Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

VÍDEO: imagens mostram assalto em lotação com 4 feridos em Porto Alegre

09 de novembro de 2016 7

Marcelo Farias Rodrigues / Foto: Divulgação / Polícia Civil

* Por Cid Martins

Após prender o criminoso que assaltou uma lotação nas proximidades do Beira-Rio nesta quarta-feira (9), em Porto Alegre, a Força-Tarefa da Polícia Civil, que investiga roubos no transporte coletivo, divulgou imagens do momento da ação do bandido dentro da lotação. O assalto ocorreu na última segunda-feira, em um veículo da linha Belém Novo, e  terminou com quatro pessoas feridas, sendo duas baleadas, entre elas, um policial civil.

Identificado e preso

Marcelo Farias Rodrigues, 23 anos, foi reconhecido pelas vítimas. De acordo com o responsável pela investigação, delegado Alencar Carraro, o ladrão foi identificado como autor de outros dois assaltos semelhantes e é investigado por, ao menos, 10 roubos a lotação.

Ele agia sempre na região entre o Beira-Rio e o Barra Shopping, sozinho ou com comparsas, durante o dia e de forma violenta. Ao todo, mais sete assaltantes foram identificados por atuarem com Rodrigues, e estão sendo procurados.

O criminoso preso tem antecedentes como adolescente infrator por roubo de carro e furto qualificado. Ele foi preso na Vila Cruzeiro do Sul.

Força-Tarefa

A Força-Tarefa pede que vítimas de assaltos a lotação em Porto Alegre procurem a 2ª Delegacia de Polícia (Av. Getúlio Vargas, junto à sede da Secretaria da Agricultura, no térreo) no telefone 51 3288 8528, para reconhecimento do criminoso preso, além dos outros ladrões identificados como comparsas.

Desde a criação da Força-Tarefa, já conseguimos reduzir os roubos a ônibus e a lotação em até 40% desde março“, diz Carraro.

Comentários (7)

  • Mari diz: 9 de novembro de 2016

    E depois tem gente ainda que fica com pena dos marginais que estão presos nas lixeiras na espera de uma vaga e escrevendo nos comentários. Esse infeliz sem dó nem piedade atira diversas vezes ferindo as pessoas, e ai eu não vejo a mesma preocupação com as vitimas que levaram um tiro, se estão vivas, se vão ficar com alguma sequela pelo ferimento, se vão ter a assistência necessária, dinheiro para o tratamento…falando mal da policia que esta tendo seu baixo salário parcelado no meio desta guerra pelo nosso “ilustre” Governador. Não existe mais segurança em nenhum lugar é preciso mais vagas prisionais urgentes, essa medida é necessária para AGORA Sr. Governador, marginais como esse não podem ficar mais soltos Senhores Juízes.

  • Cansei diz: 9 de novembro de 2016

    Quem quiser o facebook deste ser, que por causa de 50 ou 100 reais mata alguém que até poderia ser um familiar teu.

    https://www.facebook.com/marcelinho.sillva.7

  • LUCIANO SOUSA diz: 9 de novembro de 2016

    E ainda paga banca de playboy no facebook um chinelão desses! Pena o policial não ter dado um tiro no meio da testa! Seria um lixo a menos!

  • Vitor diz: 9 de novembro de 2016

    Foi reagir, pra que mesmo? Pra não levar o dinheiro do dono da lotação, que deve ser cheio da grana? Pra não levar seu celular? Vale a pena tomar um tiro por causa de um celular? O cidadão que reagiu ainda foi culpado por outra pessoa, que não teve nada que ver, levar um tiro nas costas. E se ela fica paralítica? E aí? Reagiu pra quê, valeu a pena?

  • Liz diz: 9 de novembro de 2016

    Criado a bolsa encosto, pra variar da khhor do amor…Chega de meter dinheiro público nestas cambadas, vão arranjar creche que possam pagar e colégio também. Vão tomar anticoncepcional pq não tem como aturar esta horda de marginal desovando todo dia o ano todo.Agora é fazer presidio pq o que não falta é assassino pelas ruas.

  • Se liga diz: 9 de novembro de 2016

    Se liga Cansei, este tipo de postagem acaba fazendo links errados com pessoas que nada tem a ver com a história
    Acha que descobriu a América, “não”!
    Vê se “Aprende a usar a web…”

  • Rebelde diz: 9 de novembro de 2016

    Acredito que no Brasil as penas deveriam ser mais severas, deveriam mudar a constituição que atualmente está “Retrô” e deveriam inserir a pena de morte sim, para casos de flagrante ou crime graves. Acredito que só assim se fará um país digno de seus habitantes.

Envie seu Comentário