Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Integrante de facção confessa autoria de esquartejamento em POA

24 de outubro de 2016 0
74a877d9-4325-421f-9b63-91505ac71545

Foto: Divulgação / Polícia Civil

*Por Cid Martins

A 5ª Delegacia de Homicídios de Porto Alegre esclareceu, nesta segunda-feira (24), um esquartejamento ocorrido no dia 4 de agosto de 2016, no Bairro Mario Quintana, na zona norte de Porto Alegre. Robson Thierry Dutra Brasil, 19 anos, foi preso na última sexta (21), no mesmo bairro. Ele confessou a autoria do crime.

Segundo a polícia, ele integra uma facção e recebeu ordens para executar membro de outro grupo criminoso. O esquartejamento foi gravado em vídeo e usado como prova para confirmar a participação do suspeito e de outros dois que ainda estão sendo procurados. Uma segunda linha de investigação apura se Robson seria apenas um morador novo na região e estaria passando informações para um grupo rival — entre os executores havia essa desconfiança.

Conforme o diretor do Departamento de Homicídios, delegado Paulo Grillo, a gravação foi feita como uma forma de demonstração de força por parte da facção e, também, porque a vítima havia recebido ordens para realizar execuções no grupo.

“O esquartejamento foi filmado como forma de retaliação pela ordem de execução de integrantes da facção”.

Esquartejamento

Primeiro foi encontrada uma cabeça na rótula da Avenida Delegado Ely Correa Prado com a Martim Félix Berta. Duas horas depois, foi encontrado, em um saco plástico, as partes restantes do corpo,  a 800 metros de onde foi deixada a cabeça.  Ao lado da sacola, havia uma carteira de trabalho em nome de Sérgio Eraldo Gomes Guimarães, posteriormente confirmado como sendo a vítima.

Envie seu Comentário