (Cremers) Marco Antônio Becker. Michael Noroaldo Garcia Câmara, de 33 anos, o “Tocha”, estava foragido e foi abordado pelos policiais no Campo da Tuca, zona leste de Porto Alegre.

Ele é acusado de ser o piloto da motocicleta utilizada no crime e tinha mandado de prisão até 2031.

Becker foi morto a tiros na noite de 4 de dezembro de 2008, dentro de seu carro, depois de ser abordado por dois homens em uma moto na Rua Ramiro Barcelos, no bairro Floresta, na Capital.

Em dezembro de 2009, a Polícia Civil indiciou o ex-andrologista Bayard Fischer dos Santos e mais quatro pessoas. O assessor de Bayard, Moises Gugel, foi acusado de intermediar o contato entre seu chefe e o traficante Juraci Oliveira da Silva, conhecido como Jura, que está preso por outros crimes.

A Justiça aceitou a denúncia – encaminhada pelo MP em 2009 – contra o ex-andrologista e outras dez pessoas, das quais sete por participação no crime. Um dos réus, Fabiano Silva do Nascimento, o Fio, foi excluído da ação porque foi assassinado.

Em 2010, o caso passou a tramitar em âmbito federal. Conforme a Justiça Federal, o processo ainda está na fase de depoimentos e ninguém foi condenado até agora.

 

Envie seu Comentário