Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Audiência ouve testemunhas de incêndio com 90 tentativas de homicídio em São Leopoldo

01 de agosto de 2016 0
Incêndio ocorreu após homem brigar e tentar matar a ex-namorada, em janeiro / Foto: Brigada Militar

Incêndio ocorreu após homem brigar e tentar matar a ex-namorada, em janeiro / Foto: Brigada Militar

A 1ª Vara Criminal de São Leopoldo realiza na manhã desta segunda-feira (1º) a primeira audiência sobre um caso com 90 tentativas de homicídio durante incêndio em um prédio no bairro Padre Reus, em janeiro deste ano. O caminhoneiro Alexandre Viana de Souza, 31 anos, é acusado de incendiar o imóvel após briga com a ex-namorada Márcia Francielle Castilho Reis Schmidt, 37 anos. Como o fogo atingiu outros apartamentos, ele também foi denunciado pelo Ministério Público pelas tentativas de homicídio dos demais moradores.

Na audiência, a Justiça ouvirá a ex-namorada do réu e o filho dela, de 16 anos, além dos proprietários dos seis apartamentos que foram atingidos pelas chamas. Também começarão a depor as testemunhas de acusação. O caminhoneiro vai estar presentem em todas as audiências. Depois da acusação, em outras sessões, serão ouvidas testemunhas de defesa e haverá ainda o interrogatório de Souza.

Entenda o caso 

Em um bar de São Leopoldo, no dia 31 de janeiro, o casal acabou brigando por ciúmes. Os dois e mais o adolescente foram expulsos do local. Durante o trajeto até a casa da família, dentro do carro do réu, Márcia foi atingida por ele com golpes de canivete. O filho dela também ficou ferido ao tentar defender a mãe. Enquanto os dois recebiam atendimento médico, Souza é apontado pela investigação por ir até o apartamento para furtar dinheiro e objetos pessoais.

Depois disso, ao sair do local, colocou fogo no imóvel. As chamas se alastraram e atingiram outras seis residências, causando danos na estrutura do edifício, que chegou a ser interditado pelos Bombeiros. Um gato de estimação de um dos moradores morreu devido ao incêndio.

Segundo a denúncia do MP, o réu responde por 90 tentativas de homicídio duplamente qualificado e por dolo eventual, além disso, ele responde pela tentativa de homicídio da ex-namorada, por lesões leves contra o filho dela e por furto qualificado. Ele estava foragido até abril deste ano, quando foi preso no Litoral Norte. Ele está detido preventivamente na Penitenciária Estadual do Jacuí, em Charqueadas.

Envie seu Comentário