Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Operação da Brigada Militar apreende 106 adolescentes em festa de Canoas

10 de setembro de 2016 11

* Por Lucas Abati

WhatsApp Image 2016-09-10 at 11.48.43 (1)

Ao todo, 106 adolescentes foram apreendidos Foto: Divulgação/Brigada Militar

Uma operação da Brigada Militar na madrugada deste sábado (10) apreendeu 106 adolescentes entre 14 e 17 anos que estavam consumindo bebidas alcoólicas em uma festa, no bairro São José, em Canoas. Além deles, quatro adultos foram presos por corrupção de menores.

Segundo o comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar, major Araújo, pelo menos 15 chamados foram realizados pelo 190, reclamando do barulho da festa, que era realizada em um estacionamento. Quando chegaram no local, os policiais encontraram os adolescentes bebendo.

Ainda conforme o comandante, ingressos para a festa eram vendidos em escolas da região. Os adolescente foram encaminhados ao Conselho Tutelar, onde os pais foram chamados. Os adultos foram encaminhados para a Delegacia, onde pagaram fiança de R$ 1 mil e foram liberados.

Além das bebidas alcoólicas, a Brigada ainda apreendeu uma droga conhecida como “sucesso”.

* Saiba mais:

Operação contra prostituição infantil tem 85 adolescentes apreendidos no Centro de POA.

Comentários (11)

  • Wagner diz: 10 de setembro de 2016

    Que palhaçada hein, tem muitos lugares mais importantes que os policiais deviam ir mas preferem o trabalho mais fácil. Vão na Mathias prender traficante.

  • Felipe diz: 10 de setembro de 2016

    O bairro é São Luiz e não São José

  • Henrique diz: 10 de setembro de 2016

    Parabéns à BM. Bom trabalho. Mostrando que mesmo com o parcelamento de salário continua sendo uma polícia eficiente.

  • Marcelo diz: 10 de setembro de 2016

    Este trabalho da polícia é muito importante sim! Aí estão sendo aliciados futuros usuários e traficantes, se bem que alguns aí já são.

  • Márcio André Machado Leites diz: 10 de setembro de 2016

    Comentários da ação? Pra quem viu ou ouviu nos diversos comentários de quem estava lá um pouco de exagero, como a mídia, apesar de menores e maiores incorretos, excessivo pro pouco de risco que oferecem. Excessos se vêem todo dia, em lugares que oferecem pouca ou mínima resistência . Locais de alta periculosidade não aparece na mídia, porque não acontece. De qualquer forma atos inseguros proporcionam condições inseguras, serve de lição aos envolvidos, Parabéns a operação, repressão de forma educativa e opressiva planejada é sempre bem vinda.

  • joão diz: 10 de setembro de 2016

    forma educativa? tacavam spray de pimenta na cara de todos nós, davam tapas, fomos levados pro conselho tutelar e logo em seguida liberados sem nem uma fiscalização, eu não tiro o direito dos policiais de nos levar pro conselho, pois avia sim bebidas alcóolicas lá, mas isso claramente foi uma propaganda politica, porque eles estavam mais interessados em apreender as bebidas do que “reprender de forma educativa”, até porque muitos de nós passou mal com os spray de pimenta!E tudo isso pra chegar no conselho tutelar e nos liberar pra qualquer um que falace nosso nome na portaria… Não tiro a razão da operação mas claramente teve abuso de autoridade!

  • Marcelo Neves diz: 10 de setembro de 2016

    Sempre a mesma coisa. Prender bandido eles não querem.

  • Borges diz: 10 de setembro de 2016

    Duas coisas:

    1- Em Canoas existe o bairro São Luis e o São José, separados pelos trilhos do trem.

    2- Marcio André não tem logica nem nexo isso que tu escreveu.

  • Daniel diz: 11 de setembro de 2016

    Porque não fazem estas “batidas” no Country, na Leopoldina Juvenil, no União, etc? E como todos tão carecas de saber: chutar cachorro sarnento e uma barbada.

  • Marcio André Machado Leites diz: 13 de setembro de 2016

    Os parabéns é uma metáfora, como forma de repúdio pois a operação é bem vinda de forma educativa e opressiva, claro que nao foi. Coloquei as palavras erradas, pois torno a dizer, não oferecia resistência. Apenas uma festa, em locais de alta periculosidade não acontece, pois lá sim oferece resistência. Serve de lição, sim, mas não justifica a violência relatada.

  • andre diz: 15 de setembro de 2016

    de fato este tipo de festas de adolescente e meio complicado mais quem nao teve esta idade ne quem nunca errou agora dar tanta midia e chamar de operaçao para prender adolecentes e o fim da picada operaçao tem que ser feitas em lugares de alta criminalidade

Envie seu Comentário